A A A C
email
Retornando 58 resultados para o mês de 'Maio de 2017'

Segunda-feira, 08/05/2017

Sobre o RioCard

Um esclarecimento: são falsas as informações, que estão circulando, de que os alunos da rede municipal de ensino perderão o direito ao RioCard, que lhes garante passe livre nos transportes coletivos. Ao contrário: há cerca de vinte dias funciona um grupo de trabalho conjunto entre as secretarias de Educação e de Transportes que planeja a ampliação dos postos onde nossos alunos e seus familiares poderão renovar os respectivos cartões. Parece que a medida restritiva, acima mencionada, será adotada pelo governo do estado. Neste caso, ela atingirá apenas os estudantes da rede estadual.

Cesar Benjamin

Secretário


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 08/05/2017

Mostra Mãe Carioca - Circular E/SUBE/CED nº 023

Tags: sube, ced, gpec.

 

Circular E/SUBE/CED n.º 023

Rio de Janeiro, 28 de abril de 2017

Assunto: Divulgação da Mostra Mãe Carioca

 

Sr(a). Coordenador (a) de E/CRE,
Sr.(a) Responsável de Vila Olímpica,
Sr(a). Gerente de E/CRE/GED,

 

A Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer, por meio da Coordenadoria de Educação – Equipe da Gerência de Projetos de Extensão Curricular, vem divulgar a Mostra Mãe Carioca com base na Resolução Conjunta CVL/SMASDH Nº 29 de 22 de março de 2017.

2. Conforme a citada Resolução, o Dia das Mães é uma data que, historicamente, reforça os vínculos afetivos, reunindo as famílias e traduzindo o sentimento materno. Essa data reforça ainda o caráter de solidariedade e amor tão importante nos cuidados entre mães e filhos. 

3. Sendo assim, o presente projeto vem promover uma grande ação em prol do reconhecimento da data como mote para a reflexão dos valores familiares.

4. Para a participação, cada escola deverá fazer a sua inscrição por meio do link https://goo.gl/forms/p1OTCJCIUFI0exUk1, onde deverá ser apresentado um cronograma, bem como, a descrição das atividades a serem realizadas com as mães ou com as responsáveis que cumpram esse papel.

5. Destacamos que poderão ser realizadas Gincanas, Rodas de Leitura, Apresentações e Esquetes Teatrais, Oficinas Artesanais, Atividades Desportivas, Sessões de Cineclube, Poesias, Jograis, Exposições de fotos entre outras, em que as homenageadas estejam diretamente envolvidas.

6. A Mostra cumprirá as seguintes etapas:

  • Inscrições pelo link: https://goo.gl/forms/p1OTCJCIUFI0exUk1 por meio de formulário específico, a partir de 28 de abril de 2017.
     
  • Desenvolvimento das atividades na Unidade Educacional e Vilas Olímpicas – 01 a 31 de maio de 2017.
     
  • Produção de Painel Temático, com imagens (fotografias), capturadas durante o desenvolvimento da Mostra, principalmente, protagonizadas pelas homenageadas.
     
  • As imagens do Painel Temático deverão ser encaminhadas para a E/SUBE/CED/GPEC por meio do e-mail extensividade@rioeduca.net até 31/05/2017, a fim de serem socializadas na Rede Rioeduca e no link extensividade-sme.blogspot.com.br para serem visualizadas por toda a Comunidade Escolar.

7. Ressaltamos que os painéis deverão ser acompanhados dos seguintes dados de identificação:

  • Nome da escola
     
  • Diretor(a)
     
  • Coordenador(a) Pedagógico(a)
     
  • Nome do Coordenador(a) da Atividade

8. Importante destacar que:

  • Cada Unidade Escolar poderá enviar até 2 (duas) imagens capturadas por meio digital;
     
  • Recomendamos colher autorização de uso de imagem, que deve ser arquivada na própria Unidade Educacional;
     
  • As Unidades Educacionais e Vilas Olímpicas envolvidas na atividade receberão Declaração de Participação.
     
  • O projeto abrange todo o mês de maio, mês em que se celebra o Dia das Mães.
     
  • Durante o mês de maio de 2017, os painéis deverão ser mantidos em exposição na escola, visando a envolver toda a comunidade escolar neste tema de relevância.


9. Ressaltamos que, em caso de dúvidas, poderá ser realizado contato com essa Gerência, por meio da prof.ª Cristina Souza, para maiores esclarecimentos.

10. Contando com a indispensável colaboração das Coordenadorias Regionais de Educação, no sentido de divulgar esta ação junto às Unidades Educacionais e Vilas Olímpicas, nos colocamos à disposição para maiores esclarecimentos, pelos telefones 2976-2291 e 2976-2336.

11. Seguem em anexo, sugestões de materiais cedidos pela equipe de Gerência de Mídia-Educação.

 

Atenciosamente,

Denise Mendonça Palha da Silva
Gerente – E/SUBE/CED/GPEC

 

Maria de Nazareth Machado de Barros Vasconcellos
Coordenadora da E/SUBE/CED

 

____________________________________________________________________________

 

ANEXO 1

 

RESOLUÇÃO CONJUNTA CVL/ SMASDH Nº 29
DE 22 DE MARÇO DE 2017, DO 23/03/2017

 

Cria Grupo de Trabalho com a finalidade de apresentar proposta para as comemorações a serem realizadas pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro por ocasião do Dia das Mães.

O SECRETÁRIO CHEFE DA CASA CIVIL E A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIRETOS HUMANOS, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pela legislação em vigor e,

CONSIDERANDO o disposto no Decreto Federal nº 21.366, de 5 de maio de 1932, que declarou que o segundo domingo do mês de maio é consagrado às Mães;

CONSIDERANDO que o Poder Público deve trabalhar de forma a auxiliar na preservação dos vínculos familiares;

CONSIDERANDO que o Dia das Mães é uma data que, historicamente, reforça tais vínculos afetivos, reunindo as famílias e traduzindo o sentimento materno;

RESOLVEM:

Art. 1º Fica criado Grupo de Trabalho com a finalidade de apresentar proposta para as comemorações a serem realizadas pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro por ocasião do Dia das Mães, a ser celebrado, neste ano de 2017, no dia quatorze de maio.

Art. 2º O Grupo de Trabalho será composto por representantes dos seguintes órgãos/entidades, sob a coordenação do primeiro:

I - um membro do Gabinete do Prefeito, representado pela Subsecretaria de Comunicação Governamental – GP/SUBCG;
II - dois membros da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos – SMASDH, sendo um da Subsecretaria de Políticas para a Mulher – ASDH/SUBPM;
III – um membro da Secretaria Municipal da Casa Civil - CVL;
IV – um membro da Secretaria Municipal de Cultura – SMC;
V – um membro da Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer – SMEEL;
VI – um membro da Secretaria Municipal de Saúde - SMS;
VII – um membro da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação – SMDEI;
VIII – um membro da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro – RIOTUR;

Art. 3º Fica fixado o prazo de 3 (três) dias para que os Titulares dos órgãos/entidades previstos nos incisos II a VIII do art. 2º indiquem a Subsecretaria de Comunicação Governamental do Gabinete do Prefeito os representantes que atuarão no Grupo de Trabalho.

Art. 4º O Grupo de Trabalho deverá apresentar a proposta a que se refere o Art. 1º no prazo de 20 (vinte) dias, contados da publicação desta Resolução.

Art. 5º Esta Resolução entra em vigor na data da sua publicação.

 

Rio de Janeiro, 22 de março de 2017.

AILTON CARDOSO DA SILVA
Respondendo pelo expediente da Casa Civil

MARIA TERESA BERGHER
Secretária Municipal de Assistência Social e Diretos Humanos


 

GT DIA DAS MÃES
Gerência de Mídia-Educação
Sugestões de materiais

 

À medida que os filhos crescem, a mãe deve diminuir de tamanho.
Mas a tendência da gente é continuar a ser enorme.

Clarice Lispector


Vídeos

1) Curta-metragem “Para sempre”

Disponível na web: https://www.youtube.com/watch?v=1P2-fb8PWx8

Obra do Casulo Estúdio, produtora publicitária.

Sinopse: O vídeo se inspira no poema homônimo de Carlos Drummond de Andrade, como uma mensagem de carinho e reconhecimento nesta data especial.

 

2) Curta-metragem “Anya”, de Daniel O’Connor

Disponível na web: https://www.youtube.com/watch?v=bi6WdqHDoco&t=190s

Sinopse: Essa é uma fábula russa que conta a história de uma menina que nunca conheceu sua mãe e viveu em um orfanato por grande parte da sua infância. Apesar do que isso pode implicar, ela cresce e aprende lições de vida.

 

3) Curta-metragem “Ensaio”, de Marcio Salem

Disponível do acervo do Projeto Cineclube, da GME

Outra opção é acessar pelo Porta Curtas, plataforma de filmes vinculada ao Ministério da Cultura: http://portacurtas.org.br/filme/?name=ensaio.

Sinopse: Uma história de amor e carinho entre mãe e filho. Tudo o que Marina quer é ouvir Bruno, seu filho de 9 anos, dizer que a ama. Tudo o que ele quer é conseguir dizer isso a ela. Na comemoração que a escola está preparando para o Dia das Mães, Bruno vai fazer de tudo para atender às expectativas da mãe. Só que seu discurso vai surpreender mais do que se esperava.

 

4) Longa-metragem “O Contador de Histórias”, de Luiz Villaça

Disponível do acervo do Projeto Cineclube, da GME

Há, também, link do You Tube (não oficial): https://www.youtube.com/watch?v=XXGPAFp3PC0

Sinopse: Anos 70. Aos 6 anos Roberto Carlos Ramos foi escolhido por sua mãe para ser interno em uma instituição oficial que, segundo apregoava a propaganda, visava a formação de crianças em médicos, advogados e engenheiros. Entretanto a realidade era bem diferente, o que fez com que Roberto aprendesse as regras de sobrevivência no local. Pouco depois de completar 7 anos ele é transferido, passando a conviver com crianças até 14 anos. Aos 13 anos, ainda analfabeto, Roberto tem contato com as drogas e já acumula mais de 100 tentativas de fuga. Considerado irrecuperável por muitos, Roberto recebe a visita da psicóloga francesa Margherit Duvas. Tratando-o com respeito, ela inicia o processo de recuperação e aprendizagem de Roberto. (Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-188539/)

 

Livros

1) Conta de novo: a história da noite em que eu nasci
Autora: Jamie Lee Curtis
Editora: Salamandra

2) Se as coisas fossem mães
Autora: Sylvia Orthof
Editora: Singular

3) Coração de mãe
Autora: Isabel Minhós Martins
Editora: Tordesilhinhas

4) Colo de avó
Autora: Roseana Murray
Editora: Manati

5) Fico à espera
Autores: David Cali e Serge Bloch
Editora: Cosac & Naify

6) Algum dia
Autores: Alison Meghee e Peter H. Reynolds
Editora: Martins Fontes

7) Ulomma – A Casa da Beleza e Outros Contos
Autor: Sunny
Editora: paulinas

8) Quem é ela?
Autora: Eliane Pimenta
Editora: Brinque-Book

9) Flávia e o bolo de chocolate
Autora: Míriam Leitão
Editora: Globo

10) Surileia – mãe-monstrinha
Autoras: Eva Furnari e Lia Zatz
Editora: Callis

11) Quando mamãe virou um monstro
Autora: Joana Harrison
Editora: Brinque-Book

 

Poemas

Mãe

De patins, de bicicleta,
de carro, moto, avião
nas asas da borboleta
e nos olhos do gavião
de barco, de velocípedes
a cavalo num trovão
nas cores do arco-íris
no rugido de um leão
na graça de um golfinho
e no germinar do grão
teu nome eu trago, mãe,
na palma da minha mão.

Sérgio Caparelli


Mãe

Minha mãe, sei que na vida
é teu amor que me diz
qual a estrada mais florida
que me leva a ser feliz.
O mundo é tão grande, mãe!
E a vida não vale um triz.
O sonho que a gente sonha
é falso, não tem raiz.
Ah! minha mãe, minha vida
só pede paz, e não bis.
Só teu amor me convida
para ser bom e feliz.

Gilberto Mendonça Teles


Minha mãe dizia

minha mãe dizia

— ferve, água!
— frita, ovo!
— pinga, pia!

e tudo obedecia

Paulo Leminski


Mãe

São três letras apenas,
As desse nome bendito:
Três letrinhas, nada mais...
E nelas cabe o infinito
E palavra tão pequena
Confessam mesmo os ateus
És do tamanho do céu
E apenas menor do que Deus!

Mario Quintana


A Estrelinha

Vejo, à noite, uma estrelinha,
no céu, piscando, piscando...
Mamãe diz que ela, de longe,
pisca, pisca, é me chamando...

Quando eu crescer e papai
me comprar um avião,
vou te buscar, estrelinha,
na palma da minha mão.

Martins D´Alvarez


Ser mãe

Ser mãe é desdobrar fibra por fibra
o coração! Ser mãe é ter no alheio
lábio que suga, o pedestal do seio,
onde a vida, onde o amor, cantando, vibra.

Ser mãe é ser um anjo que se libra
sobre um berço dormindo! É ser anseio,
é ser temeridade, é ser receio,
é ser força que os males equilibra!

Todo o bem que a mãe goza é bem do filho,
espelho em que se mira afortunada,
Luz que lhe põe nos olhos novo brilho!

Ser mãe é andar chorando num sorriso!
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!
Ser mãe é padecer num paraíso!

Coelho Neto


Para sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade


Minha mãe

Minha mãe, minha mãe, eu tenho medo
Tenho medo da vida, minha mãe.
Canta a doce cantiga que cantavas
Quando eu corria doido ao teu regaço
Com medo dos fantasmas do telhado.
Nina o meu sono cheio de inquietude
Batendo de levinho no meu braço
Que estou com muito medo, minha mãe.
Repousa a luz amiga dos teus olhos
Nos meus olhos sem luz e sem repouso
Dize à dor que me espera eternamente
Para ir embora. Expulsa a angústia imensa
Do meu ser que não quer e que não pode
Dá-me um beijo na fronte dolorida
Que ela arde de febre, minha mãe.
Aninha-me em teu colo como outrora
Dize-me bem baixo assim: — Filho, não temas
Dorme em sossego, que tua mãe não dorme.
Dorme. Os que de há muito te esperavam
Cansados já se foram para longe.
Perto de ti está tua mãezinha
Teu irmão, que o estudo adormeceu
Tuas irmãs pisando de levinho
Para não despertar o sono teu.
Dorme, meu filho, dorme no meu peito
Sonha a felicidade. Velo eu.

Minha mãe, minha mãe, eu tenho medo
Me apavora a renúncia. Dize que eu fique
Dize que eu parta, ó mãe, para a saudade.
Afugenta este espaço que me prende
Afugenta o infinito que me chama
Que eu estou com muito medo, minha mãe.

Vinicius de Moraes

 

Nana, mamãe...

A mamãe
não me bota mais no colo,
não bota mais,
não me embala mais no sono,
não embala mais,
não canta pra eu dormir...
não canta mais...
Não bota mais,
não embala mais,
não canta mais...

Eu bem sei que já faz tempo
que ela ainda me embalava,
mas me lembro muito bem,
era assim que ela cantava:
"Dorme, dorme, filhinho,
meu anjinho inocente,
dorme, meu queridinho
que a mamãe está contente..."

Mas o tempo passou,
passou, passou,
e a cantiga calou
calou, calou...
E o menino foi crescendo,
cresceu, cresceu,
mas aquela voz ficou,
ficou, ficou...

Eu agora já sou grande,
tenho quase a altura dela.
Vai chegar a minha vez
de poder cantar pra ela...

Pedro Bandeira

 

HQ

História de Mauricio de Sousa sobre as mães:
http://articolarejeans.blogspot.com.br/2012/05/homenagem-de-mauricio-de-souza-dia-das.html
 


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 08/05/2017

No Mundo da Poesia

Tags: 1ªcre, educação, infantil, riodeleitores, poesia.

 

“No mundo da poesia”, projeto anual do EDI Tia Luizinha, permite às crianças viajar por diferentes mundos, instigando a imaginação, criatividade e ampliando os conhecimentos"


O Espaço de Desenvolvimento Infantil Maria Luiza Nobre – Tia Luizinha, localizado no bairro do Catumbi, tem como tema gerador do trabalho ao longo do ano letivo a poesia.

 


O tema “Vai voando contornando a imensidão das cores: apreciando, conhecendo e criando em um futuro que espera pela gente” é oriundo da poesia “Aquarela” de Toquinho. Foi construído e desenvolvido com as turmas de Pré escola 1 e teve seu pontapé inicial na Semana de Acolhimento. A unidade iniciou o projeto para facilitar o conhecimento e a interação com as crianças, estabelecendo assim, vínculos afetivos , estimulando diferentes momentos de troca entre os diferentes grupos.

Assim, foram exploradas algumas brincadeiras individuais e coletivas que envolviam as cores: dominó, “alerta cor”, dentre outras. Misturaram as cores do alfabeto móvel emborrachado buscando diferentes soluções, desenharam com giz de cera explorando suas variedades, construíram esculturas com massinha...

 


Depois de experimentarem diferentes momentos, as crianças tiveram contato com a música “Aquarela” e questionamentos foram feitos: Quem conhecia esta música? Do que eles mais gostaram? E quem sabia o que era uma aquarela?

A partir de tais perguntas, foram feitas algumas propostas de atividades que envolveram criação, imaginação, surpresa e descobertas.

 


Uma das propostas foi a ilustração dos os versos da música utilizando massinha, papéis coloridos e muita criatividade!

As crianças se envolveram tanto na atividade, que os professores tiveram a a ideia de fazer uma exposição com as suas produções.

 


Prepararam os convites e enviaram para as crianças dos outros grupamentos para visita a sala e as produções!

E no dia e hora marcadas estava tudo pronto, para compartilhar as experiências... obras de arte em seus lugares, artistas ansiosos, música no ponto para dar o clima... e assim aconteceu a Exposição AQUARELA, uma experiência inesquecível para todos os envolvidos, do inicio ao fim!

 

 


“Vamos todos numa linda passarela, de uma aquarela que um dia enfim, se descolorirá..."


Para Saber Mais:

EDI MARIA LUIZA NOBRE

Diretora: Fabiana Ramos

Diretora-Adjunta: Paula Carolina

Professores idealizadores do projeto: Rafaela Souza e Daniela Rocha

E-mail: edimnobre@rioeduca.net

Telefone:2233-8426

 

 


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 05/05/2017

Calendário e Procedimentos para as Provas Bimestrais

Tags: provas, procedimentos, calendário.

 

Circular E/SUBE nº 22
                    Rio de Janeiro, 04 de maio de 2017.

 

Assunto: CALENDÁRIO E PROCEDIMENTOS PARA AS PROVAS BIMESTRAIS DO 2º AO 4º BIMESTRE DE 2017

 

Sr(a). Coordenador(a) de E/CRE
Sr(a). Assessor(a) de Integração da E/CRE
Sr(a). Gerente da E/CRE/GED
Sr(a). Assistente de Informática da E/CRE
Sr(a). Diretor(a) de Unidade Escolar

 

 Apresentamos o Calendário de Provas Bimestrais do Ensino Fundamental para os próximos bimestres de 2017:

2º BIMESTRE:
- 19 de junho - Língua Portuguesa–Leitura;
- 20 de junho – Matemática;
- 21 de junho – Ciências ou Alfabetização Escrita;
- 29 de maio a 16 de junho – Língua Portuguesa–Escrita (Produção Textual).

 

3º BIMESTRE:
- 12 de setembro - Língua Portuguesa–Leitura;
- 13 de setembro – Matemática;
- 14 de setembro – Ciências ou Alfabetização Escrita;
- 21 de agosto a 11 de setembro – Língua Portuguesa–Escrita (Produção Textual).

 

4º BIMESTRE:
- 21 de novembro - Língua Portuguesa–Leitura;
- 22 de novembro – Matemática;
- 23 de novembro – Ciências ou Alfabetização Escrita;
- 30 de outubro a 17 de novembro – Língua Portuguesa–Escrita (Produção Textual).

 

Os projetos Realfabetização 2, Aceleração 1, Aceleração 6 e Aceleração 8 aplicarão suas provas, conforme orientação da Coordenação desses Projetos, nos seguintes períodos:
2º bimestre: 19 a 23 de junho;
3º bimestre: 11 a 15 de setembro;
4º bimestre: 21 a 24 de novembro.

 

PROCEDIMENTOS IMPORTANTES

 

1. APLICAÇÃO DAS PROVAS: A aplicação das Provas Bimestrais, que foram estabelecidas em documento oficial da SME, a Resolução SME nº 1123, de 24/01/2011, devem ser aplicadas pelo professor regente da turma no dia e tempo previsto para sua aplicação.

 

2. REAPLICAÇÃO DE PROVAS: Comunicamos que todo aluno tem, com a devida justificativa, direito à segunda chamada das provas bimestrais, como também de toda atividade avaliativa, principalmente porque essas avaliações não podem ter caráter punitivo, mas devem constituir importante instrumento para o professor perceber o desenvolvimento e a aprendizagem de seus alunos e, a partir dele, reorganizar suas ações educativas, de modo que todos os alunos possam concretizar suas aprendizagens.

 

3. DESESC: Reafirmamos a necessidade de correção e lançamento de dados das Provas Bimestrais no DESESC, antes do Conselho de Classe, para que seus resultados subsidiem as discussões dos professores nesse momento.

 

4. RESULTADOS: Lembramos que constitui responsabilidade da Direção da Unidade Escolar entregar os resultados de cada turma a seus respectivos professores, tanto para que estes possam discuti-los em reunião com a Equipe Técnico-Pedagógica da escola, quanto usarem para subsidiar seu replanejamento e organizar suas atividades de recuperação paralela e de reforço escolar.

 

5. CÁLCULO DE MÉDIAS: Relembramos que, de acordo com o § 4º do artigo 2º da Resolução SME nº 1123, de 24/01/2011, deverá ser registrada, a cada bimestre, “em cada uma das disciplinas do currículo, a média, em escala de 0 (zero) a 10 (dez), de todas as avaliações bimestrais, tanto as programadas pelo professor como as provas elaboradas pela SME”.

 

6. RECUPERAÇÃO PARALELA: Ao final de cada COC, os alunos do 1º ao 5º Ano conceituados com I (Insuficiente) e os alunos do 6º ao 9º Ano com média inferior a 5,0 em disciplinas devem receber atividades de recuperação paralela, organizadas pelo Professor regente da turma. Os resultados obtidos nessa recuperação devem ser lançados no SGA até o 30º dia após esse COC. Ou seja: os resultados da recuperação paralela devem ser lançados no SGA: após o 2º COC, até o dia 31 de agosto; após o 3º COC, até o dia 30 de outubro; após o 4º COC, ao final da 2ª época, até o dia 19 de dezembro (5º COC).

 

7. FAFE: De acordo com a Circular E/SUBE nº 15, de 19/04/2017, a Direção da Unidade Escolar deve abrir a Ficha de Acompanhamento da Frequência Escolar – FAFE no prazo de 5 dias úteis, quando:

a – receber do professor da turma comunicação de 10 dias de faltas consecutivas do aluno da Pré-escola, dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, dos Projetos de Realfabetização e Aceleração e do PEJA;

b - receber do professor da turma comunicação de 5 faltas consecutivas a aulas de uma ou mais disciplinas do aluno dos Anos Finais do Ensino Fundamental;

c – constatar a ultrapassagem de 12,5% de faltas do aluno no mês.


 

Solicitamos ciência desta Circular a toda a comunidade escolar.

 

 Agradecemos sua valiosa colaboração.

Atenciosamente,


Antonio Augusto Alves Mateus Filho
Assessor II da E/SUBE

 


 


   
           



Yammer Share