A A A C
email
Retornando 116 resultados para o mês de 'Junho de 2011'

Quarta-feira, 22/06/2011

Escola Municipal Gandhi, educação, cultura e cidadania

Tags: 10ªcre, patronos.

 

 

Retrato do Patrono da Escola Municipal 10.19.040 GANDHI, da 10ª Coordenadoria Regional de Educação, localizada no Conjunto Habitacional Manguariba, entre Santa Cruz, Paciência e Campo Grande.

 


1. Conjunto Habitacional Manguariba


As ruas do Conjunto Habitacional Manguariba ainda são designadas por números. Vejo aqui no Google que o Posto Policial Comunitário fica na Rua 21, que há uma Associação de Moradores do Conjunto, localizada na Rua 25 e o Esporte Clube Radar de Manguariba tem a sua sede na Rua 1 número 887. A Escola Municipal 10.19.040 GANDHI está localizada na Rua 15, sem número.


O C.H. Manguariba está situado em parte bem mais elevada em relação à Avenida Brasil, é a principal via que dá acesso às ruas do conjunto, e fica do lado direito de quem vem para Santa Cruz, Itaguaí e Costa Verde, do centro da cidade. Mais para o Norte e Noroeste, o Conjunto Habitacional Manguariba faz fronteira com antigos engenhos e fazendas onde, na época do Brasil colonial e também na monarquia, se produzia aguardente, melado e açúcar, cuja produção escoava por via fluvial, seguindo em direção à localidade conhecida como Sagrado Coração até chegar aos bairros dos Jesuítas, Santa Cruz e Sepetiba. Brevemente estarei fazendo a visita às ruínas de um engenho, que está sendo planejada pelo professor de História, Antonio Carlos Suzano, com seus alunos da Escola Municipal Gandhi.
 

 

Ruínas do Engenho de Palmares, nas proximidades do Conjunto Habitacional Manguariba, onde se produzia aguardente, melado e açúcar. Foto enviada pelo Professor de História Antonio Carlos Suzano, das E.M. Ponte dos Jesuítas e Gandhi.

 

 

2. Escola Municipal Gandhi


O prédio é do tipo conhecido popularmente como “Lelé”, com base na modernização arquitetônica idealizada por João Filgueiras Lima (dito Lelé), a partir de técnicas de pré-fabricação e uso de placas de concreto armado, adotados pela Prefeitura do Rio de Janeiro,na década de 1980, na construção de prédios escolares, postos de saúde e mobiliário urbano.

 

Além das salas de aulas, há espaço acolhedor para o funcionamento da direção, secretaria e outros setores administrativos, refeitório, sala de leitura, laboratório de informática, sala dos professores, banheiros e até uma sala especial para projeção de vídeos, onde funciona o CINE GANDHI, com quarenta lugares bem acomodados. O pátio interno é um espaço dinâmico de encontros, reencontros e socialização de alunos, professores, funcionários e da comunidade, em reuniões e momentos festivos.


 

Professoras Mariza Teixeira Amaral,diretora adjunta (à esquerda da foto) e Louise Maria Alves Caldas, coordenadora pedagógica, em frente ao prédio da Escola Municipal 10.19.040 Gandhi, do tipo "Lelé", inaugurado em 1986.

 

3. Histórias de Vida


Sempre que faço as visitas aos professores e converso com a equipe da direção das escolas e creches, solicito aos interlocutores que contem um pouco sobre suas histórias de vida, como alunos, que foram um dia, como professores ou gestores. Tenho ouvido histórias e experiências emocionantes e fantásticas.

 


Na Escola Municipal Gandhi são duas histórias de práticas docentes que se complementam e se interconectam, embora percorrendo caminhos, tempos e espaços distintos.

 


MARIZA TEIXEIRA AMARAL

 

 

Professora Mariza, diretora adjunta da Escola Municipal Gandhi


Mariza, que é a atual diretora adjunta da E.M Gandhi, e também já dirigiu a Escola Municipal Meralina de Castro, localizada no Lote 2, nas proximidades da 10ª Coordenadoria Regional de Educação, recorda-se que fez todo o seu antigo primário em escolas da rede pública, citando a extinta Escola Professor Afro das Chagas, cujo prédio ficava localizado no terreno onde hoje se encontram as escolas municipais André Vidal de Negreiros e Hélio Pellegrino, na Rua Felipe Cardoso, onde, coincidentemente, também estudei o primário.


Depois de frequentar o tradicional Colégio Dom Óton Mota, dirigido por muitos anos pelo professor Francisco José Antonio, de saudosa memória, e que hoje designa uma escola municipal da 10ª CRE, Mariza Teixeira fez o curso normal e concluiu a Faculdade de Pedagogia na FEUC, em Campo Grande.


Já como professora concursada, Mariza deu aulas nas escolas municipais Tenente Renato Cesar, na Areia Branca, Otelo de Souza Reis, no Conjunto Habitacional Antares, Ponte dos Jesuítas, no bairro do mesmo nome, Emiliano Galdino,no Lote 13, além das experiências como gestora nas escolas Meralina de Castro, no Lote 2 e atualmente na E.M. Gandhi.


Podemos dizer que a professora Mariza, além de ter nascido em Santa Cruz e de sempre ter trabalhado em escolas da 10ª CRE, com passagem pelo 19º Distrito de Educação e Cultura, conhece um pouco da realidade de cada parte do bairro, pela convivência com realidades e contato com comunidades tão diferentes como as de Antares e da Areia Branca, por exemplo.
 

 

LOUISE MARIA ALVES CALDAS

 

 

Professora Louise , coordenadora pedagógica da E.M. Gandhi

 


A sua família é toda de Santa Cruz, embora atualmente ela resida no bairro de Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Por ser filha de militar do Exército, Louise viveu em vários estados e conheceu diversas práticas educacionais. Como aluna ouvinte, fez parte do seu curso primário na Escola Sérgio Bittencourt, em Juiz de Fora, Minas Gerais. No estado do Mato Grosso, estudou em área militar, em uma escola denominada General Malan. De volta com a família para o Rio de Janeiro foi morar no bairro de Sulacap, onde estudou em uma escola conhecida como Campo dos Afonsos.

 


“Lá nós cantávamos o Hino Nacional e também o Hino dos Aviadores, razão pela qual considero bastante válida a proposta da Secretaria Municipal de Educação para que os alunos da nossa rede também aprendam a cantar e a respeitar os símbolos da Pátria”, disse a coordenadora pedagógica Louise Maria.

 


Depois de passar uma temporada no Rio de Janeiro, Louise seguiu para Brasília onde estudou em uma escola polivalente, no Setor Oeste da capital federal. Retornando ao Rio, foi morar no bairro de Campo Grande e depois no vizinho município de Seropédica, quando estudou na Escola Municipal Von Martius, no Instituto Educacional Sarah Kubitschek e na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, formando-se em engenharia florestal.


Já como professora formada, Louise foi requisitada para trabalhar no Programa de Educação Juvenil do CIEP Nação Xavante e depois no CIEP Nelson Mandela, no mesmo ano em que o grande líder sul-africano veio ao Brasil.


Como engenheira florestal Louise Maria tentou uma experiência profissional no estado de São Paulo, mas acabou retornando ao Rio de Janeiro, reassumindo as suas funções no CIEP Nação Xavante e, em seguida, passando pelos CIEPs Ismael Nery, Barão de Itararé e Ministro Marcos Freire e Escola Municipal Ernesto Nazareth até vir para a Gandhi como diretora adjunta e regente de sala de leitura. Atualmente a professora Louise Maria acumula matrícula como coordenadora pedagógica e regente da Sala de Leitura da Escola Municipal Gandhi.
 

4. Gandhi, o Mensageiro da Paz


Na Escola Municipal Gandhi há fotos, desenhos e caricaturas do Patrono Mahatma Gandhi, que é sempre lembrado e citado em todos os eventos culturais e também no Projeto Político Pedagógico que, segundo a coordenadora pedagógica Louise Maria, é construído por todos.

 


“Não tem sentido, um instrumento de tanta importância como o Projeto Político Pedagógico de uma escola, ser construído por apenas uma pessoa ou pequeno grupo. É difícil, mas de fundamental importância que todos possam participar de alguma forma da sua elaboração. Falta tempo destinado especialmente para isso, mas é preciso que se faça de forma coletiva, e ter um patrono iluminado como Gandhi é um começo muito bom para iniciarmos o trabalho”, conclui Louise.

Professora Mariza, adjunta da Escola Municipal Gandhi, na Sala de Leitura com o filho Eduardo,

que faz estágio naquela Unidade Escolar.


5. Projeto Político Pedagógico

 


Dando sequência aos temas dos projetos anteriores, para este ano de 2011, a Escola Municipal Gandhi vai continuar dando ênfase para a temática “Educação, cultura e cidadania de Manguariba”, buscando conhecer melhor a identidade do bairro onde se localiza a escola.

 


“Queremos conhecer melhor as nossas origens, saber como o Conjunto Habitacional Manguariba surgiu, a história deste local antes da formação do conjunto, estudar melhor a identidade da sua população, pois assim estaremos em condições bem mais propícias para desenvolvermos o nosso trabalho educacional na Escola Gandhi”, diz a coordenadora pedagógica.

 


Segundo Louise há sempre destaque para se trabalhar com temas relacionados à consciência negra, já que a maioria da população do conjunto e também dos alunos que freqüenta a escola é de descendência negra.


No mês de novembro, quando se comemora o “Dia da Consciência Negra”, a E.M. Gandhi promove uma série de eventos, com danças, desfiles, músicas, exposições, jogos, capoeira e a mostra de filmes no Cine Gandhi, onde a temática da negritude é privilegiada.

 


6. Cine Gandhi

 


Além da Sala de Leitura muito bem organizada e equipada com computadores e acesso rápido à internet, a Escola Municipal Gandhi conta com um espaço especial onde são projetados filmes para os alunos. O Cine Gandhi é um projeto que deu certo naquela unidade escolar e vem contando com a parceria do MEC, que faz a doação de filmes e documentários em curta metragem, muito bem aceito pelos alunos. Também os filmes de longa metragem, como a produção britânico-indiana, de 1982, dirigida por Richard Attenborough, contando a história da vida e das lutas de Gandhi, na África do Sul e na Índia, são projetados em ocasiões especiais para professores, funcionários e alunos.

 


O Cine Gandhi possui quarenta lugares e, segundo a coordenadora pedagógica Louise, é um dos espaços preferidos pelos professores e alunos, pois ali já estão instalados os equipamentos de som, projetor multimídia, ar condicionado e cadeiras, onde todos podem assistir ao filme de forma confortável.

Na Sala dos Professores: Renato, de Artes Cênicas, Louise, coordenadora pedagógica, Mariza, diretora adjunta e Sandra Gabriel, professora regente de Sala de Leitura.

 

 


7. Prêmio Anual de Desempenho – IDE RIO 2010

 


A diretora adjunta Mariza Teixeira contou que foi grande a alegria de todos os professores e funcionários quando souberam do crescimento da Escola Municipal Gandhi, em relação ao ano anterior.

 


“A Gandhi conseguiu subir 31%, que é um dos maiores índices de crescimento entre as escolas da 10ª CRE. Agora vamos continuar investindo para que, nos próximos anos, possamos continuar crescendo”, disse Mariza.


No dia 16 de maio, segunda-feira, no horário de entrada dos turnos, quando se canta o Hino Nacional, além da homenagem prestada aos garis pelo seu dia, a direção da Escola Municipal Gandhi comemorou com alegria a boa notícia de que tinha sido contemplada com o Prêmio Anual de Desempenho, quando todos os professores e funcionários estarão recebendo, ainda este ano, o 14º salário.


8. Sala de Leitura

 

Sandra Gabriel Torres, Louise Maria Alves Caldas e Denise Pereira dos Santos, professoras regentes de Sala de Leitura e Mariza Teixeira Amaral, diretora adjunta da Escola Municipal Gandhi.


 

 

Por ser uma escola pólo, que apóia em atendimento algumas unidades escolares da sua área de entorno, a E.M. Gandhi possui um acervo bastante enriquecido e conta com três professoras regentes de sala de leitura: Louise Maria Alves Caldas, que acumula com a função de coordenadora pedagógica; Sandra Gabriel Torres e Denise Pereira dos Santos.

 


O interesse dos alunos é muito grande. Durante as visitas que fiz à escola Gandhi pude constatar o ambiente efervescente, com alunos devolvendo e solicitando livros emprestados, consultando as professoras regentes, fazendo pesquisas e trabalhando no projeto “Diário do Leitor”.


No trabalho de ligação das escolas, a Gandhi procura atender à demanda da necessidade de acervos, emprestando títulos, de acordo com as solicitações e necessidades, promove reuniões dos professores regentes das escolas e mantém a ligação externa, participando das reuniões fora da CRE.


Uma das formas encontradas pelas professoras regentes para despertar o interesse dos alunos pela leitura consiste em visitas periódicas feitas às turmas, quando se conta parte de uma história, buscando instigar o aluno à procurar aquele livro como empréstimo.


A Sala de Leitura também promove, com grande sucesso, exposições dos livros recém-adquiridos, que são disponibilizados no pátio para que todos os interessados possam ver, manusear e solicitar a obra por empréstimo.

 


“O Projeto Jovens Leitores vem sendo divulgado na Escola Municipal Gandhi, e já tenho observado que além da disseminação da leitura prazerosa entre os alunos, alguns resultados começam a aparecer na produção textual, que tem melhorado gradativamente”, concluiu a coordenadora pedagógica.

 

Alunos da Escola Municipal Gandhi usando os computadores da Sala de Leitura para a elaboração do Diario de Leitor, como atividade complementar de Língua Portuguesa.

 


Assim, passei uma boa parte do dia agradabilíssima, aprendendo um pouco mais e conhecendo as experiências maravilhosas dos professores da Escola Municipal Gandhi, que apresentam e sugerem inúmeras possibilidades para a realização de um trabalho educacional de resultados, mas também com a preocupação de valorizar sempre aspectos comunitários, culturais e sociais dos seus alunos.

 

 

                              

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 21/06/2011

VINHETA PARA O PROJETO CINE CLUBE (8ª CRE)

Tags: 8ªcre, artesvisuais, protagonismojuvenil.

Novamente, o Professor Rafael Procópio, da E.M. Rosa da Fonseca, mostra sua criatividade!

 

A partir desta semana, os estudantes da E.M. Rosa da Fonseca começarão a produzir filmes de curta-metragem de maneira integral e livre, dando vazão à ideias e criando seus próprios roteiros. Somente a edição caberá ao Professor Rafael Procópio, que ajudará os alunos dando o acabamento necessário.

 

Todo o material produzido pelos estudantes será postado no canal do YouTube criado pela escola: http://www.youtube.com/emrfonseca. O primeiro vídeo – feito por alguns monitores da Sala de Leitura – já está lá! É uma vinheta que a escola exibirá antes das sessões de cinema, como parte do Projeto Cine Clube! Vale a pena coferir!

 

 

Créditos do curta: 

  • Diretor: Rafael Rodrigues Procópio
  • Atores: Ana Beatriz (1901)
                André Anderson (1901)
                Caroline Neves (1901)
                Estevam Amazonas (1701)
                Letícia Stephanny (1901)
                Victória Saches (1901)

 

Mais uma vez, parabéns aos estudantes e à equipe da E.M. Rosa da Fonseca, que dão show de criatividade na busca de uma educação de qualidade!

 

 

                              

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 21/06/2011

FECEM 6ªCRE (e Novos Blogs)!

Tags: artesmusicais, concursos, competições, 6ªcre, blogsdeescolas.

 


Recebi da colega de Artes Visuais, profa. Luciana Lima, fotos do FECEM 2011 / 6a.CRE-RJ, no qual ela e o prof. Jabim Nunes, também de Artes Visuais, e outros colegas do Núcleo de Arte Grande Otelo/6a.CRE participaram da montagem e decoração do palco etc.  

 

 

 

Profa. Luciana, Prof. Jabim  e profa. Mônica (que dirige o Núcleo de Arte da 6a.CRE)

 

 

 

 

 

Detalhes da decoração

 

 

Prof. Eduardo e prof. Jabim montando o cenário

 

 

Profa. Denise (GED / 6a.CRE)

 

 

 

 

 

 

O primeiro lugar ficou para E.M. Andrea Fontes Peixoto, da qual tive, recentemente, o prazer de conhecer o blog (clique aqui: http://emandreafontespeixoto.blogspot.com/2011/06/1-lugar-no-fecem-2011.html ).

 

 

 

1º Lugar no FECEM 2011


       "É... vencemos! Para alguns foi marmelada, pois desconhecem o trabalho que foi feito em tão pouco tempo e em situações adversas. Somente quem está próximo a nós, sabe que em meio as dificuldades do dia-à-dia escolar não foi fácil remar contra a maré. Mas, é fato!!! Somos bi-campeões! Vencemos com a música "Amor Passageiro"!!! Venceu o talento de nossos alunos, venceram a dedicação e empenho que tivemos nos ensaios sem lugar e equipamentos adequados. A garra e determinação que há em nossos corações, estes não são passageiros. Afinal, somos... Guerreiros da Escola!!!"

 

 

 

 

 

 

 

 

LETRA/MÚSICA: Luana Silva (1901)

INTÉRPRETE: Larissa da Silva (1901)

GUITARRA: Gabriel Emídio (1901)

VIOLÃO ELÉTRICO: Rafael Alves (1901)

BATERIA: Gabriel Guimarães (1801)

BAIXO: Pofº Yuri Nascimento

TECLADOS: Profª Kátia Rodrigues

 

 

 

 

Quero aproveitar a oportunidade e apresentar ainda mais um novo blog da 6a.CRE, o da E.M. Paraiba (clique aqui: http://escolaparaibario.blogspot.com/2011/06/fecom.html), que também postou sobre sua participação no FECEM 2011/6a.CRE!  A escola ficou com o 2o. lugar!

 

 

 

"Com a música: "A Escola é sua e minha", os alunos Fabio - T: 1601 (acompanhando no violão), Tamires e Daiana - T: 1501 (Vocais), juntamente com o professor Eder, de música, garantiram o segundo lugar para a nossa escola, no FECEM da 6ª CRE.

 

Com muito empenho, Tamires fez a letra e a música, tendo ajuda do professor Eder, para fazer o arranjo final, apresentado por Fabio, ao violão.

 

Parabéns aos alunos por mais essa conquista para nossa escola!"

 

 

 

 

NOTA:

(*) Vale ainda conferir, aqui, no Rioeduca, a Revolução Acontece, a postagem do vídeo da participação da E.M. Rose Klabin no FECEM / 6a.CRE no blog R.K. NOTÍCIAS (clique aqui: http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1012).

 

 

 

                              

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 21/06/2011

Apresentando o Blog da Sala de Leitura da E. M. 05.14.020 José do Patrocínio

Tags: 5ªcre, blogsdeescolas.

Blog da Sala de Leitura da E. M. 05.14.020 José do Patrocínio

 

“Bem-vindos ao nosso espaço!”


“Caros alunos, professores e demais membros da nossa comunidade escolar. Escrever um blog dedicado a nossa Sala de Leitura sempre foi um sonho. Mais até que um sonho: uma necessidade natural, algo importante para a divulgação do trabalho aqui desenvolvido com alunos e professores, fomentando, cada vez mais, a leitura. Utilizar os recursos da Web é mais uma maneira de mostrarmos que, sem a leitura e a escrita do bom português - a nossa língua-mãe -, até mesmo o mais avançado recurso tecnológico não teria a menor utilidade.


Viva à Web!
Viva à Língua Portuguesa!
Viva à Leitura - literária, informativa, instrutiva - ou não!
Viva à Educação!

 

Viva à Escola Municipal José do Patrocínio, com seus professores, alunos, agentes administrativos, merendeiras, garis"!


Esse é o primeiro post do blog da Sala de Leitura José do Patrocínio. Com muita interatividade, conclamando os alunos a participarem, o blog está em funcionamento desde o dia 01 de maio de 2011.
  

Um pouquinho da história da Sala de Leitura José do Patrocínio.


A Sala de Leitura da E.M.05.14.020 José do Patrocínio está localizada no bairro de Irajá e oferece a toda comunidade escolar um acervo riquíssimo.


A professora Luciana é a regente da SL e a pessoa responsável por manter o Blog e o espaço de leitura em funcionamento, e a "todo vapor".


Pelos Marcadores (autor, dicas de site, diário do leitor, entrevista, jogos, sugestão de livros, vídeos) podemos sentir a importância deste espaço de leitura, que chegou para ratificar os principais objetivos das Salas de Leitura: promoção da leitura e formação de leitores.

 

Informações do “Diário do Leitor


No ano de 2011, algumas ações da Sala de Leitura foram ampliadas. Para as avaliações externas, acrescentou-se a prova de redação com a leitura obrigatória de um título da Sala de Leitura, para que o aluno crie um texto. Além disso, criou-se o diário do leitor, um formulário onde o aluno registrará suas impressões sobre o livro que leu disponibilizado em dois formatos: impresso e na Web - que estará disponível no blog.


Para conhecer mais acesse ao blog clicando no link: http://saladeleituraemjp.blogspot.com/

 

Envie para seu blog para que possamos publicar no Portal Rioeduca. 

Profª Regina Bizarro

Representante da 5ª CRE no Rioeduca/SME,

maior Rede de Educação da América Latina.

reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                              

 

 


   
           



Yammer Share