A A A C
email
Retornando 26 resultados para o mês de 'Junho de 2016'

Quinta-feira, 02/06/2016

Obras de Ziraldo são o tema da II Mostra da Sala de Leitura

Tags: 8ªcre, saladeleitura.

 

 

 

 

Uma Mostra de Trabalhos construída com a alegria e o rico imaginário das obras do escritor e desenhista Ziraldo. Um evento que exemplifica o enriquecedor trabalho da Sala de Leitura das unidades escolares do Rio de Janeiro.

 

Alunos assistem atentos à apresentação dos personagens das obras de Ziraldo

 

As escolas da Rede Pública Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro contam com um espaço especial, voltado para a promoção da leitura e a formação de leitores: a Sala de Leitura. 

A proposta das Salas de Leitura tem sua origem em 1985, como alternativa aos espaços de Multimeios e Bibliotecas Escolares existentes nas escolas até aquela época.

O novo espaço busca ressignificar e redimensionar as práticas até então desenvolvidas. Propôs-se uma nova dimensão pedagógica para o trabalho, cujo fio condutor é o prazer de ler.

Conhecendo a importância da leitura para a formação dos alunos do ensino fundamental e para o  seu desenvolvimento durante toda a vida, a Sala de Leitura e as ações que ela propôe são de fundamental valor pedagógico.

 

 

Dramatização de Flicts, de Ziraldo

 

Nos dias 27, 28 e 29 de abril aconteceu a II Mostra de Trabalhos da Sala de Leitura do Ciep Gilberto Freyre. O evento teve como tema "Viajando no Universo de Ziraldo".

A Sala de Leitura foi palco para apresentações teatrais, exposição de trabalhos e o despertar da curiosidade de pequenos leitores por obras do autor de personagens inesquecíveis da literatura infantil.

Envolvendo os professores e os alunos da Educação Infantil ao 5º ano, a II Mostra de Trabalhos da Sala de Leitura do Ciep Gilberto Freyre proporcionou a todos os seus participantes a oportunidade de traduzir o imaginário e o lúdico das obras de Ziraldo, através de desenhos, pinturas, músicas e teatro.

 

 

 

“Todo projeto realizado é uma surpresa, pois nossa escola envolve-se de forma plena. Alunos se tornam gigantes! Com olhos brilhantes, eles se transportam para uma outra dimensão. Tornam-se artistas, pintores, leitores e autores... O mais incrível é o reflexo desse brilho nos olhos de cada professor, que vibra com cada realização, com cada apresentação e com cada proposta concluída...  A atmosfera tem odores diversos e sensações indescritíveis, o que nos faz sentir vencedores! No universo de Ziraldo vimos constelações e mundos coloridos, que fizeram de nós um pouco mais iluminados..."            


                              Alexandra Machado – Coordenadora Pedagógica no Ciep Gilberto Freyre
 

 

Atividades dos alunos do Ciep Gilberto Freyre

 

"Ler é abrir fronteiras entre a realidade e o imaginário. É dar asas à alma terrestre. É sonhar acordado. É viajar por terras distantes estando tão perto!

Nós, do Ciep Gilberto Freyre, entendemos que somos veículos nessa intensa viagem. O projeto: " Viajando no universo de Ziraldo" foi mais uma prova de que educar para diversidade contra as desigualdades é um dos caminhos para uma sociedade comum a todos.

Teatro, rodas de leitura, vídeoaulas, mostra de trabalhos, documentários e outros, tendo como destaques nossos alunos, foi um sucesso!

Agradecemos a todos: aos professores pela incomparável dedicação; aos alunos; aos funcionários; aos responsáveis; aos amigos e parceiros da nossa unidade escolar, que com carinho se fizeram presentes e fizeram desses três dias um magnífico encontro. Encontro esse que fez brilhar igualmente os olhos dos professores e alunos, de forma que não se definia encantados e "encantantes" (...)

A todos da família Freyre, Parabéns! E com carinho a nossa admiração pelo trabalho e companheirismo de nossa professora de Sala de Leitura, Fernanda Serra!"

                                                                        Equipe da Direção do Ciep Gilberto Freyre

 

 

Dramatização do personagem mais popular de Ziraldo: "O Menino Maluquinho"

 

O Rioeduca parabeniza a Sala de Leitura e a todos os envolvidos no projeto e deseja que esse evento seja apenas o início de muitas outras leituras e aprendizagens na unidade escolar.

 

Turminha da Educação Infantil marcando presença na produção de atividades

 

 

(Colaboração de Alexandra Machado - Coordenadora Pedagógica no Ciep Gilberto Freyre)

 

 

Contato com o Ciep Gilberto Freyre:

Tel.: (21) 3335-2099

 

Para novas publicações da 8ª Cre, entre em contato com:

neildasilva@rioeduca.net

 

 

 * Fonte: http://www0.rio.rj.gov.br/sme/downloads/multieducacao/SalaLeitura.pdf 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 01/06/2016

Sarau de Poesias na E.M. Juliano Moreira

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

No mês de Abril, a Escola Municipal Juliano Moreira organizou um sarau de poesias  com a participação de todas as turmas.

 

Os alunos da educação infantil ao sexto ano da Escola Municipal Juliano Moreira puderam conhecer alguns autores da literatura nacional no primeiro bimestre deste ano e realizar um sarau de poesias na escola.

No Brasil, os saraus  chegaram  com a família real movidos a erudição e muito requinte. Literatura, música e bebidas faziam parte dos saraus do Brasil do século 19. Até então privilégio de seleto público, esse tipo de encontro chegou ao Brasil em 1808, com D. João, e seguia os moldes dos salões franceses. Inicialmente, eram realizados no Rio de Janeiro, mas logo fazendeiros de São Paulo resolveram aderir à moda e já na metade do século 19 estavam espalhados por todas as capitais.

Os saraus de hoje não são mais privilégio apenas de um  público específico, como os de antigamente, agora basta  um grupo de pessoas que queiram se reunir e dividir  literatura, artes visuais, música e apresentações culturais de diversas formas.

 

                        Apresentação da Educação Infanti: Arabela, a flor amarela de Cecilia Meireles.

 

Na E. M. Juliano Moreira, além de conhecer mais sobre a literatura nacional, os alunos também criaram suas próprias poesias, inclusive considerando a biografia do patrono da escola.

 

Poesias produzidas pelos alunos.

 

Os alunos conheceram mais sobre Monteiro Lobato, Cecilia Meireles, Ruth Rocha, Ana Maria Machado, Pedro Bandeira e Sylvia Orthof.

Entre os autores conhecidos, Cecilia Meireles foi a preferida das turmas. Além de conhecerem as obras e a biografia da autora, os alunos puderam expor suas poesias e participaram de um concurso interno.

 

  Atividade realizada a partir da poesia de Cecilia Meireles.

 

                                     Trabalhos produzidos pela Educação Infantil e Classe Especial.

 

Foi criado um varal de poesias e a participação foi incentivada através da leitura e do empréstimo de livros da sala de leitura, dos professores regentes das turmas e da equipe de educação física.

 

                        Alunos reunidos para as apresentações das turmas no Sarau de Poesias.

 

 

O projeto da escola JULIANO MOREIRA DE LÁ PARA CÁ tem como objetivo conscientizar a comunidade sobre a importancia do lugar, da preservação do meio ambiente, do objetivo do desmatamento ocorrido na Colônia e de como podemos reflorestar. 

 


 

 

Informações do projeto enviadas pela professora Maria Cecilia Amancio, regente da Sala de Leitura.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato da E.M. Juliano Moreira:

emjmoreira@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

   
           



Yammer Share