A A A C
email
Retornando 25 resultados para o mês de 'Junho de 2018'

Quinta-feira, 14/06/2018

Festa da Família no EDI Morro da Fé

Tags: 4ªcre, família, festa, escola.

 

A Festa da Família, realizada no EDI Morro da Fé, é uma proposta inclusiva que considera as configurações familiares de forma abrangente e acolhedora.

 

 

Partindo da percepção que a comunidade escolar contempla variados formatos familiares, o EDI Morro da Fé estimulou a parceria  entre família e escola, através de uma festa com diversas atrações e momentos.

 

 

Momento foto de Família - As famílias são convidadas a fazerem um registro inicial em foto, na qual é perceptível uma grande diversidade de organizações familiares. Entretanto, apesar de não haver padrão, algo era muito visível : o carinho presente em todas elas.

 

 


 

Fortalecendo a parceria família e escola, os responsáveis abrilhantaram a festa com a presença e a participação nas propostas sugeridas.

 

 

 


Momento de interação e participação dos familiares - Foi proposto um desfile da Família, convidando um representante de cada família para participar deste momento descontraído. Ao final, foi eleita a FAMÍLIA DO ANO.

 

 

Entre uma das atividades, destaca-se  uma apresentação em homenagem às famílias, preparada pelos alunos. Cada apresentação tinha como objetivo expressar mensagens de amor, afeto e amizade. Valores que devem representar o significado da base familiar na vida das crianças.

 


A culminância do evento se deu com a exposição das atividades desenvolvidas pelos educandos com ajuda das famílias, valorizando, assim, a identidade familiar de cada criança.

 

 

Parabéns pelo excelente trabalho realizado!

 

Sobre o Espaço de Desenvolvimento Infantil Morro da Fé
Gestores: Fernanda Silva de Barreto e Luciana Brandão
Designação: E/CRE( 04.11.804) EDI Morro da Fé
Endereço: rua Maturacá nº366 Penha Circular
CEP: 21210-360
E-mail: edimfe@rioeduca.net
Tel: 3458-1406

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 13/06/2018

Orquestra Maré do Amanhã Visita o EDI Maria Cecília Ferreira

Tags: 8ªcre, educação infantil, edi, música.

 

A Orquestra Maré do Amanhã visita o EDI Professora Maria Cecília Ferreira

 

Possibilitar interação com os outros e ampliar o conhecimento do mundo por meio da música é um dos objetivos propostos nas Orientações Curriculares da Educação Infantil da Prefeitura do Rio de Janeiro.

 

 

Para cumprir essa importante etapa na construção do conhecimento dos pequenos alunos do Espaço de Educação Infantil Professora Maria Cecília Ferreira, o projeto Orquestra Maré do Amanhã transformou um dia letivo em um dia inesquecível para alunos, professores e funcionários!

 

No dia 16 de maio, a Orquestra Maré do Amanhã visitou o EDI Professora Maria Cecília, trazendo muitas novidades ao apresentar os seus instrumentos e a forma como funcionam.

 

 

 

Além do projeto anual desenvolvido por toda a escola, cada turma do EDI Maria Cecília desenvolve um projeto personalizado, de acordo com o interesse e perfil dos alunos.

A professora Érica Costa é a responsável pelo projeto onde a música é o foco principal. Ela é a regente da turma EI-31, carinhosamente conhecida como a Turma do Cavaquinho. Ao observar que o seu grupo tem como centro de interesse a Linguagem Musical, a professora Érica planejou uma experiência totalmente inovadora para as crianças.

Receber a Orquestra Maré do Amanhã na escola entusiasmou a todos os presentes, não só os alunos!

Antes da apresentação os pequenos puderam ver os instrumentos de perto, fazer perguntas e conhecer os músicos.

 

 

 

O acesso à essa manifestação cultural clássica, que não é comum no cotidiano das crianças, é muito enriquecedora. Essa experiência contribui para a construção de seu conhecimento e percepção da amplitude da arte e da cultura.

O repertório da apresentação foi bem variado e a orquestra se deparou com uma plateia formada por alunos curiosos e atentos a tudo, mas quando a música  Billie Jean, de Michael Jackson, foi tocada, as crianças dançaram bastante!

A visita da Orquestra Maré do Amanhã na escola foi inesquecível para a Turma do Cavaquinho, que está agora ainda mais musical e feliz!

O evento foi marcante na verdade para todos que estiveram presentes, pois a música alegra, inspira... e só faz bem!

 

 

 

O Rioeduca parabeniza à professora Érica Costa e a Turma do Cavaquinho (EI-31) pela realização do projeto!

Um agradecimento especial ao professor Bruno Rossato, Diretor do EDI Professora Maria Cecília Ferreira, pela colaboração com essa publicação.

 

 

 

Para saber mais sobre o Projeto Maré do Amanhã:

http://www.maredoamanha.com.br/

 

Para entrar em contato com o EDI Maria Cecília:

Email.: edimferreira@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 13/06/2018

Todo dia é dia de: Índio, leitura e descobertas

Tags: 3acre, indio, leitura.

 

"Todo dia é dia de: Índio, leituras e descobertas", sob este título as turmas de primeiro,segundo e terceiro anos da (03.29.001) Escola Municipal Professor Mourão Filho embarcaram numa viagem de conhecimento. Vamos conhecer um pouco desse trabalho?

 

 

A Escola Municipal Professor Mourão Filho embarcou numa viagem de conhecimento, através da arte e de muitas leituras. O resultado foi um trabalho de conhecimento e de respeito a cultura do povo indígena.

 

 

 

Partindo das datas comemorativas do mês de abril (dia do índio, dia do livro e descobrimento do Brasil) e fazendo um link como o Projeto Político Pedagógico da escola (Semeando amor...Colhendo sucesso!), os alunos foram motivados a criar vínculos de amor pelo país em que moram, valorizando suas riquezas naturais, conhecendo sua história, se reconhecendo como parte dela e despertando assim o pensamento: "De qual Brasil quero fazer parte e ajudar a reconstruir ou transformar?".

 

 

 

Segundo  o relato das professoras Vanessa e Cristiane, foi criado um vínculo de amor pela diversidade cultural, valorizando o respeito pelas diferentes raças e seus costumes, mostrando que de formas diferentes somos todos iguais. Ao final do projeto, o objetivo principal foi alcançado: despertar o amor pela leitura e escrita, mostrando e provando através de vivências a importância da aprendizagem para sabermos de onde viemos, por onde vamos passar e onde queremos chegar.

 

 

 

 

Ainda segundo as professoras, este trabalho recebeu o apoio e incentivo da equipe gestora da escola e foi desenvolvido em parceria com outras disciplinas (artes, educação física e inglês), além de professores de outros grupamentos que dedicaram seu tempo com relatos de experiências e materiais que enriqueceram a exposição intitulada Primeira Expo-Mourão.

Foram duas semanas de experimentações, leituras, produções e aulas práticas que resultaram numa belíssima exposição para toda a comunidade escolar. O projeto obteve como resultado, alunos entusiasmados para apresentar o resultado de suas produções para  familiares, que por sua vez, prestigiaram e valorizaram o trabalho desenvolvido pela escola.

 

 

Parabéns para a equipe da Escola Municipal Professor Morão Filho pelo trabalho de qualidade desenvolvido que procurou, antes de tudo, conscientizar a seus alunos e comunidade escolar sobre a importância do Índio e sua herança cultural na formação do povo brasileiro. 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 12/06/2018

O Combate ao Mosquito Depende de Nós

Tags: 2ªcre, dengue.

 

Os alunos da E.M. Barão de Itacurussá participaram de atividades informativas e práticas sobre as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

 

A professora Renata Barbosa, regente de Ciências na E.M. Barão de Itacurussá, entrou em contato com o portal Rioeduca e nos contou sobre as atividades realizadas no projeto que tem como objetivo a conscientização do combate ao mosquito Aedes Aegypti.

A atividade foi realizada com todas as turmas do segundo segmento, a partir de uma explanação do que são arboviroses e, principalmente, sobre aquelas cujo vetor é o Aedes Aegypti. Além disso, foi feito um debate com as turmas a respeito de possíveis criadouros de mosquitos em seus domicílios e atuação dos mesmos nesta prevenção. 

 

Alunos apresentando a "mosquitérica".

 


A turma 1.701 realizou um experimento, no qual o foco principal é a captura de mosquitos e visualização das etapas do desenvolvimento deste inseto, dentro da unidade escolar. Esse processo foi realizado de forma controlada, sob a supervisão da professora regente e com o objetivo somente de observação. Para tal atividade, a turma confeccionou quatro “mosquitéricas”- armadilha de mosquitos- que foram armazenadas em três salas. 

 

Alunos atuando no projeto de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

 


Os alunos da 1.701, também, foram às salas de todas as turmas da escola para informar aos colegas sobre o compromisso e responsabilidade frente ao combate ao Aedes Aegypti, distribuindo panfletos.  

 

Aluna entregando panfleto.

 

 

Entrega de folhetos aos alunos da escola.

 


A professora Renata Barbosa relata que os criadores da armadilha de insetos foram Hermano César M. Jambo e Antônio C. Gonçalves Pereira. Ambos a patentearam com o nome de mosquitoeira. Porém, para difundir a utilização da invenção, o grupo do professor Maulori Cabral, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), criou uma versão alternativa e gratuita chamada mosquitérica.


Agradecemos a professora Renata Barbosa e a equipe da E.M. Barão de Itacurussá por compartilhar conosco este projeto que demonstra ações práticas de cidadania e cuidados com a saúde.

 

O contato da unidade escolar é: emitacurussa@rioeduca.net

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 


   
           



Yammer Share