A A A C
email
Retornando 25 resultados para o mês de 'Julho de 2016'

Sexta-feira, 01/07/2016

Favela Mundo no Engenho da Rainha

Tags: favela mundo, oficinas.

 

 

 

 

FAVELA MUNDO OFERECERÁ MAIS DE 300 VAGAS EM OFICINAS CULTURAIS NA ESCOLA MARECHAL ESTEVÃO LEITE DE CARVALHO


Contra turno será com muita alegria e para toda a comunidade escolar

 

O projeto Favela Mundo, que acaba de se despedir da Escola Municipal Pedro Aleixo na Cidade de Deus inicia atividades para crianças, jovens e responsáveis no Engenho da Rainha, em 11 de julho.


Após beneficiar mais de 550 crianças na zona Oeste da cidade a entidade parte para a zona norte, onde pretende beneficiar mais de 300 alunos.


O projeto conta com patrocínio do MetrôRio, Prefeitura do Rio e da Secretaria Municipal de Cultura e levará à escola aulas de danças brasileiras, hip hop, jazz, capoeira, teatro e violão para crianças e jovens de 6 a 18 anos e oficinas de artesanato, maquiagem e decoração de unhas para os responsáveis. “Acreditamos que para o desenvolvimento pleno, o aluno precisa ter o apoio da família. Desenvolvemos atividades voltadas aos pais pois dessa forma conseguimos entender melhor o dia a dia de cada criança, conhecemos seus problemas reais e podemos, todos juntos, criar estratégias para que ele cresça de forma saudável. Outro fator importante e fundamental é que as oficinas para os adultos tem o foco na geração de renda, assim as famílias adquirem conhecimentos para ajudar no sustento de suas casas.” Comenta Marcelo Andriotti, idealizador do projeto.

 


Fundada em 2010 a ONG Favela Mundo já beneficiou mais de 2.300 crianças e jovens de 92 comunidades. Representou o Brasil em diversos eventos no extrerior, entre eles destacam-se o Congresso Internacional de Pedagogia de Havana/Cuba, UNAOC-EF Summer School, na ONU em Nova Iorque e em 2014 o projeto foi reconhecido como um “modelo de inclusão social nas grandes cidades”, no World Cities Day, na Sede das Nações Unidas. Ao todo a Favela Mundo já esteve presente, levando a bandeira de nosso país, em 8 eventos estrangeiros.


Em agosto a África receberá o Favela Mundo no NAIMUN, evento que ocorrerá no Marrocos e debaterá formas de aplicar os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. A entidade será a única brasileira convidada, entre mais de projetos de mais de 50 países.


Para participar das aulas gratuitas na Escola Marechal Estevão Leite de Carvalho, no Engenho da Rainha, é preciso a autorização dos responsáveis e cópia da identidade e CPF. O projeto terá a duração de 12 meses e tem como principal objetivo diminuir as taxas de evasão, aumentar o interesse dos alunos pela vida escolar e oferecer novas oportunidades de crescimento pessoal para os alunos.

 

 


“Nós da escola Marechal estamos empolgados e realmente acreditando que a Favela Mundo vem pra somar com nosso “Projeto Vida”, acreditamos que irá dar um significado pra uns e ressignificar a vida de outros alunos. Porque alguns não têm essa perspectiva de futuro. Creio que podem encontrar na dança e demais oficinas novas oportunidades de melhoramento em suas vidas, quem sabe um novo emprego, uma nova perspectiva, ... um novo olhar pras suas vidas. É isso que estamos esperando do Favela Mundo, porque nós da escola estamos nessa perspectiva de sempre dar um ressignificado. Infelizmente alguns de já estão empenhados e abraçados pelo tráfico. Outros veem o tráfico como ascensão social dentro da comunidade onde vivem. Nós da Marechal sempre lutamos contra isso é nosso dever nos quatros anos que estamos aqui lutar contra isso e mostrar pra eles que existe sim novas oportunidades. Após quatro anos em frente à escola vejo muito mais alunos entrando no ensino médio do que eu via quando eu entrei aqui, mas não quer dizer que isso é tudo. Eu acredito em 100% porque se eu não acreditasse em 100% eu não estava na educação. Hoje nós estamos alcançando 80% e acredito que com a entrada de vocês existe perspectiva de 100%. Porque não sonhar com 100% e é com essa linha de pensamento, de raciocínio, de crença na educação que eu sei que a Favela Mundo vai somar.” – comenta Valéria Maria Ferreira Guedes Machado, coordenadora pedagógica da Escola Municipal Marechal Estevão Leite de Carvalho.

 


A dura realidade da comunidade, pobre em projetos culturais é o que está levando a Favela Mundo para o Engenho da Rainha, como uma ferramenta de integração, crescimento pessoal e aumento da autoestima dos moradores.


Para o diretor Comercial e Marketing do MetrôRio, Ricardo Nunes, essa iniciativa vem reforçar o compromisso da Concessionária em contribuir com a formação do cidadão. “Esta parceria firmada com a Favela Mundo irá contribuir para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos moradores das comunidades do entorno da estação Engenho da Rainha. O MetrôRio tem consciência do seu papel e procura estimular esse convívio social. O projeto estimulará aptidões pessoais e profissionais, abrindo um novo leque de opções para essas pessoas”, disse.

 

Início das aulas: 11 de julho

Para informações adicionais sobre inscrições, os interessados podem entrar em contato pelo telefone (21) 2236-4129 ou pelo site www.favelamundo.org.br
 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share