A A A C
email
Retornando 54 resultados para o mês de 'Julho de 2017'

Terça-feira, 18/07/2017

Formação Continuada: Troca de experiências entre profissionais do PEJA

Tags: 11ªcre, peja, jovens, adultos.

 

Promover troca de experiências bem sucedidas entre os professores regentes do Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) da 11ª CRE tem fortalecido o trabalho das equipes e se tornado uma importante ferramenta em prol da educação de qualidade. CONFIRA!

 

A proposta do Projeto é realizar um espaço de troca de experiências e atividades entre os professores orientadores e os regentes em parceria com a Gerência de Educação (GED) da 11ªCRE, visando a criação de um espaço de discussão sobre os avanços, limitações, desafios para serem analisados, discutidos e contextualizados.

 

 

O primeiro encontro ocorreu no dia 23 de junho, contudo o projeto será desenvolvido durante todo o ano letivo, de forma mensal, em uma das unidades escolares envolvidas, que são: E. M. Capitão de Fragata Didier Barbosa Vianna, E. M. Brigadeiro Eduardo Gomes, CIEP João Mangabeira e a E. M. Rodrigo Otávio.

O primeiro encontro, que ocorreu na E. M. Capitão de Fragata Didier Barbosa Vianna, foi dirigido pelo professor Marcelo André de Souza, mestrando da Universidade Federal Fluminense (UFF), na área de Educação com a linha de pesquisa em Diversidade, Desigualdade Social e Educação. "A Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil: reflexões sobre o papel do professor" foi a proposta de discussão na qual o professor Marcelo apresentou um panorama das políticas públicas para a EJA no Brasil e no mundo através de mapas, tabelas e gráficos, conduzindo uma reflexão sobre o papel do professor dentro dessa política.

 

 

Para subsidiar a discussão, o professor Marcelo remontou um breve histórico da EJA no Brasil desde o Período Colonial até os nossos dias, dando destaque aos marcos legais que oferecem suporte as nossas ações, principalmente a partir da Constituição de 1988.

A segunda reunião aconteceu no dia 06/07, quinta-feira, na Escola Municipal Rodrigo Otávio, com os professores de Língua Estrangeira, Linguagens Artísticas e Educação Física.

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: Gerência de Educação (GED) da 11ªCRE

Telefone: 3383-8144

 

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 17/07/2017

Clube da Leitura

Tags: 1ªcre, riodeleitores, projetos.

 

Protagonismo Infantil: alunos são contadores de histórias, despertando em si e nos colegas o prazer da leitura literária.

 

Localizada na Mangueira, Zona Norte do Rio de Janeiro, a Escola Municipal Bilíngue Mestre Waldemiro atende alunos em turmas da Educação Infantil até 6º Ano Experimental, em regime de turno único.

 

 

Pensando em proporcionar aos alunos acesso ao acervo Literário além dos limites das salas de aula e explorando os diversos espaços da escola, a equipe gestora, em conjunto com a professora regente da Sala de Leitura, criou e implementou o Projeto “Clube da Leitura”.

No “clube”, o prazer de ler vai sendo consolidado em cada criança, aos poucos, favorecendo e aprimorando a sua escrita.

 


E assim, a escola foi criando e disponibilizando diferentes espaços , com acesso livre aos livros, onde os alunos se divertem lendo pelo simples prazer de ler, sem cobranças acadêmicas. Ao mesmo tempo desperta em cada um o prazer em ouvir histórias, contadas pelos colegas: Os alunos voluntários visitam as turmas fazendo “contação de histórias” para os colegas. A cada visita dos leitores a turma vibra, esperando ansiosamente pelo momento prazeroso de poder viajar pelo mundo da imaginação.

 

 

Para a professora Gláucia, diretora da Mestre Waldemiro, “ o objetivo também é que eles desenvolvam o prazer em ler para os colegas e ao mesmo tempo desenvolvam o prazer em ouvir histórias contatas pelos outros. Quem sabe não nascem contadores de histórias?", finaliza.


E na sua escola? Que Projeto está fazendo a diferença na vida de nossas crianças? Conte para nós!

 

 

Para Saber Mais:

Escola Municipal Bilingue Mestre Waldemiro

Direção: Gláucia Couto

Direção Adjunta: Bezaliel Medeiros e Anna Aguilera

Coordenação Pedagógica: Christina Gomes

Telefone: 2254-3144

E-mail: emwaldemiro@rioeduca.net

 

 


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 17/07/2017

EDI Dalila Tavares: Construindo a arte de sentir e aprender brincando

Tags: 9ªcre, artes, edi.

 

O mundo é repleto de símbolos e significados que possibilitam grandes descobertas nesta fase da infância. A arte possibilita o desenvolvimento de atitudes essenciais para o indivíduo como o senso crítico, a sensibilidade e a criatividade.  O EDI Dalila Tavares fica localizado na Zona Oeste do Rio, no bairro de Campo Grande e a a proposta de trabalho  é baseada na Arte que possibilita o desenvolvimento de atitudes essenciais para o indivíduo, como o senso crítico, a sensibilidade e a criatividade.

 

A arte faz parte da vida da criança como instrumento de leitura do mundo e de si mesma. No segundo bimestre foi realizado um trabalho com as Artes Visuais. PORTINARI tem sido nosso artista inspirador para diversas ações pedagógicas. As crianças foram apresentadas ao artista Cândido Portinari, conhecendo sua vida e obra, tendo contato com as artes plásticas, como figuras, imagens, desenhos e pinturas, assim como, conhecimento de mundo e expressões. As informações foram compartilhadas de forma lúdica, usando a linguagem da criança. A intenção era formar vínculos, entre a criança e Portinari.


As obras foram apresentadas na caixa surpresa, a turma EI 54, da professora Dircelene Bard ficou encantada com as obras. Os alunos puderam manusear, olhar de pertinho, observar e descrever os detalhes do que era analisado. Perceberam que ele retratava várias brincadeiras infantis. A obra que mais gostaram foi Brincadeira de roda. E, como brincar é muito bom, a turma foi para o pátio brincar de roda.
 

 

 

A professora Giulianna Abreu montou uma exposição com as obras para turma EI 42. Os alunos puderam observar e escolher a obra que mais gostaram. A turma ficou muito animada para saber qual seria a obra mais votada. Registraram suas escolhas na confecção do gráfico. A obra mais votada foi Plantando Bananeira.

 

   

 

Portinari, em suas obras, registrava suas brincadeiras de infância favoritas. Hoje, muitas brincadeiras estão ficando esquecidas. A turma EI 41, da professora Aline, procurou fazer um resgaste dessas brincadeiras e contou com a participação dos pais que responderam as pesquisas feitas pelos filhos. Os dados da pesquisa foram contabilizados num gráfico.

 

 

Em várias obras, encontramos papagaios ou pipas. A turma EI 31, da professora Sônia Maria confeccionou pipas, mas a melhor parte foi brincar com elas. Empinar papagaios. 

 

    

 

A turma do Maternal I, EI 21, da professora Cláudia Corrêa foi apresentada a obra Brincadeira de roda. Eles fizeram de forma alegre e divertida a releitura da obra. A ludicidade e encantamento foram explorados em cada momento.

 

 

 “No processo de aprendizagem em Artes Visuais, a criança exterioriza seu mundo interno, sua personalidade e seu modo de ver e de sentir as coisas. Ela traça um percurso de criação e construção individual que envolve escolhas, experiências pessoais, aprendizagens, relação com materiais e sentimentos.” 

 

Desta forma, Cândido Portinari, passou a fazer parte do universo das crianças do EDI Dalila Tavares.

Parabéns à equipe!

 

DADOS DA UNIDADE:

EDI Dalila Tavares
Direção Geral: Glória Regina
Diretora Adjunta: Flávia Alvarenga
Email: editavares@rioeduca.net
Facebook: https://www.facebook.com/dalila.tavares.102

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 14/07/2017

Valorizando o Meio Ambiente

Tags: 10ªcre, meioambiente.

 

Alunos da escola Tenente Renato César realizam trabalho sobre a preservação do meio ambiente.

 

A E/CRE (10.19.012) Escola Municipal Tenente Renato César está localizada à Avenida Areia Branca, 1510 - Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro. A unidade escolar atende a 28 turmas, com 877 alunos, do 1° ao 6° ano e Classe Especial. Tem como diretora, a professora Dayse Gomes de Souza Bento; como diretora adjunta, a professora Tatiane Dantas de Carvalho; e como Coordenadora Pedagógica, a professora Juliane Cardozo da Silva Dantas.

 

Alunas do 2° ano apresentando trabalho sobre a preservação do meio ambiente

 

A cada dia observamos que a humanidade não se dá conta da importância da preservação do meio ambiente. Faz-se necessário conscientizar os alunos sobre a importância de efetivar ações que contribuam para esse fim e que mobilizem toda a sociedade de forma que possamos colaborar para a construção de um mundo melhor e essa é a proposta do Projeto Político Pedagógico da E. M. Tenente Renato César.

A Educação Ambiental é muito mais do que conscientizar sobre o lixo, a reciclagem e a poluição. É trabalhar situações que possibilitem a comunidade escolar a pensar propostas de intervenção na realidade que os cerca. Ela será o elo entre todas as disciplinas que favorecerá a valorização da vida e, consequentemente, do meio ambiente.

 

Alunas do 2° ano apresentando trabalho sobre a preservação do meio ambiente

 

— O objetivo deste projeto é proporcionar o conhecimento e a conscientização dos alunos acerca dos temas: meio ambiente e cidadania, desenvolvendo a construção de atitudes para preservação com desenvolvimento sustentável. Compreender o que devemos desenvolver para fazermos nossa parte é fundamental no desenvolvimento desse processo. — afirma a coordenadora Juliane.

 

Alunos do 2º ano conhecendo e valorizando a importância do plantio de árvores

 

As atividades trabalhadas sobre o meio ambiente envolveram todos os segmentos da Unidade Escolar, bem como todas as disciplinas. Em especial, a disciplina de Artes, uma vez que, foram utilizadas em diversas atividades as práticas de desenho, pintura, recorte e colagem. A professora de Artes, Juliana Rezende, conseguiu abranger o tema de maneira bem lúdica e criativa com todas as turmas da escola.

— A escola é muito tranquila. Temos uma equipe muito boa e bastante participação dos responsáveis. Durante a semana do meio ambiente, foram realizadas confecções de bolsas, de telefone sem fio, de biboques utilizando garrafa pet e cartazes inspirados no artista Vik Muniz. — afirma a professora Juliana.

 

Bolsas confeccionadas com garrafa pet (Turmas do 4º ao 6º ano)

 

Quer saber mais sobre o trabalho?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.012) E. M. Tenente Renato Cesar
Telefone: 3395-1495
Email: emtrcesar@rioeduca.net

 

 


 


   
           



Yammer Share