A A A C
email
Retornando 30 resultados para o mês de 'Julho de 2018'

Sexta-feira, 13/07/2018

Vivendo Direito e Deveres

Tags: cre10, 10ªcre.

 

A Escola Municipal Ana Neri trabalha os direitos e deveres com os alunos fazendo com que criem o hábito diário de seguir os combinados feitos. 

 

A E/CRE (10.26.013) Escola Municipal Ana Neri é centenária, está localizada na Estrada Roberto Burle Marx, 9953, Barra de Guaratiba, em frente à praia, possui 8 turmas em horário parcial, com atendimento de 199 alunos da Educação Infantil (4 anos) ao 5° ano. A Unidade Escolar tem como diretora, a professora Ana Paula Albuquerque de Souza, como diretora adjunta, a professora Vania Maria Machado de Araújo, como coordenadora pedagógica, a professora Gloria Maria Bastos e como professora de sala de leitura, a professora Cintia Farag Goulart de Araújo.

Frente da Unidade Escolar

 

O corpo docente da escola é formado pelos professores Jéssica Pereira Amorim Santos (turmas EI-41 e EI-51), Debora Carlota Nunes Barbosa (turmas 1201 e 1301), Andrea Santos de Lima (turmas 1402 e 1501), Aline Ribeiro Rangel (turmas 1101 e 1401), Sabrina Ribeiro Guimarães (Artes), Janaine Medeiros santos (Inglês) e Marco Antonio de Alvarenga Mendonça e Andreia Ferreira Maciel (Educação Física).

 

A temática pedagógica de 2018 é “Vivendo Direitos e Deveres”, essa nasceu da avaliação da proposta pedagógica de 2017, que era “Descobrindo Barra de Guaratiba” e o desenvolvimento do PPP/Construindo Valores e Saberes. O grupo acho que surgiu a necessidade de focar as vivências e instrumentos de inserção participativa, protagonismo e ação transformadora em cada lugar que vivem, no convívio com ações cotidianas de limites, cidadania e solidariedade na escola, família e na comunidade.

 

Alunos em atividade de contação de histórias no quintal da escola

 

Além disso, os professores e direção buscam gerar a consciência em cada um como sujeito ativo na dinâmica dos direitos e deveres, sendo resultado da atitude pessoal e do compromisso coletivo frente aos combinados, na Unidade Escolar, como um todo.

— Ampliar as atitudes de pensar/agir frente aos conflitos e entraves de relacionamento pessoal, percebendo o conhecimento e informação como ferramentas para as ações participativas, democráticas e de cidadania efetiva e diária, usando a reflexão e o diálogo como alicerce do compromisso dentro das situações coletivas, vem sendo o destaque. — afirma a diretora, Ana Paula.

 

 

Alunos na aula de Educação Física

 

 

— A execução dos projetos temáticos (escola, família e comunidade) são planejados e avaliados em conjunto pelos regentes, inclusive as professoras de sala de leitura, Artes, Inglês, Educação Física, Estudo Dirigido e Reforço Escolar. — explica a coordenadora pedagógica, Glória Botelho.

 

A Unidade Escolar tem alguns parceiros, que contribuem muito com as temáticas específicas: Posto de Saúde – Centro Municipal de Saúde Mourão Filho – CMS Barra Guaratiba, que contribui com prevenção de doenças, higiene, alimentação, controle e acompanhamento; Embrapa, que contribui com pesquisa alimentar e alimentação saudável; Guarda Municipal do Rio de Janeiro/Grupamento Ronda Escolar, que contribui com palestras de Convivência sem violência, prevenção à violência, cidadania, bullying, atividades socioeducativas e atividades lúdicas.

 

 

Alunos recebendo visita dos funcionários do posto de saúde 

 

 

Parabéns a todos da Escola Ana Neri por fomentar uma formação cidadã!

 

Quer saber mais sobre o nosso trabalho?

E/CRE (10.26.013) E. M. Ana Neri
E-mail: emananeri@rioeduca.net
Telefone: 3377-1387


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 13/07/2018

Projeto: A Matemática está em tudo

Tags: 5ªcre, matemática, projeto, .

 

Entre os meses de abril e maio de 2018, os professores da Escola Municipal Maestro Pixinguinha elaboraram o Projeto " A Matemática Está em Tudo", com o objetivo de inserir e mostrar a matemática no processo de ensino-aprendizagem em outras disciplinas. Confira!

 

 

Ensinar matemática é desenvolver o raciocínio lógico, estimular o pensamento independente, a criatividade e a capacidade de resolver problemas. Os educadores matemáticos devem procurar alternativas para aumentar a motivação para a aprendizagem, desenvolver a autoconfiança, a organização, concentração, atenção, raciocínio lógico dedutivo e o senso cooperativo, estimulando a socialização e aumentando as interações do indivíduo com outras pessoas.

E isso não é uma tarefa fácil para os professores de matemática, pois muitas vezes os alunos não percebem relação do que é aprendido na escola com o cotidiano. 

 

 

Com base nessas reflexões, os professores da Escola Maestro Pixinguinha desenvolveram o Projeto "A Matemática Está em Tudo", onde as professoras Zelia Domingos e Vânia Loraine foram as responsáveis pelo projeto e os professores Solange Quintella, Ana Pantoja, Jorge Carlos, Sergio Castanheira, Mara Mariano, Edson Araújo, Alessandra Neves, Alexsander e Marcelle participaram colaborando com o mesmo. Todas as disciplinas fizeram parte das áreas de concentração do projeto.

A ideia veio como consequência do biênio da matemática, que são dois anos de eventos e ações que colocarão a Matemática, Ciência e Tecnologia no foco da comunicação - contribuindo para o crescimento do país e o desenvolvimento humano. Nesse período, nosso país sediará pela primeira vez a Olimpíada Internacional da Matemática IMO 2017 e o Congresso Internacional de Matemáticos ICM 2018, o mais importante evento do mundo voltado à disciplina. Um movimento em prol da educação que se propõe a criar, produzir e trazer para o país múltiplas experiências que gerem novas descobertas e estimulem o aprendizado da Matemática de forma geral.

Por isso mesmo,  “ A Matemática está em tudo” mostra uma relevância extraordinária ao agregar valores, vivências e reflexões comuns a diversas disciplinas do currículo, possibilitando um espaço de discussão permanente dentro da escola.

 

OBJETIVOS DO PROJETO

1 OBJETIVO GERAL

      - Inserir matemática no processo de ensino-aprendizagem por meio de uma visão multidisciplinar aproximando o público estudantil aos conteúdos matemáticos.

2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

            - Apresentar a matemática aos estudantes de forma mais lúdica e simples de entender;
            - Desenvolver a partir do gosto por outras disciplinas, à vontade de conhecer mais a matemática;
            - Perceber que a matemática está presente em outros ambientes e disciplinas;
            - Possibilitar transdisciplinaridade em torno de temáticas de outras disciplinas;
            - Estimular os alunos da rede pública a criarem o hábito relacionar conteúdos; 

 

                                                                   

 

O Projeto foi desenvolvido no Ensino Fundamental II, sendo executado em 02 (duas) etapas:

1ª - Estudo, preparação e execução do material multidisciplinar criado pela turma e professor representante;

2ª - Apresentação desses materiais para toda a escola com a explicação feita pelos alunos; 

 

1ª FASE

A primeira fase foi feita com atuação direta dos professores, que ficaram responsáveis por escolher uma turma e o conteúdo interdisciplinar para trabalhar com a mesma. A escolha de subtemas teve a duração de uma semana.

• Matemática: (Solange): Sólidos geométricos e planificações, turmas: 1701 e 1601
• Matemática: (Zelia): Construção de sólidos geométricos com material concreto, turma: 1702 e criação da paródia para turma 1801
• Geografia (Jorge): Gráficos na Geografia, turma: 1701 e 1902
• Língua Portuguesa (Mara): Entrevista e a estatística, turma: 1901
• Ciências (Ana): IMC, turma: 1801
• Educação Física(Alessandra): Descobrindo a matemática da quadra esportiva, turma: 1703
• Música (Sérgio): Paródia dos ângulos, turma: 1801
• História (Alexander): Séculos na história e matemática, turma: 1601
• Coordenação (Vânia): Quiz de matemática, toda a escola
• Artes (Marcelle): Tangram e Tsuru, turmas: 6º e 7º ano
• Inglês (Edson): Números e Operações em inglês, turma: 1602 

 

 

2ª FASE

A segunda foi a fase de pesquisa e execução dos subprojetos pelos alunos, sendo auxiliados pelos professores representantes. Nesse momento,  os alunos tiveram a oportunidade de relacionar a matemática com outras disciplinas e perceber o quanto ela está presente e atuante em tudo; A fase de execução teve duas semanas de duração.

• Matemática: (Solange): Murais com desenhos feitos somente com figuras geométricas e construção de sólidos geométricos.
• Matemática: (Zelia): Construção de poliedros com canudos, nylon e massinha
• Geografia (Jorge): Construção de diferentes gráficos sobre distribuição populacional por regiões e pirâmide etária.
• Língua Portuguesa (Mara): Realização de entrevista sobre gravidez na adolescência e análise estatística com os dados coletados.
• Ciências (Ana): Cálculo de IMC com balança e fita métrica e interpretação dos dados.
• Educação Física: Retirada das medidas da quadra com trena e cálculo do perímetro, área e volume da quadra.
• Música (Sérgio): gravação e estréia do vídeo clipe da paródia sobre ângulos
• História (Alexander): Trabalho sobre datação dos séculos, a partir dos anos em os eventos históricos aconteceram por meio da matemática, utilizando algarismos romanos.
• Coordenação (Vânia): Quiz de matemática, os alunos foram divididos em turmas e tiveram o tempo de uma música de 3 minutos para responder cada pergunta relacionada à matemática ou raciocínio lógico.
• Artes (Marcelle): Trabalho com figuras geométricas utilizando o tangram e os 1000 tsurus da paz.
• Inglês (Edson): Apresentação dos números e operações matemáticas em inglês. 

 

 

3ª FASE

O Projeto: “A Matemática está em tudo" teve a culminância com a participação de todos os docentes e discentes da escola. As turmas que realizaram os subprojetos sob a supervisão dos professores representantes, apresentaram os trabalhos para toda a escola no formato de exposição. Todos os alunos tiveram a oportunidade de conhecer todos os temas, aprender com eles e tirar suas dúvidas com alunos responsáveis pelas bancadas. Teve a estréia do vídeo clipe e o quiz de matemática.

 

 

O Projeto também contou com o apoio e a colaboração do professor de música que fez o clipe: Sérgio Castanheira, e os diretores da E.M. Maestro Pixinguinha Eduardo de Castro Brittes, adjunta Jacqueline Melo e da Coordenadora Pedagógica Vânia Loraine Barbosa de Carvalho. 

Foi um trabalho conjunto, toda a equipe da unidade escolar se envolveu e com isso, o sucesso do projeto foi absoluto. 

 

Clique no link abaixo para assistir ao clip:

https://bit.ly/2Kk6E40

 

Parabéns a escola, aos alunos e a todos os profissionais pelo trabalho colaborativo, inovador e de excelência na Educação Pública!

 

Sobre a escola:

Unidade Escolar: Escola Municipal Maestro Pixinguinha 
Diretor: EDUARDO CASTRO BRITTES
Endereço: Rua Anambes 50, Vila Kosmos.
Telefone: 3352-1005 | 2482-9875
E-mail: empixingui@rioeduca.net 

 

 

 

 


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 13/07/2018

Redescobrindo o Alfabeto

Tags: 7ªcre, redescobrindo, alfabetização.

 

A Escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro está “Redescobrindo o Alfabeto”!

 

Por meio de atividades lúdicas e divertidas, os alunos estão construindo a alfabetização e compreendendo a função social da leitura e da escrita.

 

Vem! Vamos REdescobrir!

 

 

Para iniciar a aula, os alunos assistiram ao vídeo elaborado pelas professoras da escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro: Lyvia e Juliana!

 

Elas têm um canal no Youtube chamado “Redescobrindo” composto por videoulas de alfabetização!

 

Confira o vídeo

 

A aula interativa utiliza a ferramenta digital para dar protagonismo à alfabetização, abordando-a por meio de jogos e brincadeiras.

 

 

 

Os alunos demonstram interesse, pois têm a possibilidade de interagir com as propostas do vídeo e dessa maneira, aprender ainda mais.

 

 

 

 

Durante a videoaula as crianças conheceram a proposta do jogo de trilha do alfabeto, que tem por objetivo facilitar a assimilação do nome das letras e suas respectivas posições no alfabeto, e ainda a compreensão da ordem alfabética.

 

 

Ao final, não poderia faltar o desafio de casa: Realizar uma atividade com as letras do nome.

 

Após assistir ao vídeo... Mãos a obra!

 

       

Os alunos tiveram a oportunidade de brincar com a trilha do Alfabeto...

E com outros jogos de conteúdo similar.

 

 

Realizaram o desafio de casa com as letras do nome, relacionando-as aos nomes de outros elementos.

A atividade foi tão prazerosa que resolveram fazer uma construção para cada letra do alfabeto.

E foram convidados a construírem um corredor alfabetizador, composto por todas as atividades realizadas a partir das letras do alfabeto apresentadas no vídeo.

 

 

Esse corredor auxiliou muito nas tarefas de alfabetização das diversas turmas da escola.

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Desembargador Ney Palmeiro

E-mail: empalmeiro@rioeduca.net

Tel.: 2408-6042 / 2408-5482

 

Contato para divulgação:


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 12/07/2018

A voz e a vez dos alunos na E. M. Arthur Bernardes

Tags: 9cre, gremio estudantil.

 

A participação dos alunos foi marcante, durante a Campanha para Diretoria Executiva do Grêmio Estudantil da Escola Municipal Presidente Arthur Bernardes. Confira!

 

Uma das metas da unidade, promovendo o protagonismo juvenil, é a formação de cidadãos conscientes, críticos, que façam a diferença de forma positiva na sociedade. A voz dos alunos foi acolhida durante todo o processo e a representatividade garantida para o bem estar de toda a comunidade escolar.

  

 

 

A professora Shirlei Videira de Deus, atua como regente de Sala de Leitura da Escola Municipal Presidente Arthur Bernardes. Ela foi a orientadora da Comissão Eleitoral para Diretoria Executiva do Grêmio Estudantil da unidade, que aconteceu no mês de junho nas unidades da rede pública municipal, seguindo o calendário repassado pela Secretaria Municipal de Educação.

 

 

Encontro dos alunos com a Professora Shirlei Videira para encaminhar as orientações da eleição do  Grêmio Estudantil

 

 

O trabalho na UE começou com um diálogo sobre liderança, representatividade, direitos, deveres e organização. Foi importante ressaltar a confiança que os colegas demonstram quando escolhem um representante, que deve ser a voz da turma. Dessa forma, foi aberta um riquíssima discussão sobre o poder e importância do Grêmio Estudantil nas escolas.

A aluna Giuliane Rodrigues da S. Silva, Vice Presidente da Comissão Eleitoral, disse que o Grêmio é a voz dos alunos. Aproveitando essa reflexão, foi acrescentado que sem organização, a voz se torna uma gritaria, gritaria ninguém entende e assim até boas ideias se perdem.

 

 

 

 

Com essa ilustração da professora Shirlei, os alunos compreenderam a importância de uma Diretoria Executiva para organizar as ideias, selecioná-las nas assembleias e executá-las com a participação de todos, ou seja, ações coletivas visando o bem comum.

Destaca-se deste debate o momento em que um membro da Comissão Eleitoral ressaltou que para ser voz é preciso primeiramente saber ouvir.

 

 

Protagonismo: Livro e mural confeccionado pelos alunos com informações referentes ao Grêmio Estudantil

 

A Comissão Eleitoral recebeu a visita de representantes do PRONAIPE (Programa Interdisciplinar de Apoio às Escolas), que acompanharam todo esse processo nas escolas. Os alunos apresentaram-se confiantes e com seus papéis bem definidos. Mostraram o mural preparado com as informações referentes ao Grêmio Estudantil e ficaram orgulhosos ao receber elogios desses profissionais.

 

 

 

Do debate inicial ao dia da posse, surgiram novas dúvidas no meio do caminho. Muitas perguntas, muitas reuniões e esclarecimentos. Assim, a Campanha para Diretoria Executiva do Grêmio Estudantil da E.M Presidente Arthur Bernardes aconteceu com consciência e respeito.

 

 

 

A participação de alunos e professores durante a eleição e posse da Diretora Executiva do Gremio Estudantil da E. M. Arthur Bernardes

 

 

"São alunas e alunos novinhos, mas ativos. Foi gratificante ver o empenho de cada um na formação da chapa, correria na campanha e frio na barriga para o resultado da apuração." Contou a professora Shirlei.

 

 

 

 

 

As alunas integrantes da Chapa Rosa eleitas para a Diretoria Executiva do Grêmio Estudantil

 

A chapa Rosa foi a vencedora, sendo a Diretoria Executiva do Grêmio Estudantil que se empenhará para de fato ser a voz dos alunos.

 

Nas palavras da equipe da E. M. Arthur Bernardes, "uma orquestra onde cada instrumento tem a sua função e afinados dão um show!"


 

Quer saber mais sobre sobre?

Escola Municipal Presidente Arthur Bernardes

Endereço: R. Peropaba, nº125 - Campo Grande/RJ

Telefone: (21) 3394-1193 / 3364-5272

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share