A A A C
email
Retornando 47 resultados para o mês de 'Agosto de 2015'

Sexta-feira, 07/08/2015

Os Bons Frutos das Tecnologias em Sala de Aula

Tags: 4ªcre.

 

 

 

A exigência social atualmente é maior, e determina que todos saibam caminhar por áreas antes desconhecidas, como a área tecnológica. Assim, é interessante considerar que o aluno possa vivenciar experiências, interferir, fomentar e construir o próprio conhecimento com as novas tecnologias na escola. 

 

 

"A tecnologia proporcionará aos professores que desenvolvam diferentes atividades em sala de aula, de maneira a torná-la mais dinâmica e atraente." 

Martina Roth

 

 

As mudanças que se operam no contexto educacional com a introdução de novas tecnologias permitem a obtenção de maiores informações com a utilização da tecnologia na educação, bem como dos conhecimentos necessários ao educador que atua nessa era de globalização. 

A utilização e a exploração de aplicativos e/ou softwares computacionais durante as aulas podem desafiar o aluno a pensar sobre o que está sendo feito e, ao mesmo tempo, levá-lo a articular os significados e as associações realizadas a partir dos meios utilizados e, ainda, dos resultados obtidos.

 

Observem como a Escola Montese utiliza as tecnologias a favor da aprendizagem

 

 

Em 2013, a Diretora da E. M. Montese, Valéria dos Anjos Guedes, optou por participar do Projeto Alfa e Beto, como 1º ano; em 2014 ampliou para o 2º ano e, em 2015, baseando-se no sucesso obtido, reafirmou a parceria.

Três professoras já participaram do Alfa e Beto na Montese: Monique Bandeira, Valéria Maria e Nivia Borges. E, a cada ano, o trabalho foi sendo aprimorado.

 

 

2015 trouxe a novidade do uso dos tablets em sala de aula pelos alunos do 1º ano. Oba! Muito trabalho, muita correria, mas tudo bem! Duas vezes por mês os aparelhos são conectados à rede da internet e os dados dos jogos executados pelos alunos são sincronizados e atualizados, ficando disponíveis para o professor e diretor acessar os relatórios e verificar o desempenho de cada aluno e da turma.

Com essa novidade dos tablets e do programa Galáxia Alfa (os jogos do tablet, que são operados off-line) tem-se agora mais uma ferramenta para avaliar, planejar e replanejar as aulas. A boa experiência do uso dessa nova ferramenta acabou entrando na telinha. Na Montese as professoras são “Fantásticas”! Receberam a equipe do Fantástico, que realizou a matéria sobre o uso de tecnologia em sala de aula." Texto enviado pela Professora Valéria Anjos - Diretora da Escola Municipal Montese

Vale lembrar que o processo de ensino-aprendizagem também já se mostra diferente do de antigamente, pois as formas de ensinar e aprender são diferentes, isto é, o professor não é mais um simples transmissor do conhecimento. Hoje, ele é um mediador, facilitador do processo de ensino-aprendizagem e os alunos são os sujeitos ativos desse processo, deixando de ser simples receptores do conhecimento. 

Dessa forma, precisamos  entender é que a educação, hoje, precisa adquirir um novo formato, no qual a comunicação não seja mais unilateral, e sim uma conversa de mão dupla. O aluno precisa se engajar não somente com o professor, como também com seus colegas de classe.

 

Parabéns a todos da equipe Montese por entender e utilizar a tecnologia para facilitar o trabalho realizado na sala de aula, instigando a troca de informações e de conhecimento.

 

Escola Municipal Montese
R. Mar Grande, 315 - Cordovil Rio de Janeiro - RJ
(21) 2485-2200

 

Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ªCRE

anaaccioly@rioeduca.net

 

 

                               

 

   
           



Yammer Share

Postado por Ana Accioly Ver Comentários (5)

Quinta-feira, 06/08/2015

Escola Mário Augusto - 55 Anos de Qualidade na Educação Pública

Tags: 3ªcre, rio450anos.

   

 

 

Ao completar 55 anos de existência, a Escola Dr. Mário Augusto Teixeira de Freitas comemora seu trabalho de qualidade, desenvolvendo projetos que reafirmam sua visão: ser conhecida na Rede Municipal de Educação do Rio como referência na implantação de prática inovadoras que impactam diretamente na aprendizagem dos alunos.

 

 

Localizada no bairro do Engenho Novo, na cidade do Rio de Janeiro, a escola possui turmas de Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental.

A equipe de professores e funcionários da Escola Dr. Mário Augusto Teixeira de Freitas trabalha há 55 anos em prol de um ensino público de qualidade.

VISÃO: Ser conhecida na Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro como referência na implantação de processos e prática inovadoras que impactam diretamente na aprendizagem dos alunos.

MISSÃO: Proporcionar uma educação de qualidade centrada na aprendizagem, através de práticas inovadoras, parcerias internas e externas, e implementando o Sistema de Gestão Integrado.
 


O Dr. Mário Augusto Teixeira de Freitas nasceu no Recôncavo Baiano – Vila de São Francisco do Conde – no dia 31 de março de 1890. Viveu como funcionário público, e faleceu no dia 22 de fevereiro de 1956 no Rio de Janeiro. Foi o primeiro Secretário Geral do antigo Conselho Nacional de Estatística, imprimiu orientação dinâmica a todo o IBGE, tornando-o credenciado no país e no exterior, fortalecido para a posteridade.

Como organizador e administrador, disse Carlos Drummond de Andrade: “Sem governar o menor pedaço do Brasil, influía profundamente na evolução”. Mas não é só. A sua ação ultrapassou os limites geográficos do Brasil para participar de modo significativo e com pleno êxito na criação do Instituto Interamericano de Estatística. 

 


 

O Maculelê, em sua origem, era uma “arte marcial” armada. Atualmente, é uma dança que simula essa luta, utilizando-se de dois bastões.

 


 

A Escola foi fundada no dia 12 de abril de 1960, e está há 55 anos visando um ensino de qualidade, educando culturalmente de forma humana, possibilitando a construção de uma sociedade mais justa, igualitária e com respeito à diversidade. O lema da escola é a frase de Paulo Freire: “Me movo como educador, porque primeiro me movo como gente.”

 


 

A partir do conceito de lente de aumento, observamos os mapas: mundi, do Brasil, do estado do Rio de Janeiro e da cidade do Rio de Janeiro. Aos poucos, fomos compreendendo as divisões territoriais até ampliarmos ao máximo essa lente, e encontrarmos nosso bairro, onde moramos e onde estamos.

Após essa etapa de observação, os alunos experimentaram corporalmente e espacialmente as proporções territoriais.

 

 

“Se todo o corpo é o Brasil, onde está o estado do Rio de Janeiro? Se o braço é o estado do Rio de Janeiro, onde está a cidade do Rio de Janeiro? Se a mão é a cidade do Rio de Janeiro, onde está o bairro do Engenho Novo?”

Dessa forma, os alunos foram se divertindo com o conhecimento, e assimilando a noção de proporção. A foto abaixo faz parte do processo. Nesse momento, os alunos tentaram desenhar corporalmente o mapa do Brasil.

 

 

Ainda nas comemorações dos 55 anos da Escola e os 450 anos da Cidade do Rio de Janeiro, vários trabalhos artísticos foram realizados. Abaixo, exemplos de alguns deles.

 


 

Os alunos da turma 1502 trabalharam a cidade do Rio de Janeiro, o bairro do Méier, e criaram Jack, um DJ que mora no bairro do Méier, e frequenta o bairro da Lapa para se divertir.
 

 

Parabéns à equipe da Escola Dr. Mário Augusto Teixeira de Freitas! Qualidade na educação pública da cidade do Rio de Janeiro há 55 anos.

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 06/08/2015

Receitas Poéticas Cariocas

Tags: 8ªcre.

 

 

 

Receitas Poéticas Cariocas foi um projeto que surgiu a partir de uma proposta do Caderno Pedagógico do 7º ano. Sua culminância foi uma celebração aos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro e seus habitantes, os cariocas!

 

 

Professora Pamela Mota e a turma 1701 em roda de conversa no projeto "Receitas Poéticas Cariocas".

 

Atualmente, as escolas possuem inúmeros meios de dar suporte aos ensinamentos transmitidos aos alunos, e isso faz toda a diferença na forma como eles desenvolverão os diferentes conhecimentos.

Livros, apostilas, eBooks, equipamentos eletrônicos de última geração, tudo vem ao encontro de uma aprendizagem mais sólida, que garante ao aluno reter melhor os conteúdos e, assim, aprimorá-los.

Os Cadernos Pedagógicos de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências da Prefeitura do Rio de Janeiro são elaborados com base nos descritores de cada grupamento, e trazem algumas propostas para serem feitas com os alunos na sala de aula.

 

 

Alunos fazem degustação dos pratos típicos enquanto apreciam as poesias expostas.

 

O projeto Receitas Poéticas Cariocas foi desenvolvido com a turma 1701 durante as aulas de Língua Portuguesa da professora Pamela Mota.

A proposta surgiu a partir de uma atividade do Caderno Pedagógico do 1° Bimestre, que sugeria a criação de uma receita para ser um bom carioca. Surgiu, então, a ideia de que os alunos fizessem um poema, na estrutura de uma receita, apresentando como um carioca deveria ser.

Como mediadora, a professora Pamela explicou os dois gêneros e o objetivo comunicativo de cada um: a receita, um texto injuntivo pautado na explicação e no método para a concretização de uma ação; e o poema, um gênero pautado no lirismo e na subjetividade.

Além disso, baseados nas orientações curriculares, foram explicados os aspectos semântico e discursivo do modo verbal imperativo inerentes aos textos injuntivos e, consequentemente, ao gênero receita.

 

 

 

 

"As criações textuais dos alunos que surgiram foram fantásticas. Eles entenderam os conceitos dos gêneros, e conseguiram produzir com espírito crítico, criatividade e sensibilidade as 'receitas-poemas'. Como culminância, foi marcada uma data para que eles apresentassem, numa espécie de sarau, suas receitas poéticas e levassem, literalmente, pratos típicos do Rio de Janeiro e as receitas, mostrando a elaboração e o preparo das iguarias."

               Professora Pamela Mota, regente de Língua Portuguesa na E. M. Estado de Israel

 

A diversidade de pratos da culinária carioca a serem apresentados foi uma estratégia para, também, mostrar a multiplicidade do Rio de Janeiro, lembrando e celebrando, ainda, os 450 anos da cidade maravilhosa.

A culminância do projeto atendeu plenamente aos objetivos propostos, pois os alunos participaram com muito entusiasmo de todas as etapas: as audições dos poemas; as criações das receitas; e os pratos típicos preparados com tanto carinho pelos alunos com a ajuda de seus responsáveis.

Foi um dia diferente e muito especial para todos os envolvidos!

 

 

   

Organização do espaço de degustação, e exposição dos textos feitos pelos alunos da turma 1701 da E. M. Estado de Israel.

 

 

O Rioeduca parabeniza a professora Pamela Mota e seus alunos pela realização das Receitas Poéticas Cariocas!

 

 

*     *     * 

 

Estamos aguardando o seu contato para compartilhar as ações da sua sala de aula e conhecer a sua escola!

Entre em contato conosco.

 

Professora Neilda Silva

Email: neildasilva@rioeduca.net

Facebook: www.facebook.com/neilda.silva.1

Twitter: @Prof_Neilda

 

 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 05/08/2015

O Mundo Está Aqui... Celebrando 450 Anos de Carioquice!

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

Ao longo de 2015, o EDI Professora Ruth Cardoso está desenvolvendo o projeto “O mundo está aqui... celebrando 450 anos de carioquice”, que tem como objetivo resgatar a autoestima do cidadão carioca.

 

Para começar, o EDI Ruth Cardoso embarcou numa viagem para conhecer as atrações e as belezas de nossa cidade e para entender o porquê de ela ser conhecida como “Cidade maravilhosa”. Neste primeiro período, trabalhamos os subprojetos: “Rio, seus encantos e recantos” e “Natureza carioca, cenário exuberante”.

 


Os alunos construíram maquetes representativas dos pontos turísticos mais famosos da cidade. Foi uma experiência muita rica. Todos aprenderam muito.

O relato de um responsável, ao visitar a exposição de trabalhos, sintetiza todos os objetivos propostos: “O Rio de Janeiro é realmente lindo! Só assim para apreciar pontos da cidade que nem eu conhecia! ”

 

                 Responsáveis visitando a exposição.
 

O projeto “Rio, seus encantos e recantos”, desenvolvido com as turmas da Educação Infantil, está só começando. E muitas atividades já estão acontecendo no EDI.


Os alunos que o digam! A cada semana foi trabalhado um ponto turístico do Rio de Janeiro – suas histórias e curiosidades. Cada atividade permite viver uma experiência fundamentada na vida real, aberta a múltiplas relações.

 

Através de vídeos e gravuras, os alunos conheceram o Maracanã, e associaram sua forma com a rodinha que fazemos no dia a dia, na sala de aula. O Cristo Redentor e o Pão de Açúcar foram retratados com muita arte, criatividade e imaginação através de desenhos, pinturas, colagens...

 

Atividades artísticas para reproduzirem os pontos turísticos do Rio.

 

Ficaram tão encantados com o Planetário que decidiram “criar” um mini Planetário: alunos “cometas” passavam correndo pela sala; alunos “planetas” não paravam de girar; alunos “estrelas”, às vezes, escorregavam do céu pelo escorregador do parquinho (tal qual uma estrela cadente) – tudo observado pelo possante telescópio confeccionado por eles, com a utilização de tecnologia de ponta (cartolina, cola, fita adesiva etc.).

 

    Criando a calçada de Copacabana com recorte e colagem, e visita dos pais.
 

Para rechear de vivências o projeto, os alunos realizaram um passeio ao Pão de Açúcar. Foi um dia diferente, no qual as crianças puderam apreciar um mosaico de paisagens deslumbrantes e diversos ícones do Rio de Janeiro, tais como, a Ilha Fiscal, o Maracanã, a Baía da Guanabara, a Mata Atlântica, o Cristo Redentor.

 

          Visita das turmas EI-13, Ei-24 e EI-25 ao Pão de Açúcar.

 

     Crianças no bondinho do Pão de Açúcar.

 

Dessa forma, o EDI Ruth Cardoso vai desenvolvendo seu projeto ao longo de 2015, mostrando toda a riqueza que existe em nossa cidade, e colaborando para o resgate da autoestima do cidadão carioca.

      

 

 Parabéns, equipe e alunos, pelo trabalho realizado!

 

 

Para conhecer mais sobre este e outros trabalhos, visite o blog do EDI:

http://ediprofessoraruthcardoso.blogspot.com.br/

Contato da unidade escolar:

edircardoso@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net
 

 

 

 

                               

 

   
           



Yammer Share