A A A C
email
Retornando 47 resultados para o mês de 'Agosto de 2015'

Quinta-feira, 27/08/2015

O Uso Consciente da Água: Hoje e Sempre!

Tags: 8ªcre.

 

 

 

Não há assunto de maior relevância no momento do que a conscientização da população mundial quanto ao uso da água.  A Escola Municipal Padre Leonel desenvolveu um projeto para que sua comunidade faça a sua parte e contribua assim para o futuro do nosso planeta. 

 

 

Atividades de criatividade e arte dos alunos da E.M. Padre Leonel Franca

 

A Escola  Municipal Padre Leonel reuniu-se para trabalhar o subprojeto "Padre Leonel e o Uso Consciente da Água". Este projeto está inserido no projeto principal da escola que tem como tema:  "Águas do Rio".

As ações do projeto visaram ajudar professores e alunos no trabalho de conscientização em relação à cultura de preservação da água.

Com o trabalho realizado foi possível mostrar as múltiplas formas de uso da água na nossa cidade, os ciclos da mesma e sua importância para a vida.

A equipe pedagógica acredita que a escola é um espaço privilegiado para a discussão de medidas possíveis para a mudança dos hábitos da comunidade local, portanto esse projeto tem uma especial importância para todos.

 

 

Alunos participando da votação no concurso de cartazes

 

Durante muito tempo foi dito que a água é um bem infinito e isso acabou causando na população a sensação de que poderíamos utilizá-la da maneira que quiséssemos, sem qualquer preocupação.

Ultimamente, com o impacto do alto índice de poluição dos rios e mares e com a redução da água nos reservatórios, foi necessário mais do que uma mudança radical desse conceito, foi preciso conscientizar para a mudança de hábitos.

 

Coral formado por professores em apresentação no evento sobre a Água.

 

As questões sobre a água não abrangem somente a economia do uso, mas também a sua reutilização e a despoluição dos rios e nascentes.

Todos esses aspectos foram discutidos no projeto realizado através de atividades que estimularam o pensamento e a criatividade de todos os participantes, de maneira interdisciplinar.

Alunos do 6º e do 7º ano, coordenados pela professora da Sala de Leitura, Ana de Lourdes, criaram desenhos e cartuns com o tema "A água em nossas mãos".

Entre outras atividades, aconteceram concurso de cartazes, elaboração de acrósticos com o tema: Águas do Rio, teatro de sombras, desafio matemático, confecção de livrinhos e atividades colaborativas.

Até mesmo um coral formado só por professores abrilhantou o evento da culminância do projeto.

 

Livros para colorir, criados pelos alunos, teatro de sombras e cartaz temático.

 

 

Diante de toda a reflexão proporcionada pelo projeto, foi possível concluir que o uso consciente da água é algo para o presente e para o futuro.

 

O Rioeduca parabeniza a Escola Municipal Padre Leonel Franca pelo planejamento e realização de um projeto tão relevante e atual.

 

E.M.Padre Leonel Franca

                                   Av.do Canal s/n°.Realengo - Tel.:3335-4449                                           Email:emlfranca@rioeduca.net

Equipe diretiva:

Simone Ayres & Camila Marchon
Coordenação pedagógica:
Vastí Soares

 

 

Professor, esperamos o seu contato para divulgar aqui as ações da sua escola!

Entre em contato conosco.

 

*     *     *

 

  Professora Neilda Silva

Email: neildasilva@rioeduca.net

Facebook: www.facebook.com/neilda.silva.1

 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 27/08/2015

Palestra do Professor Evanildo Bechara - Maratona Escolar João Ubaldo Ribeiro

Tags: 3ªcre, maratona, bechara.

 

 

 

Inesquecível, marcante... São algumas palavras que caracterizam a palestra do acadêmico e professor Evanildo Bechara sobre o livro “Dez bons conselhos de meu pai”, escrito pelo também acadêmico João Ubaldo Ribeiro, ambos homenageados na Maratona Escolar.

 

 

 

João Ubaldo (Osório Pimentel) Ribeiro nasceu em Itaparica (BA), em 23 de janeiro de 1941. Bacharel em Direito (1959-62) pela Universidade Federal da Bahia, jamais chegou a advogar. Pós-graduado em Administração Pública pela mesma universidade e mestre (master of science) em Administração Pública e Ciência Política pela Universidade da Califórnia do Sul.

Consagrado como romancista brasileiro, faleceu no dia 18 de julho de 2014, na cidade do  Rio de Janeiro.
 

 

Evanildo Cavalcante Bechara nasceu em Recife (PE), em 26 de fevereiro de 1928. Desde cedo, mostrou vocação para o magistério, que o levou a fazer o curso de Letras, modalidade Neolatinas, na Faculdade do Instituto La-Fayette, hoje UERJ, Bacharel em 1948, e Licenciado em 1949.

Em 1971-72 exerceu o cargo de professor titular visitante da Universidade de Colônia (Alemanha) e, de 1987-89, igual cargo na Universidade de Coimbra (Portugal).

Hoje, é professor emérito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1994) e da Universidade Federal Fluminense (1998), e doutor honoris causa da Universidade de Coimbra (2000).

Distinguido com as medalhas José de Anchieta, de honra ao mérito educacional, da Secretaria de Educação e Cultura do Rio de Janeiro, e medalha Oskar Nobiling, da Sociedade Brasileira de Língua e Literatura.

Quinto ocupante da ABL da cadeira nº 33, eleito em 11 de dezembro de 2000, na sucessão de Afrânio Coutinho, e recebido em 25 de maio de 2001 pelo acadêmico Sergio Corrêa da Costa, até hoje, ministra palestras sobres temas ligados à Língua Portuguesa e Literatura Brasileira
 

 

O resultado do desafio de escrever um livro infantil revela-se a cada página da obra de João Ubaldo - Dez Bons Conselhos de Meu Pai (Editora Objetiva) -, que apresenta ilustrações fortes e criativas, encantando com suas frases curtas e reflexivas.

O texto, inspirado na educação que o escritor recebeu de seu pai há mais de 30 anos, não conta só uma história, mas apresenta pistas sobre como viver bem em sociedade.
Uma delas é “Não seja ignorante”. 

Esse foi o tema da palestra de Evanildo bechara para alunos e professores das unidades da 3ª CRE.
 

 

Seguem os dez bons conselhos, com alguns comentários do professor Bechara:

I – Não seja tutelado
Enfrente os problemas e defenda suas opiniões, não permita que as pessoas resolvam as coisas por você.

II – Não seja colonizado
Tenha orgulho de sua herança, não se ache inferior.

III – Não seja calado
Seja calado só por educação até o ponto disso não o prejudicar. Não seja insolente, e não tolere a insolência.

IV – Não seja ignorante
Se você sabe fazer bem o seu trabalho, e conduzir corretamente sua vida, você não é ignorante. Mas, se recusar todas as oportunidades possíveis para aprender, você é.

V – Não seja submisso
Reconheça suas faltas, mas não se humilhe. 

 

 

VI – Não seja indiferente
Ser indiferente em relação ao semelhante ou ao que nos rodeia.

VII – Não seja amargo
Se você for amargo, essas coisas continuam acontecendo. Construa sempre.

VIII – Não seja intolerante
Alegre-se com a diversidade humana. Procure honestamente entender os outros.

IX – Não seja medroso
Todo mundo tem medo, mas a pessoa não pode ser medrosa.

X – Não seja burro
Sim, não seja burro. Normalmente, quando você está infeliz, você está sendo burro. Quando você está sendo explorado, você é sempre infeliz.

Mas fomos  felizes, e muito. 

Parabéns, Gerência de Educação da 3ª CRE, por mais esse momento ímpar de formação para a vida

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 26/08/2015

O Aniversário do Seu Alfabeto

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

O projeto O Aniversário do Seu Alfabeto, da professora Viviane Dutra, está sendo desenvolvido na Escola Embaixador Ítalo Zappa nas turmas EI-11, EI-12 e 1103. 

 

 

Como nas classes de educação infantil e alfabetização acontecem os primeiros contatos das crianças com as letras, essa visualização é de fundamental importância para que os pequenos sintam-se seguros ao reproduzi-las.

Tendo em mente a importância da sistematização do ensino do alfabeto (seja nas séries iniciais e/ou na educação infantil), o letramento é mais significativo quando se desenvolve um trabalho lúdico, em que os alunos podem interagir, sentindo-se integrados e participando ativamente das atividades propostas.

 

  Capa do livro O Aniversário do Seu Alfabeto, e o boneco criado para o projeto pelos alunos.

 

O projeto está baseado na obra de Ademir Piedade “O Aniversário do Seu Alfabeto”, na qual o Seu Alfabeto está fazendo aniversário, e a sua esposa convida todas as letras do alfabeto para a festa. As letras levam um presente que tem a letra inicial correspondente ao presente. Ex: O A levou um pacote de Alegria, o F levou uma fotografia do Seu Alfabeto de quando ele estudava na pré-escola.

 

   Criação do boneco feito pelos alunos em sala de aula

 

    Uma vez por semana, o boneco segue para casa com a criança. 

 

Uma vez por semana, um aluno leva o mascote do Seu Alfabeto para casa para apresentá-lo à família. Junto, vai o livro “O Aniversário do Seu Alfabeto”, que será lido em família. No dia seguinte, na sala de aula, o aluno conta como foi o seu dia com o boneco.Também serão explorados vários jogos e brincadeiras que envolvem o alfabeto.

 

   Brincando e aprendendo com as letras do alfabeto.

 

Após explorarmos a obra “O Aniversário do Seu Alfabeto”, e nos familiarizarmos com o alfabeto, desenvolvendo a oralidade, vamos fazer uma festa de aniversário desse Senhor que tanto nos auxiliou. A participação da família no projeto é muito importante.

 

  Festa de Aniversário temática do Seu Alfabeto.

 

O projeto O Aniversário do Seu Alfabeto tem como objetivo geral despertar o letramento através da ludicidade na identificação e escrita das letras do nosso alfabeto, apresentando o alfabeto e possibilitando à criança um primeiro contato com a diversidade de letras existentes. Propicia, também, o processo de associação entre elas, de forma lúdica e prazerosa, através de brincadeiras, jogos, músicas, construções, dentre outros.

 

       Caderno de registro para atividades do alfabeto.

 

A avaliação será contínua, através da observação diária das crianças no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. Com esse projeto, espera-se que, ao final do ano letivo, os alunos consolidem o processo de leitura através do lúdico e possam desenvolver habilidades de forma divertida.

 

 

Contato da E.M. Embaixador Ítalo Zappa:

emzappa@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

  Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

 

                               

 

   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 26/08/2015

Meio Ambiente no Anima Mundi

Tags: 2ªcre.

 

 

 

A professora Vera Nácia Franco e os alunos da Escola General Humberto de Souza Mello participaram do Anima Mundi 2015 com o projeto “Horta Escolar Agroecológica”.

 

A professora Vera Nácia e os alunos do 5º ano da E. M. General Humberto de Souza Mello estão desenvolvendo um projeto sobre alimentação saudável e horta agroecológica dentro do ambiente escolar. Este ano, os alunos, com o auxílio da professora, foram desafiados a contar a experiência do projeto através de uma animação que foi escolhida para participar do Anima Mundi.

 

Professora Vera Nácia e sua família prestigiando o evento.

 


A professora Vera enviou ao portal Rioeduca um relato sobre o desenvolvimento do projeto e a sensação de poder participar com os alunos desse grande evento.


Utilizar o cinema como ferramenta educativa pode possibilitar uma aprendizagem mais lúdica. E produzir nossas próprias narrativas através de uma animação, transpondo os conhecimentos adquiridos em um projeto, é certamente a garantia de um aprendizado significativo para professores e alunos.

Com a mediação da professora, os alunos tiveram a liberdade de escolher a técnica que seria usada, escolhendo o stop motion. A criatividade e organização dos roteiros e materiais foram surpreendentes.

O storyboard foi feito individualmente e, posteriormente, escolhemos as melhores cenas e fizemos um coletivo.

As poesias foram feitas individualmente e em grupo, permitindo que todos participassem.

Para a construção dos cenários, dos personagens, a manipulação dos personagens e a captura das fotos, assim como a gravação do áudio, a escolha dos efeitos sonoros e a edição, nós dividimos a turma em equipes de trabalho de acordo com as habilidades de cada um, do interesse e do desejo de aprender.

Fazer essa animação trouxe muita alegria e satisfação para a turma e para a professora, mas participar de um Festival Internacional de Animação como o ANIMA MUNDI, ser uma das mil e seiscentas animações inscritas e uma das escolhidas entre as 450 que estiveram presentes de quarenta países é como ganhar o Oscar!

Ter o reconhecimento de um trabalho é motivo de orgulho para crianças, pais e toda a comunidade escolar.

Particularmente, senti-me muito respeitada por toda a equipe do Anima Mundi. Foi uma alegria compartilhar também com outras pessoas que lá estavam no fim de semana.


Agradeço a oportunidade de participar do Anima Escola, projeto da SME que, através do Departamento de Mídia Educação e em parceria com o Anima Mundi, proporcionou-me a possibilidade de desenvolver a linguagem de animação em minha escola.

 

  Relato da professora Vera Nácia Franco.

 

Professora Vera no Anima Mundi.

 

Abaixo, temos uma das animações produzidas pelos alunos, que ficou linda, e representa o sucesso deste trabalho, em que os educandos aprenderam na prática como é importante cuidar do meio ambiente!

 

 

As turmas da professora Vera Franco trabalharam significativamente as questões de alimentação saudável e meio ambiente.

Na publicação da próxima semana, conheceremos um jogo, criado pela professora Vera, para ser utilizado on-line pelos estudantes. Vale a pena conhecer mais esta dica de como trabalhar o assunto meio ambiente com os pequeninos. Aguardem!


Agradecemos a professora Vera Franco por compartilhar conosco esta experiência, e desejamos sucesso!

 

O contato da professora Vera Franco é: veranacia@hotmail.com

 


 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share