A A A C
email
Retornando 47 resultados para o mês de 'Agosto de 2015'

Segunda-feira, 24/08/2015

Maratona Escolar João Ubaldo Ribeiro

Tags: 10ªcre.

 

 

 

 

A Escola Fernando de Azevedo, a EMFA, faz parte da 10ª CRE, e se localiza no bairro de Santa Cruz. A unidade escolar oferece atendimento do 6º ao 9º ano, e tem, aproximadamente, 1.200 alunos matriculados em 34 turmas.

 

 

Valorizando sempre a importância da leitura e da escrita, a unidade escolar desenvolveu um projeto que envolveu todos, alunos e professores, convidando-os a mergulhar na vida e obra de João Ubaldo Ribeiro.

A palestra de abertura da Maratona João Ubaldo Ribeiro ocorreu no auditório da escola.

 

Cartaz desenvolvido pelos alunos da E. M. Fernando de Azevedo.

 

A convite da direção da unidade escolar, no dia 12 de agosto, essa palestra foi ministrada por um Membro da Academia Brasileira de Letras, o jornalista e escritor Cícero Sondrini. O convite da Maratona foi estendido às demais escolas, docentes e alunos da 10ª CRE, fazendo deste projeto um evento regional.
 

João Ubaldo Ribeiro (1941-2014) foi romancista, cronista, jornalista, tradutor, professor brasileiro e membro da Academia Brasileira de Letras. Em 2008, recebeu o Prêmio Camões. Foi um grande disseminador da cultura brasileira, sobretudo, da cultura baiana. Entre suas obras que fizeram grande sucesso, encontram-se: "Sargento Getúlio", "Viva o Povo Brasileiro" e "O Sorriso do Lagarto".

A palestra envolveu toda a vida e obra do escritor, passando por sua trajetória, formação acadêmica e obras lançadas. O evento foi encerrado com perguntas dos alunos para o jornalista Cícero, e com uma apresentação musical dos alunos.

 

O palestrante Cícero Sondrini.

 

O auditório da unidade escolar durante a palestra.

 

Como desdobramento do projeto, os professores estão organizando um “Chá literário”, por turmas, de forma que as obras de maior destaque desse grande escritor, seja contada e cantada em uma só voz pelos alunos da EMFA.

 

Alunos e equipe da direção com o palestrante Cícero Sondrini.

 


A direção, Maria Luzia, Janaína, Raquel e Maria Angelina, o corpo docente, os funcionários e os alunos da Escola Municipal Fernando de Azevedo, agradecem a participação de todos no lançamento da Maratona Escola João Ubaldo Ribeiro.

 

E. M. Fernado de Azevedo:

emazevedo@rioeduca.net

 

 

Parabéns aos gestores!
Parabéns aos professores!
Parabéns aos alunos!
Parabéns à comunidade escolar!

 

 

Suelen Corrêa
é Professora da Rede Municipal
e Representante do Rioeduca da 10ª CRE
Contato:
suelencorrea@rioeduca.net
twitter: @suelencorrea29

 


 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 21/08/2015

A Afetividade para Driblar a Violência

Tags: 4ªcre.

 

 

 

 

  A afetividade é a energia que move as ações humanas. A dimensão afetiva deve estar inserida na aprendizagem e no processo da vida escolar, pois  fazem parte da vida e interferem no conhecimento.

 

"O afeto é essencial para todo o funcionamento do nosso corpo nos dando coragem, motivação, interesse, e contribuindo para nosso desenvolvimento. E é pelas sensações que o afeto nos proporciona que sabemos quando algo é verdadeiro ou não. Principalmente para a criança o afeto é importantíssimo, pois ela precisa sentir-se segura para poder desenvolver seu aprendizado, e é necessário que o professor tenha consciência de como seus atos são extremamente significativos nesse processo, porque essa relação aluno-professor é permeada de afeto, e as emoções são estruturantes da inteligência do indivíduo" (WALLON, 1995).

 

O CIEP Ministro Gustavo Capanema aposta no afeto para driblar a violência

 

 

Pode-se dizer que a afetividade sinaliza a entrada da criança no universo simbólico, proporcionando também a origem da atividade cognitiva.

Segundo Wallon (1995), a afetividade refere-se à capacidade e à disposição do ser humano de ser afetado pelo mundo externo/interno por sensações ligadas a tonalidades agradáveis ou desagradáveis. Ser afetado é reagir com atividades internas/externas ao que a situação desperta.

 

 

Essa foi a saída para o sucesso do trabalho realizado no CIEP Ministro Gustavo Capanema. Foi uma aposta de grande valia, envolvendo a aprendizagem num projeto em meio ao afeto. A exposição do sujeito às ações de afeto fizeram toda a diferença no final do processo de ensino/aprendizagem. 

Afinal, sabemos que o medo, a angústia, a ansiedade e a frustração são sentimentos que desgastam não só o aluno, mas qualquer ser humano. A serenidade e a tranquilidade dos professores auxiliam na redução, ou até na eliminação, desses sentimentos desagregadores.

 

 

A equipe aproveitou de forma construtiva todos os momentos com os alunos na escola, e apostou em conquistar gradativamente uma mudança real e duradoura.

Buscou uma relação com momentos prazerosos para ambos, com eventos para que as famílias e a comunidade participassem ativamente. Isso foi trazendo para dentro da escola um novo perfil, uma nova cara para esse território.

Tudo que os professores fizeram foi identificar e buscar soluções para esses graves problemas de violência de dentro e fora da escola, acreditando que essa ação pode ser a base para alicerçarem um programa de erradicação do caos vigente em nossa sociedade.

 

Parabéns a todos do CIEP Ministro Gustavo Capanema, por valorizar a  incorporação de valores, e vivê-los de forma a acreditar que é possível mudar uma história, uma vida. 

 

 

Verifiquem a matéria acessando o link:

Escolas buscam formas de educar em meio ao cotidiano de violência.

 

 

CIEP Ministro Gustavo Capanema

(21) 2290-0588
Via Bento Ribeiro Dantas, S/N, Bonsucesso
Rio De Janeiro - RJ

 

Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE

 

 

 

                               

 

   
           



Yammer Share

Postado por Ana Accioly Ver Comentários (0)

Sexta-feira, 21/08/2015

Conhecendo e Percebendo a Importância da Alimentação e da Higiene

Tags: 9ªcre, edi, educaçãoinfantil.

 

 

 

No EDI Larissa Rocha Tavares, de maneira lúdica, os alunos do Berçário EI-52  aprendem a importância da higiene e da alimentação através de histórias e experimentos.

 

"O professor por meio da provocação, da intenção e da intervenção interfere no processo de aprendizagem (e, portanto, de desenvolvimento), provocando avanços que não ocorreriam espontaneamente, mediando as interações da turma e de cada criança com o objetivo a ser (re)descoberto" (MEYER, Ivanise Corrêa Rezende. Brincar e viver: Projetos em educação infantil. p.87).

 

 

A escola é um espaço propício para promover a formação de valores e hábitos saudáveis tanto para uma boa alimentação quanto para uma adequada higiene. Estarmos ofertando vivências para que tais percepções aconteçam, pois elas são muito importantes para o desenvolvimento de nossos pequenos gigantes.

Visando tais percepções, realizamos as seguintes atividades: leitura do livro "O cavalinho escova os dentes", de Michael Dahl e Orol Vidal; escovação do bocão; e colocando em prática o que aprendemos ao som da cantiga "Meus dentinhos eu vou escovar".

 

 

Leitura dos livros "O banho do porquinho", de Michael Dahl e Orol Vidal, e "Brinquei na pracinha", de Sonia Junqueira e Mariângela Haddad, para trabalhar as percepções na higiene do corpo. Não esquecendo o banho da boneca e o banho de nossas crianças na unidade, tão importantes para o bem-estar e efetiva aprendizagem.

 

 

Leitura do livro "O almoço do coelhinho", de Michael Dahl, utilização da canção do coelho: "De olhos vermelhos, de pelos branquinhos", e degustação, observação de frutas e legumes.

Experimentar e perceber os diferentes sabores: azedo/doce etc. Tocar, sentir, cheirar e experimentar frutas, legumes, saladinha de frutas.
Descobrir que dentro da vagem há caroços...

 

 

Os profissionais do PSF Jardim Anápolis vieram certificar se estamos crescendo e nos desenvolvendo direitinho.

 

 

A Equipe do EI-52 agradece a todos que participaram e colaboraram com o desenvolvimento das atividades e vivências tão importantes para crianças e educadoras.

 

"Ninguém nasce feito, é experimentando-nos no mundo que nós nos fazemos." 

Paulo Freire 

 

 

Para ver mais trabalhos realizados pelo EDI, acesse o blog.
Contato com a U. E. pelo telefone 2412-3187 ou pelo e-mail edibiancatavares@rioeduca.net.


 


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 20/08/2015

Criatividade e Vivacidade para Celebrar os 450 Anos da Cidade!

Tags: 8ªcre.

 

 

 

Os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro foi o tema escolhido pela equipe do CIEP Gilberto Freyre para planejar as aprendizagens dos alunos no primeiro semestre. Em um grande evento, alunos e professores prepararam uma exposição encantadora.

 

 

Atividade feita pela turma EI 24 do CIEP Gilberto Freyre.

 

Para promover conhecimentos sobre a cidade do Rio de Janeiro, toda a comunidade do CIEP Gilberto Freyre esteve envolvida no projeto "450 anos da Cidade Maravilhosa".

A equipe pedagógica se reuniu, e decidiu que o plano semestral seria voltado para todo o rico conhecimento que pode ser adquirido tendo a cidade do Rio de Janeiro como tema central.

Aproveitando a comemoração dos 450 anos da cidade, o tema proporcionou aos professores e alunos uma grande oportunidade de expressão criativa e artística.

 

 

Os trabalhos expostos trouxeram cores e vida para o espaço da escola.

 

O CIEP Gilberto Freyre conta com grupamentos desde a Educação Infantil até o PEJA (Projeto de Educação de Jovens e Adultos). Todos participaram das atividades com apresentações de dança, música, exposição de cartazes, maquetes e degustação de comidas típicas cariocas.

O trabalho realizado com os alunos do CIEP trouxe aos participantes aprendizagens sobre o espaço geográfico, o relevo, os pontos turísticos, a história, os costumes dos cariocas e a beleza natural do Rio de Janeiro.

Esses conhecimentos são importantes para a construção da identidade do cidadão carioca!

 

 

Expressão artística através de cores e formas nos trabalhos expostos.

 

 

"Berço do samba e das lindas canções
Que vivem na alma da gente
És o altar dos nossos corações
Que cantam alegremente

Cidade maravilhosa!"

 

Momento especial: apresentação de danças e dramatizações no pátio do CIEP Gilberto Freyre.

 

"Parabéns, professores e alunos do PEJA do CIEP Gilberto Freyre, pelo lindo trabalho realizado. A culminância do projeto "450 anos da Cidade Maravilhosa" mostrou criatividade e vivacidade! Parabéns a todos pelo empenho e dedicação!"

             Professora Alexandra Machado, coordenadora pedagógica do CIEP Gilberto Freyre

 

 

 

O CIEP Gilberto Freyre tem uma página no Facebook, onde compartilha registros das ações da escola.

Clique AQUI e confira!

 

 

Contato da escola: ciepgfreire@rioeduca.net

 

 

Professora Neilda Silva

Email: neildasilva@rioeduca.net

Facebook: www.facebook.com/neilda.silva.1

Twitter: @Prof_Neilda

 

 

 

 

                               

 
 
 

 

 

 


   
           



Yammer Share