A A A C
email
Retornando 100 resultados para o mês de 'Setembro de 2012'

Sexta-feira, 14/09/2012

Espaço Virtual para Compartilhar Desenvolvimento!

Tags: 8ªcre.

 

Cada vez mais as escolas da Prefeitura do Rio de Janeiro fazem uso dos Blogs para compartilharem suas ações.

O espaço virtual permite uma visão da sequência do desenvolvimento dos projetos que acontecem na escola.

O Rioeduca apresenta hoje o espaço virtual da  Escola Municipal Milton Campos.

 

 

 

 

 

 

"A E.M. Milton Campos fica em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Somos uma escola de ensino fundamental, com turmas do 6º ao 9º ano.

Acreditamos que, como disse Paulo Freire, 'A Educação não transforma o mundo. A Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo.'

Por isso, estamos unidos em busca dessa transformação."

                                                                                             (Trecho retirado do Blog da escola)

 

 

 

 

Alunos da E.M. Milton Campos recebendo orientações na aula passeio no Parque Nacional da Tijuca

 

 

Para registrar e compartilhar suas ações, a escola Escola Municipal Milton Campos criou seu espaço virtual.

O Blog traz muitas informações importantes para manter alunos e comunidade por dentro de tudo que acontece dentro da escola.

É uma nova maneira de registro, com recurso de imagens, que possibilita um canal aberto da escola com a família e a comunidade em geral.

Comemorações, culminâncias, aulas-passeio e homenagens estão registradas no Blog. Por lá também é possível acessar o link do endereço da Educopédia e do Rioeduca.

Somente os primeiros passos foram dados, certamente ainda existe um caminho a ser seguido em busca de todos os benefícios que esta ferramenta pode proporcionar pedagogicamente.

 

  

 

 Equipe Pedagógica da E.M. Milton Campos

 

 

 

Conheça o Blog da Escola Municipal Milton Campos!

Clique na imagem abaixo:

 

 

 

 

Procure o representante da sua CRE e compartilhe as ações da sua escola!

 

 

 

 

 

Contatos para professores da 8ªCRE:

 

neildasilva@rioeduca.net

 

Twitter: Prof_Neilda

 

 

 

 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 14/09/2012

Semeando Novas Atitudes

Tags: 6ª, cre, creches, saúde, meioambiente.

 

O EDI Professora Rosenice Rocha Roque realiza com os alunos do Maternal I o projeto Semeando Novas Atitudes, que tem por objetivo promover  bons hábitos alimentares desde os primeiros anos de vida.  É de extrema importância que a alimentação durante a infância seja rica e balanceada para o desenvolvimento intelectual e cognitivo da criança.

 

Na infância, a alimentação tem vital importância, pois nos primeiros anos de vida, os ossos e os dentes estão sendo formados, sem falar na parte neurológica. Uma criança mal nutrida tem dificuldades de aprendizagem e de concentração, fragilidade nos ossos, dentes fracos e muitos outros problemas.

 

Os hábitos alimentares adequados ou não, são formados até os 2 anos de idade, e serão os mesmos por toda a vida do indivíduo, se não houver preocupação em mudá-los.

 

Tendo em vista a re-educação alimentar, os hábitos inadequados devem ser revertidos e os bons hábitos incentivados. Esta tarefa não é apenas dos pais, uma vez que a criança vai crescendo, ganhando espaço e formando sua opinião sobre muitos fatos e entre eles, a sua alimentação, mas também da escola, professores, amigos e meios de comunicação através dos seus programas e anúncios publicitários.

 

Pensando nisso, o EDI Professora Rosenice Rocha Roque construiu o projeto Mini Horta do Maternal I: Semeando Novas Atitudes! Esse projeto surgiu a partir de um projeto maior da creche, que é o da alimentação, onde as crianças aprendem, através das atividades, a importância dos alimentos à saúde.

 

Com isso, cresceu um desejo de que cada aluno pudesse plantar e cuidar do seu vegetal e observar seu desenvolvimento até a hora em que ele é colhido e utilizado  na cozinha chegando assim ao seu prato. Sendo assim, todos se uniram em favor da horta e da da sustentabilidade, reutilizando as caixas de leite que seriam jogadas fora para o plantio das sementes.


 

 

Projeto Mini Horta do Maternal do EDI Prof.ª Rosenice Rocha Roque

 

Objetivo:

 


* Valorizar a alimentação saudável
* Acompanhar o crescimento dos vegetais
* Valorização dos seres vivos
* Despertar o gosto por alimentos naturais
* Reutilização de materiais reciclados

 


Desenvolvimento:

 


Inicialmente, será desenvolvida como introdução ao trabalho, uma história sobre plantas para que os alunos tenham um conhecimento prévio no momento em que começarem a trabalhar com  horta. A história será contada  na sala e no espaço do solário momentos antes de iniciar o plantio.

 


Nas caixinhas de leite, devidamente cortadas e lavadas, as crianças trabalharão com a terra, mexendo e irrigando para receber as sementes, abrindo espaço para o plantio. Depois de plantadas as sementes todos os dias, na hora da ida ao solário, elas irrigarão acompanhando assim o crescimento da planta, que nesse primeiro momento será o espinafre.

 

 

Alunos do Maternal I realizam o plantio da semente de espinafre

 

 

 

Alunos do maternal participam dos cuidados com o plantio da semente de espinafre

 

 


Passado o tempo de crescimento, vem o da colheita, onde os pequenos colherão o espinafre e levarão para que seja preparado na sua alimentação. Durante todo o processo as professoras devem orientar aos alunos para que eles percebam a importância dos elementos da natureza utilizados neste processo relacionando-os com a importância que eles também tem para o ser humano, proporcionando assim a valorização da natureza e dos seres vivos. Lembrando sempre de estarem atentas às indagações feitas pelas crianças, que sempre contribuem ricamente no desenvolvimento da atividade.

 

 


Recursos:


As crianças; caixa de leite para a acomodação das sementes e da terra; terra;  sementes e água.

 


Avaliação:

 


Durante o processo, as crianças desfrutarão do contato com os elementos da natureza, vivenciarão novas experiências e descobertas no meio ambiente, acompanhando o crescimento da planta, valorizando uma alimentação saudável.

 

 

 

Alunos do Maternal ouvem histórias sobre  alimentação e colocam em prática o que aprenderam

 

 

 

Alunos ficam encantados com a história contada pela professora

 

 

 

As primeiras sementes de espinafre começam a brotar

 


 

Parabéns a toda equipe do EDI Professora Rosenice Rocha Roque por promover uma re-educação alimentar a nível escolar desde os primeiros anos, fazendo desta maneira o possível para reverter os hábitos alimentares incorretos. Isto será possível, sobretudo, com o exemplo da Escola, aplicando esses conhecimentos oferecendo um cardápio equilibrado e saudável.

 

Envie você também o seu projeto para ser publicado no Portal rioeduca! Aproveite este espaço de interação e troca de experiências! Ele é seu, é meu, é nosso! Nós somos a seXta CRE!

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca 6ª CRE

Twitter:@PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 14/09/2012

A SME Cria Setor de Informações Estratégicas

 

 

A Secretaria Municipal de Educação cria setor de Informações Estratégicas integrado ao Sistema de Informações Escola 3.0

 

 


Este novo setor será responsável por gerar os indicadores educacionais da Rede Municipal e zelar pela sua confiabilidade, seguindo as diretrizes do MEC e demais referências nacionais e internacionais, elaborar e analisar os relatórios de acompanhamento do desempenho das escolas, CREs e município e divulgar os dados e indicadores educacionais de forma clara e transparente para todos os públicos interessados. Além disso, tem como proposta promover a utilização dos indicadores nos níveis central, regional e da escola, objetivando a melhoria da qualidade do ensino.

 

Através do setor, será possível a realização de uma análise estatística dos dados, de modo a encontrar padrões e tendências que orientem a tomada de decisões da Secretaria, de tal forma a identificar resultados críticos e reportá-los à área responsável.

 

Essa transparência proporcionará e promoverá a utilização desses indicadores pelas Universidades e pesquisadores cujos estudos contribuam para a melhoria das políticas educacionais. A SME – Secretaria Municipal de Educação - irá acompanhar e supervisionar a implantação de processos de modernização administrativa e informatização, de forma a facilitar e aprimorar a coleta de dados e o acesso dos interessados aos relatórios gerenciais.

 

O novo setor também realizará pesquisas, estudos e prospecções de ações para modernização e melhoria da educação nos diversos níveis e modalidades de ensino de relevância para a SME e avaliações relacionadas a programas, projetos e ações implementadas pela SME nos diversos níveis e modalidades de ensino.



O grupo que integrará esse setor também ficará responsável pela implantação do novo sistema de gestão de informações da SME denominado Escola 3.0.

 

Todas as informações coletadas serão inseridas e ficarão disponibilizadas em portal específico a partir do mês de novembro.
 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 13/09/2012

E. M. Rio das Pedras e um Projeto de Dar Água na Boca!

Tags: 7ªcre, projetos.

 

A Escola Municipal Rio das Pedras atende cerca de mil e cem alunos do 7º ao 9º anos do Ensino Fundamental. Um prédio novo para a unidade escolar foi inaugurado agora em agosto. Desde  2009, os  alunos da E. M. Rio das Pedras estudavam na E. M. República da Colômbia por causa do desabamento da antiga Escola. 

 

 

 

 

A professora de História Katia Baptista da Costa, da Escola Rio das Pedras, resolveu complementar o conteúdo sobre as civilizações Asteca, Maia e Inca de uma forma diferente na turma 1703. Percebendo a necessidade de  levantar a autoestima dos alunos e propiciar reflexões sobre amizade, troca  e generosidade desenvolveu uma atividade de criação de bolos. O grande diferencial: os bolos foram feitos  em formatos arquitetônicos de pirâmides ou com a utilização de desenhos das culturas dos povos estudados.

 

 

 

A ideia surgiu  no mês de junho, quando os alunos ainda estudavam na E. M. República da Colômbia e iniciavam o estudo das grandes civilizações da América pré-colombiana. A professora Katia via que a turma 1703 era  uma turma agitada e que precisava de um incentivo a mais. 


Foi assim que surgiu a ideia do trabalho em grupo, em que todos fabricariam um bolo que remetesse de alguma forma a cultura desses povos. Portanto, os bolos foram feitos pelos próprios alunos, em grupos. Ao ser inaugurada a escola nova, essa atividade teve seu término lá.

 

 

 

 

 

O refeitório foi utilizado  para fazer a atividade e foi muito interessante porque a turma se comportou maravilhosamente bem, trocando os diferentes modelos de bolos, entre eles. No final, foi feita uma reflexão conjunta sobre a importância da solidariedade em nossas vidas.

 

 


  

 

  

 

 





PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!        

 

CONFIRAM, NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

 

http://portalrioeduca.mstech.com.br/sobrenos.php
 

 

 

Professora Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ªCRE

email : robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share