A A A C
email
Retornando 100 resultados para o mês de 'Setembro de 2012'

Quinta-feira, 20/09/2012

CEJA Maré

Tags: 4ªcre, eventos.

O Complexo da Maré  é um bairro da Zona Norte que reúne diversas comunidades às margens da Baía de Guanabara com cerca de 130 mil moradores (2006). Nesta última semana, a população do Bairro da Maré ganhou o Centro de Educação de Jovens e Adultos para atender a demanda do PEJA naquela região.

 

 

 

 

"Não basta saber ler que "Éva viu a uva". É preciso compreender qual a posição que Eva ocupa no seu contexto social, quem trabalha para produzir a uva e quem lucra com esse trabalho." Paulo Freire

 

 

Um Evento Emocionante, a Maré está em Festa!!

 

 

 

 

"No dia 14 de setembro, foi entregue à Comunidade da Maré o CEJA (Centro de Educação de Jovens e Adultos) da Maré.

 

O evento contou com a participação da Ilustríssima Sra. Secretária Claudia Costin, Subsecretária de Ensino professora Helena Bomeny, Subsecretário de Gestão Paulo Figueiredo, a Coordenadora da E/SUBE/4ª CRE professora Valéria Médici, professora Maria Helena Costa - Gerente da Gerência de Educação entre outras autoridades. Momento de muita emoção para todos.

 

 

 

O CEJA (Centro de Educação de Jovens e Adultos ) MARÉ é a primeira unidade constituida no município do Rio de Janeiro e destina-se a pessoas com, no mínimo, 15 anos completos, sem limite máximo de idade, interessadas em completar os estudos referentes ao Ensino Fundamental, na Rede Pública do Município do Rio de Janeiro.

 

 

 

 

Tendo como referência o CREJA (Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos), a nova unidade apresenta uma metodologia diferenciada e inovadora, incluindo todos que tenham o desejo de voltar à escola. Outra novidade será seu horário de atendimento: manhã, tarde e noite, portanto os pais podem deixar seus filhos na escola, por exemplo, e frequentarem o CEJA, dai a proposta do projeto "Sou Pai, Sou Aluno".

 

 

 

 


Enfim, fica o convite para todos conhecerem nosso CEJA MARÉ, que fica na Rua Praça de Inhaúma, 200." Texto: Professora Maria Helena Costa - Gerente E/SUBE/4ªCRE/GED
 

 

Parabéns a toda comunidade da Maré e a E/SUBE/4ª CRE pela conquista desse espaço maravilhoso!!

 

Contatos:
Ana Accioly
Representante Rioeduca.net da 4ªCRE
anaaccioly@rioeduca.net
                                                     Twitter: @Ana_Acioly                                                         Facebook: http://www.facebook.com/anapaula.silvaaccioly

 

 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 20/09/2012

Escola e Alunos que São Destaque na OBMEP

Tags: 7ªcre, obmep.

  

 


A premiação da 7ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) foi realizada em dois momentos: uma, no dia 27 de julho, onde foram premiados os medalhistas de prata e bronze, as escolas, os professores e os municípios. A outra premiação,de caráter nacional, aconteceu no dia 27 de agosto,no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. A Escola Francis Hime, mais uma vez, ficou em destaque.

 

 

 

Sendo premiada, pela 3ªvez consecutiva , a Escola Francis Hime está entre as 127 melhores do país na 7ª OBMEP. Além disso,o professor Luiz Felipe, que é professor da rede e trabalha na escola,foi premiado pela 4ªvez (2007,2009, 2010 e 2011). E os alunos também brilharam:1 medalha de ouro, 1 de prata e 4 de bronze.

Na cerimônia de premiação nacional, estiveram presentes: a presidente Dilma Rousseff, acompanhada do ministro da Educação, Aloisio Mercadante, do ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antônio Raupp e do governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, além da secretária de Educação, Claudia Costin.


 

O aluno medalhista de ouro, Marlon Benjamin, de 15 anos, que está no 9º ano do Ensino Fundamental, respondeu as perguntas do Rioeduca:

 

 

 

 

 

Quando e como começou o seu interesse pela Matemática?


A verdade é que eu sempre fui um admirador da matemática, via o meu irmão fazendo cálculos e aquilo me impressionava, eu achava super difícil. Mas a minha paixão pela mesma só começou no ginásio, quando eu tive aulas com o professor Felipe e aprendi através de jogos e aulas bem dinâmicas uma matemática diferente e muito mais agradável.


Pensando em futuro, como você planeja usar esse conhecimento premiado em Matemática? Vai fazer uma faculdade relacionada à Matemática ou tem outros planos?


Eu penso sim em me formar em áreas relacionadas com a matemática, hoje tenho preferência pela engenharia, até por aspectos financeiros, mas tenho vontade de após formado em engenharia fazer uma faculdade de matemática.

 


A OBMEP, criada em 2005, é um projeto do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e é promovida pelos ministérios da Ciência e Tecnologia e Inovação e da Educação. Os alunos que receberam medalhas em todo o Brasil poderão participar do Programa de Iniciação Científica Júnior com uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por um ano, em 2013, caso sigam matriculados na rede pública de ensino. Quando estiverem na universidade, o desempenho na competição será levado em conta como critério para o programa do governo federal Ciência sem Fronteiras.

 


 

 

A Escola Municipal Francis Hime também ficou entre as 10 melhores escolas da prefeitura do Rio de Janeiro no IDEB 2011, batendo a meta estipulada e ficando em 7º lugar na rede.


Para saber mais sobre a premiação da 7ªOBMEP :


http://www.rio.rj.gov.br/web/sme/exibeconteudo?article-id=3123427


Para conferir entrevista feita com professor Luiz Felipe no Rioeduca:


http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1965

 

 

  

  

PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?


http://portalrioeduca.mstech.com.br/sobrenos.php


 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 20/09/2012

Lixo, Reciclagem e Aconchego

Tags: 3ªcre, meioambiente, creches, blogsdeescolas.


 

 

A Rio +20 ainda não acabou na Creche Municipal Aconchego. De portas abertas para o futuro, eles continuam o trabalho pedagógico de reutilização e reciclagem. Educar o olhar para o lixo começa de pequenino. 

 

A criança pequena precisa ter sua imaginação instigada e enriquecida para que possa elaborar sua visão de mundo. A ludicidade também precisa ser contemplada na elaboração das atividades educacionais. Eles conhecem o mundo com o trabalho de suas mãozinhas sobre os objetos e assimilam na maneira significativa como os conceitos são apresentados. Assim, os pequeninos desta creche estão, desde o início deste ano, colocando as mãos no lixo. Aliás, não só as mãos. O corpo todo foi solicitado nas atividades de circuito elaboradas com o objetivo de fazê-los entender que lugar de lixo é na lixeira. E na lixeira correta.

 

 

 

 

 

 

Depois de conhecer e produzir mini lixeiras para coleta de materiais para reciclagem, ficou muito mais fácil percorrer o labirinto de tarefas para jogar cada lixo em seu lugar. O circuito é uma atividade de Educação Física, que propõe a passagem em vários aparelhos ou situações até que se atinja o objetivo proposto, como vemos nas fotos acima. A montagem do circuito em si, já pode contemplar o uso de materiais recicláveis como os velhos pneus. A criança se sente desafiada a superar seus limites na realização das tarefas e valoriza ainda mais o ato final. Então, colocar vidro, plástico, metal e papel na lixeira adequada vira uma gostosa brincadeira.

 

 

 

 

 

 

O contato com o mundo fantástico das lendas do nosso folclore também ganha contornos ecológicos quando são utilizados materiais reciclados para representá-los. O Saci, a Cobra Grande, os bois Garantido e Caprichoso ganhando vida, a partir de caixas de ovo, garrafas PET, caixas de leite e muito trabalho das pequenas mãos torna-se muito mais significativo do que imaginá-los. No blog da Creche, podemos ver, com detalhes, cada uma dessas atividades. E observar a seriedade com que as crianças trabalharam na produção de cada objeto.

 

 

 

 

 

O uso pedagógico de material reciclado também foi um dos pontos altos da Semana da Educação Infantil da escola. A família foi envolvida na produção de brinquedos e jogos a partir do material que a creche já possuía. Os responsáveis confeccionaram os brinquedos e brincaram junto com seus filhos levando com eles a capacidade de produzir novos brinquedos a partir de materiais que podem encontrar no quintal de casa.

 

 

 

Agora, com a proximidade da Primavera, eles voltaram seus olhos para as Artes. O artista inspirador foi Jean Claude Monet. O material reciclado ganha nova vida através do trabalho concentrado dos pequeninos. Fundo e figura, caule e folha, cor e flor foram compondo a maquete do quadro Flores da Primavera. Na Creche Municipal Aconchego, as portas estão abertas para a estação das flores e para o futuro consciente e atuante de seus alunos. Confiram com mais detalhes as atividades realizadas no blog deles que está recheado de boas ideias.

 

 

 

 

Contate-nos

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 20/09/2012

Quem Lê Jornal Sabe Mais

Tags: 6ªcre, riodeleitores.

 

Vagner Lúcio de Lima, professor da turma 1301, da E.M. Cláudio Ganns, trabalha com jornais em sala de aula. No primeiro momento, houve uma sensibilização com a criançada. Depois o jornal foi apresentado, manipulado e explorado. Um verdadeiro exemplo de formação de Um Rio de Leitores.

 

Em tempos de interatividade via telefone celular e internet, fazer com que as crianças se interessem pela leitura de jornais não é tarefa fácil, mas certamente é fundamental para formar leitores habituais e cidadãos bem informados.

 

O jornal é considerado um material muito importante, desde que utilizado com sabedoria e, principalmente com planejamento . Oferece uma visão ampla e atualizada e proporciona o trabalho em conjunto dos recursos que a comunicação oferece, juntamente com tabelas, gráficos, assuntos que exploram a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade.

 

Enquanto educador, o ideal é favorecer a interação do aluno com a realidade social, sendo o jornal uma das formas para atingir tal objetivo. O jornal coloca o aluno na vivência e reflexão da atualidade, tornando-o um ser ativo e, consequentemente, participante da realidade social.

 

O professor Vagner Lúcio de Lima, da Escola Municipal Claudio Ganns, realizou com os alunos da turma 1.301 uma excelente atividade de incentivo à leitura, à escrita e à criatividade. Estou falando do Expressinho Claudio Ganns. Proposta esta que surgiu da necessidade da valorização das produções escritas dos alunos.

 

 

Ação desenvolvida pelo professor Vagner Lúcio com os alunos da turma 1301

 

 

Esta atividade integra o projeto de trabalho da Unidade Escolar Lendo na Boa, que incentiva a leitura e a escrita de textos jornalísticos, buscando aproximar cada vez mais os alunos da função social da escrita e da leitura.

 

Como estavam na semana do folclore, o professor Vagner Lúcio decidiu experimentar reescrever algumas cantigas na linguagem jornalística. Os alunos toparam o desafio e o resultado foi incrível!

 

 

 

Jornal produzido pelos alunos da turma 1301 sob a orientação do professor Vagner Lúcio

 

 

Distribuídos em grupos, os alunos escreveram, leram, trocaram textos e modificaram suas produções jornalísticas. A preocupação de todos era escrever observando se os recursos linguísticos presentes no texto jornalístico estavam sendo respeitados.

 

Quem acabava primeiro, solidariamente, oferecia ajuda a quem estava necessitando. E, assim, nasceu o Expressinho Claudio Ganns, que além de ampliar o universo dos alunos, ajudará a formar leitores competentes e tornar as aulas mais interessantes.

 

Parabéns ao professor Vagner Lúcio por desenvolver um trabalho que promove a autonomia das crianças, tornando-as verdadeiros leitores críticos.

 

 

Gostou da ação desenvolvida pelo professor Vagner Lúcio? Deixe um comentário! Não esqueça de enviar o seu projeto e/ou ação para ser publicado no Portal Rioeduca! Este espaço é meu, é seu, é nosso! Nós somos a seXta CRE!

 

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share