A A A C
email
Retornando 45 resultados para o mês de 'Setembro de 2013'

Sexta-feira, 13/09/2013

Desfile Cívico - 10ª CRE

Tags: 10ªcre.

A 10ª CRE tem o costume de organizar um Desfile Cívico de 7 de setembro com as suas Unidades Escolares, dividindo-as por regiões. Assim, todas desenvolvem temas a serem trabalhados com os alunos de acordo com o Projeto Político Pedagógico.

 

No dia 30 de agosto, aconteceu o primeiro Desfile Cívico com as Unidades Escolares da região de Paciência, em que treze delas participaram com a sua comunidade escolar, alunos e professores. São elas: 

 

  • Creche Municipal Jardim dos Vieiras
  • Creche Municipal Adalto Bastos
  • Creche Municipal Daniela Perez
  • Creche Municipal Djanira Maria Ramos
  • EDI Elizabeth Papera
  • CIEP Maestro Heitor Villa-Lobos
  • Escola Municipal Vivaldo Ramos de Vasconcellos
  • Escola Municipal João Gualberto Jorge do Amaral
  • Escola Municipal Miguel Calmon
  • Escola Municipal Sônia Motta Molisani
  • CIEP Roberto Morena
  • Escola Municipal República Árabe da Síria
  • Escola Municipal Manoel Porto Filho

 

O evento foi organizado pela Assessoria de Ação Integradora (AAI) e a Gerência de Educação (GED), representadas respectivamente pela Assessora Cláudia Medina e a Gerente da GED e seus Assistentes Cristiane Stancato, Alexandre Rodrigues e Renata Stancato.

 

Cristiane Stancato, Renata Stancato, Alexandre Rodrigues e Cláudia Medina.

 

O Desfile foi organizado por alas, onde cada Unidade Escolar pôde ilustrar seus temas com placas, bandeiras e fantasias que faziam referências aos temas propostos.

 

Cada Unidade elaborou um breve histórico, contendo números de alunos, docentes, equipe administrativa, segmentos atendidos, projetos realizados e filosofia pedagógica desenvolvida:

 

"Buscamos proporcionar às nossas crianças experimentar o mundo de forma ativa, interagindo com pessoas, objetos e situações. A proposta pedagógica está voltada para a promoção de uma prática de cuidado e educação, que vê a criança como um ser completo, integrando aspectos da vida cidadã, valores, conhecimentos, através das diversas áreas de conhecimentos."

Filosofia da E. M.João Gualberto Jorge do Amaral.

 

O Desfile foi aberto com o pelotão da bandeira da E. M. 10.19.005 Republica Árabe da Síria, seguido das demais Unidades Escolares, compostas por pelotões, bandas marciais, alunos e corpo coreográfico. Foi marcado por momentos emocionantes produzidos por alunos e professores.

 

Pelotões de abertura das Escolas República Árabe da Síria e Miguel Calmon.

 

Entrada da E. M. Vivaldo Ramos de Vasconcelos e Creche Municipal Jardim dos Vieiras.

 

Bandas Marciais do CIEP Roberto Morena e João Gualberto Jorge do Amaral.

 

Corpo Coreográfico da E. M. João Gualberto Jorge do Amaral e CIEP Roberto Morena.

 

As Unidades Escolares deram um show de representatividade, criatividade e inovação, proporcionando a todos os presentes momentos de alegria e encantamento. É um orgulho  fazer parte desta Rede Pública Educacional.

 

Parabéns aos Gestores!

Parabéns aos Professores!

Parabéns a toda Comunidade Escolar!

 

Suelen Corrêa

é professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 10ªCRE

suelencorrea@rioeduca.net

twitter: @suelencorrea29


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 12/09/2013

Bienal 2013... Nós Fomos

Tags: 9ªcre, blogdeescola, creche.

A Creche Municipal Profª Flora Santina Ferrari Braz, da 9ª CRE, fez um passeio na 16ª Bienal do Livro e compartilhou tudo conosco no seu blog. Vamos ver como foi divertido e enriquecedor o incentivo aos seus pequeninos neste mundo mágico dos livros.

 

 

"Nos divertimos muito... no último dia 3 de setembro, quarenta alunos das turmas de maternal I e II de nossa creche foram visitar a Bienal. Lá se divertiram de montão!


Visitaram estandes, ouviram histórias, encontraram personagens, folhearam e escolheram livros. Foi um dia mágico!"


Os detalhes, você confere agora!

 

 

No ônibus, ansiosos pelo passeio, conversavam e cantavam... O momento divertido da viagem foi passar pelo túnel da grota funda, acreditem! Ser criança é se divertir com pequenas coisas, simples assim!

 

 

Chegando lá, tanta coisa pra ver... Os olhos abertos prestando atenção em tudo!

 

 

Hora de escolher o livro que vamos comprar. As opções eram tantas. Eles folheavam, mostravam aos colegas, gargalhavam com os sons dos livros, os tamanhos...


Encontraram os livros de contos e contavam as histórias que conheciam: "Peter Pan", "Chapeuzinho", "Os Três Porquinhos", "Branca de Neve" e muitos mais.

 

 

Uma parada para o lanche!! E vamos passear mais.

 

 

Ufa! Vamos descansar um pouquinho. Enquanto a tia Rosane vai pegar nossos livros.

Calma! Só estávamos cantando: "Fui morar numa casinha... Olhou pra mim e fez assim..."

 

 

Oba!! Nosso ônibus chegou!! Dentro do ônibus a festa continua. Nossas crianças felizes com os livros que escolheram, mostrando e contando aos colegas suas histórias.

 

 

E o soninho chegou!!

 

 

Até que chegamos! Todos esperando por nós, ansiosos para ouvir nossas histórias.
Foi mesmo um dia mágico!


Parabéns, equipe da Creche Municipal Profª Flora Santina Ferrari Braz! Com certeza esse passeio fez muita diferença para estes pequeninos!!

 

Veja esta e outras atividades que a creche desenvolve no Blog acessando a imagem abaixo.

 

 


Profª Márcia Cristina Alves Representante da 9ª CRE
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 12/09/2013

Interação + Afeto = Aprendizagem

Tags: 4ªcre, projetos.

 

O afeto é considerado a energia que move as ações dos seres humanos, pois com o calor e a afabilidade nasce a motivação e a interação entre os sujeito. O que promove o desenvolvimento da inteligência e facilita o processo de ensino-aprendizagem. 

 

"Aos professores, sugiro que considerem também a possibilidade de ensinar às crianças o alfabeto emocional, aptidão básica do coração (...)"  Goleman, 1995.

 

 

O relacionamento entre professor e aluno, quando mediado pelo afeto, pode resultar em consequências muito favoráveis ao processo de aprendizagem de nossas crianças. Baseada nisso, a Professora Andréia Manso desenvolveu, em meio a uma grande interação com a turma 1203, uma deliciosa receita para comemorar várias datas importantes para a Escola Municipal Armando Salles de Oliveira.

 

 

"O mês de agosto foi um mês de festa na Armando! Aniversário da escola, da tia Andréia e de muitas outras pessoas especiais entre professores, funcionários e alunos. Por isso, a nossa turma resolveu fazer uma receita deliciosa e bem fácil para comemorar."

Texto retirado do blog da Unidade Escolar

 

Antes de tudo, devemos lembrar que é também objetivo da Educação que a criança esteja exposta a situações que as leve a uma formação do coração, do juízo e do espírito,  concomitantemente com o cognitivo. 

 

 

"Atenção, professor!


Durante o processo de alfabetização, é importante que as atividades sejam significativas e contextualizadas, permitindo aos alunos criar e testar hipóteses. Nesse sentido, optei por trabalhar com o gênero textual "receita".

 

Na sala de aula, foi explorada oralmente a estrutura de uma receita:

a) Quais as partes da receita?

b) Com que objetivo alguém escreve uma receita?

c) Quem escreve receitas?

d) Onde podemos encontrar receitas?

e) Do que fala uma receita?

f) O que não pode faltar nesse texto?"

Texto retirado do blog da Unidade Escolar
 

 

Muitos são os fatores que afetam a aprendizagem do aluno, mas há caminhos que garantem maior aproveitamento, principalmente quando a afetividade faz parte de alguns momentos de sua vida cotidiana e escolar. Afetividade e cognição incorporam as conquistas realizadas uma pela outra num permanente processo de integração.

 

Parabéns à Professora Andréia Manso, por participar dos divertimentos de seus alunos, fornecendo atividades que os agradem e exercitem sua curiosidade para que busquem a aprendizagem e o interesse a partir de sua realidade.

 

Professor, queremos conhecer e divulgar o blog e os projetos desenvolvidos por sua escola. Aproveite este espaço que é feito para nós!

 

Entre em contato com o representante do Rioeduca em sua Coordenadoria e participe

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal e

Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

COMPARTILHE E COMENTE!

 

 

                              

 

 

 


   
           



Yammer Share

Postado por Ana Accioly Ver Comentários (2)

Quarta-feira, 11/09/2013

Experiências Concretas Auxiliam a Aprendizagem

Tags: 8ªcre.

Na Escola Municipal Raul Francisco Ryff, as professoras do 3º ano planejam atividades diferentes para proporcionar aulas mais atrativas! Preocupadas com a consolidação da alfabetização, elas apostam em uma rotina de aulas dinâmicas voltadas para situações do dia a dia das crianças.

 

Professora Debora Marques auxiliando os alunos na produção dos brigadeiros.

 

Alfabetização e Letramento são dois aspectos importantes nos anos iniciais da vida escolar.

 

É preciso considerar que: alfabetizado é aquele indivíduo que sabe ler e escrever; letrado é aquele que sabe ler e escrever, mas que responde adequadamente às demandas sociais da leitura e da escrita.

 

Alfabetizar letrando, portanto, é ensinar a aplicabilidade da leitura e da escrita na vida de cada um de nós.

 

Na Escola Municipal Raul Francisco Ryff, as turmas 1301 e 1302 desenvolvem esta aprendizagem de forma bastante dinâmica. Através de atividades práticas e partindo do concreto, nessa escola, o importante é aprender com significado.

 

Alunos da Turma 1301 enrolando os docinhos.

 

O terceiro ano escolar é o momento de consolidação do processo de alfabetização. Diante dessa importância, este ano escolar atrai a atenção das equipes pedagógicas das escolas.

 

Na Escola Raul Francisco Ryff, as professoras Débora Marques e Daiana Sena, regentes do 3º ano, procuram planejar atividades que tragam envolvimento, participação e ludicidade. É fácil perceber como os alunos reagem positivamente às atividades desafiadoras. Elas parecem brincadeiras, mas na verdade têm seus objetivos muito bem estabelecidos.


"Temos algumas dificuldades, mas sempre encontramos uma maneira divertida de apresentar novas informações de forma contextualizada. Entendemos que o conhecimento pode ser construído integrando novas e antigas aprendizagens. Aplicar imediatamente o que se aprende a uma situação cotidiana faz toda a diferença!"

 

                               Debora Marques,  Professora da Turma 1301 na E.M. Raul Francisco Ryff.

 

Alunos exibem o cartaz feito por eles na aula de Meio Ambiente.

 

Uma das aulas que os alunos mais gostaram foi a "aula do brigadeiro"! Os alunos fizeram a leitura da receita com o apoio da professora, que a cada momento tirava dúvidas e fazia observações sobre os ítens. Foi possível trabalhar conceitos de leitura, matemática e interpretação de instruções. Depois, divididos em grupos, os alunos colocaram a receita em prática. Empolgados, todos fizeram seus docinhos de chocolate em clima de muita alegria!

 

Para as professoras da E. M. Raul Francisco Ryff, o que deve ser rotina na escola é a vontade de aprender e participar!

 

*     *     *

 

Professor, faça como as professoras da E. M. Raul Francisco Ryff, divulgue aqui as atividades realizadas com seus alunos!

 

Entre em contato com o RIOEDUCA!

 

Professora Neilda Silva - Rioeduca 8ª CRE

neildasilva@rioeduca.net

Twitter: @Prof_Neilda

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share