A A A C
email
Retornando 45 resultados para o mês de 'Setembro de 2013'

Quarta-feira, 11/09/2013

Cine Literário na E. M. Acre

Tags: 3ªcre, blogdasescolas.

A Escola Municipal Acre apresenta um belíssimo trabalho desenvolvendo a criatividade de seus alunos através das Artes. Com música, pintura, cinema, literatura, inglês e outras áreas do conhecimento, faz do aprender um momento de prazer.


O Projeto Político da Escola se chama “Acreditando no Futuro” e leva em consideração o perfil dos alunos que são atendidos na Unidade Escolar. Tem como foco principal atividades que visam a formação e a informação baseadas na continuidade escolar. Preocupa-se também com a evasão, construindo um caminho de aprendizagem significativa para que o aluno leve os conhecimentos para toda sua trajetória de vida.
 

Este ano, em abril, foi inaugurada a midiateca do Cine Literário na escola. Um projeto que visa estimular o acesso à leitura através do cinema e promover o acesso ao cinema através da leitura.

 


O empenho da equipe e das crianças foram fundamentais para construção de um espaço que demonstrasse através da reutilização de materiais a modernidade e a arte. Esse espaço ficou lindo e mostrou a capacidade do trabalho em equipe e o envolvimento dos alunos.


Vejam no vídeo abaixo o dia da inauguração e como ficou esse espaço:

 

 

No dia 25 de maio as alunas Maria Clara, Caroline e Julia, representantes do Cine Literário na nossa escola, fizeram o seu primeiro empréstimo.

 

“Foi muito bom, nós adoramos ver a empolgação dos alunos com os livros e filmes e com vontade de pegar todos de uma vez só, fazendo perguntas e querendo saber mais sobre o projeto. Foi muito bom mesmo, toda hora entrando e saindo alunos comentando sobre os livros e falando que eram bons” Relataram as alunas representantes.

 

 Além do Cine Literário, a Arte é explorada de outras formas. As turmas 1801 e 1802 estudaram o movimento Impressionista e fizeram pinturas muito bacanas.


“A ideia principal dos pintores impressionistas é fazer com que a imagem pareça, quase que completamente, iluminada pelo sol. Para conseguir este feito, o autor implica a sua tela pinceladas em tons mais claros (áreas iluminadas pelo sol) e tons mais escuros (áreas sombreadas).” Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Impressionismo.

 

Trabalhos realizados pelos alunos da E. M.Acre.

 

O Coral do 6°ano do Projeto "Música e Inglês", dos professores Débora e Pedro, também foi um sucesso! Dentre ensaios e pesquisas, a turma cantou a música “Dó Ré Mi”, tema do filme “A Noviça Rebelde”. 

 

Parabéns à Escola Municipal Acre que desenvolve este belo trabalho com seus alunos!

Conheçam um pouco mais dos projetos da escola em:

 http://emacre.wordpress.com

http://emacre.webnode.com/

https://www.facebook.com/pages/Cine-Acre/542329892477555 


 

Escolas e professores, não deixem de compartilhar atividades ou projetos no nosso Portal Rioeduca. Procure o representante de sua CRE!!
Clique aqui para conhecer seu representante
.
 


Profª Elidia Correia

Representante 3ªCRE no Rioeduca

elidiacorreia@rioeduca.net

Twitter:  @ElidiaCorreia

Facebook: Elidia Correia  e  Grupo Rioeduca/3ª CRE

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 10/09/2013

Mais de Mil Alunos da 11ª CRE foram à Bienal do Livro

Tags: 11ªcre, bienal, bienal do livro.

Nos dias 3 e 4 de setembro, 1.280 alunos da 11ª CRE compareceram à XVI Bienal do Livro, localizada no Riocentro. Todas as escolas municipais da Ilha do Governador foram contempladas com ônibus. Confira!

 

A Bienal do Livro ocorreu entre os dias 29 de agosto e 8 de setembro. Segundo organização, é um dos maiores eventos literários do país, um grande encontro que tem o livro como astro principal. Para os leitores, é a oportunidade de se aproximarem de seus autores favoritos, além de conhecerem muitos outros. Durante onze dias, o Riocentro sedia a festa da cultura, da literatura e da educação. 

 

A Bienal atraiu a atenção de pessoas de todas as idades com seu conteúdo e estandes.

 

Nos espaços dedicados às atrações, o público pode participar de debates e bate-papos com personalidades culturais e de atividades recreativas que promovem a leitura. Atraente e diversificada, a Bienal do Livro é diversão para toda a família!

 

Alunos da E.M. Capitão de Fragata Didier Barbosa Vianna se divertiram e compraram vários livros!

 

"Leitura, antes de mais nada é estímulo, é exemplo."

Ruth Rocha

 

Alunos do 1º e 2º ano do CIEP Dr. João Ramos de Souza maravilhados com a estrutura e os diversos livros.

 

A visitação dos alunos à Bienal é de suma importância para o desenvolvimento do prazer de ler, pois além de se depararem com diversas editoras, livros e atividades, puderam compartilhar experiências e vivências com outros alunos de diferentes faixas etárias.

 

 

Estande da SME serviu para muitos como local de encontro e para conhecer a Educoteca, Rioeduca e a Educopédia.

 

Parabéns a todos os envolvidos no grande evento que foi a Bienal! E também para todos os profissionais da Educação que propiciaram este momento para seus alunos. Eles puderam vislumbrar a magia e o encantamento do reino da leitura. Ler é puro prazer!

 

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook: http://www.facebook.com/laura.fanttidavilla
Site: http://lauradavill1.wix.com/rioeduca11cre
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 10/09/2013

Cultive sua Saúde

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O EDI Rodrigo Lopes da Silva Tikinho está localizado em Curicica, Jacarepaguá e atende diariamente cerca de 140 crianças da creche ao Pré-Escola em horário integral.

 

Os alunos do EDI Rodrigo Lopes da Silva Tikinho participaram da Oficina Cultive sua Saúde no Parque Estadual da Pedra Branca para aprender mais sobre Educação Ambiental. A Oficina foi realizada pelo grupo  ALIFLOR (Associação Ambientalista Aliança da Floresta), que desenvolve o projeto Viveiro Escola. 

O Parque Estadual da Pedra Branca  é uma unidade de conservação ambiental situado na zona oeste.

 

A oficina promovida pelo Núcleo Socioambiental do Parque Estadual da Pedra Branca teve como principais objetivos ensinar o plantio de sementes e sensibilizar as crianças sobre a importância de se preservar a floresta. Durante as atividades, houve apresentação a respeito de várias sementes florestais, suas características e utilidades.

 

Desenvolvimento da Oficina


  • 1º momento: Exposição de sementes; apresentação de vários tipos de sementes florestais nativas, como Ipê Amarelo, Jacarandá, Pau-formiga, Açaí e Juçara (irmã do açaí);
     
  • 2º momento: Preparação do substrato;
     
  • 3º momento: Enchimento de saquinhos e semeadura.
     

 


Momento de conhecer mais sobre as sementes e a importância da preservação da natureza.

 

Foi explicado ao grupo de crianças a composição do substrato e a sua função para as sementes, seu crescimento e fortalecimento. Mostrando que a “vitamina” para o bom crescimento de plantas e árvores é natural e tem, em sua composição, minhocas e fezes de boi.

Hora de colocar a mão na terra e plantar novas sementes.

 

As crianças do EDI Tikinho participaram da oficina ajudando na semeadura de novas plantas e observando sementes e o meio ambiente em que estavam. Puderam conversar sobre tudo que vem da natureza e retorna para ela.

 

A oficina Cultive sua Saúde faz parte do projeto Viveiro Escola, desenvolvido pelo grupo ALIFLOR. O objetivo é sensibilizar e capacitar a população local, bem como a sociedade, como um todo para atuar na construção de um modelo de vida sustentável para a cidade e o planeta.


O projeto trabalha em sua metodologia temas relacionados à educação ambiental e à sustentabilidade. Tem como eixo central a produção e plantio de mudas de espécies da Mata Atlântica. Pode também trabalhar com eixos paralelos, como horta orgânica, plantas medicinais, trilha interpretativa, entre outras.

 

Fonte: Inea - Instituto Estadual do Ambiente.

 

Através da oficina Cultive sua Saúde, as crianças do EDI Rodrigo Lopes da Silva tiveram a oportunidade de aprender mais sobre a importância da natureza e seus elementos na preservação das florestas e bosques.Também visitaram e conheceram o Parque Estadual da Pedra Branca, uma das maiores florestas urbanas do mundo que merece ser conhecida tanto pelas crianças como pelos adultos. Se você ainda não conhece, vale a pena uma visita por lá.

 

 LINKS RECOMENDADOS

 



 

 PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

 

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

http://portalrioeduca/sobrenos.php


 

Contato:

 

Roberta Vitagliano

 professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 7ªCRE

 

robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 10/09/2013

Literatura e Interação na 16ª Bienal do Livro Rio

Tags: 2ªcre, 5ªcre, eventos, riodeleitores.

 

16ª Bienal do Livro Rio, uma trajetória de alegria, descontração, cibercultura e muita leitura. Assim aconteceu no estande da Secretaria Municipal de Educação diariamente. O Rioeduca esteve presente em todos os momentos possibilitando aos visitantes conhecerem alguns projetos desenvolvidos pela SME.

 

Aconteceu de 29 de agosto a 8 de setembro no Rio de Janeiro a 16ª Bienal do Livro Rio, que continua sendo um dos maiores eventos literários do país. Lá, acontece uma grande festa, onde a alegria, a descontração, a cibercultura e a leitura se fundem num momento só, o enaltecer da literatura!


A SME também participou, como em todos os anos, com um estande onde aconteceram diversos eventos.


No dia 2 de setembro ocorreu o encontro com Professores autores dos relatos e resenhas da Biblioteca do Professor na FLIP 2013, concurso cultural promovido pelo programa Rio de Leitores, da SME.


Nesse mesmo dia aconteceram Oficinas de Twitter, Facebook, Animação e Webrádio. Essas oficinas foram realizadas por Monitores e Rioeducadores durante todo o horário, à disposição do público presente no estande.

Alunos participando das oficinas nos estandes da SME na Bienal do Livro.

 

Colhemos alguns relatos sobre a Educopédia dos alunos do Colégio Estadual Santa Tereza, bairro de Belford Roxo:

 

  • Raquel Carvalho, 8º ano, não conhecia a Educopédia e ficou abismada com as aulas interativas, jogos e leitura;
  • Willyan Nunes, 6º ano, 12 anos: “o que mais gostei foram as aulas de Matemática pela quantidade de jogos diferentes”;
  • Alisson Cassiano, também do 6º ano, 11 anos, adora Português, "mas as aulas de Matemática são mais interessantes, é muito maneiro”. 

 

Aluna Raquel Carvalho conhecendo a Educopédia.

Aluno Alisson Cassiano conhecendo as aulas virtuais de Matemática.

 

Em outro momento, duas alunas do Instituto de Educação Thiago Costa, Daiane Leal, 15 anos, e Andressa Soares, 17, se interessaram pela nossa rede de educação e pararam para ver os trabalhos expostos. Logo, o interesse aumentou quando falamos do Pé de Vento e da Educopédia, pois já haviam usado no Laboratório de Informática da escola. Foi apresentada a Educação Infantil e até o Curso para Professores, com as Oficinas da Educopédia. Ficaram muito entusiasmadas e ainda passaram a acompanhar o Rioeduca e a SME pelo Twitter e Facebook. Navegamos no Pé de Vento, com o intuito de mostrar às futuras professoras como se trabalha com o projeto nas aulas de alfabetização.

Alunas do Curso Normal conhecendo o Rioeduca e a Educopédia.

 

Recebemos a visita dos alunos da Escola Municipal Lauro Sodré, 3ª CRE, com a professora Aura Liana, diretora da escola, para a sessão Cine Clube no espaço Multirio.

Alunos na sessão do Cine Clube.

 

O CIEP Mestre André, 8ª CRE, participou das oficinas com seus alunos. Mas o que mais nos chamou atenção foi o aluno Patrick Abreu, que estuda no 5º ano, 13 anos, e tem um domínio sobre as atividades da Internet. Ele mesmo criou o Twitter para acompanhar nossos trabalhos e também nos acompanhou pelo Facebook.

Patrick, aluno do CIEP Mestre André, criando sua conta no Twitter.

Alunos do CIEP Mestre André no estande da SME na Bienal do Livro. 

 

No dia 4 de setembro, a Coordenadora do Rioeduca, professora Lilian Ferreira, lançou o projeto “Rio, Leitores sem Fronteiras” com Helena Castello Branco, do Book Crossing Brasil.


Durante os onze dias, o Riocentro sediou esta festa da cultura, da literatura e da educação. 


Os alunos da rede municipal participaram, assim como seus professores, das atividades que aconteceram na 16ª Bienal do Livro Rio. 

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Renata Carvalho e Regina Bizarro – Professoras da Rede e representantes da 2ªCRE e da 5ªCRE, respectivamente, no portal Rioeduca

Email: renata.carvalho@rioeduca.net

reginabizarro@rioeduca.net


Twitter: @tatarcrj

            @rebiza

 


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share