A A A C
email
Retornando 25 resultados para o mês de 'Setembro de 2016'

Quinta-feira, 01/09/2016

Café Literário no PEJA

Tags: 3ªcre, peja, literatura.

 

 

 

A Escola Municipal Rubens Berardo promove, todos os anos, o projeto da Sala de Leitura intitulado “Piquenique da Leitura”. O PEJA, envolvido nesse projeto, promove o Café Literário que, com uma roupagem mais adequada ao seu perfil, envolve todo o corpo docente, coordenação, direção, sala de leitura e os alunos de todas as suas turmas. Venha com o Rioeduca conhecer um pouco mais desse trabalho.

 

 

A Escola Municipal Rubens Berardo tradicionalmente promove, todos os anos, o Café Literário com as turmas de PEJA na escola como parte integrante do Projeto de Sala de leitura "Piquenique Literário". Como não poderia deixar de ser é um evento muito concorrido na escola pois é a oportunidade de troca entre alunos e professores não só das informações pesquisadas em sala de aula, mas como forma de demosntrar também como diferentes linguagens abordam o tema escolhido. Este ano o tema foi a vida e a obra de Lima Barreto.

 

 

A turma 171, da professora Cicília, trabalhou sobre as doenças da época do Lima Barreto e fez um comparativo com as atuais, assim explorando os vetores como os mosquitos transmissores de doenças da época e atuais. Os alunos confeccionaram os vetores e elaboraram um jogo informativo sobre os vetores e as doenças transmitidas.


A turma 172, da professora Ana Lucia, confeccionou fachadas de casarios antigos em contraponto as casas das primeiras favelas do Rio de Janeiro.


A turma 173, que era da professora Eugênia, fez uma maquete representando a demolição dos cortiços e o início da favela do Morro da Providência.


A turma 174, da professora Heloísa, fez a linha do tempo da vida de Lima Barreto e de suas próprias vidas.
 

 

A turma 191, da professora Edna, montou uma paródia com seus alunos sobre Lima Barreto, elaborou um jogo de perguntas e respostas (quiz) sobre o tema e suas alunas fizeram uma poesia homenageando o autor.

 

A turma 192, da professora Isabel, trabalhou um apanhado de frases e pequenos textos do autor que faziam críticas sociais ao Rio de Janeiro daquela época. E um aluno representou o escritor em uma de suas falas.

 

 

A turma 162, sob a responsabilidade do professor Jan de história, trabalhou a linha do tempo das transformações do Rio de Janeiro na época de Lima Barreto e apresentou uma peça sobre a vida do autor.

A turma 161, sob a responsabilidade da professora Elizabeth de matemática, apresentou o samba enredo da escola de samba Unidos da Tijuca de 1982, que homenageava Lima Barreto.

 

 

A turma 152, com a supervisão da professora Gisele de Língua Portuguesa, apresentou uma esquete sobre uma crônica do autor.

A turma 151, sob a responsabilidade da professora Margaret de ciências, fez trabalhos expositivos sobre a Revolta da Vacina.

A  noite encerrou com todas as turmas cantando o samba enredo da G.R.E.S. Unidos da Tijuca de 1982:

Vamos recordar Lima Barreto
Mulato pobre, jornalista e escritor
Figura destacada do romance social
Que hoje laureamos neste carnaval
O mestiço que nasceu nesta cidade
Traz tanta saudade em nossos corações

Seus pensamentos, seus livros
Suas idéias liberais
Impressionante brado de amor pelos humildes
Lutou contra a pobreza e a discriminação
Admirável criador, ô ô ô ô
De personagens imortais
Mesmo sendo excelente escritor
Inocente, Barreto não sabia

Que o talento banhado pela cor
Não pisava o chão da Academia
Vencido pela dor de uma tragédia
Que cobria de tristeza a sua vida
Entregou-se à bebida
Aumentando o seu sofrer

Sem amor, sem carinho
Esquecido morreu na solidão (bis)

Lima Barreto
Este seu povo quer falar só de você (bis)
A sua vida, sua obra é o nosso enredo
E agora canta em louvor e gratidão

 

 

Ao fim das apresentações os alunos confraternizam com um lanche coletivo .

Parabéns à Direção, alunos e professores da Escola Rubens Berardo pelo excelente trabalho desenvlvido no PEJA. 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share