A A A C
email
Retornando 21 resultados para o mês de 'Setembro de 2018'

Quarta-feira, 05/09/2018

Projeto Tô+Craque

Tags: 3ªcre, futsal, extracurricular.

 

A Escola Municipal Thomas Mann realiza um trabalho que vem fazendo a diferença para a comunidade escolar. 

 

Vamos conhecer o trabalho da E.M Thomas Mann, através do relato do Diretor Adjunto, o professor de Educação Física Renato Braga.

 

 

O Projeto “Tô + Craque” é um Projeto Educacional, que tem como base a prática do Futsal de forma lúdica, buscando, assim, a socialização e o melhor convívio entre os alunos, bem como o estreitamento da relação entre estudantes e a unidade escolar.

 

O projeto surgiu em 2017, foi criado pelo professor de Geografia Giannis Hans Petrakis e referendado pelo Diretor Adjunto Renato Braga (PI- Educação Física). A ideia inicial era de aproximar os alunos da escola, por meio de uma atividade lúdica e desportiva. Tal proposta também oportunizava aos estudantes mais tempo na escola, e consequentemente menos tempo pelas ruas.

 

A escolha do Futsal foi definida por despertar maior interesse entre os alunos. 

Durante a realização do projeto, foram trabalhados a coletividade, o respeito ao próximo, a cooperação e a boa relação entre os gêneros. Com o crescimento do projeto, além das aulas, realizou-se fuma culminância. Com esse objetivo, foi organizado um grande Torneio de Confraternização, batizado de “Thomas League”. O evento foi documentado e lançado no youtube para apreciação de toda a comunidade escolar.

 

 

 

 

A partir do sucesso do projeto, seus dinamizadores vislumbraram novas possibilidades, pois estabeleceram como meta a primeira participação da Unidade Escolar nos Jogos Estudantis do Município do Rio de Janeiro. Para abrilhantar essa participação, foi criado um lindo logo com as inicias da Escola. Na formação da equipe foram usados alguns critérios como: bom desempenho escolar e disciplinar. Dessa forma, no dia 10 de Julho, a Escola Municipal Thomas Mann participou de sua 1ª Partida nos Jogos Estudantis da Prefeitura do Rio de Janeiro!

Após as escolhas, formou-se uma grande rede, com a participação de toda a Comunidade Escolar (Alunos, Professores, Funcionários, Direção e Responsáveis) a fim de arrecadar  recursos para confecção do uniforme. 

 

 

 

Vinculado a este projeto criou-se o Jornal escolar “Thomas News” em formato de Blog e jornal mural, funcionando, dessa maneira, como formas de registro das aulas, jogos e eventos ligados ao “Tô + craque”, assim como das demais notícias e informações ligadas à escola.

Na mesma data do evento de lançamento do uniforme, foi inaugurada a Sala de Imprensa da Escola, mais um estímulo de aproximar os alunos desse mundo sonhado por muitos meninos e meninas, que é o mundo do futebol (em nosso caso futsal). Nela os alunos são entrevistados após os treinos e jogos.

 

 

A fim de usar pela primeira vez o uniforme, socializar com outros times, outros alunos, foi organizado um “Amistoso da Amizade Benthomas” entre as Escolas Municipais Thomas Mann e Bento Ribeiro. Amistoso esse que seguiu todo o protocolo de uma competição oficial.

Os objetivos do amistoso eram diversos como por exemplo: estreia da equipe e do novo uniforme, socialização com outra unidade e contato com alunos de outras regiões. 

 

 

O amistoso foi um sucesso. Foram ao evento cerca de quarenta alunos, que se comportaram de maneira exemplar. Foi um momento de confraternização entre as escolas, abrindo portas para novas experiências.

 

Em Maio foi realizado o Concurso de Escolha do Mascote da Escola.O Vencedor foi o Jacaré e por o isso, ele foi escolhido como forma de homenagear os alunos, já que a grande maioria reside no bairro do Jacaré. 


 

 

 

Para conhecer um pouco mais do excelente trabalho desenvolvido pela Escola Municipal Thomas Mann basta acessar o Facebook da escola. Lá poderão ser vistos mais detalhes sobre cada projeto e perceber o quanto ele é importante para os alunos da escola. 

 

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: Escola Municipal Thomas Mann

E-mail: emtmann@rioeduca.net

Telefone: 2218-4587 / 2218-5508

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 04/09/2018

Psicomotricidade em Ação

Tags: 2ªcre, educaçãoinfantil, psicomotricidade.

 

Os alunos do Espaço de Desenvolvimento Infantil Igor Moraes da Silva participaram de atividades que possibilitaram a percepção da consciência corporal e a expressão com movimentos variados.

 

A professora Tamires Coutinho, Professora da Educação Infantil no EDI Igor Moraes da Silva, contou ao portal Rioeduca sobre as atividades de psicomotricidade realizadas com os alunos.


O projeto foi elaborado pela professora Tamires e realizado na turma do Maternal 2 com a ajuda das auxiliares Maria do Carmo e Viviane Belo.


Durante uma semana, os alunos participaram de atividades cujo objetivo foi criar consciência corporal e perceber as possibilidades de se expressar com movimentos variados, através de padrões como: velocidade, espaço, tempo e lateralidade. As crianças, além de se divertirem com as aulas, criaram, interpretaram e se relacionaram com o outro e com o mundo em que vivem.

 

 

Alunos realizando atividades com o  auxílio da professora.

 


“Na infância a Psicomotricidade vai potencializar o desenvolvimento da função simbólica. O desenvolvimento de habilidades corporais como o equilíbrio, coordenação, dissociação, orientação espacial e temporal – devendo-se, para tal, praticar uma ação pedagógica desinibidora, que proporcione situações receptivas, seguras e gratificantes. E a elaboração da noção corporal, uma vez que, com um maior entendimento sobre si mesma, a criança capacita-se para uma melhor compreensão em relação a si e ao mundo.” Diz a professora Tamires Coutinho

 

Vejamos abaixo como as atividades do projeto foram realizadas:


Criação de circuito dentro de sala que requer diferentes movimentos

Materiais: Colchão para cambalhota, cadeira para o pulo, túnel para passar por dentro, entre outros. 

Passo a passo: Explicar a atividade e criar um ambiente desafiador e estimulador; incentivar que as crianças torçam para os amigos falando o nome, batendo palmas e comemorando ao final do circuito completo; acompanhar a criança em cada movimento para ajudar, caso haja dificuldade na execução. 

 

É interessante ver como eles ganham confiança aos poucos vendo seus pares e com incentivos de encorajamento.

 

 

Atividade no circuito.

 

 

Atividade no circuito.

 

 

Atividade no circuito.

 


Elástico como uma “teia de aranha”

Material: Elástico

Passo a Passo: Prender o elástico grande de ponta a ponta fazendo um zig-zag em um corredor onde as crianças possam passar.

Esta atividade é muito simples e legal, porque cria um ambiente de brincadeira, no qual são obrigados a passar por cima ou por baixo, desafiando, assim, movimentos mais complexos para que consigam concluir a tarefa. É interessante colocar recursos visuais, sonoros ao longo dos fios, como tampinha de garrafas, para os pequenos explorarem.

 

Brincadeira com bambolê

Material: Bambolê

Passo a passo: Fazendo caminhos com os bambolês de modo que as crianças pulem com os dois pés, imitando um coelho para chegar ao final; deixar os bambolês livres para brincadeira e exploração pelos pequeninos, dessa maneira, surgem várias propostas legais e divertidas.

 

Separação de pecinhas por cores

Materiais: A atividade pode ser feita em grupos, com bambolês e pecinhas de encaixe coloridas.

Passo a passo:  Explicar que todos devem colocar as pecinhas dentro do bambolê de cor respectiva; separar por cor no “Já!”.

É muito legal observar o diálogo e como um corrige o outro, fazendo com que aprendam juntos.

 

Trabalho em equipes utilizando os bambolês.

 

 

Trabalho em equipes utilizando os bambolês.

 

A equipe pedagógica e os responsáveis deixaram seus depoimentos sobre o projeto:

 

Muito legal, parabéns professora Tamires pelo seu trabalho com as crianças” – Ana Paula Salvino (Mãe de aluno)

 

“Acho legal ver o desenvolvimento ao longo das atividades propostas e como eles gostam do lúdico”Viviane Belo (AEI)

 

“As atividades desenvolvidas são de grande importância para o desenvolvimento motor e cognitivo das crianças, trabalham também a socialização e respeito as regras. São atividades lúdicas, mas ao mesmo tempo desafiadoras, onde as crianças participam com interesse e entusiasmo" - Maria Cláudia (Diretora Adjunta)

 

 

Agradecemos a professora Tamires Coutinho por compartilhar conosco os relatos deste projeto que fala sobre a importância da Psicomotricidade na Educação Infantil.

Desejamos sucesso a toda comunidade escolar.

 

 

O contato do EDI Igor Moraes da Silva é: edisete@rioeduca.net

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 04/09/2018

Aprendendo Espanhol com Histórias em Quadrinhos e Tecnologia

Tags: 7ªcre, projetos, quadrinhos.

 

Uma ação conjunta do PEJA ( Programa de Educação de Jovens e Adultos) das Escolas Municipais Pio X e Renato Leite  ensina espanhol por meio de quadrinhos feitos por um aplicativo de celular .

 

Ao longo dos dois primeiros bimestres de 2018, os alunos do PEJA das escolas Pio X e Renato Leite, ambas da 7ª CRE, puderam pôr em prática tudo o que aprenderam nas aulas de língua espanhola por meio dos quadrinhos e, melhor ainda, com os próprios alunos sendo os atores e criadores das histórias.

 

Para isso, as professoras Karina Costa (E.M. Renato Leite), Alissandra Ferreira e Vanessa Baeta (E.M. Pio X) elaboraram um cronograma especial de atividades, que teve início com o ensino de aspectos linguísticos do idioma.

 

 

 

Em seguida, os estudantes foram apresentados às especificidades que caracterizam as histórias em quadrinhos e leram as revistinhas da Turma da Mônica em espanhol, Mónica y su pandilla, que os alunos adoraram conhecer de perto.

 

      Alunos lendo Turma da Mônica em espanhol.

 

Por fim, os estudantes foram incentivados a criar suas próprias histórias, sendo os fotógrafos, atores, criadores e editores das tirinhas. Para isso, foi utilizado um aplicativo de celular chamado COMIC STRIP IT!, disponível para o sistema Android.

 

Alunos durante a execução da atividade: elaboração de diálogos, fotografias e edição.

 

 

Veja abaixo uma das tirinhas produzidas pelos alunos :

 

 

 

 

A ação teve frutos tão positivos que as criadoras foram convidadas a apresentá-la no I Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras na Infância e na Adolescência (SELEIA/2018), realizado no CEFET-RIO, no início do mês de julho.

 

Professoras durante a apresentação do projeto no SELEIA/2018.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato da E.M. Pio X:

empiox@rioeduca.net

 

 

Contato da E.M. Renato Leite:

emrleite@rioeduca.net

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 03/09/2018

Matemática com Doçura

Tags: 1ªcre, projetos, matemática.

 

Ludicidade e  o uso de Material concreto tornam atividade matemática mais atraente e significativa.


Um dos conteúdos pedagógicos previstos no 6º Ano, na disciplina Matemática, de acordo com as Orientações Curriculares de nossa Rede, são as “Figuras Geométricas Espaciais e Planas”. Com a aplicação desse conteúdo espera-se que o aluno observe e explore o espaço físico, identifique formas e os sólidos geométricos, reconheça as figuras geométricas simples e identifique os elementos de um sólido.

 

 

 


 A Professora Olívia Dib, regente de matemática da turma 1.601 da E.M. Jenny Gomes, localizada no Bairro do Rio Comprido e que atende turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, resolveu propor aos seus alunos atividades, nas quais os estudantes entendessem os conceitos dos sólidos geométricos, contando o número de vértices, faces e arestas, de forma concreta e efetiva.

 


Nas aulas que antecederam a atividade, houve um estudo sobre sólidos geométricos e, ao definir os tipos de sólidos (corpos redondos e poliedros), os alunos trouxeram para uma exposição na própria sala, objetos de suas casas que possuissem formas de sólidos geométricos, como: pilhas, caixas de sapato, caixas de creme dental e pizza, bolas de plástico, objetos de decoração, dentre outros.

 

 

 


 Após a apresentação dos objetos trazidos para a aula, a turma foi dividida em grupos e cada grupo construiu seu sólido geométrico com palitos de dente e jujubas. Dessa forma, os estudantes podiam verificar de forma concreta o número de vértices, faces e arestas dos poliedros construídos por eles. 

 

 

 


A professora Olívia relata: “A atividade foi de uma aprendizagem efetiva e prazerosa para a turma”.

 


Através da atividade proposta pela professora Olívia, podemos perceber a importância de trabalhar matemática de forma lúdica e concreta, despertando a curiosidade e transformando os alunos em agentes de seu próprio conhecimento.

 


E você , fez uma atividade aparentemente simples, mas que causou impacto positivo em seus alunos? Que tal vê-la aqui na página do Rioeduca?

 

 

Para Saber Mais:

Escola Municipal Jenny Gomes

Direção: Sônia Maria Reis

Direção Adjunta: Cláudia Franco

Coordenação Pedagógica: Wilton Alves

Telefone: 2273-5299

E-mail: emjgomes@rioeduca.net

 

 

 

 


   
           



Yammer Share