A A A C
email
Retornando 89 resultados para a tag 'blogsderioeducadores'

Quarta-feira, 05/09/2012

Construindo a Autonomia

Tags: 3ªcre, protagonismojuvenil, blogsderioeducadores.

 

A Prof.ª Vera Santana e sua turma do programa Autonomia Carioca da E. M. Roberto Magno de Carvalho, da 3ª CRE, registram suas conquistas e ações em seu blog. Vamos conferir?
 

 

Alunos com defasagem idade x série de, pelo menos, dois anos são atendidos no programa Autonomia Carioca. O objetivo é acelerar o aprendizado do aluno para que ele possa concluir o ensino fundamental. Os alunos estudam por módulos através de apostilas e teleaulas. A prof.ª Vera Santana, de Língua Portuguesa, os acompanha nessa trajetória. No blog Autonomia Carioca – E.M. Roberto Magno, eles registram, mês a mês, o Memorial da turma.

 

 

 

 

 

 

Os alunos registram suas impressões sobre as atividades realizadas, digitam seus textos que são salvos e publicados periodicamente pela professora Vera no memorial digital da turma. Além disso, ficam registradas as capacitações pelas quais a professora passou e as atividades que apresentam as disciplinas do ensino fundamental de forma diferenciada. O foco é o uso cotidiano das habilidades matemáticas e científicas.

 

 

 

 

 

 

O prazer de aprender, muitas vezes perdido nos anos anteriores, também é resgatado. A experimentação e a curiosidade são trabalhadas bem como a capacidade de expressão escrita. O aprender a aprender é estimulado para que o aluno adquira autonomia para ser agente de seu próprio aprendizado. Os diversos suportes apresentados proporcionam um aprendizado mais amplo que atende as diferentes maneiras de aprender dos alunos.

 

 

 

 

 

 

 

As artes não ficam de fora, já eles são incentivados a afirmar suas identidades e registrar suas percepções do mundo. Nos relatos, a timidez vai dando lugar ao posicionamento mais crítico. O mundo vai sendo lido do ponto de vista de cada um.

 

 

 

 

 

 

Acessem o blog e sigam as ações dessa turma e sua professora construindo a autonomia.

 

 

 

Imagens e informações retiradas do blog

 

 

 

Contate-nos

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 24/08/2012

Educação Digital Infantil

Tags: 3ªcre, educaçãoinfantil, educopédia, blogsderioeducadores.

 

 

Os paradigmas da educação estão mudando para adequar-se ao mundo cada vez mais digital que nos cerca. A Educação Infantil não poderia ficar de fora. Vejamos como a Prof.ª Elidia Correia desenvolve este projeto em sua turma na E. M. Senegal, na  3ª CRE.

 

 

Há muito tempo a Educação Infantil ou pré-escolar deixou de lado a concepção de jardim de infância. Aquele conceito definia as crianças como sementes que se desenvolviam naturalmente e cabia ao professor “regá-las” e apoiá-las em seu processo. Hoje, sabemos que a criança não recebe passivamente o saber, mas o constrói a cada novo elemento que encontra. A interação entre ela, o mundo, o conhecimento, seus pares e o professor contribui igualmente para que seu aprendizado se elabore e reconstrua continuamente. O uso da tecnologia e mídias digitais é, hoje, um dos saberes indispensáveis mesmo aos pequeninos. Sabendo disso, a professora Elidia Correia desenvolve, com seu E.I. 30, na E. M. Senegal, da  3ª CRE, um projeto de educação digital.

 

 

 

 

 

 

 

 

Sua formação em Educação à Distância permite-lhe uma visão privilegiada desse processo. Assim, a apresentação do mundo digital aos alunos foi da maneira lúdica com que eles estão habituados a lidar em suas interações. A professora lhes apresentou o computador partindo da base do trabalho em educação infantil: o estudo e reconhecimento do nome, já partindo para as observações que ajudarão no processo de alfabetização como a quantidade e o tipo de letras que podem ser utilizadas na hora de escrever.

 

 

 

 

 

 

 

O reconhecimento do próprio corpo, das suas particularidades e funcionalidades também ganhou espaço na telinha do computador. Para a criança de hoje, nativa digital, a tecnologia é tão natural quanto a televisão foi para tantos de nós. Eles a dominam naturalmente, sua linguagem lhes é clara e aprender com ela é sempre um prazer. O registro em papel é secundário, mas ainda válido. Nesta fase inicial da infância o concreto é muito necessário para a aquisição do saber. Então as descobertas sobre o corpo foram também registradas de maneira mais tradicional a partir do trabalho feito com o uso da Educopédia.

 

 

 

 

O uso da tecnologia apaixona e todos queriam um computador só para si. A professora Elidia providenciou a realização de tal desejo e viu aparecer na telinha do notebook de brinquedo aquilo que mais havia encantado cada um. Em todos, a busca do saber foi estimulada e é certo que eles voltarão a estes recursos para novas aprendizagens. Afinal, quando prazer e aprender andam juntos é tudo mais gostoso.

 

 

 

Acompanhem no blog Educação Infantil - SME, a continuidade do projeto, as reflexões e ações da professora Elidia Correia com sua turma. Confiram!

 

 

 

 

 

 Contate-nos

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 10/08/2012

Alfabetização e Letramento na Brigadeiro

Tags: 3ªcre, alfabetização, blogsderioeducadores.

 

 

Estamos na Semana da Alfabetização e a dica de hoje é o blog Alfabetização e Letramento da E. M. Brigadeiro Faria Lima, 3ª CRE. A coordenadora Regina Azevedo reuniu um belo conjunto de textos, vídeos e sugestões imperdíveis.
 

 

Como desmembramento do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, firmado com o Ministério da Educação, a Semana da Alfabetização veio oportunizar a troca de experiências e reflexões sobre a alfabetização. As metas acordadas preveem um série de objetivos a serem alcançados desde a creche ao 3º ano. São elas:

 

" 1 - toda criança de Educação Infantil imersa em ambiente letrado e iniciando seu processo de alfabetização;

 

2 - toda criança deve ser capaz de ler e escrever textos adequados à sua idade ao final do 1º ano do Ensino Fundamental;

 

3 - toda criança deve estar com a alfabetização consolidada ao final do 3º ano do Ensino Fundamental. "

 

Na E.M. Brigadeiro Faria Lima, o olhar atento está voltado para a Alfabetização e o Letramento desde setembro de 2011. A coordenadora criou o blog para a troca de sugestões, textos e vídeos sobre o assunto.

 

 

 

 

 

 

O blog foi criado para proporcionar um espaço de troca entre os professores da escola, mas está à disposição de todos. É um belo conjunto de vídeos e textos. A coordenadora Regina Azevedo vem compilando material de ótima qualidade sobre a Alfabetização.

 

 

 

 

 

 

A maioria das sugestões é de ordem bem prática, embora, também haja espaço para textos teóricos. As dicas são imperdíveis, pois mesclam atividades para todos os níveis de alfabetização. Assim, o professor pode planejar suas aulas contemplando os vários níveis encontrados em sua sala de aula.

 

 

 

 

 

Então, visitem o blog Alfabetização e Letramento, na Brigadeiro, para conhecer as sugestões lá compartilhadas. Aqui, compartilho com vocês as orientações que constam do Guia da Educação em Família, voltado para os responsáveis:


- Tenha sempre lápis e papel em casa, à disposição das crianças.

- Sempre que for escrever com o seu filho, não use abreviações.

- Jogue forca, caça-palavras e outras brincadeiras que façam seu filho escrever.

- Se o seu filho está com dificuldades em se alfabetizar, o melhor a fazer é estimulá-lo e não pressioná-lo.

- Converse com o professor para saber o ritmo de seu filho. Cada criança tem um nível de maturidade.

- Não fique apontando o erro toda hora ou seu filho poderá ficar inibido. Os erros fazem parte do processo.

- Tire as dúvidas de seu filho, quando ele perguntar como se escreve uma palavra. Se não souber, olhem juntos no dicionário.

 

 

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 03/08/2012

Saber Compartilhado

Tags: 3ªcre, protagonismojuvenil, riodeleitores, blogsderioeducadores.

 

 

As redes sociais virtuais são mais uma das tecnologias que nos permitem abrir as portas da sala de aula para o mundo. A prof.ª Clarice Menezes compartilhou o projeto em seu blog e os alunos curtiram muito. Vamos conferir?

 

 

Tantas vezes tidas como vilãs, as redes sociais virtuais nada mais são que extensões das redes sociais que vivemos em nosso dia a dia. Estamos em rede quando estamos em família, em nosso local de trabalho, igrejas e clubes. A internet só veio maximizar o alcance delas e agilizar o processo de troca que realizamos em nossas relações diárias. Até mesmo a denominação virtual está sendo repensada, já que muitas relações das redes sociais se tornam efetivas e se estreitam no real.

 


Então, por que não utilizá-las como ferramenta educacional? Os alunos lá interagem e participam com um entusiasmo que não se pode ignorar. Pois a professora Clarice Menezes juntou o clássico e o moderno ao criar o grupo Jobim 6.º ano, no Facebook.

 

 

 

Compartilhando imagens

 

 

 

Inicialmente, o projeto envolvia Mitos, Lendas, Deuses e Heróis a serem trabalhados a partir da Odisseia de Homero em edição adaptada de Ruth Rocha. Durante a leitura do livro em capítulos, o entusiasmo cresceu tanto que foi preciso criar um espaço na aula para que eles compartilhassem as histórias dos deuses e heróis gregos que foram encontrando.

 

 

 

 

 

 

A professora Clarice nos conta que “Não havendo mais espaço nas aulas para tanta demanda, resolvi, então, criar um grupo no Facebook só nosso, para atender a publicação de histórias pesquisadas, em sua maioria, na internet.

 


Pensei que poderia não funcionar, mas resolvi arriscar assim mesmo. As postagens se multiplicaram com um pouco de tudo. Há postagens sobre Zeus, Hera, Medusa, Réia, Héstia, Cronos... E o que mais me chamou atenção foi o fato de que, cada aluno se preocupou em não repetir as temáticas, criando, assim, um corpus bastante rico ligado à mitologia.”

 

 

 

 

Compartilhando conceitos

 

 

 

Com as histórias compartilhadas, o estudo de palavras, expressões, muitas vezes utilizadas em nosso dia a dia, foi explicado pelas histórias ou compartilhados entre os alunos. Assim o aluno torna-se sujeito agente na aquisição de conhecimento e reconhece em seu colega mais uma fonte válida de interação em busca da aprendizagem.

 

 

 

Compartilhando mitos e expressões

 

 

 

No grupo, é possível encontrar os vídeos assistidos em aula e jogos de perguntas e respostas encontrados pela professora Clarice e compartilhados para que os alunos possam testar seu conhecimento em Mitologia Grega. O grupo “bombou”, para usar um termo muito querido dos alunos, e outros assuntos e temas discutidos em aula se estenderam até ele. Há também um espaço para a indicação de livros lidos pelos alunos com a respectiva crítica desses leitores.


Tudo isso está registrado no blog Memória de Trabalho e, de lá, você pode acessar e ver as descobertas do grupo Jobim 6º ano. Confiram e prestigiem!

 

 


 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share