A A A C
email
Retornando 114 resultados para a tag 'edi'

Quarta-feira, 20/07/2016

Aprendendo com as Olimpíadas no EDI

Tags: 11ªcre, olimpíadas, edi.

 

 

 

 

O Espaço de Desenvolvimento Infantil Neusa Maria Goulart Brizola está se preparando para a Olimpíada que acontecerá em agosto na nossa cidade. Por isso, todos, desde o berçario até a pré escola, estão conhecendo os esportes e símbolos olímpicos. Confira!

 

A tocha olímpica

Os pequenos do Maternal II da professora Fernanda e das Auxiliares de Educação Infantil Marcela e Auricelia se empenharam bastante para confeccionar sua própria tocha olímpica. Além disso, capricharam no trabalho de colagem que faz parte do portfólio de atividades anual da unidade escolar.

 

Alunos do maternal confeccionando as tochas

 

 

Conhecendo as cidades por onde a tocha olímpica passou...

 

O Pré I da professora Vanessa e o Pré I da professora Elisa descobriram que a tocha olímpica viajou muito e ainda está viajando para chegar até a nossa cidade. Com a ajuda do mapa mundi os alunos procuraram as cidades por onde a tocha já passou e por onde ainda vai passar, e, para sistematizar todo o aprendizado, tiveram que representar o caminho da tocha com a colagem de vários pés na folha de oficio, além de ligarem os numerais compondo a sequência numérica de acordo com a quantidade de cidades visitadas pela tocha! Conhecimentos de geografia, matemática e língua portuguesa integrados em um só contexto, onde a ludicidade está sempre presente. 

 

Alunos colando a tocha olímpica por onde já passou

 

 

Sequencia númerica. Tema tocha olímpica

 

O Futebol

Uma paixão nacional, o futebol também é uma modalidade olímpica, e por incrível que pareça, ainda não conquistamos uma medalha de ouro. O futebol foi o segundo esporte coletivo a entrar como uma modalidade olímpica, só atrás do pólo aquático e hoje se divide em duas modalidades: feminina e masculina.


Os alunos pesquisaram a respeito desse esporte como modalidade olímpica e descobriram suas regras, uniformes e principalmente seu instrumento condutor: a bola!

O Maternal I, das professoras Cidália e das Auxiliares de Educação Infantil Fatima, Gleice, Marcela C. e Sonia, confeccionou a bola com jornais e revistas como as utilizadas nos jogos de futebol. Todos quiseram tocar, chutar e conduzí-la com os pés. Foi uma descoberta e tanto. 

 

Trabalhando com a bola. Diversão na certa!

 

A turma também conheceu a poesia de Francisco Moraes Mendes: O JOGO e dentre tantas palavras escritas destacou a palavra BOLA. Mesmo tão pequenos conseguiram reconhecer essa palavra e associá-la ao objeto já trazido pra dentro de sala de aula.

 

Conhecendo a poesia de Francisco Moraes Mendes

 

 

VISITE O BLOG DA ESCOLA CLICANDO AQUI

 

 

Quer saber mais sobre o projeto?

Unidade Escolar: EDI Neusa Maria Goulart Brizola

Telefone: 3393-4160

 

Parabéns a equipe do EDI Neusa Maria Goulart Brizola por tornar a aprendizagem dos alunos significativa, fazendo eles compreenderem os símbolos e os esportes das Olimpíadas, de maneira lúdica e divertida!

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook: https://www.facebook.com/groups/1607751852842237
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net

 

 

 

                            

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 03/05/2016

Por que Alfabetizar Usando o Nome Próprio?

Tags: 6.ªcre, edi, alfabetização.

 

 

A professora Mariana, do Espaço de Desenvolvimento Infantil Amarelinho, deu início às reflexões sobre o sistema de escrita, na sua turma da Educação Infantil, através de atividades com o nome próprio de cada aluno do EI-13.

 

A atividade foi realizada no início do mês de março e teve por objetivo principal ajudar os alunos a identificar, reconhecer e reproduzir a escrita do seu nome e de seus pares, além de valorizar a identidade da criança.

 

O trabalho teve início com a contextualização do nome das crianças, através da Chamadinha, que tem por cenário o fundo do mar. Os nomes dos alunos foram escritos em fichas no formato de peixe. 

 

"É assim que se escreve!" foi o nome dado pela prof.ª Mariana para a atividade com nome próprio

 

Todos os dias, antes de iniciar a aula, os alunos são organizados em roda, a professora Mariana mostra a ficha e explica que o que está escrito nelas é o nome de cada um. Em seguida, o desafio é lançado: “Vamos descobrir quem veio e quem não veio? ”. Ela pega uma ficha e incentiva os alunos a ler. Quando o nome é identificado, a criança pega a ficha e prende no cartaz.

 

A turma foi classificada pela prof.ª Mariana como dinâmica, interativa e questionadora.

 

Após esta rotina diária, foi apresentado o alfabeto móvel em diversas cores. As crianças foram desafiadas a reescreverem seus nomes e de seus pares através do alfabeto móvel.

Esta atividade possibilitou identificar em que etapa do processo de escrita os alunos se encontram. Segundo a professora Mariana, toda a descoberta foi de forma prazerosa, pois houve a devida interação entre as crianças, mesmo sendo uma atividade individual ocorrida em um espaço coletivo.

 

O trabalho com o nome próprio tem objetivos  de aprendizagem diferentes, de acordo com a faixa etária dos alunos.

 

“Acho que foi bem produtivo, pois como havíamos conversado no planejamento do dia 01/01, quando a criança toma posse de seu nome, tem a possibilidade de perceber como um ser importante e que o seu e o nome de seus pares têm significado. Esse é o nosso comprometimento, ter como foco a criança e seu desenvolvimento na Educação Infantil”, relatou a Diretora Adjunta Silvana.

As atividades com o próprio nome na Educação Infantil são essenciais para ajudar as crianças a perceber semelhanças e diferenças entre os nomes, como quantidade e disposição das letras e sua relação com os sons. Com base nesse modelo, elas conseguem estabelecer comparações para tentar ler outras palavras.

 

A atividade desenvolvida ofereceu novos desafios às crianças, potencializando seu aprendizado.

 

Em contato com o nome próprio, as crianças notam a regularidade da forma dele e entendem que a escrita alicerça a língua falada. Toda vez que elas observam seu nome, percebem que ele tem sempre as mesmas letras. Essa constância do sistema é muito importante, porque é um ótimo lugar de reflexão e aprendizagem.

A escrita do nome próprio é uma importante conquista para a criança que está em processo de alfabetização. O papel do professor é ampliar, de maneira significativa, a inserção das crianças no universo da escrita, com o qual elas têm contato por meio de cartazes que veem nas ruas, da televisão e das listas de compras que seus pais fazem.

 

A prof.ª Mariana exerceu a função de Agente Auxiliar de Creche, de 2008 a 2012, é graduada em Serviço Social, pela UFRJ, e ainda atua como Professor II no município de Belford Roxo.

 

Diante disso, é um orgulho divulgar este trabalho de grande relevância educacional realizado pela PEI – Professora de Educação Infantil – Mariana, formada pelo Instituto de Educação Moysés Henrique dos Santos (2007). “É um orgulho tê-la na 6.ª Coordenadoria de Educação do Rio de Janeiro”, disse Gerente de Educação Kátia Barboza.

 

Quer saber um pouco mais? Entre em contato com a escola e com a prof.ª Mariana!


Edi Amarelinho / (21) 3372-6780
E-mail: emamarelinho@rioeduca.net


Professora Mariana / (21) 979978461
E-mail: emamarelinho@rioeduca.net

 

 Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até apróxima semana!


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 06/04/2016

Cuidando da Saúde no EDI Maria Berenice

Tags: 7ªcre, edi, saude.

 

 


 

 

 

O EDI Maria Berenice promoveu ações de conscientização de saúde envolvendo a comunidade escolar.

 

No primeiro bimestre de 2016, o EDI Professora Maria Berenice Parente atuou em parceria com a Clínica da Família Padre José De Azevedo Tiuba desenvolvendo ações envolvendo Higiene e Saúde.

 

Uma das ações da parceria entre o EDI e a Clínica aconteceu na Reunião de Responsáveis no dia 20 de fevereiro. Um dos temas debatidos durante o encontro foi a mobilização contra o Aedes Aegypti, para combater a Zica, a Dengue e a Chikungunya.

 

 

                                 Reunião de responsáveis e mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti
 

 

Considerando o tema higiene bucal nos bebês, a Dra. Lucia Helena F. Ancillotti se reuniu com os responsáveis para falar sobre a importância desse assunto. A Dra. Lúcia esclareceu muitas dúvidas sobre amamentação, uso de chupeta, mamadeiras, escovação e os cuidados com a primeira dentição. O encontro foi produtivo e esclarecedor para os pais.

 

                                 Dra. Lúcia esclarecendo dúvidas sobre Higiene Bucal nos bebês.

 

Atiividade de Alongamento com responsáveis.

 

As mães dos bebês do Berçário puderam participar de atividades de alongamento, no período da Adaptação, orientado pela professora Ágata Reis, - Educadora Física do Programa Academia Carioca CAP 4.0.

 

             Da esq.p/dir: Dinamizador Erasmo Carlos,da RAP da Saúde 4.0, Tatiana Coelho, Diretora EDI Prof.ª Maria Berenice , Ágata Reis, Ed. Física Programa Academia Carioca e Cláudia Lopes, Agente Comunitária de Saúde - Equipe Ixora.
 

 

Nos próximos meses, outras ações de promoção e conscientização de saúde continuarão a acontecer.Será feita aplicação de flúor nas crianças da Pré-escola e através da parceria com a equipe da Clínica da Família, pesagem, anotação das medidas, avaliação bucal, mais palestras para as famílias e conversas com as crianças.

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

 

Contato do EDI ProfessoraMaria Berenice Parente:

ediberenice@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 01/04/2016

Aprendendo Com o Mundinho Esportes e Valores

Tags: 9ªcre, edi, educaçãoinfantil, projeto.

 

 

 

O EDI Professora Enyr Portilho de Avellar está recebendo seus alunos com toda a atmosfera do projeto “Aprendendo Com o Mundinho Esportes e Valores”.

 

 

Toda a equipe do nosso EDI Professora Enyr Portilho de Avellar está empenhada em desenvolver durante todo o ano letivo de 2016, junto aos alunos e toda a comunidade escolar, o projeto “Aprendendo Com o Mundinho Esportes e Valores”, visto que este ano a nossa cidade vai sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Este projeto está baseado na coleção de livros “O Mundinho”, da autora Ingrid Biesemeyer Bellinghausen.

 

 

Os Jogos Olímpicos são considerados um dos maiores espetáculos da terra. Atletas do mundo inteiro se reúnem em um grande espetáculo que mistura nações, cores, bandeiras e religiões. É o momento onde o esporte é valorizado, mostrando a sua força acima das diferenças e das guerras. Acreditando que o esporte e a educação precisam caminhar juntos e que a prática esportiva permite uma maior sociabilidade e integração entre as crianças, o EDI aproveita esse momento para que seus alunos, com sua enorme curiosidade, possam conhecer diferentes culturas, deixando de lado a competição, dando maior importância a formação da ética e dos valores, formando cidadãos, aprendendo a respeitar uns aos outros e a sua própria individualidade na certeza de que pode contribuir para a formação integral dessas crianças se apropriando deste tema tão rico.

 

 

Dentro do que foi proposto, nesta primeira fase do projeto, o EDI está trabalhando o livro “O Mundinho” com o tema central “A Identidade”. Foi dada a largada para essa aventura em busca do conhecimento.

 

 

Parabéns a toda a equipe EDI Professora Enyr Portilho de Avellar pelo empenho e pelo trabalho realizado!

 

 

 

 

Para ver mais trabalhos realizados pela escola, acesse o blog. Contato com o EDI pelo telefone 3394-2159 e 3377-0978 ou pelo e-mail edipepavellar@rioeduca.net.

 

 

 

 


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Postado por Rita Faleiro Ver Comentários (4)