A A A C
email
Retornando 44 resultados para a tag 'escolas'

Terça-feira, 10/05/2016

Green Party - E.M. Mestre Waldemiro

Tags: 1ªcre, projetos, eventos, escolas bilingues.

 

 

 

 

Alunos da Escola Municipal Bilingue Mestre Waldemiro participam da Green Party.

 

Em comemoração ao Saint Patríck's Day, importante data comemorativa do Calendário Irlandês, alunos e professores da Escola Municipal Bilingue Mestre Waldemiro organizaram uma Green Party, no mês de Março.

 

 

A cultura Irlandesa foi levada para a unidade escolar, através das danças, músicas folclóricas e comidas típicas do país europeu de Língua Inglesa, envolvendo a Comunidade Escolar.

 

Na Green Party, os alunos tiveram contato com trabalhos artísticos referentes à temática, desenvolvidos durantes as aulas de Inglês, assim como conheceram mais acerca da tradicional comemoração,

 

 

Este evento é uma tradição na Irlanda, e celebrada em todos os países de Língua Inglesa, onde as pessoas se vestem de verde e aderem ao trevo como amuleto, por ser verde e representar a sorte. A festa é uma homenagem a Santo Patrício, padroeiro da Irlanda. A escolha da cor verde nas comemorações nasceu do folclore popular, que conta que Patrick's utilizava o trevo de 3 folhas em suas vestimentas.

 

 

Devido a paisagem predominante de Irlanda, o verde acabou sendo escolhido para simbolizar a festa. Além da cor verde, gnomos, duendes e potes de ouro também são utilizados como símbolo da festa. Fazendo um paralelo, a Green Party está para os países de Língua Inglesa como o Carnaval para o povo brasileiro.

 

 

O evento foi um dia festivo, encerrando com maestria uma série de atividades relacionadas à cultura europeia e norte americana.

 

Fundada em 1988 e tendo como Patrono Mestre Waldemiro, músico que comandou a bateria da Estação Primeira de Mangueira por 50 anos, a unidade faz parte do Projeto de Escolas Bilingues, como uma das ações do Programa Rio Criança Global. A Unidade atende alunos da Educação Infantil ao 6º Ano Experimental, em turno único, alunos da Comunidade da Mangueira.

 

As Escolas Bilingues estão sendo implantadas, desde 2013, com o objetivo de introduzir metodologia e prática de ensino em duas línguas desde a Educação Infantil até o 6º ano. No ano de 2015 a Mestre Waldemiro passou a fazer parte do projeto, tendo como segunda Língua o ensino da Língua Inglesa.

 

 

Para Saber Mais:

Escola Municipal Mestre Waldemiro

Diretora: Gláucia Couto Bernardo da Silva

Telefone: 2254-3144

E-mail: emwaldemiro@rioeduca.net

 

Professor Alexandre Roque de Araujo
Representante Rioeduca.net da 1ª Coordenadoria Regional de Educaçãoalexandrearaujo@rioeduca.net
Twitter: @Alexandre_Roque
Whatsapp 98733-1970

 

COMENTE E COMPARTILHE

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 27/02/2015

Blog, Uma Ferramenta no Ensino de Historia

Tags: 5ªcre, blog, escolasdoamanhã.

Em maio de 2010, quando já usava a internet como ferramenta para ensinar Historia, a professora Renata Telha cria o espaço virtual “Turma do Amanhã” que veio ser uma experiência de sucesso! Há um ano e meio ela está lotada na Escola Municipal 05.15.041 Oswaldo Teixeira e pretende manter o mesmo desempenho com turmas do 6º ano.

 

O uso da internet para o ensino de História: Blog da Turma do Amanhã, uma experiência de sucesso que a professora Renata Telha criou há 5 anos, quando ainda trabalhava na Escola Municipal Presidente Roosevelt, 8ª CRE.


Mais um ano letivo começa e estamos ansiosos pelo retorno às salas de aula. Alguns já voltaram, não é mesmo?! Inclusive, já com bastante pesquisa para fazer. Outros, ainda estão em casa, esperando para conhecer sua nova turma e professores.

Assim começa a primeira postagem de 2015 do Blog Turma do Amanhã, com objetivo de criar uma maneira fácil e descomplicada de aprender a História do Mundo, através da rede social.

 


Como surgiu o Blog da Turma do Amanhã


A ideia deste blog surgiu durante uma aula de História, com uma turma muito agitada e participativa, período em que a professora Renata trabalhava na Escola Municipal Presidente Roosevelt (8ª CRE).

A escolha do nome do blog, Turma do Amanhã, ficou por conta dos alunos e tem a ver com o fato de ser uma Escola do Amanhã. Inicialmente, a intenção era experimentar e observar a relação que os alunos fariam entre o conteúdo trabalhado em sala de aula e o ambiente virtual, onde poderiam aprofundar-se nos assuntos anteriormente discutidos, tirar suas dúvidas, concluir suas pesquisas e, para os alunos que houvessem faltado, acompanhar a matéria do dia.

Meu objetivo sempre foi de estimular a participação dos alunos na construção e aprendizado da disciplina histórica, através de pesquisas de conteúdo e elaboração de textos. Desejamos tornar a experiência da aprendizagem de História mais interessante e divertida, facilitando o contato do estudante com temas e discussões que não são abordados em sala. Pretendemos que as aulas de História não fiquem apenas restritas ao espaço da escola, mas que faça parte do cotidiano do aluno, enriquecendo o seu contato com a internet. Agora, então, com alunos do 6º ano, relata a professora Renata Telha.


Como professora de História, Renata Telha revela que é muito mais aprendiz devido ao pouco tempo de carreira.

Com o blog, ela também deseja incentivar a curiosidade, a criatividade, a leitura e o pensamento crítico de seus alunos, tão caros à ciência histórica.


Não temos uma máquina do tempo que nos transporte, mas dispomos da internet – um veículo de informações rápido e confortável! A minha surpresa foi a quantidade de acessos que o blog tem recebido, ultrapassando 450mil visitas, mais de 600 assinaturas por e-mail e muitos seguidores no Facebook. Com certeza, fico muito feliz por ter colocado na rede um blog que atenda satisfatoriamente às necessidades de muitos adolescentes – e de professores também – espalhados pelo país!

 

 

Trabalhando o Blog Turma do Amanhã na Escola Municipal 05.15.041 Oswaldo Teixeira

Desde 2013 a professora Renata Telha está lotada na Escola Municipal Oswaldo Teixeira (5ª CRE), sendo assim, ela decidiu intensificar as postagens do blog direcionadas ao sexto ano e pretende intensificar as postagens investindo na aplicação da metodologia de pesquisa com os alunos.

A ideia é abrir o blog para que os próprios alunos o alimentem com o resultado de suas pesquisas. Chega de cartolina e papel almaço!, finaliza a professora.

Professora Renata Telha

 


Conheça, curta e compartihe o Blog Turma do Amanhã http://turmadoamanha.com/

 

Postado pela professora Regina Bizarro, representante do Rioeduca/5ªCRE

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 03/02/2014

Trindade Pedagógica

Tags: 6ªcre, creches, educaçãoinfantil, escolas.

 

A Trindade Pedagógica, formada pelo Diretor, Coordenador Pedagógico e Professor, é um dos elementos principais para o sucesso escolar. O trabalho integrado entre todos esses gestores e os demais atores do processo educativo faz a escola  caminhar na mesma direção.

 

 

O uso do número três, em muitas situações, parece apontar para a perfeição. Em matemática, mais especificamente na geometria, aprendemos que por três pontos que não estejam em linha reta sempre passa um plano. Uma mesa com três pés, por exemplo, não fica  bamba. Na educação, três figuras são apontadas como responsáveis pela eficácia da escola: o Diretor, o Coordenador Pedagógico e o Professor.

 

 

Os dois primeiros estão em contato direto com professores, alunos e funcionários. São eles que detectam, com o olhar atento, a movimentação  dentro e fora dos muros da escola, nos corredores e, nas salas de aula, as necessidades de aprendizagem das crianças e dos jovens, a demanda por formação docente e as condições de  infraestrutura.

 

 

O terceiro personagem dessa trindade, o professor, é o grande agente do processo educacional e, por isso, possui ligação direta com o aluno. Ele é a alma de qualquer instituição de ensino, um orientador que zela pelo desenvolvimento das habilidades de seus alunos.

 

 

 

O trabalho conjunto entre diretor, coordenador pedagógico e professor garante o bom andamento da escola e a aprendizagem.

 

 

A necessidade de um trabalho integrado entre todos os gestores e os demais atores do processo educacional, que faz a escola caminhar na mesma direção, tem sido apontada em pesquisas como um dos principais fatores que impactam a aprendizagem dos alunos. É nessa realidade, que o professor se une ao diretor e ao coordenador pedagógico.

 

 

Nessa trindade pedagógica, cada personagem tem uma função e uma obrigação. Porém, acima de tudo, é preciso que esses três educadores - como três pontos que não estão dispostos em linha reta - formem um único plano, equilibrado e seguro, para garantir a estrutura pedagógica da escola e a aprendizagem de todos os alunos.

 

 

Nós somos a sexta CRE!

 

 

A 6ª Coordenadoria Regional de Educação possui atualmente 100 unidades escolares localizadas, em sua maioria, em áreas de risco. Dentre esse quantitativo, há 68 escolas, 10 CIEPs, 18 Creches e 04 EDIs. Essas instituições estão distribuídas entre os bairros de Anchieta, Ricardo de Albuquerque, Parque Anchieta, Barros Filho, Costa Barros, Guadalupe, Pavuna, Acari, Irajá, Coelho Neto e Deodoro.

 

 

 

Os gestores das escolas da 6ª CRE procuram dirigir e controlar esta organização no sentido de possibilitar a melhoria de produtos/serviços com vistas a garantir a completa satisfação das necessidades dos alunos.

 

 

 

 

As escolas da 6ª CRE são formadas por pessoas que, em conjunto, constituem a essência da organização.  A gestão da qualidade compreende o envolvimento de todos, o que possibilita o uso de suas habilidades para o benefício da instituição.

 

 

 

 

A forma como as Creches e EDIs usam o espaço, as relações interpessoais e a interação com a comunidade são importantes na Educação das crianças.

 

 

As escolas da 6ª CRE procuram trabalhar em equipe, assumindo junto com os profissionais envolvidos no processo educativo um compromisso com as metas estabelecidas mutuamente. Esse trabalho é algo construído no dia a dia pela trindade de gestores. Ninguém forma um time harmonioso, que se conhece, em que todos têm um objetivo comum da noite para o dia. Com empenho, amor, sentimento, inteligência, trabalho, treinamento e mais trabalho, diretor, coordenador pedagógico, professor, funcionário, aluno e pais formam um time.

 

 

Trabalho em equipe é disciplina e treinamento. Um time precisa de treinamento físico, tático e de fundamentos para atingir o entrosamento e a excelência. Por isso, os elementos fundamentais da trindade pedagógica estão constantemente participando de capacitações e formações.

 

 

 

Criar uma equipe altamente eficaz é um grande desafio para os Gestores de Pessoas, visto que esses profissionais devem possuir determinadas características que precisam ser modificadas para atender ao perfil ideal.

 

 

 

 

Cada membro da equipe tem habilidade, aptidão e conhecimento para sua função e sabe da importância das demais funções para o sucesso da equipe

 

 

Trabalho em equipe é comunicação. Um time que não se comunica e não interage  está fadado ao fracasso. O professor por si só tem necessidade de se comunicar. As escolas da 6ª CRE procuram propiciar esse momento de comunicação ao máximo dentro de suas equipes. O diretor, o coordenador pedagógico e o professor - líderes em seus espaços - precisam ouvir suas respectivas equipes, assim como estas devem ouvi-los.

 

 

Os gestores das escolas dessa coordenadoria têm em mente que a comunicação é o óleo necessário para as engrenagens funcionarem bem. Todos dentro da instituição escolar precisam receber feedback, precisam saber o que se espera deles e como o seu trabalho tem sido desempenhado. As escolas da 6ª Coordenadoria Regional de Educação possuem metas desafiadoras, que motivam e estimulam quem faz parte dela.

 

 

 

A equipe por possuir integrantes com habilidades e experiências diferentes, pode vencer diversos desafios com maior velocidade e eficácia.

 

 

 

 

A equipe precisa se apoiar mutuamente em todas as tarefas e desafios. Os sucessos individuais e em equipe devem ser reconhecidos através de premiação ou elogios.



 

 

Trabalhar em equipe na 6ª CRE é ter uma missão que está muito clara e viva no coração de cada pessoa. Todo trabalho, empenho e esforço realizado pelos diretores, coordenadores pedagógicos e professores tem um objetivo maior. Esses personagens têm uma missão individual para desempenhar seu trabalho e isso é vivido dentro de cada um, pois quem tem o coração na missão consegue dar melhores resultados, consegue empreender.

 

 

Por fim, o trabalho em equipe realizado por esse trio gestor é um aprendizado contínuo e mútuo. Contínuo, porque a cada dia algo é aprendido e ensinado. Mútuo, porque o líder aprende com a equipe e esta aprende com o líder e com ela mesma. No final das contas, no trabalho em equipe, todo mundo ganha: a escola, o diretor, o coordenador pedagógico, o professor, o aluno, o funcionário e a comunidade.

 

 

 

Liderança deve ser compartilhada dentro da equipe de maneira adequada e os conflitos enfrentados de maneira construtiva e aberta.



 

 

 

Para que a gestão escolar seja um sucesso, cada medida tomada deve  oferecer condições para que as crianças, de fato, aprendam e, assim, funcionar como um verdadeiro filtro para todas as ações.


 

 

 

"Todos os atores da comunidade escolar ensinam e aprendem. E os espaços e práticas atitudinais também educam", diz Bianca Cristina Correa, especialista em gestão da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto.

 

 

Essa matéria reflete todo o orgulho e agradecimento pelo trabalho realizado pela trindade  pedagógica da 6ª CRE. Profissionais como os que existem nessa coordenadoria possuem metas e propósitos; se desafiam e fazem coisas que os outros dizem que não podem fazer; trabalham duro e se superam; apresentam satisfação em realizar uma tarefa; usam seus conhecimentos, talentos, energia e habilidade para produzir o máximo; veem oportunidades e as abraçam com tudo. Enfim,  esses profissionais de sucesso formam uma grande equipe que têm como lema NÓS SOMOS A SEXTA CRE!

 

 

Desejamos, a todos, um 2013 de muito sucesso!

 

 

Professora Patrícia Fernandes - Representante do Rieoduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 24/09/2013

Saiba como concorrer a uma das cinco mil bolsas de estudo

Tags: escolasdoamanhã.

 

 

 

Saiba como concorrer a uma das cinco mil bolsas de estudo nos níveis fundamental e médio oferecidas no Rio http://glo.bo/1b9lAKT

 

Quando a estudante Maria Karoliny de Araújo, de 18 anos, concluiu o 9º ano do ensino fundamental, se deparou com a necessidade de trocar de escola, porque o colégio Sistema Jockey Club, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio, não oferecia o ensino médio. Foi uma prova de fogo.

 

— Meu pai é porteiro, minha mãe diarista. Nossa situação é apertada. Sempre fui bolsista e, quando acabei o 9º, fiquei desesperada, pois precisava de alguma escola com um preço muito bom. Escolhi e consegui uma bolsa de 100% — conta Maria, que cursa o 3º ano do ensino médio no colégio Pensi e quer fazer vestibular para Ciências Contábeis, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): — A escola é muito rígida e, no início, foi difícil me adaptar. Precisava estudar muito para manter a bolsa, pois, sem ela, estaria trabalhando, já que minha família não teria condição de pagar a mensalidade.

 

A partir do mês de outubro, pais e filhos compartilharão desafios semelhantes ao de Maria Karoliny, com o início da temporada de provas para ingresso nas escolas. O EXTRA levantou informações sobre os processos seletivos de 15 delas. Destas, onze informaram quantas bolsas vão oferecer em 2014. No total, serão, pelo menos, 5.391 oportunidades, em unidades espalhadas por diversos bairros do Rio.

 

Os colégios que não concedem bolsas de estudos por meio de provão também iniciam a peneira para a admissão de novos alunos, a partir do mês que vem. Em alguns deles, a bolsa pode ser garantida após uma entrevista com a coordenação.

 

Cuidados com o contrato

Cláusulas

 

O contrato deve ser fornecido, pelo menos, 45 dias antes da data final da matrícula e conter o valor das mensalidades, o número de vagas por turma e os horários das aulas. Deve prever a devolução de parte da mensalidade, caso haja desistência, antes de começar o ano letivo. Pode ser cobrada multa pelo cancelamento, desde que prevista no contrato e com limite de 10%.

 

Atraso

O valor da multa por atraso de pagamento deve estar estipulado no contrato.

 

Admissão em instituições públicas

 

Quem quiser ingressar em uma das conceituadas instituições públicas do Rio, como os colégios Pedro II e de Aplicação da Uerj (Cap-Uerj) e da UFRJ (Cap-UFRJ), deve ficar atento ao prazo do processo seletivo. Para entrar num deles, os estudantes serão submetidos a provas ou sorteios. O Pedro II e o Cap-Uerj ainda não divulgaram os editais de seus processos seletivos para admissão em 2014.

 

O Cap-UFRJ está com inscrições abertas até o meio-dia do dia 7 de outubro, e oferece 96 vagas — 57 para o nível fundamental e 39 para o médio. Para o fundamental, 48 são para o 1º ano, uma para o 3º ano, seis para o 6º ano e duas para o 7º ano. Para o médio, 36 para o 1º ano e três para o 2º ano.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site www.admissaocap.ufr.br. A taxa é de R$ 50, e o boleto deve ser pago em qualquer agência bancária, até as 16h do dia 8 de outubro. A prova para o nível médio será aplicada em 10 de novembro, às 8h. Para o ensino fundamental, o sorteio será no dia 17 de dezembro.

 

 

 

 

 

 

 

Leia mais: http://glo.bo/1eE70vn

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share