A A A C
email
Retornando 1 resultado para a tag 'feminismo'

Terça-feira, 04/06/2019

Escola Municipal Rodrigo Otávio - 11ª CRE

Tags: 11ªcre, autoestima, debate, feminismo, gênero.

Jovens levam para os corredores da escola aulas sobre diversidade e pluralismo social

 

 

Alunos e professores da Escola Municipal Rodrigo Otávio (11.20.019) desenvolvem, a partir de um projeto interdisciplinar de português e artes plásticas, atividades sobre respeito, representatividade e protagonismo, trazendo a comunidade escolar para o debate sadio e para troca de experiências.

A partir do protagonismo popular, desenvolvido na narrativa do samba enredo de 2019 da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, a professora Flavia Chapetta, regente de Língua Portuguesa das turmas 1901 e 1902 , desenvolveu com os alunos atividades sobre as lutas populares e representatividade. 

A professora trouxe ao conhecimento dos alunos, personalidades importantes na história e cultura do Brasil como Luisa Mahin, Marielle Franco e Dandara, personalidades pouco lembradas pela história oficial. 

Dentro do contexto de pluralidade e minorias, as professoras deram um destaque especial as questões ligadas às mulheres e sua importância histórica. Após discutirem a narrativa trazida pelo samba enredo, os alunos iniciaram produções textuais baseadas na retrospectiva da vida de algumas das mulheres históricas, antes desconhecidas por eles.

 

Placas confeccionadas pelos alunos homenageando personalidades femininas

 

As professoras puderam trazer aos estudantes a compreensão de que há diferentes discursos e pontos de vistas sobre uma mesma realidade social e que todas as abordagens trazem consigo algum juízo de valor.

Apoiados na produção textual, os alunos auxiliados pela professora de Artes Plásticas, Margarete Mencarini, iniciaram a composição das placas de rua valorizando personalidades femininas  brasileiras escolhidas pelos alunos. Utilizando guache, papelão e inspiração os jovens deram a devida notoriedade à grandes mulheres brasileiras.

 

  

           

A professora Flavia Chapeta e as placas confeccionadas pelos alunos 

 

O trabalho das professoras repercutiu de maneira tão positiva entre os estudantes,  que um grupo de alunas da 1901 propôs a confecção de cartazes com frases de empoderamento e valorização para espalhar pelos banheiros da Unidade. As regentes compraram a ideia das alunas e levaram o projeto adiante, a fim de envolver todos os grupos da turma. Meninos e meninas envolveram-se no debate sobre  respeito, direitos, pertencimento, autoestima e representatividade.

 

 

 

Produção dos cartazes propostos pelos alunos

 

 

 

 

    

Alunas colam  seus cartazes nos banheiros femininos da Unidade Escolar

 

As questões levantadas por alunos e professores levaram ao pluralismo de ideias.

 

"Garantir a formação plena e o preparo para a cidadania implica promover participação, exercício de direitos e deveres, solidariedade, cooperação, justiça, respeito aos outros e a si mesmo. Isso não se faz sem liberdade de expressão, sem lidar com as diferenças, com ideias concorrentes e até com pontos de vista contraditórios. E isso só se concretiza por meio do debate franco com pais, comunidade, alunos, educadores." Maria Amábile Mansutti - coordenadora técnica do Cenpec (www.cenpec.org.br) e graduada em Pedagogia pela USP.

 

 

 

 

 

Alunos e professores reunidos com as produções realizadas

 

Segundo a aluna Bruna Lima Barreto da Silva, da turma 1901, "Fazer este tipo de trabalho foi muito enriquecedor para as alunas da turma. Mas também, foi muito importante para elevar a autoestima de todas as meninas da escola." 

As professoras envolvidas no projeto auxiliaram a escola a cumprir a função de contribuir para que os alunos entendam melhor o mundo e possam se posicionar criticamente frente às desigualdades, às discriminações, à diversidade e à pluralidade de pensamento.

O projeto se estenderá ao longo do ano letivo, abordando demandas trazidas pelos alunos, bem como questões pertinentes a formação cidadã deles.

 

 

 

 

Quer saber mais?

 

Escola Municipal Rodrigo Otávio

End.:Rua Antonio de Almeida, 11 Portuguesa 21920-340

e-mail: emotavio@rioeduca.net

Telefone: 3367-7528 3383-8867

Diretora Geral: Margareth Soares da Rocha

Diretor Adjunto: Michel Serpa

Coordenadora Pedagógica: Rita de Cassia Garcia

 


   
           



Yammer Share