A A A C
email
Retornando 4 resultados para a tag 'filme'

Terça-feira, 02/10/2018

Exibição Mensal de filmes nacionais: Arquivo faz Escola

Tags: filmes nacionais.

 

A Equipe de Educação do Arquivo Nacional convida sua escola para participar do projeto Arquivo Faz Escola.

 

 

Uma vez por mês exibimos em nosso Auditório Principal, com capacidade de 150 lugares, filmes nacionais selecionados pela nossa equipe e pela Midiateca do Arquivo Nacional, em sessões abertas para grupos escolares. Após a exibição contamos com convidados para conversar com os estudantes sobre o tema da sessão.

 

Qualquer dúvida entre em contato conosco pelo telefone (21) 2179-1256 ou pelo endereço visitas@an.gov.br.

 

As inscrições de grupos escolares, informando o número de alunos e professores acompanhantes e ano escolar, podem ser feitas pelo e-mail visitas@an.gov.br.

 

Veja aqui a programação do mês de outubro:

 

 

ARQUIVO FAZ ESCOLA

Exibição mensal de filmes nacionais

 

Exibição do filme Educação

De Isaac Pipano e Cezar Migliorin | 2017 | 50 min.

Das mentes mais libertárias às instituições mais conservadoras, todos param para pensar e agir no campo da educação. Neste filme-montagem, o espectador é colocado no centro das disputas, discursos e resistências que atravessam a educação e, sobretudo, a escola.


ARQUIVO NACIONAL | AUDITÓRIO PRINCIPAL

30 de outubro, às 10h | 14h


Roda de Conversa

Sessão das 10h

Cezar Migliorin – Professor de cinema (UFF)

Luan Ribeiro – Pedagogo (SME/RJ)

 

Sessão das 14h

Eveline Algebaile – Educadora (UERJ)

Luan Ribeiro – Pedagogo (SME/RJ)

 

 

Público-alvo do oitavo ao nono ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio

As sessões são abertas para grupos escolares agendados

Agendamento em visitas@an.gov.br

Praça da República, 173 | Centro | Rio de Janeiro | RJ | Telefone 2179-1256

 

 

Enviado por:
Equipe de Educação em Arquivos
Arquivo Nacional / Ministério da Justiça

 


   
           



Yammer Share


Segunda-feira, 14/08/2017

Projeto Cineclube nas Escolas

Tags: cineclube, mídias, filme.

 

INSCRIÇÃO ABERTA PARA ASSISTIR AO FILME PORTUGUESE FROM SOHO COM A PRESENÇA DA DIRETORA PORTUGUESA ANA MIRANDA

 

O Projeto Cineclube nas Escolas, em parceria com o Arte Institute (Portugal), promove no dia 22 de agosto (3a feira) a exibição do filme "Portugueses from Soho". Após o filme, debate com a diretora portuguesa, Ana Miranda, e o professor de História da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro, Fernando Antunes.

Essa ação é exclusiva para professores da rede pública municipal do Rio de Janeiro.
 

Inscrições pelo link: https://goo.gl/ag1nAQ

 

FIQUE DE OLHO!

Dia: 22 de agosto (3a feira), às 9h30
Local: Cine Joia Copacabana (Av. Nossa Senhora de Copacabana, 680, subsolo / shopping 680 - Copacabana - próximo ao metrô).


Ficha Técnica do Filme:
Gênero: Documentário
Duração: 59 minutos
Ano: 2016
Produção: Arte Institute


Sinopse:| O documentário "Portugueses do Soho - Uma história que mudou de geografia" conta a história dos emigrantes portugueses que chegaram ao Soho após a segunda guerra mundial. Através da sua história, descobrimos a história deste bairro, bem no coração de Manhattan e da cidade de Nova Iorque.

Teaser do filme: https://vimeo.com/154316470

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/08/2015

Rede Escola Rio apresenta filmes produzidos por estudantes da Rede Municipal

Tags: filme, professor, aluno.

 

 

 

Nessa sexta-feria, 21 de agosto, das 9h30m ao meio-dia, no Teatro de Câmara da Cidade das Artes


O projeto Rede Escola Rio (RER) vai apresentar em uma sessão especial os curtas de ficção e documentário, inspirados no tema “O Rio que é Verde”, produzidos pelos estudantes da Rede Municipal do Rio de Janeiro, no semestre passado em oficinas extracurriculares. O evento vai acontecer no próximo dia 21 de agosto, sexta-feira, a partir das 9h30min, no Teatro de Câmara da Cidade das Artes, na Barra. Na ocasião também será lançado o aplicativo para celular Quiz As Cores do Rio, que foi viabilizado pelo programa SEBRAEtec.

O projeto é patrocinado pela Lojas Americanas, Americanas.com e Estácio, com apoio das secretarias municipais de Educação e de Cultura, e realizado pela Bang Filmes & Produções.

“O tema das áreas verdes da cidade maravilhosa foi o foco do primeiro dos cinco módulos do RER, O RIO QUE É VERDE, iniciado em agosto de 2014 e que já impactou um público de mais de 8 mil alunos. Desejamos que esta ação se consolide cada vez mais e se torne uma boa prática no município, podendo ser replicada para outras praças”, idealiza Juliana de Carvalho, da Bang Filmes, responsável pelo projeto.

O projeto Rede Escola Rio foi elaborado em parceria com a Gerência de Mídia-Educação, da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, como um investimento na criatividade artística e na capacidade dos estudantes e educadores cariocas de construir uma cidade sustentável. A proposta é incentivar os participantes a mapear e registrar diferentes localidades e, com isso, promover o resgate das histórias do Rio e a reflexão sobre a relação dos cariocas com a cidade que habitam.

Curtas-metragens que serão exibidos durante o evento:

- Making Of RER 2015;

- A Natureza Do Amor (E.M. Roberto Burle Marx)

Sinopse: Rapaz que só gosta de game se apaixona por jovem que prefere a vida ao ar livre. Ele decide acompanhá-la.

- Um Passeio Muito Loko! (E.M. Roberto Burle Marx)

Sinopse: Dois jovens servem de guia em uma trilha para um grupo de turistas e muitas coisas surreais acontecem.

- Atchim (Ciep Armindo Marcílio Doutel de Andrade)

Sinopse: A festa rola no Mendanha. Ouve-se som de moto-serra. As crianças aproveitam os caroços de manga que o mendigo tinha e plantam lá mesmo na área gramada.

- O Verde Maluco Do Doutel (Ciep Armindo Marcílio Doutel de Andrade)

Sinopse: Crianças leem livro: os tecnoplanos invadem a Terra para comer as plantas... são espantados por caçadores que os fazem replantar tudo.

- Histórias Inusitadas De Água Santa (E.M. Brigadeiro Faria Lima)

Sinopse: Estudantes da escola municipal Brigadeiro Faria Lima, em Água Santa (Rio de Janeiro), resgatam histórias do bairro.

- Caminhos Cruzados (E.M. Bolívar)

Sinopse: Um índio pré-colombiano, uma princesa do Império e uma jovem contemporânea se encontram no Engenho de Dentro (Rio de Janeiro).

- Aula Dos Sonhos (E.M. Mario Claudio – Rio Comprido – RJ)

https://www.youtube.com/watch?v=unWtVNge7HI&feature=youtu.be

Sinopse: Alunos fazem bagunça e levam uma bronca do professor. Aula fica chata e uma aluna adormece, sonhando que a turma está fazendo um passeio.

- Vivendo O Futuro (E.M. Mario Claudio)

Sinopse: Alunos fazem muita sujeira durante um pic nic. Aparece um homem do futuro, alertando para a destruição ambiental, e um homem do passado abismado com as mudanças ocorridas.

- City West – Brasil (E.M. Tasso da Silveira)

Sinopse: Cidade: City West. Ano: 2025. O prefeito lamenta que não existam mais árvores. Cientista faz máquina do tempo para resgatar, no passado, sementes e replantar e acaba dando carona para uma índia.

- A Turma Do Pic Nic (E.M. Tasso da Silveira)

Sinopse: Amigos resolvem fazer um pic nic no parque. Uma índia faz chover. As sementes das frutas comidas são plantadas e o pão que sobrou é dado aos peixes... nisso, aparece o perigo!

- Fruta Ostentação (E.M. Narcisa Amália)

Sinopse: Depois de muito procurar jenipapo na feira de Copacabana, uma jovem acaba encontrando a fruta na casa da prima de uma amiga, na Ilha de Guaratiba.

- Daqui Não Saio? (E.M. Narcisa Amália – Guaratiba - RJ) 

https://www.youtube.com/watch?v=kZE-3Vbufmo&feature=youtu.be

Sinopse: Documentário comparando os moradores Guaratiba com os de Copacabana.


Dados do Evento:

Data: Sexta-feira, 21/08

Horário: de 9h30 às 12h

Local: Teatro de Câmara da Cidade das Artes (Av. das Américas, 5300, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro / RJ)

Número previsto de pessoas: 460 convidados entre estudantes, educadores e gestores da Rede Pública Municipal de Ensino, representantes da Secretaria Municipal do Cultura, patrocinadores, parceiros, equipe e imprensa.

Programação: apresentação do projeto e fala da Secretária Municipal de Educação do Rio de Janeiro, Helena Bomeny, exibição dos vídeos produzidos na 2ª etapa do módulo O RIO QUE É VERDE, lançamento do aplicativo para celular QUIZ AS CORES DO RIO e entrega dos certificados de participação a estudantes e professores.

 

Site RER: http://www.redeescolario.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/redeescolario
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC7GUzk4RwT1W2MqHe3TbeSA

 

PARCERIAS
Secretaria Municipal de Educação
Cineclube nas Escolas
Fundação Cidade das Artes
JCS Assessoria e Participações

 

REALIZAÇÃO
BANG FILMES & PRODUÇÕES

www.bangfilmes.com.br
Assessoria de imprensa RER
George Patiño - george.patino71@gmail.com
(21) 98758-7282/ 2516-3514
Adriana Sanglard - adrisanglard@gmail.com
(21) 99828-8616 / 3472-1417
 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/02/2014

Concurso Premiará Roteiro Para Filme de Aluno do Ensino Médio

Tags: filme, premio, mec, tvescola.

 

Estudantes do ensino médio público podem participar, até 28 de fevereiro, do Concurso Esporte para todos: Meu roteiro de inclusão. O tema é o esporte, e a história contada, de quatro a seis minutos, deve se passar no espaço da escola. A equipe do melhor roteiro vai participar de oficina de formação e produzir o curta-metragem com equipamentos e supervisão da TV Escola, emissora do Ministério da Educação, que promove o concurso.


Conforme o regulamento, a inscrição pode ser individual, mas o estudante deve ter a supervisão de um professor. A inscrição compreende sinopse e roteiro, dados de identificação dos autores, declaração do professor responsável e autorização dos pais para menores de 18 anos. O tema é o esporte como fator de inclusão e a sinopse, com o máximo de cinco linhas, deve resumir a história do filme.


Direção, roteiro, fotografia, produção, som e edição são funções que devem ser preenchidas na ficha de inscrição do concurso. O roteiro deve ser dividido em cenas e, se há diálogo, eles deverão ser descritos. Também é necessário informar o gênero do filme – humor, drama, terror, romance, suspense, entre outros. Os alunos, diz o regulamento, não precisam ter experiência nas diversas funções descritas no roteiro, mas a ficha de inscrição deve informar a função de cada um.


Dos trabalhos inscritos, a comissão de seleção vai escolher dez roteiros que serão encaminhados para a comissão julgadora, formada por especialistas indicados pelo MEC. São sete critérios de avaliação: criatividade, clareza da proposta, coerência entre as cenas, viabilidade do projeto, originalidade, representatividade cultural e adequação ao tema do concurso.


Prêmios – Os autores do melhor roteiro participarão de uma oficina de capacitação no Rio de Janeiro, de 26 a 31 de março; vão produzir o filme na escola onde estudam, com equipamentos (câmera, luzes e microfones) e a supervisão de uma equipe da TV Escola, de 6 a 11 de abril; para editar e finalizar o curta-metragem, os vencedores viajarão a Brasília nos dias 12 a 14 de abril. As despesas com viagem, hospedagem e alimentação durante as oficinas serão custeadas pela TV Escola. Os autores do roteiro premiado cederão à TV Escola os direitos de exibição pública do curta, na íntegra, por diferentes meios de divulgação.


Ionice Lorenzoni


Acesse o Portal do Professor e confira no regulamento como fazer a inscrição e todas as etapas do concurso


Fonte: Portal do MEC
 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share