A A A C
email
Retornando 14 resultados para a tag 'geo'

Segunda-feira, 08/04/2019

EMOC Juan Samaranch - 1ª CRE

Tags: 1ªcre, arboviroses, emoc, geo, pse.

 

EMOC Juan Samaranch aborda o tema “Doação de Sangue” em turmas do 6º Ano do Ensino Fundamental.

 

Doar sangue é um grande ato de solidariedade, pois cada doação pode salvar até quatro vidas e a escola pode exercer um papel importantíssimo nesse ato. Essa instituição pode promover a compreensão dos adolescentes acerca da necessidade constante desse ato humanitário, pois quando informados e conscientizados, os alunos podem disseminar a cultura da doação, incentivando jovens (com idade mínima de 16 anos) e adultos a serem doadores regulares.

 

De acordo com o Ministério da Saúde (1), entre os países da América Latina, o Brasil é referência na promoção à doação de Sangue. Contudo, possui um índice baixíssimo, pois apenas 1,8% da população doam sangue. Se verificarmos os dados estatísticos do Rio de Janeiro, ficamos ainda mais perplexos. O estado possui apenas 0,97% da população doando sangue.

 

O sangue consiste num líquido viscoso, composto por leucócitos, plasma, plaquetas e hemácias. Sua principal função é transportar o oxigênio e substâncias para todos os órgãos do corpo, através dos vasos sanguíneos, garantindo assim a manutenção da vida.

 

Em uma parceria com o Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (Hemorio) alunos das Turmas 1601 e 1602 da Escola Municipal Juan Antônio Samaranch (EMOC II – Santa Teresa) aprenderam sobre as condições para ser um doador, a importância da doação de sangue por meio de uma palestra ministrada pela assistente social do Instituto, Ana Ester Machado Carlos. 
 

.

 

Palestra sobre doação de sangue ministrada pela assistente social do Hemorio.

 


Posteriormente, em sala de aula, panfletos doados pelo Hemorio foram distribuídos e após a leitura das informações contidas neles, os alunos foram orientados para que os levassem a seus respectivos responsáveis, familiares e amigos, com o objetivo de promover a doação de sangue entre eles.

 

 

 Alunos com os panfletos doados pelo Hemorio.

 


Os alunos também receberam uma revista especial da Turma da Mônica (Editora Maurício de Sousa) que abordava o tema “doação de sangue”. Dessa forma,  o assunto foi reforçado através da história em quadrinhos.

 

 

Alunos realizando a leitura da revista da Turma da Monica sobre a doação de sangue.

 

Embora, os alunos soubessem que o laço vermelho é visto como símbolo global de solidariedade e de comprometimento na luta contra a AIDS, eles resolveram usá-lo, como símbolo das atividades, sendo essa cor escolhida justamente por causa de sua ligação ao sangue. Então, alunos envolvidos nas atividades utilizaram laços vermelhos durante um dia inteiro para despertar a curiosidade de outros alunos da escola e abrir oportunidades para divulgarem os conhecimentos aprendidos e a cultura da doação de sangue. 

 

 

Alunos utilizando laços vermelhos para atrair a atenção de outros alunos na escola 

 

 

Os alunos das turmas 1601 e 1602, após as atividades realizadas, elaboraram mini cartazes nos quais demonstraram, com desenhos e frases, o que aprenderam.

 

 

Alunos produzindo mini cartazes sobre o tema “doação de sangue”.

 

 

Pôde-se observar, através dos desenhos elaborados, que os alunos aprenderam bastante sobre o tema “doação de sangue”. Vários desenhos mostraram pessoas doadoras “como heróis”, outros desenhos mostraram a sensibilização deles com o assunto e que se empenhariam em contribuir na divulgação.

 

 

 Desenhos elaborados pelos alunos.

 


A abordagem do tema “doação de sangue” nas escolas contribui para a compreensão, conscientização e multiplicação das informações corretas, combatendo mitos e promovendo o desejo do adolescente em se tornar um doador de sangue ao atingir 16 anos, a idade mínima para a prática.


A relação entre Educação e Saúde surge como a chave para alterar a realidade e potencializar as ações!


“Acredito que atividades, como as realizadas com meus alunos, podem ampliar a conscientização e, futuramente, as doações voluntárias de sangue. Alterando, assim, caso sejam realizadas em muitas escolas, os atuais índices de doação que são baixíssimos em nosso Estado. Quem precisa, por algum motivo, receber sangue, só pode contar com a ação solidária dos doadores que acabam por lhes salvar a vida.” – diz Lucineia Alves, professora de Ciências responsável pela ação realizada na escola.

 


1 - BRASIL. Brasília, DF: Ministério da Saúde. Manual de Orientações para Promoção da Doação Voluntária de Sangue. 2015.

 


Para Saber Mais:

EMOC Juan Antônio Samaranch

Telefone: 3972-0916

E-mail: geo@rioeduca.net

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 09/11/2018

Redescobrindo Formas Geométricas

Tags: redescobrindo, formas geométricas, 7a cre.

A aprendizagem é mais significativa quando o conteúdo é apresentado de forma lúdica, oferendo às crianças a oportunidade de experimentar e construir seus próprios conceitos a respeito dos temas. Por isso, na Escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro, a brincadeira é uma das grandes estratégias de ensino. E o canal do Youtube “Redescobrindo”, criado pelas professoras Juliana Rebelo e Lyvia Teixeira, é um dos grandes aliados dessa proposta educativa.

 

 

Na videoaula dessa semana, tia Ly e tia Ju realizaram uma aventura no jogo do Minecraft. Além de fazer parte do cotidiano das crianças, este jogo oferece uma excelente oportunidade de abordagem de conteúdos matemáticos, dentre os quais, formas geométricas!

E após a videoaula... É hora de praticar!

A partir de cenas do vídeo, os alunos participaram de competições sobre o nome das figuras geométricas planas e sua correta grafia. A correção possibilitou a oportunidade de esclarecer dúvidas ortográficas e apresentar um conceito inicial de números decimais.

 

 

E para ampliar os conhecimentos das crianças, foi proposta a reprodução do jogo sugerido pela videoaula, para o qual além de precisarem ser muito rápidos, os competidores têm que estar atentos às formas e às cores das figuras.

 

 

E para enfatizar as propriedades das formas, tais como número de lados, formato e nomenclatura, os descobridores participaram de mais uma prova. Os jogos estimulam a interação entre as crianças, a cooperação das equipes, o desenvolvimento psicomotor e o fortalecimento da autoconfiança.

 

 

E que tal descobrir onde encontramos essas formas? Para compreender que as formas geométricas compõem os espaços que vivemos e fazem parte de nossa rotina, os alunos foram estimulados, dupla a dupla, a encontrarem, na sala de aula, objetos com as formas sugeridas pela videoaula.

 

 

E agora que construímos os conceitos por meio de jogos e brincadeiras, é hora de registrar as descobertas dessa aula. O caderno pedagógico da rede traz algumas propostas de verificação de aprendizagem, com um título que tem tudo a ver com a aula de hoje: Brincando com a Matemática.

 

 

Ainda houve tempo para os artistas de plantão mostrarem suas habilidades com as formas geométricas!

 

E, assim, brincando e aprendendo continuamos... Redescobrindo!

 

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Desembargador Ney Palmeiro

E-mail: empalmeiro@rioeduca.net

Tel.: 2408-6042 / 2408-5482

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 17/07/2018

2º Festival de Atletismo da 11ªCRE é um sucesso!

Tags: 11ªcre, geo, atletismo.

 

A 11ª CRE foi palco do 2° Festival de Atletismo Escolar

 

Organizado pela Escola Municipal GEO Nelson Prudêncio, que funciona dentro da Vila Olímpica Nilton Santos, no bairro de Pitangueiras. Participaram do evento, realizado no dia 12 de julho, dezenas de alunos/atletas de 16 instituições, entre escolas municipais do Rio de Janeiro, escolas particulares, além de equipes tradicionais do esporte como o Vasco da Gama.

 

GEO Nelson Prudêncio fatura o título de Campeã Geral do Atletismo em casa

 


Durante o evento, os alunos/atletas puderam sentir a sensação de disputar competições em alto nível, fato que, segundo o professor de educação física e coordenador do evento Junior Carneiro, estimula o desenvolvimento da criança dentro do esporte e também é um aprendizado para a vida.

Cada competidor participou de acordo com a faixa etária e gênero, nas categorias pré-mirim, mirim e infantil. Foram disputadas as modalidades de salto em distância e em altura, arremesso de peso e corridas de 50, 75, 100, 500, 800 e 1.000 metros.

 

Cerimônia de Abertura do Festival

 

 

O 2º Festival de Atletismo foi uma iniciativa dos professores Júnior Carneiro e Fabio Bernardo do GEO Nelson Prudêncio, que contou com o apoio logístico da 11ª CRE, da FARJ, da Vila Olímpica Nilton Santos, da CLIPO e do Instituto Trevo. Eles perceberam a necessidade de incrementar o calendário de esporte no primeiro semestre. Um dos organizadores do evento, o professor Fabio Bernardo, conta que a intenção da escola é incentivar a prática do atletismo ainda na fase de iniciação da criança e disseminar a modalidade nas demais escolas da Ilha do Governador.

 

 

Normalmente é através da educação física na escola que as crianças tem o primeiro contato com determinado esporte, como é o caso do atletismo. Então, através do festival, conseguimos reunir alunos para disputar um evento que valoriza o trabalho do professor e é importante para os alunos — disse o professor Júnior Carneiro.

 

 

Equipe de professores do GEO Ilha. Animação total

 

O GEO Nelson Prudêncio se consagrou campeão geral do Festival, deixando o GEO Dr. Sócrates em segundo lugar e o tradicional Vasco da Gama em terceiro. Para a diretora do GEO Nelson Prudêncio, Profa. Christiane Fournier, o evento foi uma grande oportunidade de congraçamento entre alunos e professores das escolas participantes e também uma comprovação do sucesso do modelo GEO de escolas.

 

Representantes das escolas e clubes participantes

 

Participaram do evento: E. M. Conjunto Praia da Bandeira, E. M. Cuba, E. M. Holanda, E. M. Capitão de Fragata Didier, E. M. Leonel Azevedo, E. M. Silveira Sampaio, Colégio Loide Marta, de Caxias; CIEP Maringá, de Macaé; Os Ginásios Experimentais Olímpicos Nelson Prudêncio, Doutor Sócrates, Juan Antonio Samaranch e as equipes de atletismo Fortes e Velozes, Vasco da Gama, Paixão Runners, Vila Olímpica Nilton Santos, e Instituto Ideal Brasil.

 

 

Quer saber mais sobre?

E.M. Nelson Prudêncio

E-mail: emprudencio@rioeduca.net 

Telefone: 3885-0096
 

 

Contato para divulgação:


 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 16/05/2018

Aprendendo a geometria de forma lúdica

Tags: 3cre, geometria, maquetes.

 

   Ensinar Matemática de forma lúdica, desmistificar conceitos através de maquetes, discussões e jogos!

 

O CIEP Patrice Lumumba elaborou um projeto para o ensino de Geometria, cujo objetivo principal é a aplicabilidades dos conceitos estudados. 

 

 

 

A autora Constance Kamii no seu livro intitulado A criança e o número traz a reflexão sobre a matemática presente no nosso cotidiano, descrevendo a relação da criança com o número e a importância da autonomia como ferramenta para o desenvolvimento cognitivo. 

Dentro deste contexto teórico-prático, os alunos do 6º ano experimental do CIEP Patrice Lumumba construiram maquetes com planificações de sólidos geométricos e realizaram uma exposição das mesmas neste 1º bimestre do ano de 2018. 

 

 

 

 

O objetivo principal do projeto foi promover a compreensão de conteúdos da geometria para o desenvolvimento do raciocínio espacial e lógico de forma autônoma e lúdica.

 

 

 

 

Para a construção das maquetes os estudante, inicialmente, projetaram em uma planta baixa em uma cartolina um bairro idealizado por eles e em seguida, foram dando vida aos prédios, praças, casas e paralelamente observando como a geometria faz parte do cotidiano. Para dar maior vida à maquete, também foram feitos moradores. 

 

 

 

 

Como material para a elaboração das maquetes, os alunos utilizaram sucatas, papéis coloridos e uma base de isopor. O trabalho foi realizado em equipe e com duração de três dias.

 

 

 

Parabéns à toda equipe do CIEP Patrice Lumumba pelo importante trabalho de aplicabilidade dos conceitos matemáticos!

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: CIEP Patrice Lumumba

Telefone: (021) 3278-3937 2218-5489

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share