A A A C
email
Retornando 1 resultado para a tag 'instrumentos de cordas'

Segunda-feira, 08/10/2018

Fica a Dica: Instrumentos de Cordas

Tags: dicas, educação musical, instrumentos de cordas.

 

Fica a Dica: Instrumentos de Cordas

 

 

Olá!


Dando continuidade às famílias dos instrumentos musicais, essa semana vamos falar dos instrumentos de cordas.


O primeiro instrumento de corda do qual se tem conhecimento é o “Arco musical” cuja origem é situada entre 35 e 15 mil anos a.C. Os instrumentos de corda tensionada mais antigos registrados são nove liras e três harpas encontradas numa tumba em Ur, na Mesopotâmia, datando de 2600 a.C. (https://pt.wikipedia.org/wiki/Instrumento_de_cordas).


O som desses instrumentos, basicamente, é gerado pela vibração de uma corda tensionada. Como acontece nos instrumentos de percussão, os instrumentos de cordas maiores são os instrumentos que produzem os sons mais graves. E os menores, produzem sons mais agudos.


A família dos instrumentos de cordas se dividem em instrumentos de cordas dedilhadas, de cordas friccionadas e de cordas percutidas.


Os instrumentos de cordas dedilhadas são aqueles em que o instrumentista usa os próprios dedos (ou ainda uma palheta) para tanger as cordas do violão, da guitarra, do contrabaixo, entre outros.


Os instrumentos de cordas friccionadas são os que utilizam um arco, com um feixe de filamentos (alguns com crinas de cavalo), para que o som seja produzido, como no violino, violoncelo, viola, entre outros. Porém, como no caso do violino, as cordas também podem ser “beliscadas” (como na técnica do pizzicato).


Os de cordas percutidas são aqueles que misturam a vibração das cordas com a percussão (o choque, o embate entre os corpos). É o caso do piano, no qual uma corda é “atacada” por um martelo, que é “atacado” pela movimentação mecânica da tecla do piano. O som do piano é produzido dessa forma: a tecla aciona um martelo que “bate” na corda e faz com que a mesma vibre e produza o som.


Para alguns autores, as cordas são consideradas o principal grupo de instrumentos dentro de uma orquestra devido à sua expressividade. O violino é a principal “voz” nesse contexto.


Uma curiosidade interessante é que existe um instrumento de corda responsável pela criação dos mais modernos que conhecemos hoje, como é o caso do violão, guitarra, violino e violoncelo. Ele é o alaúde. (https://www.resumoescolar.com.br/artes/instrumentos-de-corda/)


É importante que nossos alunos conheçam esses instrumentos e seus timbres, sua inserção na formação das orquestras, etc. Muitos são próximos deles, como o violão, a guitarra e o violino. É importante que conheçam os sons desses instrumentos.


O violão é um instrumento bastante conhecido por ser um instrumento mais popular e muito presente na música brasileira. Muito utilizado na Bossa-Nova, no Samba e no Choro. Temos muitos exemplos de canções utilizando o violão, de bandas, cantores que são ouvidos cotidianamente.


É sabido que nem todas as escolas possuem esses instrumentos para serem utilizados em sala, mas podemos usar sons gravados dos mesmos para a realização de atividades voltadas para a percepção sonora, para o reconhecimento de timbres, conhecer as características e função de cada um deles, sua história, propiciando uma formação cultural ampla.


Assistir a espetáculos em teatros, concertos, também é importante para a formação de plateia.


Deixo aqui uma sugestão de aula do Portal do Professor (https://bit.ly/2OBmiti), voltada para a Educação Infantil, na qual a professora traça como objetivos:

 

  • Explorar e conhecer as características externas dos instrumentos musicais;
     
  • Perceber de que forma o som é produzido nos diferentes instrumentos;
     
  • Classificar os instrumentos de acordo com o modo de produção sonora: sopro, corda, percussão, eletrônico, etc.

 

Nessa aula, não são tratados apenas os instrumentos de cordas, mas os de todas as famílias (que ainda vamos conhecer em outras oportunidades), onde os alunos experimentam esses instrumentos, e é também sugerida a visita à Conservatórios ou Escolas de Música, com o intuito de os alunos os conhecerem de perto, assim como também é proposta a visita de pais músicos à escola para um “concerto didático”.


Essa aula foi escolhida, pois achei bastante interessante e pertinente trabalhar essas habilidades de escuta, conhecimento e reconhecimento com os menores, através de jogos, brincadeiras e vivência com os instrumentos.


Deixo também um vídeo, que apresenta os principais instrumentos da família das cordas e que pode ser utilizado nas suas aulas com os alunos maiores:

 

 

E aí? Gostaram da nossa dica? Esperamos suas sugestões! wink

Fica a Dica! 

 


 


   
           



Yammer Share