A A A C
email
Retornando 247 resultados para a tag 'professor'

Quinta-feira, 20/10/2016

O Segredo de uma Professora Inesquecível

Tags: 8ªcre, professora.

 

 

Qual seria o segredo para lecionar por mais de quatro décadas sem perder o entusiasmo e a criatividade? A professora Eneida Iguape de Melo é um exemplo inspirador para professores e alunos de nossa cidade.

 

Professora Eneida Iguape - E. M. Nações Unidas

 

Desde que ingressou no Curso de Formação de Professores, por vontade de seu pai, Eneida nunca mais se viu de outra forma, senão professora.

Na Escola Municipal Nações Unidas, a professora Eneida iniciou sua carreira como alfabetizadora e regente da Sala de Leitura. Por pouco tempo atuou em outra unidade, mas logo retornou para esta escola que adotou como sua e lá permanece até o dia de hoje.

Eneida é reconhecida entre os professores como um exemplo e uma inspiração. Sua espontaneidade, alegria e criatividade são contagiantes!

 

e

Professora Eneida Iguape e seu aluno Brendo Mello 

 

"No ano de 2010 fui convidada para participar do projeto Autonomia Carioca, como regente da turma Aceleração 3. Desde então tem sido uma experiência muito gratificante! Já participei de outros projetos, mas esse foi o mais consistente e significativo pra mim (...) quero colaborar com melhoras reais na vida escolar dos meus alunos. Isso não depende só de mim, mas procuro fazer a minha parte. Talvez muitos não entendam o motivo de uma professora com 64 anos de idade e 43 anos de magistério ainda sentir prazer em ir para a escola, se envolver com os alunos e se comprometer com o desenvolvimento de cada um deles. Não sei explicar, só sei sentir."

                                                                                                                                                                                                                                    - Professora Eneida Iguape de Melo -

 

Alunos da Turma 6001, Projeto de Aceleração 6

 

Eneida é formada em Geografia, ciência que proporciona a melhor compreensão do planeta em que vivemos, mas nas turmas de projeto de correção de fluxo onde atua, o objetivo da professora vai além. Ela deseja despertar em cada jovem a paixão pelo saber, o desejo de descobrir e os sonhos com o futuro!

Com o passar dos anos e as experiências vividas, a formação cidadã e a educação de qualidade tornaram-se um alvo constante, para isso a professora Eneida não abre mão de participar efetivamente da elaboração do Projeto Político Pedagógico de sua escola. Ela procura manter um diálogo aberto com os responsáveis dos aluno e busca ver em cada dificuldade, um desafio a ser vencido.

Em sua trajetória, Eneida já foi responsável pelo CCE (Centro Cívico Escolar), Sala de Leitura, turmas de alfabetização, Projetos e até já colaborou com a criação de uma Cartilha, em parceria com outras duas professoras.  

Seu diferencial está na competência e paixão com a qual leciona e se envolve com os assuntos educacionais. Vários ex-alunos retornam à escola para rever e abraçar a professora que marcou a trajetória de suas vidas.

 

 

O Rioeduca parabeniza a professora Eneida Iguape pelo trabalho desenvolvido na E. M. Nações Unidas!

 

 

 

Para novas publicações da 8ª Cre, entre em contato com:

E-mail: neildasilva@rioeduca.net

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/10/2016

Professora Inspiradora: Ana Paula Cavadas

Tags: 6ªcre, professor inspirador.

 

 

Para comemorar o Dia do Professor, celebrado no dia 15 de outubro, o Portal Rioeduca reuniu histórias de docentes que fazem a diferença na educação carioca e são considerados inspiradores por seus alunos, seja pelos métodos inovadores de ensino, seja pela trajetória exemplar em sala de aula.

 

Professora Inspiradora da 6.ª Cre

 

A professora Ana Paula Cavadas, da 6.ª Coordenadoria Regional de Educação do Rio de Janeiro, é a nossa homenageada da semana. Suas aulas são aguardadas com entusiasmo e carinho e servem de exemplo para seus pupilos e também para seus colegas.

Nasceu em uma família de educadores, com bisavós e avós que sempre contribuíram para a educação do país. “Fui inspirada pelos exemplos que vivenciei na minha família a seguir o caminho árduo, mas valoroso de ensinas as criaturas humanas”, relatou a professora.

 

Atividades no Laboratório de Ciências

 

Estudou numa escola tradicional de Nova Iguaçu – RJ, o Instituto Iguaçuano de Ensino, e depois no Colégio Renovação. Fez graduação na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e pós-graduação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. 

Atualmente faz mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro na linha de pesquisa Informática, Educação e Sociedade. Seu estudo é focado nos Games Inteligentes, que são jogos que ensinam os alunos a pensar a partir da resolução de problemas e da requisição das funções executivas.

 

Aula Passeio

 

Entrou na Prefeitura do Rio de Janeiro no ano de 2007, quando trabalhou na 10ª Cre em duas escolas localizadas na comunidade do Aço e de Antares: Ciep Roberto Morena e E.M. Aldebarã. “Lá despertei o meu olhar e o meu carinho pelos jovens que vivem na comunidade”, afirmou Ana Paula.

Neste momento, atua nas escolas Charles Anderson Weaver (Coelho Neto) e Escritor e Jornalista Daniel Piza (Pavuna) -, ambas na 6.ª Cre. Lá desenvolve com seus alunos do sexto e do sétimo ano o projeto “Desenvolvendo a metacognição através do games e do laboratório de ciências”.

 

Trabalhando com games

 

A professora Ana Paula Cavadas acredita que os avanços tecnológicos precisam ser considerados como uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento de uma educação democrática, que possa atingir de forma integral a todos os indivíduos, das mais diversas classes sociais. Para tanto, se faz necessário a aplicação de técnicas descritas por teóricos da neurociência cognitiva, como Barbel (1996), Flavel (1970), Marques (2009) e Seminério (1987).

Durante a execução do projeto, foram utilizadas duas técnicas: Elaboração Dirigida (1987) e Fio Condutor (2009). A primeira propõe a resolução de problemas através da aplicação de perguntas e o professor age como mediador do conhecimento. A segunda é um processo pelo qual o sujeito toma posse de sua cognição na medida em que enfrenta desafios propostos, tornando seu conhecimento oculto em explícito, viabilizando a ocorrência de saltos cognitivos.

 

Laboratório de Ciências: grande aliado no desenvolvimento da metacognição

 

Para alcançar tais objetivos, a professora Ana Paula Cavadas mesclou as atividades do laboratório de ciências com visitas à Sala de Leitura, exibição de filmes e desenvolvimento da narrativa com a criação de histórias e descrição de experimentos, realizadas no Prezi e Google Docs.

A intenção principal da professora, com o desenvolvimento deste trabalho, é levar os alunos a uma educação metacognitiva onde conseguem pensar sobre o pensar, ou seja, elaborar estratégias que promovam a sua própria aprendizagem. Segundo Ana Paula Cavadas, alcançar uma educação de excelência é possível, aliando o conhecimento da neurociência e da informática.

 

Construindo games com os alunos do sexto ano

 

Mais do que repassar conhecimentos de uma disciplina específica, o professor que inspira vai além e exerce as funções de líder, modelo e mentor. Exerce não só uma ação ou profissão, e sim um modo de vida.

Deixamos aqui a nossa homenagem à Professora Inspiradora da 6.ª Cre, prof.ª Ana Paula Cavadas, que motiva seus alunos a desenvolverem sua autoconfiança e capacidade de refletir sobre seus atos e pensamentos.

Saiba mais sobre a data!

O Dia do Professor é comemorado, anualmente, em 15 de outubro. A data se tornou feriado escolar por meio do Decreto n.º 52.682, de 14 de outubro de 1963. Apesar da homenagem recente, a profissão é uma das mais antigas do mundo. No Brasil, o primeiro registro da presença de uma escola foi em 1549, em Salvador.

Quer saber um pouco mais sobre o trabalho da professora Ana Paula Cavadas com seus alunos? Entre em contato com nossa Professora Inspiradora!


Professora Ana Paula Cavadas / (21) 2407-0919

E-mail: anapcavadas@gmail.com

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importane para nós!

Até a próxima semana, pessoal!

 


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 07/10/2016

Professor Luiz Carlos o Embaixador Ismart

Tags: 4ªcre, professor.

 

 

Ismart, um projeto que foi criado para apoiar o desenvolvimento de jovens talentos acadêmicos identificados em um processo seletivo anual. O instituto busca alunos com excelentes notas escolares, que gostam de aprender e apresentam motivação para superar desafios.

 

O Projeto é especialmente desenvolvido para estudantes do 7º e do 9º ano do ensino fundamental, com o objetivo de formar alunos protagonistas, que saibam se expressar com melhor desempenho acadêmico e que querem se preparar para os desafios do ensino médio. Os alunos têm acesso a uma plataforma de estudos online, realizam missões em equipe e participam de eventos formativos inspiradores. A jornada é composta por muitos aprendizados e oportunidades de fazer parte da rede Ismart.

"É com muito orgulho que Luis Carlos da Silva Gomes, diretor da Escola Municipal Odilon Braga, fala sobre seus alunos. Há 31 anos na escola, oito deles como diretor, este professor de matemática é o novo embaixador do Ismart – o primeiro no Rio de Janeiro. O professor-embaixador tem o papel de formador de opinião e de divulgador não só do processo seletivo, mas da instituição como um todo. Além de identificar alunos talentosos e prepará-los para concorrer às oportunidades do Ismart, o embaixador apresenta o projeto aos demais professores, coordenadores e diretores da rede púbica de ensino. Ou seja, sua participação não fica restrita ao envolvimento da própria escola com o Ismart.

 

Luis Carlos conheceu o instituto em 2008, antes de assumir a direção da escola – que fica em Cordovil, zona norte da cidade. “O projeto parecia tão bom para os alunos, que até desconfiei se era de verdade mesmo”, diz. Em 2009, primeiro ano em que indicou alunos para o processo seletivo, conseguiu que um deles fosse aprovado. Desde então, o professor nunca mais faltou aos encontros com o Ismart e passou a divulgar cada vez mais o projeto na Odilon Braga.

Pela parceria de longa data com o Ismart e pela consistência na participação durante os processos seletivos, Luis Carlos recebeu em junho o pin de ouro, em formato de coruja, entregue pelo Ismart aos embaixadores. “Foi uma grata surpresa. E foi um reconhecimento não só para mim, mas para toda a escola. Começaram a nos olhar de forma diferente”, afirma o diretor.

O segredo do sucesso, segundo Luis Carlos, é divulgar muito o processo seletivo e acompanhar, um a um, todos os alunos indicados. Ele também fala sobre o projeto nas reuniões com os responsáveis, que ocorrem bimestralmente.

 


Os estudantes selecionados pelos professores para concorrer às oportunidades do Ismart são acompanhados de perto. “Não adianta indicar o aluno deixar ele para lá”, ensina. Além de receber aulas de reforço de matemática e de português, os candidatos têm apostilas com modelos de questões de anos anteriores. Também contam com o incentivo do diretor e dos professores. “Eles precisam saber que estamos aqui para apoiá-los durante todo o processo”.

Os casos de sucesso acabam ajudando a criar uma divulgação boca a boca dentro da escola. Assim que ganhou a “corujinha”, por exemplo, o diretor passou de sala em sala para mostrá-la aos alunos. Criou também um mural do Ismart, com fotos dos alunos já aprovados para o projeto. “Hoje o Ismart está vivo aqui dentro da escola.

Desde que assumiu a direção, Luis Carlos começou a implementar um projeto político-pedagógico cujo lema é “Amar também se aprende na escola”. Por meio de parcerias com diversas instituições, ele conseguiu levar até a Odilon Braga projetos que têm como objetivos ampliar o horizonte dos alunos, desenvolver habilidades e criar uma relação mais forte com a escola.

Dessa forma, os estudantes já puderam observar as estrelas com um telescópio do planetário, reciclar óleo usado e trocá-lo por material de limpeza, e atualmente cuidam de uma horta. “Queremos ter uma escola viva, que faça diferença na vida dos alunos. Hoje a Odilon Braga está cheia e tenho uma lista de espera para matrículas. Isso mostra que conseguimos transformar esse lugar e que a comunidade reconhece esse esforço”, afirma o professor. Para ele, tornar-se embaixador do Ismart foi mais um reconhecimento ao seu trabalho de educador."

 

 


 


   
           



Yammer Share

Postado por Ana Accioly Ver Comentários (0)

Quarta-feira, 13/04/2016

Novas Tecnologias e Criatividade

Tags: realidade virtual, professores, tecnologia.

                                                                                                                                            

                                                              

O mundo está em constante transformação. A sala de aula é um lugar privilegiado onde as relações podem ser pensadas e novas hipóteses podem e devem ser levantadas. Oferecer aos alunos uma visão diferenciada sobre o universo da Arte é o principal objetivo que norteia o planejamento de nossas aulas.

 

 

 

Em um desses momentos a conversa foi sobre a necessidade humana de criar. Ser criativo é mais que uma questão de aptidão, é uma questão de sobrevivência da espécie. O ser humano é criativo porque precisa adaptar o mundo em que vive às suas necessidades. A Arte é o espaço que permite ao indivíduo ultrapassar a barreira da convenção; é possível criar mundos paralelos, simular realidades e viver nova vida.

Ao introduzir os óculos de realidade virtual (VR) tive o prazer de observar a descoberta de um tipo de realidade diferente daquela que eles estão acostumados e eles, em um misto de curiosidade e insegurança, pareciam não acreditar naquilo que estava diante de seus olhos. Para quem olhava de fora era muito engraçado, mãos tremiam, o corpo girava, por vezes se abaixavam ou desviavam do espaço vazio.

Era nítido que a ansiedade crescia na expectativa de chegar a sua vez e, ao colocar os óculos no rosto, experimentavam um mundo novo, virtual, onde os vídeos possuem 360 graus e três dimensões. Concluímos essa aula listando os aspectos artísticos envolvidos naquele objeto icônico: a pessoa que idealizou o formato e a cor dos óculos, o material empregado na sua confecção, o uso das lentes para criar aquela realidade em três dimensões, o software desenvolvido e a filmagem e criação dos vídeos no computador.


Professor Eduardo do Nascimento Borba dos Santos Alualmente lecionando em turmas do primeiro ao nono ano do ensino fundamental na Escola Municipal Conjunto Praia da Bandeira e no CIEP Olga Benário Prestes. Formado em educação artística pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro

                                                              

                                                                                                             

                                                              

                                                                              

                                                              
                                                                                
                                                              
                                                                              
                                                              

                                                                                

                                                              

                                                                                

                                                              

                                                                                

                                              

   
           



Yammer Share