A A A C
email
Retornando 5 resultados para a tag 'unesco'

Quarta-feira, 28/11/2018

Projeto de escolas associadas Unesco "Patrimônio cultural" 

Tags: 3acre, unesco, bilingue.

 

A Escola Municipal Affonso Várzea faz parte do projeto PEA UNESCO e tem trabalhado o Patrimônio Cultural, como tema em 2018!  

 

   

 

 

Foram realizadas várias atividades do EI (educação infantil) ao 5º ano. Cada segmento trabalhou um aspecto da Cultura da Inglaterra. O projeto “Patrimônio Cultural Europeu – Inglaterra” proporcionou aos alunos não somente a aprendizagem de competências relacionadas à aquisição da Língua Inglesa, mas também estimulou a criatividade, a habilidade comunicativa e o senso crítico através da vivência da cultura britânica.

 

 

 

 

A Educação Infantil trabalhou com o famoso grupo musical “The Beatles”. Os alunos foram apresentados aos integrantes e a história da banda. Através dos Beatles, os alunos conheceram a cultura da Inglaterra, o vocabulário relacionado a partes do corpo humano, roupas e instrumentos musicais em Inglês. O projeto culminou com a apresentação da música “Love me do”, que foi escolhida por possuir aspectos gramaticais familiares aos alunos. Visitantes da exposição, juntamente com a Pré-escola, tiveram a oportunidade de reproduzir a clássica foto do grupo atravessando a “Abbey Road”.

 

 

 

 

Já o 1º ano estudou sobre os meios de transportes mais tradicionais em Londres: os “double decker buses”, táxis pretos e o metrô. Para a exposição, os “double decker buses” foram reproduzidos e expostos pelos alunos, durante projeto, pois são os mais diferentes da cultura brasileira.

 

O 2º ano, que estava estudando “Family”, aproveitou o “gancho” da matéria para conhecer a família real Britânica e seus componentes. Os alunos ficaram surpresos ao saber que ainda existem rainhas, príncipes e princesas, algo que na mente infantil só existia em livros de contos de fadas. Os alunos fizeram bonecos dos membros da família real, orientados pelo professor e um pôster no papel quarenta quilos com a imagem da Rainha Elizabeth, inspirado na obra artística de Andy Warhol.

 

O 3º ano estudou sobre os castelos mais importantes da Inglaterra. Os alunos fizeram belas maquetes com caixas de sapato e papelão, representando os castelos que foram apresentados através de vídeos, fotos e apresentações do Powerpoint, em sala pela professora.

 

 

 

 

O 4º ano estudou sobre os hábitos alimentares britânicos através de vídeos e apresentações em slides. Os alunos tiveram oportunidade de reforçar vocabulário e “chunks” relacionados ao famoso café da manhã londrino, bem como o vocabulário relacionado a outros tipos de refeições. Os educandos fizeram uma releitura das xícaras de porcelanas usadas no chá das cinco e montaram uma mesa de chá para simbolizar o momento, propiciando aos visitantes da exposição um momento de degustação.

 

Por fim, o 5º ano estudou com a professora as bandeiras dos países que pertencem ao Reino Unido, suas cores e diferentes símbolos, um pouco de sua história e do patriotismo que envolve aquele povo.

 

 

 

 

Para conhecer melhor o trabalho da escola, basta enviar um e-mail para empvarzea@rioeduca.net

 


Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/03/2017

Uma Viagem Ecológica ao Mundo das Maravilhas

Tags: 8ªcre, dengue, unesco.

 

O CIEP Amilcar Cabral é uma das Escolas Associadas da UNESCO. Seguindo o tema que foi escolhido para o ano de 2017, a equipe pedagógica propõe uma viagem que promete muito aprendizado para toda a comunidade escolar.

 

 

A Organização das Nações Unidas proclamou o ano de 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. A instituição busca o reconhecimento do grande potencial da indústria do turismo, que responde por cerca de 10% da atividade econômica mundial.

A iniciativa visa contribuir para a luta contra a pobreza e promover a compreensão mútua e o diálogo intercultural, temas centrais da missão da UNESCO.

 

"Ao designar 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, a Assembleia Geral das Nações Unidas enfatizou “a importância do turismo internacional para promover mais entendimento entre os povos de todos os lugares, o que leva a uma maior conscientização sobre o rico patrimônio de várias civilizações, e a uma melhor apreciação dos valores inerentes às diferentes culturas, contribuindo dessa forma para fortalecer a paz no mundo”.

 

 - Irina Bokova, diretora geral da UNESCO -

 

 

O CIEP Amilcar Cabral faz parte do grupo de escolas associadas da Unesco no Brasil. Em consonância com o tema da instituiçao para 2017, a escola vai desenvolver durante o ano o projeto "Viagem Ecológica ao Mundo das Maravilhas!"

As propostas irão promover a reflexão sobre o turismo no Brasil, em especial na região sudeste, levando à comunidade local a perceber a responsabilidade de cada indivíduo sobre o ambiente em que vivemos.

O turismo sustentável é um tema de grande impacto, pois é preciso conscientizar para estimular novos comportamentos e fortalecer o comprometimento entre todos os envolvidos com o mesmo.

A escola é um espaço privilegiado de discussão e estímulo de novas práticas. Todo o investimento nos alunos pode refletir nas futuras gerações, e é esse o objetivo.

 

 

A Classe Especial, sob a regência da professora Elaine Pereira, também está desenvolvendo atividades sobre o tema. Para falar de turismo, viagem, região sudeste e todos os temas transversais ao projeto anual, a professora planejou atividades com mapas, livros da literatura infantil que abordam o tema e muitas atividades lúdicas e artísticas.

As salas de aula do CIEP Amilcar Cabral estão propondo aos seus alunos a oportunidade de embarcar a cada dia em uma viagem cheia de conhecimentos pelas regiões do Brasil.

Para iniciar essa viagem, no Rio de Janeiro temos uma das festas mais populares do mundo: o Carnaval!

Além de trabalhar o tema e realizar um bailinho na escola, os alunos refletiram sobre a importância de brincar o carnaval com consciência de preservar o ambiente da cidade: não sujar as ruas, usar material reciclado nas fantasias, campanha para não usar penas de animais nos adereços e outros tantos conceitos.

 

 

Em tempos de mobilização contra o Aedes aegypti, o tema continua de forma ainda mais dinâmica.

Um "Mundo de Maravilhas" é um mundo sem doenças causadas por mosquitos! A eliminação dos criadouros é uma responsabilidade de cada cidadão.

No CIEP Amilcar Cabral, a campanha "Aqui Mosquito Não se Cria!" movimentou toda a comunidade escolar. Soluções para o lixo, materiais recicláveis, coleta seletiva e união de forças contra o mosquito foram pauta das atividades. A  "Viagem Ecológica ao Mundo das Maravilhas" está só começando...

Para acompanhar as atividades do CIEP Amilcar Cabral no decorrer do ano letivo, clique AQUI!

 

 

"A UNESCO acredita que o acesso à informação e a compreensão dos fatos são fundamentais para que as mudanças sociais ocorram."

(www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this-office/unesco-resources-in-brazil/media-service/ )

 

 

O Rioeduca parabeniza toda a equipe do CIEP Amilcar Cabral pelo desenvolvimento do projeto. Desejamos que seja um ano letivo de muito sucesso!

 

 

 

 

Sua escola pode ser a próxima a compartilhar experiências aqui.

Entre em contato com o Rioeduca!

 


   
           



Yammer Share


Quinta-feira, 05/11/2015

Minha Experiência com a Meditação Laica Educacional®

Tags: inovação, aluno, unesco.

 

 

 

 

A inovação fica por conta da multidisciplinaridade que fundamenta esta estratégia didático pedagógica permitindo sua eficácia como um instrumento formal para uma educação emocional. A técnica da Meditação Laica Educacional® reúne conhecimentos da didática, da neurociência, da psicologia e de prática da meditação em uma condução laica.

(Claudiah Rato - http://meditacaonaeducacao.com.br/)

 

 

Como professor de Arte na Secretaria Estadual de Educação e professor de Artes Cênicas na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, sempre tive como inquietação a constatação de que os alunos encontram-se continuamente dispersos e distantes do aqui-agora, desmotivados, irritados, sem interesse e curiosidade. Na minha prática pessoal de meditação podia perceber o quanto essa ferramenta me ajudava a entrar mais profundamente em contato comigo mesmo, meus sentimentos e pensamentos e cogitava tentar uma prática meditativa com os alunos.

Fiz algumas tentativas infrutíferas, alguns anos atrás, em turmas de Educação de Jovens e Adultos e no Ensino Médio, em escola do Estado, caindo no primário erro de abordar a meditação no ambiente escolar a partir de tradições espirituais, tendo por base minhas experiências pessoais, não tendo sido bem recebido pelos alunos.

Mesmo com o insucesso das primeiras tentativas de abordar a meditação no ambiente escolar, tendo sido inadequadas, mantive minha convicção que independente dos rituais religiosos, a meditação em si é uma técnica que visa, antes de mais nada, uma parada para uma auto-análise, uma percepção do si mesmo, e isso só poderia contribuir com o processo educativo, mas não sabia ainda como trazer essa prática para o contexto escolar.

 

 

O encontro com a Meditação Laica Educacional® só veio ocorrer mais tarde, já professor de Artes Cênicas da Rede Municipal do Rio de Janeiro, ao conhecer o curso da Professora Claudiah Rato, criadora do método Meditação Laica Educacional®, que é uma ferramenta pedagógica, a serviço do sujeito do conhecimento, para ser aplicado dentro da sala de aula e por professores das mais diversas disciplinas e isso faz toda a diferença, pelo conhecimento da realidade de turma que só um verdadeiro professor que seja “regente” possuirá.

Apliquei a técnica em duas turmas de fundamental (1701 e 1803) da Escola Municipal Presidente Antônio Carlos – 9ª CRE. A escola está situada em área de conflito e não dispõe de áreas de lazer e cultura no seu entorno, sendo o centro do bairro de Campo Grande a maior referência de “centro urbano” para os alunos.

 

 

No Relatório para a Unesco, da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI, são quatro os pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. E como aprender a viver juntos (conviver) e a aprender a ser, se não temos uma efetiva educação emocional em nossas escolas? Nos preparamos para receber os conhecimentos que nos são passados e devemos memorizá-los mas passamos longe quando a questão é a nossa emoção.

Com a Meditação Laica Educacional®, podemos constatar que os alunos ao experienciarem uma técnica de atenção no agora, são capazes de uma investigação sobre seu próprio estado emocional com consequente equilíbrio, tornando-se menos reativos. Dessa forma nos aproximamos dos pilares da educação, apontado pela UNESCO, pois o sujeito que é menos reativo e presa das suas emoções pode aprender a viver junto com outros e a ser sujeito do conhecimento e do aprendizado.

Ficamos imensamente gratos a direção e coordenação da escola que receberam nosso projeto de Meditação Laica Educacional®, esperamos continuar e contamos com a sensibilidade das Secretarias de Educação que escutem o que estamos dizendo, nós, educadores, que estamos dentro da realidade da sala de aula e estamos percebendo na Meditação Laica Educacional® uma poderosa ferramenta de transformação.

 

Marcelo Galvan – Professor de Artes Cênicas 

E.M. Pres. Antônio Carlos – 9ª CRE – Cosmos 
 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share


Terça-feira, 11/10/2016

UNESCO lança um concurso em celebração ao Dia Mundial do Professor

Tags: unesco, dia do professor.

 

A UNESCO lança um concurso em celebração ao Dia Mundial do Professor, 5 de outubro, e ao Dia Nacional do Professor, 15 de outubro.

 


Este ano, será realizado um concurso com o tema “Inovar para ensinar” – Link: http://bit.ly/prof_2016

O concurso será entre vídeos sobre um método de ensino inovador de um professor ou uma professora.



O vídeo poderá ser postado no YouTube até o dia 12 de outubro.

 

Os 2 (dois) vídeos com os métodos de ensino vencedores receberão como prêmio:

a) professor – 1 (um) vale-compras no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) em uma loja especializada em livros, filmes, games e eletrônicos;

1 (um) livro “Patrimônio Mundial no Brasil”, publicado pela UNESCO; e

1 (um) certificado de reconhecimento.

b) aluno – 1 (um) livro “Patrimônio Mundial no Brasil”, publicado pela UNESCO;

1 (uma) camiseta comemorativa dos 70 anos da UNESCO; e

1 (um) certificado de reconhecimento.

 

A UNESCO também concederá menção honrosa a 5 (cinco) vídeos entre os 30 (trinta) vídeos mais visualizados.

Caso o vídeo vencedor seja enviado por professor(a), será considerada somente a premiação da letra a.

 

REGULAMENTO



Gostaria de contar com a colaboração de vocês para divulgar esta iniciativa nas escolas, promovendo assim o dia dos nossos queridos professores

 


 


   
           



Yammer Share