A A A C
email

Quarta-feira, 26/09/2012

A Magia da Leitura e os Recursos Digitais

Tags: 6ªcre, educopédia, riodeleitores.

 

Algo especial acontece quando se usam os recursos digitais para promover o desenvolvimento das competências de leitura e escrita. Novos papéis para os professores e para os alunos surgem num processo de ensino e aprendizado orientado, cooperativo, crítico e criativo de investigação e partilha de recursos. A E. M. Thomas Jefferson trabalha, desde as séries iniciais, promovendo essa magia: o interesse pela leitura na era digital.

 

O gosto pela leitura desenvolve-se, principalmente, na infância. Exatamente por isso, o trabalho com livros sempre teve e terá enorme espaço dentro da sala de aula. Contudo,  vivemos uma nova realidade em que os alunos atraem-se muito mais pela linguagem digital e acabam desviando o olhar da linguagem impressa.

 

Frente a este cenário, a pergunta é: Como despertar o interesse pela leitura em um mundo marcado essencialmente pela linguagem digital?

 

Não pense que essa é uma pergunta impossível de ser respondida! A Educoteca, Biblioteca Turbinada da Educopédia, e a disciplina Asas de Papel, também presente na Educopédia, buscam atrair o olhar do jovem digital para a leitura de livros impressos.

 

 

Educoteca e Asas de Papel  presentes na Plataforma Digital Educopédia

 

 

Por meio de vídeos, músicas, animações e cartoons, a criança entra em contato com obras literárias. Entretanto, para conhecer melhor, ela deve recorrer à obra original. O objetivo não é substituir a obra impressa, mas sim despertar o interesse do aluno por ela.

 

A Escola Municipal Thomas Jefferson é um exemplo de instituição de ensino em que os professores trabalham a fim de promover o interesse pela leitura na era digital. As professoras das turmas 1101 e 1501 realizam aulas criativas utilizando a magia da leitura e os recursos digitais.

 

A turma 1101 trabalhou com o livro Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque. A professora utilizou a aula 28 da disciplina Asas de Papel, vários recursos digitais e o livro impresso.

 

 

Professores aliam os recursos da Educopédia ao gosto pela leitura

 

 

A professora fez a leitura da história e incentivou a participação oral dos alunos sobre a compreensão do texto, a personagem principal e seus medos. Em seguida, os alunos realizaram a aula 28 da disciplina Asas de Papel, que relembrou o conto de Chapeuzinho Vermelho através de imagens mostradas no datashow.

 

 

Alunos despertam o prazer pela leitura através da Educopédia

 

 

Orientados pela professora, os alunos da turma 1101 citaram as diferenças entre  o conto clássico e a releitura de Chico Buarque de Hollanda. O Quiz da atividade 9 da disciplina Asas de Papel foi respondido pelos alunos em parceria.

 

 

 

Educoquiz realizado pelos alunos da turma 1101

 

 

 

Para sintetizar a compreensão do texto como um todo, os alunos assistiram uma história animada da Chapeuzinho Amarelo. Esta animação é uma adaptação da história citada e recupera as informações sobre o enredo que foi apresentado, aos poucos, nas atividades da Educopédia.

 

 

Animação Chapeuzinho Amarelo utilizada pela professora da turma 1101

 

 

Mais adiante, a professora apresentou aos alunos alguns slides preparados por ela para trabalhar a escrita.

 

 

Professora utiliza partes do livro Chapeuzinho Amarelo para realizar atividades de escrita com os alunos

 

 

Para trabalhar com os medos de Chapeuzinho Amarelo e das crianças, professora e alunos discutiram o tema medo e, a seguir, assistiram a um vídeo sobre o tema em questão, feito por alunos de uma escola municipal.

 

 

Vídeo Você tem medo de quê? preparado pelos alunos do Núcleo de Arte Grande Otelo

 

 

A aula foi finalizada com o registro em cartolina dos medos dos alunos da turma e o manuseio do livro Chapeuzinho Amarelo. Depois de todo o trabalho que foi realizado, todos queriam levar o livro para ler!

 

 

Alunos manuseiam o livro Chapeuzinho Amarelo

 

 

Os recursos digitais, atualmente, são fontes de formação de novos leitores. Eles motivam os alunos, desenvolvem competências da língua e a criatividade, fornecem um manancial de informações e prepara para o futuro na sociedade da informação, oferecendo desafios  significativos.

 

Parabéns à professora da E. M. Thomas Jefferson por utilizar recursos tão poderosos para o desenvolvimento das competências de leitura e escrita. Esta ação, com certeza, proporciona uma aprendizagem mais autônoma e permite uma maior participação em atividades de colaboração; o que tende  a aumentar o interesse e a motivação dos alunos.

 

 

Quer conhecer o trabalho que a professora da turma 1501, da Escola Municipal Thomas Jefferson, realizou utilizando a leitura e os recursos digitais? Então não perca a postagem da semana que vem!  Nós somos a seXta CRE!

 

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

6ªcre (344)
riodeleitores (185)

Comentários
A professora Suellen Rocha merece elogios por sua dedicação com nossas crianças! Excelene trabalho! Sou testemunha do mesmo! Essa é a Thomas Jefferson, novas ideias, novo caminho! www.emthomasjefferson.blogspot.com.br

Postado por Mara Malheiros em 26/09/2012 10:11

Adorei ler o trabalho realizado na Escola Thomas Jefferson... realmente os recursos digitais podem ( e devem)ser utilizados em prol da construção da leitura e escrita de nossos alunos... parabéns a todos os envolvidos.

Postado por Christiane Penha em 26/09/2012 16:30

Parabéns professora Suellen Rocha pelo ótimo trabalho.

Postado por Sencler Junger em 26/09/2012 16:56

Parabéns pelo trabalho!

Postado por Priscila Frisone em 26/09/2012 18:26

Parabéns profª Suellen pelo maravilhoso trabalho. A novidade dos recursos digitais auxiliam, e muito, na aprendizagem de nossas crianças. Um forte abraço!!!!

Postado por KATIA BARBOZA em 26/09/2012 18:32

Muito significativo para as crianças o trabalho desenvolvido pela professora.O incentivo a leitura é algo fundamental para a formação de leitores.

Postado por Patrícia Lopes em 26/09/2012 19:16

Parabéns escola Thomas Jefferson! É muito importante estes exemplos de aulas utilizando as tecnologias e melhor ainda quando conseguimos estimular a leitura de livros literários. Nossas crianças merecem o melhor.Parabéns professora!!!!!

Postado por cassia cilene em 27/09/2012 19:42

Devemos tornar cada vez mais significativo o fazer pedagógico e acredito que este é um dos caminhos. Parabéns professora Suellen !

Postado por Flávia Sardinha - GED em 27/09/2012 23:17

A equipe de Asas de Papel está muito feliz com o uso de nossa aula digital e agradece o empenho da professora e alunos da EM Thomas Jefferson. Abraços, Fátima Campilho

Postado por Fátima Campilho em 02/10/2012 20:43