A A A C
email

Quinta-feira, 13/02/2014

Escola e Família por uma Sociedade mais Justa!

Tags: 4ªcre.

 

Cada vez mais as Unidades Escolares investem na parceria família/escola a fim de garantir um desenvolvimento pleno dos nossos alunos no mundo atual. Elas estão juntas para o fortalecimento do seu papel social, num trabalho em conjunto para proporcionar um convívio social mais adequado, visando a felicidade e o crescimento do ser humano.

 

 

"Portanto, a família, ao assumir a responsabilidade educativa, que lhe é imposta pela sociedade, necessita de auxílio para desempenhar esta tarefa. Família e escola assumem a responsabilidade então, de preparar .os membros jovens para sua inserção futura na sociedade e para o desempenho de funções que possibilitem a continuidade da vida social." (SZYMANSKI, 2007, p. 98).

 

É urgente que as Unidades Escolares, sentindo a consciência desta responsabilidade, se empenhem e se preocupem com a educação para a cidadania. Com isso, fez-se necessário que escola  e família se unissem em prol do fortalecimento e da qualidade da Educação de nossas  crianças.

 

Assim, nossas escolas passaram a desenvolver ações que estão de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90), nos artigos 4° e 55; 

 

Tal mobilização garante a Política Nacional de Educação Especial que adota, como umas de suas diretrizes gerais, utilizar mecanismos que incentivam a participação efetiva da família no desenvolvimento global do aluno. 

 

 

Unidades Escolares Valorizando a Presença da Família no Espaço Escolar

 

Imagens retiradas dos blogs das respectivas Unidades Escolares da 4ª CRE. Representam as ações integradoras ESCOLA/FAMÌLIA de todas as nossas escolas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O importante, nessa proposta, é que a parceria se desenvolverá na base dos recursos e possibilidades pessoais da comunidade e não a partir das suas dificuldades e limitações. O papel social destas instituições, frente ao ato de educar, volta-se para a garantia de uma convivência social mais humana, mais harmoniosa e menos violenta, visando seres humanos capazes, atuantes e felizes, convivendo, de fato, numa sociedade mais justa e fraterna.

 

 

“Quando os pais se envolvem na educação dos filhos, eles aprendem mais”. Declaração do Ministro Paulo Renato Souza.

 

 

Parabéns a todas as Unidades Escolares que, com a união destas duas instituições, escola e família, ajudam a formar indivíduos mais íntegros e capazes de conviver em uma sociedade mais justa e feliz.

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly 

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

4ªcre (287)

Comentários
Diante do insucesso de um aluno, a escola e a família passam a se cobrar: "Onde foi que vocês falharam?" A família questiona a escola por ser ela a responsável pelo ensino. A escola questiona a família pelo fato de que, se alguns conseguem aprender, o problema dos malsucedidos só pode vir de fora. Todos têm razão, mas ninguém está certo. Por outro lado, não basta as duas culparem a si mesmas, pois uma professora ou uma mãe nem sempre encontrarão resposta ao se perguntar "Onde foi que eu falhei?".

Postado por Helena(bytroia) 10ª Cre em 31/01/2013 19:35