A A A C
email

Sexta-feira, 31/05/2013

Giovanna, Inclusão e Relatos de Progressos

Tags: 10ªcre, pse, síndrome de down, inclusão.

 

Giovanna dos Santos Lopes tem síndrome de down, vai fazer três anos em junho e está matriculada na Creche Municipal Inspetor Heraldo Carvalho de Sousa desde os onze meses.

 

Conheci a Giovanna em julho de 2012, por ocasião da visita que fiz à Creche Municipal Inspetor Heraldo Carvalho de Sousa para o Rioeduca. Ela brincava alegremente com o como as demais crianças.

 

Alessandra, mãe da Giovanna e diretora adjunta da Creche, pediu-me que fotografasse a sua filha, mas disse que não poderia ser vista por ela, para evitar choro e manha.

 

Giovanna era apenas sorrisos e simpatia. Simpatia, empatia e integração ao grupo, quase como se tivesse demonstrando que era capaz de ver os seus coleguinhas pelo ponto de vista deles próprios.

 

Giovanna dos Santos Lopes com a mãe Alessandra.


 

Giovanna tem síndrome de down, mas está perfeitamente integrada à sua turminha da creche.

 

Para Alessandra, diretora que é, antes de tudo, aquela mãe carinhosa e atenta aos progressos e conquistas da Giovanna, a filha cresceu em todos os sentidos após ter sido matriculada na Creche Municipal Inspetor Heraldo.

 

Não poderia ser diferente. As educadoras, em depoimento pedido para o Rioeduca, são unânimes em afirmar que Giovanna, da mesma forma que as demais crianças, participa de todas as atividades propostas.

 

Iraci Cristina dos Santos Mendonça Santos, Alessandra dos Santos Lopes e Cristiane Varelo.


Segundo Alessandra, em casa Giovanna é uma criança muito carinhosa. Gosta de beijar e de abraçar e tem as suas preferências musicais, dançando e fazendo gestos aprendidos na creche.

 

Giovanna (no centro de lacinhos cor-de-rosa na cabeça) participando de atividade na Creche Municipal Inspetor Heraldo.


Para a auxiliar de creche Iraci Cristina dos Santos Mendonça Santos, que acompanha de perto o desenvolvimento da Giovanna, a aluna surpreende, querendo participar de todas as brincadeiras e atividades pedagógicas. “Ela está sempre interagindo com as outras crianças e não deixa de estar presente em momento algum”, diz Iraci.

 

Giovanna (no centro de lacinhos cor-de-rosa no cabelo) participando da contação de história.

Giovanna em dois momentos especiais na Creche Inspetor Heraldo.

 

Cristiane Varelo, também auxiliar de creche, diz que a Giovanna é muito carismática e carinhosa. “Ela manda beijo pra todo mundo”, diz Cristiane.

 

Falando um pouco mais sobre a filha, Alessandra diz que Giovanna passou por uma cirurgia cardíaca aos nove meses, exigindo cuidados especiais, mas aos poucos ela, como mãe, foi observando que muitas das previsões dos médicos que afirmavam que seria natural a demora no aprendizado, não se confirmaram no caso da Giovanna, pois a filha aprende tudo com muita facilidade.

 

Cristiane Varelo concorda com Alessandra e afirma que Giovanna tem extraordinária memória, e mesmo não tendo completado três anos, já é capaz de fazer diversas tarefas apropriadas à sua faixa etária, inclusive se alimentar com o uso da colher, pintar, rasgar e amassar papel, agindo da mesma forma que os seus coleguinhas, nos jogos, nas brincadeiras e na roda de história.

 

Alessandra reforça dizendo que Giovanna está perfeitamente incluída na Creche Municipal Inspetor Heraldo e aproveita para elogiar o bom trabalho desenvolvido pelo Instituto Helena Antipoff que, em visita à creche, demonstrou preocupação com a situação da Giovanna, recomendando que ela fosse atendida pela Sala de Recursos da Escola Municipal Mário Lago, que fica localizada nas proximidades da creche.

 

Mesmo tendo a preocupação de acompanhar o tratamento complementar da Giovanna em clinicas de fonoaudiologia e de fisioterapia, Alessandra considera importante que a filha também passe a participar do programa de Educação Especial na Escola Mário Lago.

 

Pelos relatos de progressos na Creche Municipal Inspetor Heraldo Carvalho de Souza, é possível constatar a inclusão da Giovanna, portadora de síndrome de down, com ênfase na proposta pedagógica da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

 


Sinvaldo do Nascimento Souza, professor representante do Rioeduca na 10ª CRE
Twitter: @SinvaldoNSouza
Facebook.com/SinvaldoSouza
E-mail: sinvaldosouza@rioeduca.net



 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

10ªcre (403)
pse (32)

Comentários
A Gigi é mesmo uma graça e sei como Alessandra tem feito o melhor para que sua pequena se desenvolva integralmente. A Sala de Recursos da E.M. Mário Lago está sempre de portas abertas para receber nossos aluninhos. Parabéns Sinvaldo por retratar tão bem que somos todos iguais nas diferenças e que as nossas escolas estão aptas a receber pessoinhas tão especiais.

Postado por Katia Bezerra em 31/05/2013 13:41

TENHO MUITO ORGULHO DO MEU TRABALHO, POIS A INFÃNCIA É O TEMPO DE MAIOR CRIATIVIDADE NA VIDA SER HUMANO É A GIGI É A PROVA DISSO. FICOU MUITO FELIZ COM O SEU DESENVOLVIMENTO. A CRECHE É O LUGAR PERFEITO A EQUIPE É MARAVILHOSA, SEMPRE TEMOS COMO PRIORIDADE A CRIANÇA.

Postado por iraci cristina em 31/05/2013 16:02

Excelente trabalho realizado pela Creche Municipal Inspetor Heraldo Carvalho de Sousa . Uma equipe comprometida com seu trabalho realiza maravilhas com resultados vistos por todos! Parabéns escola!

Postado por Helena(by troia) 10ª CRE em 31/05/2013 16:02

É muito bom poder assistir ao desenvolvimento da minha filha Giovanna e saber que cada vez mais estamos trabalhando por uma tão sonhada INCLUSÃO. Devemos sempre acreditar no potencial de cada criança! Pra minha equipe da CRECHE INSPETOR HERALDO todo o meu respeito, gratidão e louvor ao trabalho que realizam com nossos pequenos. SOMOS 10!

Postado por ALESSANDRA DOS SANTOS LOPES em 01/06/2013 08:10