A A A C
email

Quinta-feira, 24/09/2015

Educação Especial: a Primeira Lição ao Ensinar é Aprender!

Tags: 8ªcre, iha.

 

 

 

Diante dos desafios da Educação Especial, a professora Rose Mary encontra, no afeto e na cumplicidade com seus alunos, um caminho para a aprendizagem e para a inclusão.

 

 

O objetivo das Salas de Recursos é atender com qualidade alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades matriculados nas classes comuns do ensino regular da Prefeitura do Rio de Janeiro.

O Atendimento Educacional Especializado nas Salas de Recursos é oferecido no contraturno.

Nesses espaços, os alunos recebem a atenção e o acesso às atividades planejadas de forma individual, priorizando o estímulo e o desenvolvimento de sua capacidade em avanços e em sua autonomia.

O papel do regente da Sala de Recursos vai além do atendimento aos alunos que recebe em seus espaços, pois esse professor é peça fundamental para a discussão e a efetiva existência da inclusão nas classes comuns.

 

 

Na Escola Municipal PM Flávio Martins Albuquerque, a professora Rose Mary Imenes é a regente da Sala de Recursos.

No espaço de sua sala, a professora procura proporcionar aos alunos diferentes oportunidades de desenvolvimento em leitura, escrita, cálculos matemáticos e expressão oral. 

Com o lúdico e o concreto sempre presente para dar suporte à aprendizagem, a Sala de Recursos é um espaço onde os alunos gostam de estar, e onde as propostas atendem às suas necessidades, sem deixar de desafiá-los a avançar cada vez mais.

 

 

Uma das atribuições do professor de Sala de Recursos é a visita regular à escola da classe comum dos seus alunos.

Além de acompanhar o aproveitamento do aluno em outro espaço, a presença do professor do Atendimento Educacional Especializado é importante para o desenvolvimento de um dos maiores desafios da sociedade atualmente: a inclusão.

 

Batista aponta que “a inclusão exige que o educador amplie as competências que já possui: observa, investiga, planeja de acordo com o que o aluno possui, avalia continuamente seu trabalho, redimensiona o seu planejamento” (2001, p.28).

 

Dessa maneira, todos os professores do Atendimento Educacional Especializado estão sempre pesquisando, estudando e aprendendo, para assim ensinarem mais e melhor! Mas a professora Rose Mary diz que seu maior aprendizado vem das histórias de desafio e superação dos seus alunos e familiares.

 

 

Parabéns à professora Rose Mary e a todos os regentes das Salas de Recursos da Prefeitura do Rio de Janeiro!

 

Para saber mais sobre o Ensino Especial, acesse o site do Instituto Helena Antipoff:

https://ihainforma.wordpress.com/ 

 

 

 

Professor, entre em contato com o Rioeduca, compartilhe suas ações e divulgue a sua escola.

 

 

 

Professora Neilda Silva

Email: neildasilva@rioeduca.net

Facebook: www.facebook.com/neilda.silva.1

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

8ªcre (330)
iha (5)

Comentários
O trabalho desenvolvido na nossa escola pela prof.Rose é gratificante!!!Parabéns pelo seu comprometimento e dedicação com a Ed.Especial.

Postado por Eliane Correa em 24/09/2015 17:16

Muito bom o trabalho com a Educação Especial ser apresentado a todos! Essa professora dedica-se e merece esse reconhecimento. Parabéns!

Postado por Adriano em 26/09/2015 01:33