A A A C
email

Sexta-feira, 02/09/2016

Educação Especial: A Importância da Parceria

Tags: 9ªcre, educação especial.

 

 

 

O relato de Cíntia Nazaré Oliveira Pires, mãe de Arielle Beatriz de Oliveira Pires, aluna da Escola Especial Municipal Maria Monterssori, destacando a parceria e o apoio da Coordenação Pedagógica e da Direção da Unidade no desenvolvimento de sua filha.

 

“Em 2017, Arielle completa 10 anos estudando na Escola Especial Municipal Maria Montessori. No início não aceitava minha filha numa escola especial e queria fazer a inclusão. Porém, pedagogicamente, naquele momento era inviável a inclusão da minha filha em classe regular devido o seu comportamento. E várias estratégias para facilitar a aprendizagem da Arielle foram feitas. Durante esses 10 anos muitas coisas aconteceram, me tornei mãe voluntária da escola, passei no concurso de Agente Auxiliar de Creche, e, ao tomar posse em 2011, surgiu a grande preocupação. Como minha filha ficaria sem a minha presença na escola, com a mudança de rotina. Tive ao meu lado a tia Sueli (professora Sueli Ramos, Coordenadora Pedagógica) que falou para que eu pudesse buscar ajuda na Casa Dia Pereirinha, pois já teve outros alunos atendidos pela Casa Dia que fazia um trabalho excepcional. Minha filha passou a ser assistida pela Casa Dia, recebendo um excelente atendimento.

 

 

Com a prática em sala de aula, tive dificuldades, pois o concurso de Agente Auxiliar de Creche foi a nível fundamental, e ao entrar acreditei que só cuidaria da higiene e alimentação das crianças. Mas a realidade era outra. Tinha que se fazer um planejamento, e eu não sabia realizar, pois não tinha o médio normal. As outras agentes faziam o planejamento e me explicavam como aplicar em sala já que não tinha professor. Porém, isso me incomodava, tinha o desejo de realmente entender o que era a educação e a minha prática, pois meu desejo era contribuir para que meus alunos tivessem sempre o melhor de mim. Conversando sobre isto com Viviane (professora Viviane Alves, Diretora), ela me sugeriu uma instituição para cursar o ensino médio normal. Porém, as aulas eram todos os dias à noite, e eu não tinha com quem deixar Arielle nesse horário, sem contar que ficaria muito tempo ausente da vida da minha filha, já que nessa época não consegui de imediato a redução de carga horária, e trabalhava 8 horas diárias. Hoje aprendi que o educar e o cuidar são indissociáveis.

 

 

Em 2012, minha filha entrou numa crise psiquiátrica, foram os momentos mais difíceis da minha vida. Diversas idas ao Pinel (Instituto Philippe Pinel), trocas de remédios, noites sem dormir, precisei ficar licenciada para dar assistência a ela e fazer um acompanhamento mais de perto. E a Viviane, sempre preocupada. Primeiro perguntava sobre Arielle e em seguida como eu estava psicologicamente. E muitas vezes chorei nos braços de Viviane como criança, pois me questionava o porquê de minha filha só piorava, tomou diversos remédios e nenhum fazia efeito, cada vez mais agitada, agressiva. Como sou separada só tinha a ajuda dos meus pais (avós da Arielle) e da escola (Viviane e Sueli). E, mesmo com essa conturbação, em uma conversa falei do desejo de cursar Pedagogia à distância, já que estudar presencialmente era inviável e na mesma hora a tia Sueli e Viviane me falaram do CEDERJ. Eu não conhecia e elas me motivaram a fazer o vestibular. Então fiz, passei, fui a última classificada para a vaga, mas para mim naquele momento era como se tivesse sido a primeira classificada. Então a caloura precisava de tutoras, pois não tinha como ir às tutorias. A minha tutora oficial foi a Viviane e a minha ex-gestora Gisele Machado, hoje gestora do EDI Ataulfo Alves. Elas sempre tinham paciência para sanar minhas dúvidas em relação às disciplinas. Diante dos corredores da Montessori foram muitas aulas, enquanto Viviane resolvia questões administrativas ia me dando aula de sociologia, gestão, psicologia.

 

 

Um certo dia cheguei chateada, chorando, questionando Viviane por que não havia preparado meu psicológico sobre a educação especial. Pois, ao ler sobre a educação especial, descobri que as crianças que nasciam com deficiência eram jogadas ao precipício e ela simplesmente me disse: Isso é cultural, você já viu algum índio deficiente? Respondi: Não! E ela continuou a aula me fazendo entender o estilo de vida dos Romanos. Nessa rotina acadêmica fiz meu estágio de EJA na Montessori. Viviane e eu cursamos as mesmas disciplinas e fizemos provas juntas, pois Viviane também cursa Pedagogia pelo CEDERJ (UERJ) e no dia 6 de setembro irei colar grau e ela será minha madrinha de formatura. Além disso, a escola especial Maria Montessori tem desenvolvido acompanhamento de alguns alunos em seus atendimentos médicos. Considero muito importante, devido à contribuição do relato do comportamento dos alunos na escola junto ao médico. A tia Sueli acompanhou outro aluno no neurologista no Posto de Saúde Belisário Pena. Quando relatei que iria levar Arielle no psiquiatra no Memorial de Todos os Santos, no Cachambi, e que necessitava de um relatório para mostrar ao psiquiatra sobre o comportamento dela na escola, a mesma se prontificou em ir junto à consulta. Eu disse que iria de trem, ônibus, e ela não se intimidou e disse que iria comigo. Portanto, a consulta era na segunda e a mãe da tia Sueli veio falecer e mesmo assim não me deixou na mão, entrou em contato com a Viviane para fazer o acompanhamento na consulta e foi ótimo. Viviane me ajudou com Arielle e teve a oportunidade de conversar com o médico sobre o comportamento da Arielle na escola e como na verdade a Viviane conhece Arielle desde os 2 anos quando ainda era do Ciep Clementina de Jesus parecia que Arielle era filha de Viviane, pelo conhecimento e habilidade que ela tem em lidar com minha filha.

 

 

A Viviane e a Sueli tem uma grande importância na minha vida e da Arielle. Se não fosse a força delas no momento mais difícil da minha vida, a motivação delas e o amor que tem pela minha filha eu só tenho a agradecer a Deus por elas existirem na minha vida.”

 

Parabéns para toda a Equipe da Escola Maria Montessori, em especial para as professoras Viviane e Sueli, pela sensibilidade e garra ao lidar com seus alunos e também com seus responsáveis.

 

 

Contato com a Unidade pelos telefones 3394-1470 e 3394-1376, ou pelo e-mail emmontessori@rioeduca.net.

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

9ªcre (325)

Comentários
Cíntia é uma mãe muito especial e dedicada em tudo que faz, na creche trata todas as crianças com carinho como se fosse filhos dela. Uma excelente profissional que faz um diferencial na SME-RJ.

Postado por DEMILSON SILVA FERNANDES em 02/09/2016 20:39

Bom dia, que emoção a história da Ariele e sua mãe,parabéns a equipe da escola que de forma carinhosa acolheu essa mãe, digo mãe porque os alunos eles já recebem, porém a mãe e de muita importância essa agregação com a escola.Essa mãe que aos poucos foi buscar como se da a educação, passando para curso de Agente Auxiliar de Creche a nível fundamental, o que vai contra a LDB que diz que a formação mínima para atuar em sala de aula e nível médio normal. Mudança de escolaridade já. escolaridade

Postado por isabel cristina Xavier da Silva em 03/09/2016 11:11

Toda vez que lembro se garra da minha irmã me emociono, eu não suportaria tudo que ele suportou, e tudo que ela determina,ele faz com êxito! Muitas vezes ao ver a Arielle crescendo também me questionei o pq dela não ser como as outras crianças, mas com o tempo notei que ela é Muito mais especial que as outras, parabéns minha irmã e obrigada à todos que direta e indiretamente estão ao seu lado!

Postado por Carla Oliveira em 03/09/2016 12:45

Bom dia, que emoçao a historia da Ariele e sua mae,parabens a equipe da escola que de forma carinhosa acolheu essa mae, digo mãe porque os alunos eles já recebem, porém a mãe e de muita importancia essa agregaçao com a escola.Essa mae que aos poucos foi buscar como se da a educaçao, passando para curso de Agente Auxiliar de Creche a nível fundamental, o que vai contra a LDB que diz que a formaçao mínima para atuar em sala de aula e nível médio normal. Mudança de escolaridade urgente

Postado por isabel cristina Xavier da Silva em 03/09/2016 18:20

Que história linda e emocionante. Cíntia é uma inspiração para todos os seres humanos. Exemplo de amor.

Postado por Nilton em 08/09/2016 19:30

Nossa!!!! Quanta determinação, garra e luta. Cíntia você é a inspiração para muitas mães que precisam acreditar que existe uma saída para a inclusão. Parabéns também para a equipe da escola Montessori.

Postado por Gizella Ozório em 09/09/2016 17:53

Parabéns Cintia pela sua história de garra e determinação por buscar uma educação de qualidade para a sua filha. Muitas bênçãos na vida de vocês.

Postado por Romênia em 09/09/2016 17:56

Cíntia vc é o melhor exemplo de superação que conheço. Suas vitórias são para serem aplaudidas de pé. Além de batalhadora, vc nunca perdeu a doçura. É encantador fazer parte da sua vida e ver você dar seu testemunho. Deus te guarde e abençoe para seguir com sua missão especial de educadora e mãe. De Mulher politizada e inteligente. Bjo Gde minha flor!

Postado por Clarisse Oliveira em 09/09/2016 21:59

Parabéns, por vc confiar em Deus, por correr atrás dos seus sonhos e conseguir realizar.Vc acreditou nas possibilidades. Que Deus a abençoe muito.Um grande abraço.

Postado por Cláudia Gonçalves em 09/09/2016 22:00

Parabéns Cíntia Arielle, que todos os seus sonhos se tornem realidade. Que o amargo hoje, seja o doce de amanh?. Que as lagrimas derramadas sejam colhidas em odes e transformadas em vitorias.

Postado por Bruno Dias em 14/09/2016 14:41

Estou muito orgulhosa de ver o EDI Bianca Rocha Tavares, sendo destacado como exemplo de um belo trabalho, pois tenho orgulho em dizer que faço parte dessa equipe que sempre buscamos o melhor para nossas crianças e também com suas famílias, pois o trabalho é em parceria o tempo todo.

Postado por Maria Do Carmo em 16/09/2016 17:15

Cíntia, você é um exemplo de mãe e mulher guerreira, educadora de valor. Sua história de vida emociona.

Postado por Natália Borges em 27/09/2016 21:26

parabéns ao portal por trazer essa história de vida tão linda.

Postado por Jussara em 27/09/2016 21:27

As vezes as pessoas põe obstáculos em tudo e a Cíntia é grande exemplo de lutadora e vitoriosa. Parabéns!

Postado por monique brum em 27/09/2016 21:28

Parabéns Cíntia e direção da escola especial Maria Montessori pelo grande exemplo que a parceria é capaz de fazer o impossível se tornar possível.

Postado por Joyce em 27/09/2016 21:30

Excelente profissional, mãe, motivadora de sonhos e projetos, assim é você Cíntia. Obrigada por cuidar e educar tão bem minha filha na creche, ser essa profissional carinhosa e dedicada.

Postado por Rosi Medeiros em 27/09/2016 21:32

Muito bom saber que existe escola que cuida das crianças e seus familiares. Parabéns a toda equipe da Montessori

Postado por Alessandra em 27/09/2016 21:34

Podemos ser mais do que imaginamos se acreditarmos nos nossos sonhos, assim é Cíntia, lutadora da nossa categoria de AEI, mãe especial, super educadora e amiga. Parabéns a todos envolvidos em transformar sonhos em realidade.

Postado por Elisa Santana em 27/09/2016 21:39

Arielle é uma criança espoleta, porém sua mãe nunca desistiu de sua filha e o amor das duas é lindo, pois Cíntia acredita no potencial da sua filha e das pessoas com necessidades especiais.

Postado por Ana em 27/09/2016 21:40

Parabéns a direção e professores da escola e para a mãe que agora é pedagoga formada com a ajuda da escola.

Postado por Terezinha Lázaro em 27/09/2016 21:42

Se todas as escolas fossem inclusivas não só para o aluno, mas para o responsável seria um sucesso. Parabéns a mãe da aluna Arielle por acreditar na escola e acolher a equipe como amigos pessoais.

Postado por Ivone em 27/09/2016 21:44

Montessori faz acontecer. Parabéns a direção, professores, merendeiras, coordenadora Sueli e a mãe por tamanha dedicação a sua filha e seu profissionalismo na creche que atua.

Postado por Andrea Nogueira em 27/09/2016 21:46

Adorei conhecer a Cíntia pessoalmente, ela é um grande exemplo de mãe, mulher guerreira e esforçada e que quer o melhor não só para ela, mas para todos.

Postado por Cátia em 28/10/2016 18:34

Para vencer na vida não é importante chegar em primeiro. Simplesmente é preciso chegar, levantando a cada vez que cair pelo caminho. Parabéns a toda equipe e para a mãe Cíntia pela conquista.

Postado por Vanessa Cruz em 28/10/2016 18:41

Forte é aquele que não desiste dos seus sonhos, mesmo com tantas dificuldades no caminho.

Postado por ERICA SILVIA SIQUEIRA em 28/10/2016 18:44

Chorando de emoção, essa escola é a escola do amor e essa mãe é uma privilegiada de ter esse carinho e cuidado.

Postado por NIVIA em 28/10/2016 19:02

Importante para a vida esse apoio. Parabéns para a escola e para a mãe que não desistiu.

Postado por Vanessa Vieira em 29/10/2016 14:08

Cíntia muito orgulhosa de você amiga, te amo e te admiro muito, pois apesar dos problemas imposto pela vida você está sempre com um sorriso largo no rosto e uma palavra amiga. E, mais estendendo as mãos a todos que precisam, você é um ser humano ímpar.

Postado por THALITA GREGÓRIO em 29/10/2016 14:10

O tempo é como um rio. Você nunca poderá tocar na mesma água duas vezes, porque a água que passou, nunca passará novamente.O importante é aproveitar cada momento fazendo o bem. Parabéns a equipe da E.E.M. MARIA MONTESSORI, exemplo de amor.

Postado por Alessandra Jurema em 29/10/2016 14:15

"Há cinco degraus para se alcançar a sabedoria: calar, ouvir, lembrar, agir e estudar." Provérbio Árabe

Postado por BÁRBARA em 29/10/2016 14:17

"Mudar é difícil mas é possível".Já dizia Paulo Freire, basta ser impulsionado. Ótima matéria, parabéns ao RIO EDUCA.

Postado por Isis Santana em 29/10/2016 14:25

CÍNTIA é AEI que acredita em cada um de seus alunos, obrigada por ser esta professora além dos muros da creche e por toda a sua dedicação e amor as crianças.

Postado por DÉBORA em 29/10/2016 14:28

Parabéns a escola pelo potencial motivador. É raro ver escolas e equipes comprometidas. Parabéns 9ª CRE.

Postado por Alessandra de Paula em 05/11/2016 12:34

A CÍNTIA É UM GRANDE EXEMPLO PARA A VIDA, SEMPRE MEIGA, DISPOSTA A AJUDAR A TODOS E COM O SORRISO LARGO NO ROSTO. UMA MÃE E PROFISSIONAL EXEMPLAR, SUPER DEDICADA, MERECE TODO O APOIO.

Postado por CRISTIANE COUTO em 05/11/2016 12:37

Parabéns a gestora Viviane pelo excelente trabalho em equipe.

Postado por Bruno Vieira em 05/11/2016 12:44

AEI que eu amooooooooooooooooo! Sua história de vida é linda Cíntia, parabéns por não fugir a luta.

Postado por HELEN CUNHA em 05/11/2016 12:46

Como AEI tenho muito orgulho da Cíntia, sempre prestativa quando busco orientações sobre o cargo. Parabéns pela formatura, que todos os seus sonhos se realizem Cíntia.

Postado por Vanessa Bragança em 05/11/2016 12:48

Penso, tantas pessoas desistem por tão pouco e você Cíntia com tantas dificuldades não desistiu, chegou lá. Parabéns pela formatura.

Postado por Cristiane Munford em 05/11/2016 12:50

...que a importância de uma coisa não se mede com fita métrica nem com balanças nem barômetros etc. Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós. PARABÉNS E.E.M.MARIA MONTESSORI!

Postado por Raquel Borges em 05/11/2016 12:52