A A A C
email

Quinta-feira, 28/09/2017

Projeto Sustentabilidade em Ação: A mudança começa pela gente!

Tags: 4ªcre, repensar, reduzir, reutilizar, reciclar.

 

Projeto Sustentabilidade em Ação: A mudança começa pela gente!
 

“A mudança começa pela gente!"

As professoras Jaqueline Gonçalves Ramos Vieira e Angélica Alves da Silva, das turmas 1401 e 1402, estão trabalhando esse projeto com o objetivo de desenvolver atitudes e práticas sustentáveis em sala de aula a partir dos eixos: repensar, reduzir, reutilizar, reciclar.

Muito se fala em sustentabilidade e desenvolvimento sustentável nos dias atuais. É fundamental, portanto, que este conceito não seja apenas discutido em grandes eventos ou organismos internacionais, mas que seja vivenciado e praticado desde a infância, para que haja uma formação capaz de dialogar de fato com o bem estar planetário. Veja a seguir o texto enviado com a descrição do projeto.

 

 


De acordo com Mikhailova¹:

O desenvolvimento sustentável procura a melhoria da qualidade de vida de todos os habitantes do mundo sem aumentar o uso de recursos naturais além da capacidade da Terra. Ao se pensar o conceito de sustentabilidade aplicado à sala de aula, surge a necessidade de despertar nos alunos um olhar mais aprofundado sobre o que acontece ao nosso redor. Questões como o consumo desenfreado, o desperdício, o descarte incorreto de materiais entre outras ações nocivas ao meio ambiente ocorrem muitas vezes por falta de conhecimento e conscientização.

 

 

É importante compreender que, a partir da construção do conhecimento acerca das questões globais, podemos e devemos ter atitudes capazes de influenciar positivamente as pessoas, os espaços e os locais que frequentamos. Nesse sentido, foi desenvolvido o projeto Sustentabilidade em ação, que tem como objetivo desenvolver atitudes e práticas sustentáveis em sala de aula a partir dos eixos:

  • Repensar
     
  • Reduzir
     
  • Reutilizar
     
  • Reciclar

Vale ressaltar que o projeto visa, de acordo com as Orientações Curriculares para o ensino de Ciências: enfatizar as aplicações e as intervenções que a ciência e a tecnologia têm produzido na história da humanidade, nos campos da saúde, agricultura, indústria etc; considerando que os aspectos éticos, estéticos, políticos, sociais e econômicos estão presentes e são necessários na busca pela sustentabilidade. Busca ainda atuar de acordo com o conceito de antropo-ética que, de acordo com Morin:

(...)compreende, assim, a esperança na completude da humanidade, como consciência e cidadania planetária. O projeto está organizado em etapas e atividades contínuas a serem desenvolvidas ao longo de todo o ano letivo.

 

 

Objetivos gerais e específicos:

  • Percepção sobre os tipos de solo, suas características e aplicabilidade;
     
  • Aprendizagem prática sobre as relações ecológicas entre os seres vivos e montagem de composteira;
     
  • Reconhecimento de características básicas das plantas, em especial o processo de fotossíntese;
     
  • Desenvolvimento de técnicas de plantio e geração de mudas;
     
  • Aprendizagem de técnicas de reaproveitamento de alimentos com alto teor nutritivo.
     
  • Seleção de objetos ou materiais que podem ser reutilizados ou reciclados;
     
  • Valorização do pensamento científico e desenvolvimento do olhar crítico sobre sua ação individual e coletiva quanto às transformações socioambientais;
     
  • Planejamento e execução de tarefas em grupo valorizando o convívio e as relações de cooperação.

Atividades:

  • Coleta diferentes tipos de solos e investigar suas propriedades básicas;
     
  • Realização de experimentos que demonstrem a diferença de permeabilidade entre os diferentes tipos de solo (humífero, arenoso e argiloso).
     
  • Montagem de jardim com sementes de flores (transversalidade – projeto politico pedagógico);
     
  • Visita técnica à horta mantida pelo projeto Hortas Cariocas e aprendizagem prática sobre o processo de compostagem;
     
  • Coleta de materiais recicláveis e reutilizáveis para usos diversos;
     
  • Montagem de sistema de compostagem caseiro, utilizando garrafas PET e as cascas dos legumes e frutas servidos na merenda escolar;
     
  • Produção de receitas a partir do reaproveitamento de alimentos com alto teor nutritivo que normalmente seriam descartados (cascas de frutas, legumes e talos);
     
  • Plantio e geração de mudas de temperos e hortaliças em geral;
     
  • Noções de empreendedorismo sustentável a partir da aprendizagem sobre custo, formação de preço justo, lucro, etc.

 

 

Avaliação

O processo de avaliação será contínuo, observando o interesse, a participação, o envolvimento e a mudança real de hábitos em prol da conscientização ambiental e da sustentabilidade no decorrer do projeto.

 

Referências bibliográficas

MIKHAILOVA, Irina. Sustentabilidade: evolução dos conceitos teóricos e os problemas da mensuração prática. Revista Economia e Desenvolvimento, n° 16, 2004. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/eed/article/viewFile/3442/1970 acessado em: 21/03/17

Morin, Edgar, 1921- Os sete saberes necessários à educação do futuro / tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya ; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. – 2. ed. –
São Paulo : Cortez ; Brasília, DF : UNESCO, 2000.

Sustentabilidade: Da teoria à prática. Disponível em: http://www.wwf.org.br/participe/porque_participarsustentabilidade/ acessado em: 21/03/17

Orientações curriculares para o ensino de Ciências. Disponível em: https://drive.google.com /drive/folders/0B5SqlDGNLGKkN3VlZzk3WDROMTg

 

 

Parabéns à Equipe da escola pelo excelente trabalho realizado!

 

Sobre a escola: CIEP (04.30.502) Elis Regina
Endereço: Rua Principal, S/Nº Bonsucesso
CEP: 21044-170
Tel: 3977 5726 e 3977 5931
Email: ciepelis@rioeduca.net
Diretora:Suely Lima
Adjuntas: Andréa Fonseca e Valéria Azevedo
CP: Lindomar Carvalho



 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

4ªcre (287)
repensar (1)
reduzir (1)
reutilizar (1)
reciclar (1)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.