A A A C
email

Sexta-feira, 29/03/2019

CIEP Metalúrgico Benedicto Cerqueira - 5ª CRE

Tags: dengue, mosquito, combate, arbovirose, 5ªcre.

 

As professoras Priscila Rodrigues, Célia Pereira e os alunos do CIEP Metalúrgico Benedicto Cerqueira se engajaram na Semana de Combate às Arboviroses.

Os alunos amaram falar de um assunto tão importante de forma lúdica e criativa. Confira!

 

 

Uma vez por semana, os alunos do 5º ano realizam uma aula de Oficina de Produção Textual. Essa aula tem como objetivo desenvolver a autonomia no processo da escrita, a produção textual criativa e o desenvolvimento do pensamento crítico social. 

 

Em cada aula, é  apresentado um gênero textual e um tema a ser discutido. Em um segundo momento, há uma discussão sobre a temática e uma produção textual a partir das conclusões e trocas feitas durante a discussão. Após isso, há uma revisão e um momento de reescrita para adequar o texto quanto a estrutura, a pontuação,  a clareza, entre outros elementos.

 

 

 

Foi solicitado pela SME, que na semana de 18 a 22 de fevereiro fosse abordada a temática Combate às Arboviroses. Logo, o tema foi trabalhado com atividades diversificadas de forma multidisciplinar e lúdica.

 

A Oficina de Produção Textual foi uma das maneira de abordar o tema. Durante a oficina, foi proposto que os alunos da turma 1501 escrevessem histórias em quadrinhos sobre as Arboviroses e os estudantes da turma 1502 elaborassem textos informativos, que divulgassem aos leitores ações de prevenção das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti.

 

 

 

 

A aula rendeu bons frutos, pois os alunos abordaram a temática com propriedade em suas produções escritas. A aluna Júlia Meira (Turma 1501), por exemplo, continuou a pesquisa em casa e montou um vídeo de animação intitulado “5º ano vs Aedes”, disponível a seguir:

 

 

 

 

Para produzir o vídeo, a aluna utilizou como recurso os aplicativos de celular Gachaverse e KineMaster que possibilitaram a caracterização física e psicológica dos personagens, a elaboração do diálogo e a inserção da trilha sonora. A aluna esclareceu que os “bonecos” ficam disponíveis no aplicativo e o usuário pode caracterizá-los a partir das opções ofertadas.Como pano de fundo, foi usada a música educativa “Zum, zum, zum, zum, zum” interpretada por Yasmin Veríssimo. 

 

Ao continuar a atividade em casa, a aluna demonstra que a aprendizagem quando significativa, perpassa os muros da escola, estimula a continuidade da busca pelo conhecimento e contribui para a formação do aluno pesquisador.

 
 

 


Uma outra atividade proposta para os alunos foi a produção do repelente caseiro. Durante sua preparação, foi possível desenvolver conhecimentos científico, matemático e linguísticos.

 

No campo da linguagem, se trabalhou o gênero textual receita; na matemática foram exploradas as medidas de capacidade, as operações de adição e multiplicação e as relações de custo x benefício (sistema monetário); já no campo científico foi discutida a eficácia do uso do repelente (industrializado e caseiro), assim como, outras formas de prevenção, características do vetor e sintomas das doenças.


Os alunos levaram uma cópia da receita para casa, de modo que pudessem compartilhar com seus familiares.
 

 

Para a culminância da Semana contra as Arboviroses foi elaborado um Quiz com perguntas relacionadas a tudo que foi aprendido em sala de aula. As atividades contribuíram para a construção de cidadãos críticos e conscientes que suas atitudes podem ajudar a melhorar o ambiente em que estão inseridos.

 

O objetivo maior desse projeto foi despertar em cada aluno a sua participação e protagonismo para a resolução de um problema que afeta toda a nossa sociedade. Se todos contribuíssem nesse combate à proliferação do mosquito, venceriamos as Arboviroses. 

 

Recursos utilizados:

Textos de diferentes gêneros sobre as doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti (Revista em quadrinhos “ Menino Maluquinho: Maluquinhos contra a Dengue”, folder sobre a Dengue, entre outros.)
Folhas de ofício
Hidrocor
Ingredientes para a receita ( álcool, cravo da índia e óleo de bebê).

Metodologia: aula expositiva dialogada, experiência e pesquisa.

 

Parabéns pelo trabalho tão importante e fundamental na busca de uma melhor qualidade de vida ! 

Essa luta é de todos nós e os alunos do CIEP Metalúrgico Benedicto Cerqueira  já aprenderam, de fato, essa lição!

 

Sobre a escola:

CIEP Metalúrgico Benedito Cerqueira
Diretor: CLEIDE DE ABREU ARAUJO
Endereço: Rua Sidônio País 227
Bairro: Cascadura 
Telefone: 3355-3697
E-mail: ciepbenedito@rioeduca.net 


 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

5ªcre (414)
dengue (61)
mosquito (12)
arbovirose (6)
combate (3)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.