A A A C
email

Quinta-feira, 02/08/2018

Fica a Dica: A Importância da Psicomotricidade na Educação Infantil

Tags: educação infantil, creches, edis, professores de educação infantil.

 

 A Importância da Psicomotricidade na Educação Infantil

 

 

 

Hoje,  o Professor Flávio Conceição do Nascimento presenteia os leitores que atuam na Educação Infantil com a #Dica que irá provocar um movimento importante nos grandes e pequenos das Creches, Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) e Instituições que atendem a Primeira Infância.

 

Flávio, trabalha no CIEP Procópio Ferreira, da 3ª Coordenadoria Regional de Educação. Ele é um daqueles professores apaixonados pela profissão e não descansa até que converta seus planos educacionais em ação! Ele considera que  criança em movimento é assunto sério e significativo, por isso, compartilharemos com  você a experiência que ele vivencia.

 

Flávio pesquisa constantemente sobre o tema Psicomotricidade e  busca aperfeiçoar o desempenho dos pequenos aprendizes por identificar  que  este possa abranger diversas áreas do conhecimento. O professor  constatou  que havia a necessidade de  aprofundar os estudos  e  convidou os demais educadores a agregar forças para que o projeto saísse do papel.

 

Compartilhar saberes, experiências permite a todos nós, professores, nos tornar ainda mais capacitados para atender as primordialidades das crianças. Portanto, chegou a hora de saber mais sobre o projeto que incentivou e movimentou o CIEP Procópio Ferreira.

 

O que é  Psicomotricidade?

 


 

Psicomotricidade é uma ferramenta também utilizada na disciplina de  Educação Física. Esta possui como objetivo contribuir com o desenvolvimento da criança nos aspectos motores, cognitivos e sociais. As atividades psicomotoras auxiliam no processo de aprendizagem. Segundo estudos realizados pelo Professor e equipe,  a aprendizagem e o desenvolvimento estão interrelacionadas, pois colaboram para o esquema corporal, organização espacial, lateralidade, desenvolvimento motor, cognitivo e até mesmo o emocional dos alunos.

 

Conclui-se  que a Educação Psicomotora, aplicada na Educação Infantil é relevante para o sucesso dos pequenos em toda sua vida,  tanto na escola quanto  fora dela. Os EDIs, Creches e Escolas podem oportunizar às crianças condições de desenvolverem capacidades básicas. Assim, seu potencial motor será mais estimulado, utilizando o movimento do corpo  para previnir ou ajudar  nas fragilidades expressadas pelos alunos .

 

Vivências e Significados 

 

 

 

Com a colaboração das equipes das salas de atividades, da Comunidade Escolar e Parcerias foi replanejado um espaço , no qual as crianças amam comparecer! As doações de materiais auxiliaram o sonho se tornar real. Logo no início das atividades identificou-se mais  interesse das crianças na aquisição de novos conhecimentos. O projeto repercutiu inclusive no processo de letramento e alfabetização.

 

Em 2017, quatrocentos e oitenta e cinco alunos entre quatro e seis anos participaram das atividades. Em 2018, cento e noventa e oito alunos dos que eram matriculados em turmas de Pré I deram prosseguimento às atividades no espaço, reforçando a longitudinalidade do aprendizado.

 

Pela ludicidade das ações propostas, a criançada gosta das aulas, para elas a brincadeira, os movimentos são uma alegria! Enquanto isso o professor está atento a cada uma deles. Para Flávio, a brincadeira dos pequenos é assunto sério! Um dos objetivos é que o trabalho com a alfabetização seja facilitado, que se ativem os esquemas mentais dos alunos levando-os a ter equilíbrio, força, resistência

 

Fica a Dica de Atividades que podem ser utilizadas:


>Jogo do alinhavo;

> Circuitos em forma de círculos ou outras formas geométricas, marcados com fita crepe ou giz branco no chão, para as crianças perceberem a delimitação do espaço;

> Circuitos mais complexos, utilizando pneus, bastões, caixas, escadas, cordas, garrafas;

> Desenho de linhas curvas no chão para testar  rapidez; delimitando caminhos com fita crepe, por onde precisam  passar sem sair da linha e posteriormente, passar em cima sem escorregar;

> Brincadeira da "Batata quente", na qual a criança passa o objeto que tem  nas mãos, utilizando não apenas a lateralidade, mas também  a atenção, através da musicalização;

> Cantar músicas que falem sobre as partes do corpo;

> Reunir os pequenos para brincadeiras cantadas, nas quais possam andar com passos diferentes: Andar depressa, correr, andar em trave de equilíbrio, andar para o lado direito, esquerdo, para frente e para trás, subir, descer, pular, equilibrar-se, etc.

 

    Fica a Dica de materiais que podem ser utilizados:

 > Blocos de espuma;

> Cordas;

> Colchonetes;

> Brinquedos com materiais recicláveis;

> Materiais para pintura;

> Quebra- cabeças de várias formas e tamanhos;

> Brinquedos variados,

> Sucatas

> Garrafas;

> Pneus;

> caixas e muito mais!

 

   Fica a Dica para os Professores:

 

> As aulas devem ser planejadas com auxilio de estudos e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de tal forma que os participantes as realize com segurança e eficiência.

> A continuidade das atividades fazem com que os objetivos sejam alcançados.

> O sucesso do projeto é mais proveitoso quando toda a Comunidade Escolar está envolvida. Desde a gestão até responsáveis e possíveis parceiros.

 

 Com o relato de sucesso do Professor Flávio e com as dicas sugeridas,

agora é aproveitar os espaços e convidar os pequenos a se movimentarem!

 

Fica a Dica!

Gostou da #Dica do Professor Flávio do CIEP Procópio Ferreira?

Faça como o Flávio e compartilhe seu projeto  ou atividade!

Venha deixar a sua dica!

 


  


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

edis (15)
creches (14)

Comentários
Eu amei suas dicas,vou levar as sugestões para a creche que trabalho obrigada

Postado por Ieda em 03/08/2018 20:49