A A A C
email

Quinta-feira, 11/10/2018

Fica a Dica: Bom Dia, Poesia!

Tags: blogrioeducadores, educopédia, mídias, especialistas, educação infantil, creches, edis, professores de educação infantil. sala de leitura. poesia, literatura.

 

Fica a Dica: Bom dia, Poesia!

 

"Tenho abundância de ser feliz por isso.
Meu quintal é maior do que o mundo.
Sou um apanhador de desperdícios:
Amo os restos
como as boas moscas.
Queria que a minha voz tivesse um formato
de canto.
Porque eu não sou da informática:
eu sou da invencionática.
Só uso a palavra para compor meus silêncios."

Manoel de Barros

 

 

 


Chegou o dia mais esperado para quem acompanha o Blog Especialistas - Dicas de Educação Infantil! O tema hoje é comandado pela Professora da Sala de Leitura , Andréa Fróes. Ela trabalha no CIEP Chanceler Willy Brandt , 3ª CRE (Coordenadoria Regional de Educação). Andréa enviou seu projeto, pois também acompanha os pequenos da Educação Infantil e Pré - Escola no encantado mundo dos livros.

A poesia está em todos os cantos, e pode ser pensada, imaginada, escrita e cantada. Um olhar para o céu, segurar num raminho de flores já é mais que suficiente para inspirar a poesia. Na escrita falamos de amor, dor e também de crianças, bichinhos, nuvens coloridas, seres encantados. O céu é o limite para despertar as emoções.


A professora Andréa percebeu que todos os dias, as crianças chegavam à Unidade Escolar, e ficavam sentadas, ou correndo até que iniciasse as aulas. Claro que não era muito tempo, mas nada impede que os cinco minutos diários começassem com gotas de poesia.


Como a professora faz isso em cinco minutos? Pois bem, há toda uma preparação prévia e pensada com carinho. Ela escolhe poesias que contemple desde os pequeninos até os maiores. Em formato ofício e letras grandes ela se dedica a separar as poesias que encantam a todos. Para que não estrague com o manuseio, ela plastifica os papéis e as seleciona por idade. Com carinho ela lê em rodinha para os pequenos e grandes!

 

“As crianças começam a se interessar a chegar mais cedo e já entram na escola motivadas. Percebo que até os funcionários e professores estão encantados! Está dando muito certo!  Estou formatando os poemas e está ficando bem legal. As poesias ficam plastificadas no lugar onde fazemos e eles estão se interessando em ler tudo!” -  conta a Professora.

 

Andréa faz parte desta multidão de professores incansáveis, que não se aquietam, ao contrário, se inquietam, e aproveitam cada minuto para ensinar, compartilhar, trazer a beleza da Educação às crianças. Ela se emociona:

“Tudo que é feito com AMOR passa para as gerações futuras. Acredito que isto que se inicia aqui, eu mesma não veja o fruto (a Educação demora para germinar, crescer, e dar frutos), pois agora estamos SEMEANDO O BEM para um futuro lindo com lindos frutos!”

 

E o que é a Poesia?

 

Aproveitamos a importante determinação da Andréa, para falar um pouco sobre esses versos que tocam nossa alma de um jeito que nem sempre sabemos explicar o motivo. O termo Poesia advém do grego poiesis que em sua acepção significa criar, fazer. Em toda história no mundo, houve alguém que através de evocações impressões imagéticas, sons, ritmos harmônicos criou, recriou e fez da poesia, a linguagem dos sentimentos e sensações.

A poesia  aguça a sensibilidade, a cognição e a imaginação. A prosa e o verso podem ser compreendidas pela criança como diversão, um jogo de palavras. Quando memorizado e repetido, possibilita que os pequenos se atentem aos conteúdos, à forma, aos aspectos sonoros da linguagem, como ritmos e rimas, além das questões culturais e afetivas envolvidas. Porém, na poesia o que vale mesmo é o que ela nos faz sentir, e cada ser percebe segundo suas próprias emoções, sensações essas que nem sempre podem ser descritas. 

 

Nomes como Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, José Paulo Paes, Sérgio Capparelli, Tatiana Belinky, Sidónio Muralha, Manoel de Barros, Maria Dinorah, Cecília Meireles merecem destaque no cenário da poesia infantil. Eles e outros tornaram-a mais próxima da criança, mais leve, mais divertida com várias possibilidades em sua forma, linguagem, e modo de dizer o mundo o real e o possível de ser imaginado pela criança.

 

Dicas para Utilizar a Poesia na Educação Infantil:

 

  • Ler poesias para as crianças;
  • Convidar os responsáveis para um “Chá com Poesias”;
  • Realizar projetos de literatura;
  • Enviar livrinhos de poesia para casa, para que as famílias leiam com seus filhos;
  • Brincar de cantigas de roda;
  • Escrever em blocão ;
  • Desenhar ou pintar enquanto escuta a poesia ou a cantiga;
  • Professor escriba, transmitindo para o blocão poesia coletiva onde cada criança fala o que sente;
  • Folhas Impressas e plastificadas com poesias diversas;
  • Ter na sala de atividades o cantinho da poesias, com livros de diversos autores e diversificados tamanhos

 

Fica a Dica de  autores de livros de Poesias para Educação Infantil :

 

  • Manoel de Barros;
  • Vinicius de Moraes;
  • Ruth Rocha;
  • Toquinho;
  • Cecília Meireles;
  • Carlos Drummond Andrade;
  • Mario Quintana;
  • Sérgio Capparelli.


Para finalizar, deixamos com vocês o poema que a Professora criou para o Fica a Dica :

 

 

 

Curtiu a #DICA da equipe da Professora Andréa?
 

Então, além de aprimorar seus conhecimentos a respeito da importância da Poesia na Educação Infantil você pode participar nos enviando dicas, experências ou um relato sobre um projeto desenvolvido com seus alunos.

 

 

 

Estamos aguardando!

Envie sua experiência para:

ruteferreira@rioeduca.net

 

Curta e Compartilhe!!!


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

especialistas (33)
edis (15)
creches (14)
blogrioeducadores (8)
literatura (5)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.