A A A C
email

Quarta-feira, 24/07/2013

Cantinho Vivo na Sala de Aula

Tags: professor, meio ambiente, ciências.

 

      Cultivar plantas dentro de sala de Aula com os alunos é uma maneira interessante e divertida de estudar Ciências!

 

Elaborar um projeto de construção do “Cantinho Vivo” juntamente com a equipe pedagógica da escola pode render bons frutos.

 

De maneira descontraída, porém sempre planejada, construir com os alunos canteiros e vasinhos dentro de sala de aula proporcionará muito além dos conteúdos preestabelecidos de Ciências Naturais, aproximando-os da Natureza e mobilizando-os em relação à Preservação Ambiental.

 

Cuidado e respeito à Natureza precisam ser cultivados desde criança.

 

A abordagem e o que se pretende explorar com a criação do Cantinho Vivo vai depender do ano de escolaridade, da sondagem sobre as condições externas e ambientais, assim como da listagem e da captação dos recursos necessários para a execução.

 

São várias as propostas que podem ser desenvolvidas quando não se dispõe de um espaço com solo como num jardim por exemplo, como a organização de jardineiras e vasos utilizando o plantio através de mudas ou sementes, hortas ou jardins suspensos, jardim sensorial, terrários, entre outros. Veja mais em: Por que é importante plantar?

 

Terrário e vasinhos suspensos feitos a partir de garrafas pet.

(Fonte das imagens: www.rioeduca.net; www.revistaescola.com.br;www.institutorecicle.org).

 

Através da organização do projeto Cantinho Vivo, integrando-o às demais disciplinas como Língua Portuguesa, Geografia, História, Matemática e Artes, o desenvolvimento desse será muito mais rico.

 

Podem ser trabalhados:

 

  • discussão e registro dos recursos necessários para execução do projeto;
  • captação de recursos que pode ser feita através da solicitação de doações de mudas, sementes, jardineiras, cascalhos;
  • registro da observação diária do desenvolvimento das plantas;
  • identificação e resolução do problema, quando eventualmente algo dá errado, como, por exemplo, uma planta morrer;
  • exploração de ambientes e condições climáticas onde as plantas cultivadas se desenvolvem podendo ser através de aula passeio e documentário;
  • preparação de receitas, desde o momento da colheita até a execução do prato, utilizando-se de algumas unidades de medidas, passando inclusive pela higienização;
  • utlização de matéria-prima advinda dos próprios vegetais para criações artísticas.

 

Alunos devidamente organizados para preparação de uma receita.

 

Topiaria feita a partir de sementes, pedrinhas e lascas de galhos.

 

Além de proporcionar aos alunos um pouco do contato com a Natureza, que muitas vezes acaba não sendo possível nas áreas urbanas, o cuidado e a preservação das plantas, enquanto ser vivo indispensável para a manutenção de vida do planeta, são noções indispensáveis. 

 

Registrar as ações através de fotos durante o desenvolvimento das tarefas propostas e propor uma exposição aberta à visitação expondo o trabalho valoriza a todos os envolvidos e certamente renderá bons frutos.

 

Taís Ferraz Duarte é Professora da Rede Municipal
e colaboradora do Portal Rioeduca
E-mail: taisduarte@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

professor (65)
meio ambiente (4)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.