A A A C
email

Sexta-feira, 24/06/2011

E.M. ARACY MUNIZ FREIRE: CAMINHO PARA A CIDADANIA (8ª CRE)

Tags: 8ªcre, protagonismojuvenil.

A Escola Municipal Aracy Muniz Freire, localizada na Praça Doutor José Pontes s/nº, dentro de um conjunto residencial de casas populares, o Conjunto da Ligth, no bairro de Magalhães Bastos, na Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, se materializou como único projeto social, no início da década de 60, para os moradores do Conjunto.


Inaugurada em 06/08/1964, no Governo Carlos Lacerda, está integrada à Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro, constituindo-se hoje como uma das 177 unidades escolares da 8ª Coordenadoria Regional de Educação, a serviço de diferentes famílias desta comunidade.

 

Na E.M. Aracy Muniz Freire as diferenças são observadas e vividas pelos estudantes como uma experiência social, que encontra na escola um caminho que não os oculta e promove uma convivência de paz e respeito às diferenças capaz de romper com a discriminação, elevando a autoestima, a confiança e contrariando, assim, o senso comum fatalista.

 

 

 

 


Os estudantes valorizam as atividades promovidas na escola e se posicionam quanto às suas expectativas de encontrar nesta U.E. um espaço educativo de participação e autonomia capaz de inovar, promovendo conhecimento, alegria e afeto. O texto abaixo, escrito pelos estudantes Gabriel Camacho e Júlia Rosa, ambos da turma 1501 (e membros do Grêmio Estudantil) dialoga com os murais acima, e ilustra o que menciono aqui.


"Não devemos julgar as pessoas pela aparência e sim pelo caráter, pois tem muita gente nos dias de hoje que julgam os outros pelo tipo de cabelo: se é liso ou duro; pela cor da pele: se é negro ou branco. Em vários ambientes acontece esse tipo de preconceito: na escola, na rua e em estabelecimentos públicos. O problema é que essas pessoas não entendem que somos todos iguais, mas somos diferentes!

Hoje em dia, em muitas escolas o ambiente escolar não é muito agradável, pois entre os alunos ocorrem brigas envolvendo xingamentos, socos, chutes, tapas e outros tipos de agressão e a maioria das vezes isso acontece por uma coisa mínima ou até por nada.

Se todos percebessem que toda diferença é boa e que tudo igual é chato, esses casos de brigas e desrespeito acabariam! Afinal: viva a diferença!"

(Criação: Gabriel Camacho e Julia Rosa)

 

Para os professores e equipe de direção, a escola é um local da conjunção político-afetiva, e a defesa de valores que possibilitam a transformação da realidade manifesta-se nas suas características e desejos. Abaixo – da esquerda para a direita – temos as Professoras Márcia Torres (Coordenadora), Márcia Villas Bôas (Diretora Adjunta) e Fátima Lima (Diretora).
 


 

A cozinha, a despensa e o refeitório tornaram-se espaços pequenos para atender à reserva, ao preparo e à distribuição da alimentação escolar, que atualmente é mais complexa e completa em relação ao que existia na época da inauguração da escola. Para que o preparo das refeições mantivesse o padrão de exigência e para que os(as) profissionais da merenda tivessem um espaço melhor de trabalho, beneficiando os(as) estudantes com a garantia de uma refeição bem preparada, no ano de 2007, a cozinha sofreu uma reforma em toda a sua extensão, tornando-se mais bonita ampla. A obra foi concluída em 2008 com a colocação das grades milimétricas. Abaixo, a equipe de profissionais da merenda! Da esquerda para a direita: Soraia, Áurea e Vagner.

 



A Sala de Leitura, cujo patrono é Paulo Freire, é atendida pela funcionária readaptada Sueli e se coloca como espaço estratégico para desenvolvimento dos projetos pedagógicos e interlocução com as diferentes linguagens e mídias. Segundo os estudantes da escola, esse é um de seus locais preferidos, em função de seu acervo e pelas trocas de conhecimento que o espaço promove.


A escola conta ainda com o professor readaptado Miguel, que auxilia – de maneira incansável – na Secretaria e as recém-chegadas: Patrícia (estagiária) e Maria Rita (agente de portaria). Somando com a escola, as serventes Rita de Cássia e Alvanira prestam também primoroso serviço à comunidade escolar nos cuidados e atenção dispensados aos estudantes. Da mesma forma, o mesmo pode ser dito no tocante à qualidade da conservação da unidade, realizada pelos funcionários da COMLURB Roberto e Josi (abaixo).

 

 

O corpo de funcionários da educação da E.M. Aracy Muniz Freire são profissionais dedicados, que gostam do que fazem e acreditam na escola como um dos caminhos possíveis para a transformação social. Os profissionais desempenham suas funções com muito amor, carinho, disciplina e, sobretudo, comprometimento, características necessárias para quem quer fazer a diferença! Parabéns a toda a equipe da E.M. Aracy Muniz Freire pelo belo trabalho realizado na busca por uma educação de qualidade, pois só assim é possível  caminhar para a cidadania!

 

                              

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

8ªcre (333)
protagonismojuvenil (89)

Comentários
PARABÉNS PELO TRABALHO DEVERSIFICADO E DE GRANDE IMPORTANCIA PARA A COMUNIDADE. ABRAÇOS dIRETORA DA E.M. MINISTRO ALCIDES CARNEIRO 9ª CRE

Postado por JANETE JANE em 25/06/2011 22:14

Eu sou fã desse espaço, por ser dessa comunidade e como profissional da Educação, reconhecer na Escola Aracy um espaço onde a Educação Pública é levada a sério e os números estão aí para provar a realidade descrita. Parabéns Aracy.

Postado por Adriana Cappola em 26/06/2011 20:52

Obrigado pelo carinho, Janete e Adriana! De fato, Adriana, os números comprovam o que já é sabido por nós: a educação pública, pode e DEVE ser levada a sério! Abraços!

Postado por Marcelo Fernandes em 27/06/2011 21:02

Adorei o blog!Estão de parabéns!

Postado por Julia Rosa em 02/12/2011 21:00