A A A C
email

Quinta-feira, 30/01/2014

Como Participar da Vida Escolar de Seu Filho

Tags: família, leitura.

A atuação dos pais na educação é essencial para o desenvolvimento da criança na escola. A família e a escola precisam ser parceiras. Vamos ver algumas dicas de como você pode participar desse processo e ajudar o seu filho.

 

Livro: Depende de você. Como Fazer de Você uma História de Sucesso, de Andrea Ramal.

 

Atualmente, a sociedade tem passado por várias mudanças decorrentes da diversidade de informações e avanços tecnológicos, repercutindo sobre a configuração da família e no seu processo de interação com a escola. Entretanto, a atuação dos pais na educação é essencial para o desenvolvimento da criança.

 

O papel principal dos pais é o de acompanhar a criança, oferecendo condições para que a educação cumpra o seu papel no desenvolvimento sociocultural e viabilizando formação à cidadania.

 

É indispensável que família e escola sejam parceiras, com seus papéis bem definidos e compromissados com uma práxis educativa voltada à sintonia de ações e atributos necessários ao meio social.

 

Sendo assim, segue abaixo algumas sugestões de como você pode proceder e contribuir para o sucesso na formação de seu filho:

 

  • A relação entre pais e escola deve ser de parceria e cumplicidade. As reuniões de pais e mestres têm a função de mostrar que isso é possível, convocando os pais para participarem e dividirem responsabilidades, lembrando que a formação em casa complementa a da escola e vice-versa. Trabalhar em parceria - com cada um desempenhando o seu papel - é essencial para a criança se sentir amparada e assistida.

 

  • O momento de reuniões na escola é a oportunidade que pais e professores têm para, juntos, ajustarem possibilidades para o melhor aproveitamento escolar do aluno. Se a escola marcar a reunião num momento em que você estiver impossibilitado de ir, agende com a direção e os professores uma data viável às duas partes.

 

  • Longe da formalidade de uma reunião, você poderá contribuir muito com o aprendizado e o bem-estar de seu filho ao ir à escola conversar com o professor. Nesse processo, pontes são construídas e grandes benefícios serão cada vez mais evidentes.

 

  • Nenhuma visão de mundo é construída sozinha. Nada do que você passou é igual às experiências vividas por outra pessoa. A soma de diferentes vivências é, certamente, a melhor forma de construir uma escola para todos, que saiba, de fato, respeitar cada aluno na sua individualidade. Por isso, proponha mudanças, dê sugestões, participe de festas, rodas de leitura, seja uma amiga da escola.

 

  • Mesmo depois de um exaustivo dia, é possível desfrutar de momentos de qualidade em companhia de seu filho. Não perca a oportunidade de ajudá-lo nas atividades escolares. Todo filho que percebe a intenção de seus pais em ajudá-lo tende a tornar-se mais comprometido com os estudos e com os deveres escolares. Lembre-se: Você não precisa dominar todas as matérias e assuntos abordados em sala de aula para ajudar nas tarefas, pois o simples fato de você propor questões sobre elas o fará refletir e buscar suas próprias respostas.

 

 

  • Exercite a leitura em todo o momento, ou seja, mesmo que não tenha nada escrito, qualquer objeto pode ser “lido” e interpretado. Uma ideia muito legal é aproveitar coisas simples que temos em casa e jogamos fora, como os rótulos e caixas das embalagens dos produtos, como gelatinas, maisena, café, leite... Pode-se trabalhar de acordo com a idade e o ano em que a criança está: cores, números, alfabeto etc. No processo de interpretação, proponha desafios para buscar respostas em livros e revistas variados. Você só tem a ganhar!

 

  • Momentos de descontração também podem ser de grandes aprendizados para seu filho. Não deixe de apresentar a ele lugares em que isso se torna ainda mais evidente, como o caso de Bibliotecas, Museus etc.

 

  • Não deixe brechas no seu relacionamento com a escola, pois seu filho precisa do apoio de ambos. Aproxime-se da escola, questione, reflita sobre o que pode ser o melhor para o seu aprendizado.

 

  • Todas as vezes que for necessário acentuar uma cobrança, comece com o elogio, destacando todos os pontos fortes de seu filho e os da escola. Isso, certamente, diminuirá a resistência dele quanto às suas instruções e o fará sentir-se valorizado por você.

 

  • Nada como uma boa conversa para descobrir os anseios e as necessidades de alguém. Converse com outros pais e descubra outras maneiras para contribuir com o melhor aproveitamento escolar de seu filho.

 


Acompanhe o desenvolvimento do seu filho! O apoio dos pais é fundamental para se conseguir não apenas melhores resultados pedagógicos, mas também o alcance de um aspecto imprescindível à sua vida: a autoconfiança.

 


Maria Delfina é Professora da Rede Municipal

e responsável pelo Blog Família do Portal Rioeduca.

E-mail: mariadrodrigues@rioeduca.net

Twitter: @mariadelfina11

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

leitura (87)

Comentários
Concordo! Cada um desempenhando seu papel, e todos ajudando na educação! =) nExcelente post!nBjks!

Postado por Simone Aline em 28/02/2013 07:26

Seria muito bom que a família estivesse ao lado da escola na missão de educar.Ainda podemos chegar lá!!! Parabéns pelo post... Bjusn

Postado por Elidia em 28/02/2013 21:27

O conjunto formado por pais e escola na vida escolar de qualquer criança e a base para o desenvolvimento e crescimento da criança.

Postado por lena em 01/03/2013 00:35

Perfeita a matéria. Seria tão bom essa parceria. Crianças mais confiantes e responsáveis com o dever cumprido na educação de seu pequeno. Parabéns pela postagem.nn

Postado por MONICA FONSECA em 01/03/2013 08:46

Os pais têm que ter interesse em acompanhar o crescimento da crianç,a e a escola deve dar abertura e facilitar que esse contato aconteça, pois é aí que o aprendizado se completa

Postado por Helena(by troia) em 04/03/2013 01:55