A A A C
email

Quarta-feira, 27/02/2013

Alfabetizar ou Letrar?

Tags: professor.



 

A velocidade com que as informações chegam até nós nos dias de hoje é cada vez maior. Precisamos estar conectados para uma constante atualização com o Mundo.

 

 

 

 

O PNAIC, Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa, foi criado em 2012 e será implementado a partir deste ano. É um compromisso formal assumido pelos estados e municípios por meio do Ministério da Educação com o Governo Federal e visa assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.


 

Conheça mais sobre o PNAIC em:

 

 

 

Desde que foi anunciado, muita movimentação se viu em torno do Programa.


O que é alfabetizar? O que é letrar? Esses dois termos não têm o mesmo objetivo?  Como seremos capacitados? O que será necessário mudar?


Realmente são muitas informações que precisam ser absorvidas gradativamente. Mas somente através de trocas e muita leitura seremos capazes de alcançarmos o objetivo que pretendemos.


Em julho de 2012, os diretores das escolas do primeiro segmento e os representantes das dez Coordenadorias Regionais de Educação assinaram o Pacto Carioca pela Alfabetização, prevendo que todos os alunos das escolas municipais sejam alfabetizados ao final do 1º ano de Escolaridade aos seis anos de idade. 


A Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro superou a meta e reduziu o índice de Analfabetismo Funcional com quatro anos de antecedência.


 

Alunos da Professora Luciana da E. M.Cinco de Julho envolvidos em atividade de alfabetização e letramento. Ações contextualizadas com a utilização de textos conhecidos (como parlendas), materiais concretos e inserção de atividades artísticas promovem a curiosidade e levam à Leitura de Mundo.

 

 

Na primeira semana de fevereiro deste ano, aconteceu a semana de capacitação para os professores da Rede Municipal do Rio de Janeiro com atividades e assuntos diversificados.

 

Em um desses encontros, que ocorreu na própria escola, foram preparados DVDs  com palestras das professoras Iza Locatelli e Magda Soares para os professores que atuarão nas Casas de Alfabetização (1º, 2º e 3º anos), sendo também interessantes aos professores do primário Carioca (4º, 5º e 6º anos) com roteiro de ações a ser seguido.

 

A professora doutora Iza Locatelli, que presta assessoria à SME, fala sobre a importância da diagnose, de um ambiente alfabetizador em sala de aula, da diversidade de textos, da produção de textos coletivos e individuais e do papel do professor enquanto incentivador e contador de histórias conhecendo, valorizando e compartilhando as experiências individuais.


Uma importante prática alfabetizadora é o incentivo à narrativa, pois através dela, os saberes, culturas, histórias e valores foram sendo transmitidos de geração à geração através da oralidade e, assim, se consolidando nas diversas culturas existentes.

 

É através da narrativa que o educador irá promover a troca de experiências em sala de aula, socializando, trazendo à tona diversidades culturais, principalmente nas classes populares.


Não queremos alunos somente alfabetizados, mas alfabetizados e letrados. Alunos que adquiram independência para realizarem a leitura de mundo.
Ler e escrever como um fim limita a criança como mero decifrador de códigos e não como leitor.


De acordo com Magda Soares na obra Letramento: um tema em três gêneros (Belo Horizonte: Autêntica 2003):
Letramento é o resultado da ação de ensinar e aprender as práticas sociais de leitura e de escrita. É o estado ou a condição que adquire um grupo social, ou um indivíduo, como conseqüência de ter-se apropriado da escrita e de suas práticas sociais. Apropriar-se da escrita é torná-la própria, ou seja, assumi-la como propriedade. Um indivíduo alfabetizado, não é necessariamente um indivíduo letrado, pois ser letrado implica em usar socialmente a leitura e a escritura e responder às demandas sociais de leitura e de escrita."


Felizmente, estamos no caminho certo!
 

 

 

 Taís Ferraz Duarte é Professora da Rede Municipal

e colaboradora do Portal Rioeduca.

E-mail: taisduarte@rioeduca.net
 

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

professor (110)

Comentários
Muito orgulho de ver minha turminha ilustrando um texto tão perfeito e coerente!!!! Acredito muito no letramento, nas elaborações de hipóteses dos alunos, na contextualização das aulas, no brincar! Impossível não alcançar o sucesso quando se faz com amor, planejamento e cuidado. Amei, Taís!

Postado por Luciana em 27/02/2013 18:15

Interessante e nos leva a refletir sobre a nossa prática para que possamos alfabetizar e letrar.

Postado por Adriana Passos em 27/02/2013 21:02

O saber e o entender é muito bom. Ler um texto e saber o que ele diz é maravilhoso, e isto é o que tem acontecido.

Postado por Helena(by troia) em 13/04/2013 23:19