A A A C
email

Sexta-feira, 27/09/2013

Mostra de Dança - 10ª CRE

Tags: 10ªcre.

 

No dia 12 de setembro, no Teatro da Cidade das Crianças, a 10ª CRE realizou a XXX Mostra de Dança Regional com as Unidades Escolares. O evento teve participação de todos os segmentos: da Educação Infantil ao 9ª ano.

 

O Projeto da Mostra de Dança envolve alunos de todos os anos de escolaridade e é desenvolvido ao longo do ano letivo por professores das próprias Unidades, cujo o trabalho envolve atividades de dança, ginástica e representações dos mais diversos contos infantis.

 

O evento foi organizado pela Gerência de Educação e teve a participação de 16 Unidades Escolares:

 

  • E.M. Especial Dr. Hélio Pellegrino

1ª dança: A Escola Especial Municipal Dr. Hélio Pellegrino convida a todos a embarcar numa deliciosa confusão fabulística no mundo do faz de conta, onde imaginação, mistério e aventura só são possíveis para aqueles que têm o olhar de uma criança.

 

2ª dança: A receita da vida na Terra é o resultado da mistura de vários elementos: Água, Sol, Amor etc. Assim, a E. E. M Dr. Hélio Pellegrino traz a dança “Árvore da Vida” com a certeza de que se o homem moderno repensar sua pressa e relembrar sua origem, enxergará o Planeta com os olhos da floresta e, cedo ou tarde, irá acordar para uma vida mais sustentável bem melhor de se viver.
 

 

  • E. M. Miguel Calmon

No dia 1/12/2012, sábado, um incêndio tomou conta de nossa escola. Nesse momento, a comunidade escolar se une fortemente por um único ideal: renascer! Como a lendária ave fênix, que ateia fogo em si mesma quando descobre que está para morrer e, então, renasce das próprias cinzas, ainda mais forte e bonita.

 

  • E. M. Flávia dos Santos Soares

Com a intenção de inserir nossos alunos e demais crianças e jovens no sentido principal da integração do Brasil com o mundo, trazemos hoje uma coreografia que representa o evento conhecido internacionalmente como “Copa das Confederações”. Sabemos da singular importância desse evento como formação e fortalecimento da nossa identidade cultural nesse contexto. Tendo sido sede destes jogos em 2013, o Brasil se destaca como o país anfitrião. E mais: capaz de revelar toda sua competência no mundo do esporte.

 

  • CIEP Heitor Vila Lobos

No país do futebol, onde o esporte é fator principal para elevar a autoestima de nossos alunos, o Villa Lobos une corpo, alma e paixão nacional na busca pela paz. Através da dança, convida todos para participarem da maior arquibancada do Brasil.

 

  • E. M. Leôncio Corrêa

Coreografia realizada com os alunos do 5º ano visando homenagear o centenário de Cyro Monteiro. Com cantos recordistas em sambas, de bem com a vida e de braço dado com a felicidade, essa personalidade sempre foi muito evidenciada em suas composições irreverentes.

 

  • E. M. República Árabe da Síria

A presença em produções de Dança Contemporânea, de elementos das chamadas Danças de Rua, a coreografia usa as técnicas presentes em uma cultura urbana muito específica: a Cultura Hip Hop.

 

  • E. M. Déborah Mendes de Moraes

Felicidade, sofrimento e bem querer. Emoções que, para o Grande Poeta Vinícius de Moraes, permeiam o maior sentimento do mundo: o Amor. E quem nunca sentiu o coração acelerar diante do amor, ou doer na sua ausência? Todas as suas formas são válidas e, assim, com essa coreografia homenageamos o Poeta Eternamente Apaixonado.

 

  • E. M. Dr. José Antônio Ciraudo

Catulo traz consigo a paixão por sua terra, seu sertão de tantas dores, de tanta beleza e de tantos amores. Beleza igual não há que possa imitar o luar do seu sertão! Somos gente nova trazendo no corpo um pouco dessa paixão, dançando de forma criativa um pouco da obra deste grande compositor brasileiro.

 

  • E. M. Gastão Rangel

O forró da Paraíba interpretado por Clara Nunes representa a feira regional de Itabaiana, cidade de seu compositor Sivuca. Representando esse encontro histórico musical, apresentamos a coreografia mostrando a movimentação cotidiana de uma típica feira nordestina.

 

  • E. M. IPEG

Inspirada no repertório do mestre Vinícius de Moraes, a coreografia apresenta uma nuance da cultura brasileira: a capoeira, seus ritmos e a sensibilidade do nosso povo.

 

  • E. M. Manoel Porto Filho

As musas de um quadro/vitrine ganham vida e se transformam em seres humanos com atitudes, gestos e atividades do cotidiano. Demonstrando que, a vida quando vivida com mais cor, torna-se mais feliz, pois são em atitudes simples diárias, mas feitas com alegria que se transforma o mundo num lugar mais cordial e amável.

 

  • E. M. Sindicalista Chico Mendes

Na correria do dia-a-dia, nesta sociedade que está sempre se transformando e se renovando, temos grandes desafios: superarmos preconceitos e dificuldades, assim como nos adaptarmos a um novo tempo, um novo mundo de liberdade e realizações.

 

  • E. M. Ana Neri

Valorizando as belezas naturais de Barra de Guaratiba, a escola Ana Neri busca através da música Garota de Ipanema resgatar a preservação do meio ambiente local. E através da dança, despertar a autoestima da comunidade e o interesse cultural.

 

  • E. M. Prof.º Coqueiro

No decorrer dos tempos, o Rio evoluiu grandiosamente em sua historia, adquirindo mudanças profundas no seu campo geográfico, cultural e social. Apesar dessas mudanças, suas belezas naturais e esculturais continuam atraindo especial atenção naqueles que vivem ou que por aqui passam. A anatomia de suas curvas vistas na orla de suas praias, no delinear de suas montanhas e no design de sua natureza exuberante são relatadas pelo músico e poeta Vinícius de Morais que se encantou com tamanha beleza, comparando o Rio a uma bela mulher.

 

  • E. M. Otelo de Souza Reis

Descrição do Figurino, inclusive acessórios (Imprescindível ser preenchido pelo coordenador da coreografia): Brasil, País do Futebol, terra da alegria, que contagia a cada dia o coração dos brasileiros. Hoje, a Escola Otelo de Souza Reis vem mostrar um pouco desta grande emoção: Futebol e samba: Paixões Nacionais.

 

  • E. M. Mario Lago

Nosso cotidiano se resume em uma grande viagem recheada de emoções e descobertas, expectativas e superações. A energia da criança livre que existe em cada um de nós é o que nos permite ver a vida com outros olhos enxergando verdes, amarelos, azuis e vermelhos em dias cinzas e nos permite viver a felicidade.


O Teatro foi transformado em um espaço dançante, onde ambiente, iluminação e as melodias levavam a plateia para os mais variados mundos da música. O palco estava convidativo e teve como Mestres de Cerimônia a Equipe da Gerência de Educação.

 


 

Organização do Teatro da Cidade das Crianças para a Mostra de Dança.

 

Equipe da Gerência de Educação: Cristiane Stancato, Alexandre Rodrigues e Renata Stancato.

 

O Evento foi dividido em dois turnos para que as Unidades Escolares pudessem se apresentar com mais liberdade de composição coreográfica. A ordem de apresentação foi definida por sorteio.

 

Para assistir às apresentações, professores da Rede Municipal de Ensino, representantes do núcleo de extensividade da Secretaria Municipal de Educação (SME) e profissionais de dança foram convidados para avaliar critérios como:

 

  • Participação
     
  •  Distribuição Espacial
     
  •  Criatividade
     
  •  Originalidade
     
  •  Figurino
     
  •  Autonomia
     
  •  Musicalidade
     
  •  Tempo
     

As apresentações foram bem variadas, não só na participação dos segmentos de escolaridade (da Educação Infantil ao 9ª ano), mas também, no gênero musical escolhido, cenário e figurinos utilizadas para caracterizar a representatividade de cada canção.

 

A seguir, segue a sequência de imagens das Unidades Escolares da 10ª Coordenadoria Regional de Educação realizando suas coreografias.

 

 

 

 

 

O Teatro se transformou em uma verdadeira festa!


As crianças assistiam às apresentações umas das outras e aplaudiam com louvor ao final de cada apresentação, mostrando valores de participação, respeito e comprometimento com o trabalho desenvolvido.


Ao final do evento, os professores responsáveis por este belíssimo trabalho foram convidados ao palco para receber um Troféu de participação e serem aplaudidos por todos os presentes. Afinal, o evento só foi possível por cada Unidade Escolar ter em sua Equipe professores que acreditam no potencial de cada criança e, principalmente, que acreditam em seu trabalho!
 

Professores sendo premiados pela participação.

 

O trabalho desenvolvido por essas Unidades Escolares e profissionais da Educação proporcionou a todos um dia agradável e cheio de magia!!!

 

Parabéns aos Gestores!

Parabéns aos Professores!

Parabéns a toda Comunidade Escolar!

 

Suelen Corrêa

é professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 10ªCRE

suelencorrea@rioeduca.net

twitter: @suelencorrea29

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

10ªcre (403)
10 (1)

Comentários
Parabéns a todos que fizeram da Mostra de Dança um verdadeiro sucesso!

Postado por Patrícia Fernandes em 27/09/2013 08:32