A A A C
email

Sexta-feira, 21/11/2014

O Ser Humano em 1º lugar – Construindo Pontes para o Futuro

Tags: 10ªcre.

 

   

O Seminário do Projeto 6º Ano Experimental foi idealizado com o objetivo de compartilhar as atividades pedagógicas ao final de cada ano letivo.

 

As professoras regentes do projeto, cujo desempenho profissional baseia-se na polivalência, trazem para esse encontro experiências didáticas que foram significativas para o aprendizado de seus alunos.


O seminário que inclui a 10ª Coordenadoria foi sediado no Centro Cultural de Santa Cruz e envolveu um tema específico: “CIÊNCIAS EM PROSA E VERSO”. Todos os trabalhos apresentados tiveram como “inspiração” o manuseio com kit de Ciências que foi enviado às escolas do projeto pela SME. O CIEP 1º de Maio trouxe o projeto “O SER HUMANO EM 1º LUGAR – CONSTRUINDO PONTES PARA O FUTURO”.

 

Alunos participantes do projeto.

 

O projeto foi criado partindo do princípio de que a vida na Terra depende do equilíbrio entre todos os seres da natureza, pois o planeta funciona como um enorme organismo vivo, complexo, em que todos os componentes estão interligados e cada espécie, das bactérias aos seres humanos, desempenha uma função importante na manutenção desse equilíbrio. 

Seguem os seguintes aspectos do projeto:


Objetivo

  • Compreender a importância da presença e da preservação dos biomas para a biodiversidade do planeta;
  • Noções básicas sobre diversidade biológica;
  • Conceitos iniciais sobre classificação dos seres vivos;
  • Noções básicas de ecologia;
  • Desenvolvimento da capacidade de observação e interpretação.

 

Habilidades

  • Distinguir cadeia e teia alimentar, relacionando-as aos conceitos de energia e matéria;
  • Avaliar a importância da adoção das unidades de conservação como uma das medidas que visam à preservação e ao uso sustentável da biodiversidade;
  • Formular, elaborar métodos para investigar e resolver problemas individualmente ou em grupo.


Materiais Utilizados

  • Microscópio Estereoscópico
  • Fita métrica
  • Rolo de barbante
  • Lupa de mão
  • Balança de precisão
  • Bússola topográfica
  • Frascos plásticos e placas de petri


Local de Investigação

  • Aproveitamos o quintal da escola pela amplitude do local e pela vasta oportunidade de pesquisa e coleta de seres vivos.


Procedimentos Adotados

  • Dividimos as turmas 1601 e 1602 em quatro equipes de trabalho;
  • Com a fita métrica, delimitamos e demarcamos o espaço para investigação e coleta com o barbante (de três metros por três metros);
  • Utilizamos a bússola para localizar a área em relação ao nascer e pôr do sol;
  • Anotamos as condições e aparência climáticas e interferências humanas no local;
  • Utilizamos gravetos para afastar as folhas do chão e para escavar. Com a lupa de mão, pudemos observar os seres vivos que ali se encontravam;
  • Com cuidado, coletamos os seres vivos encontrados e armazenamos em placas de petri ou frascos plásticos;
  • Analisamos cores, estaturas, formas, peso, locomoção e características específicas de cada ser vivo encontrado no quintal da escola;
  • Levamos os animais coletados para o Laboratório de Ciências da escola, para que pudéssemos analisar criteriosamente;
  • Em seguida, na sala de aula, realizamos um registro em forma de relatório de investigação. Cada aluno utilizou um gênero textual no qual mais se identificava.

 

Momentos do Projeto

 

 

 

 

 

 

 


Conclusão

  • Ao término da pesquisa de campo, foi realizada uma conversa informal, na qual foram abordado assuntos relacionados à biodiversidade, aos biomas brasileiros, à importância da preservação ambiental para a manutenção da vida;
  • Foi constatado maior interesse dos alunos pelos temas abordados mediante o trabalho em campo.

 

 

Suelen Corrêa
é Professora da Rede Municipal
e Representante do Rioeduca da 10ª CRE

Contato:
suelencorrea@rioeduca.net
twitter: @suelencorrea29


 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

10ªcre (403)
10 (1)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.