A A A C
email

Segunda-feira, 15/06/2015

O que Move o Mundo são as Diferenças!

Tags: 6ªcre.

 

 

 

 

Durante o primeiro bimestre, a professora da Sala de Leitura Maria Helena de Souza, da escola Eugênia Dutra Hamann, realizou com os alunos o projeto “O que move o mundo são as diferenças”. Vamos conhecê-lo?

 

A escola inclusiva é uma vantagem para todos! Com a inclusão, estamos construindo não apenas uma escola melhor, mas um mundo mais justo. Não sendo possível, portanto, dissociar a inclusão educacional da social.

 

A equipe gestora e pedagógica da E. M. Eugênia Dutra Hamann entende, por isso, que todos têm suas particularidades, e estas devem ser compreendidas e respeitadas. A criança que aprende desde cedo a lidar com as diferenças dos amiguinhos será, certamente, um adulto mais tolerante e solidário.

 

Alunas do 4º ano dão sua opinião sobre as diferenças entre as pessoas.

 

Pensando nisso, a professora da Sala de Leitura Maria Helena de Souza Dias realizou com os alunos de 1º ao 5º ano o projeto “O que move o mundo são as diferenças!”. Ele tem por objetivo principal estimular o comportamento solidário entre os membros da comunidade escolar.

 

O foco do projeto foi a inclusão de pessoas com deficiência. Sensibilizar toda a comunidade escolar sobre o reconhecimento, o respeito e a valorização da diversidade foi um grande desafio. Foi preciso analisar a visão que as pessoas da localidade tinham em relação a pessoa com deficiência.

 

Alunas do 4.º ano dão sua opinião sobre como praticar a inclusão

 

Durante a realização do projeto, foram realizadas várias pesquisas com os alunos: tipos de deficiência; prováveis causas que levam a determinadas deficiências; cuidados básicos que devemos ter com as pessoas com deficiência e ações tomadas pelos órgãos públicos para ajudar na inclusão.

 

Foram realizadas entrevistas com parentes e vizinhos dos alunos da escola que possuem alguma deficiência. Na Hora do Conto, a professora Maria Helena narrou histórias de pessoas com deficiência que realizaram grandes feitos. 

 

Desenho da aluna Geovanna Coelho (1.201) sobre como tratar a pessoa com deficiência.

 

Algumas reflexões importantes foram feitas com os alunos e registradas através de desenhos, imagens e publicações no blog. Dentre as ponderações feitas, destaco: "Em nossa escola há alunos com deficiência? Quais são seus direitos? Como a sociedade pode ajudar essas pessoas a desenvolver suas potencialidades? O poder público tem se preocupado com as pessoas com deficiência? Como os portadores de deficiência são tratados em outros países?"

 

A culminância do projeto foi realizada através de danças, peças teatrais, seminário organizado pelos alunos para abordar a questão do respeito às diferenças e exposição de painéis contendo todas as produções dos alunos.

 

Desenho do aluno Yuri (1.302) sobre como ajudar a pessoa com deficiência.

 

Como vimos, a E. M. Eugênia Dutra Hamann está preparando seus alunos para conviver e aceitar o diferente com naturalidade, afinal, todos somos singulares. Lá, a criança com deficiência é bem acolhida por seus colegas e tratada com muito amor e carinho.

 

Com relação ao aprendizado, não poderia ser diferente! Como acontece com qualquer outra criança da escola, o aluno é acompanhado dia a dia em sua evolução por professores e pelos gestores. Com essas ações, o sucesso de todos é certo!

 

Desenhos dos alunos Pedro e Sarah de Almeida sobre como tratar a pessoa com deficiência.

 

Não tem erro: a escola é o melhor lugar para a criança, sempre! O ser humano aprende com seus pares e, na convivência, o cérebro é estimulado. Ao ser exposta a esse estímulo, os pequeninos, mesmo que não consigam se sair exatamente como os outros colegas, se desenvolvem de forma impressionante!

 

Faça como a E. M. Eugênia Dutra Hamann e transforme-se em uma escola inclusiva! E não esqueça: o que move o mundo são as diferenças! Viva o diferente!

 

Parabéns a toda equipe da escola Eugênia Dutra Hamann por garantir aos alunos o direito à educação. O respeito aos direitos e liberdades humanas é o primeiro passo para a construção da cidadania e deve ser incentivado. É um orgulho ter uma equipe de tamanha eficiência, competência e sensibilidade na 6ª CRE!

 

Equipe 2015 da Escola Municipal Eugência Dutra Hamann

 

Quer saber mais um pouco? Entre em contato com a E. M. Eugênia Dutra Hamann!
Rua Belém da Cachoeira, 89 – Pavuna
Telefone: 2407-4042
E-mail: emeugenia@rioeduca.net

 

Quer ter o seu trabalho divulgado no Portal Rioeduca? Entre em contato com a representante de sua CRE! Será um prazer ter você por aqui! Até a próxima semana!

 

Profª Patrícia Fernandes – Representante do Rioeduca na 6.ª CRE
Facebook: patrícia_pff@yahoo.com.br
E-mail: pferreira@rioeduca.net

 


 

                               

 

   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

6ªcre (346)

Comentários
PARABÉNS!!! Lindo o trabalho da escola!!! Desejo muitos desafios e muito sucesso nesse trabalho de vocês.

Postado por Christiane Penha em 22/06/2015 07:36