A A A C
email

Quarta-feira, 09/09/2015

Brigadeiro para Adoçar a Aprendizagem: os Masterchefs!

Tags: 11ªcre, receita, textual.

 

 

 

Os "Masterchefs" da Escola Abeilard Feijó! Alunos do primeiro ano aprenderam da forma mais gostosa e na prática: brigadeiro para adoçar a aprendizagem.

 

 

As turmas de 1º ano da E. M. Abeilard Feijó, pertencente à 11ª CRE, trabalharam o gênero receita com brigadeiro, inspiradas no Caderno Pedagógico do 2º bimestre. As professoras Márcia Studart e Adônia Melo enfatizaram o gênero textual pedindo que os alunos trouxessem receitas de casa.

 

 

Caderno pedagógico projetado através do datashow.

 

O combinado era claro: a receita só seria realizada se todos soubessem ler os ingredientes e o modo de fazer. Assim sendo, todas as crianças se empenharam ao máximo e, de fato, leram!

Então, compramos os ingredientes e, com a parceria dos responsáveis, conseguimos as forminhas e potinhos plásticos para os alunos guardarem os brigadeiros. Divimos a turma em grupos e fomos lendo os ingredientes, apresentando-os. Aproveitamos que está em alta o Masterchef e dissemos que eles seriam os cozinheiros do dia!

 

Alunos na prática fazendo brigadeiro.

 

Provocamos a curiosidade e o raciocínio ao perguntarmos: A receita do caderno pedagógico dá para todos comerem?”, “Vamos usar quatro vezes mais do que foi pedido. Vamos contar?”, “O leite condensado é comprado como quilo ou litro?

E, assim, fomos trabalhando noções de multiplicação e sobre medidas de massa. Depois de acrescentarmos todos os ingredientes, cada criança foi chamada para mexer a massa do brigadeiro.

 

Mexendo com a colher de pau.

 

A massa foi feita em um refratário de vidro, mexida com colher de pau, e colocada no micro-ondas da escola. Foi explicado às crianças que não seria possível usar o fogão e que, em casa, eles jamais poderiam cozinhar sem que um adulto os acompanhasse.

As turmas foram para a sala dos professores, onde fica o micro-ondas, e viram a massa cozinhar. Enquanto a massa esfriava, foram para a sala abrir as forminhas, organizar seus potinhos e lavar as mãos para enrolar o doce.

 

 

 

Combinamos que cada aluno faria uma dezena de docinhos, reforçando o conceito matemático trabalhado. 

E assim foi feito. Foi muito divertido ver o quanto eles estavam alegres e, realmente, aproveitando e aprendendo naquele momento. Acreditamos que, quando o aluno participa como agente transformador no processo de aprendizagem, o sucesso é garantido!

Esperamos que nossa experiência sirva para outras crianças e professores da rede!

 

Quer saber mais sobre a atividade? Ligue para a escola:

Telefone: 2463-7866 ou 2463-7753

E-mail: emabeilard@rioeduca.net

 

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook: https://www.facebook.com/groups/1607751852842237
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
WhatsApp: 96852-3714
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

11ªcre (143)
textual (5)
receita (2)

Comentários
Parabéns às professoras Marcia e Adônia por mais este trabalho e por tornarem este dia tão gostoso para seus alunos!

Postado por Mirian Calaça em 09/09/2015 20:51