A A A C
email

Sexta-feira, 23/09/2016

Os Desafios da Inclusão Escolar no Século XXI

Tags: 4ªcre.

 

 

 

Inclusão escolar é acolher todas as pessoas, sem exceção, no sistema de ensino, independentemente de cor, classe social e condições físicas e psicológicas. Mas o termo é associado mais comumente à inclusão educacional de pessoas com deficiência física e mental. Na verdade, na escola inclusiva professores e alunos aprendem uma lição que a vida dificilmente ensina: respeitar as diferenças.

 

“Não há revelação mais veemente da alma de uma sociedade do que a forma pela qual ela trata suas crianças.” Nelson Mandela 

 

 

Como sabemos, a inclusão é mais do que ter rampas e banheiros adaptados. Na verdade, a equipe da escola inclusiva deve discutir e valorizar a cultura, a história e as experiências anteriores da turma. Além disso, as práticas pedagógicas e todas as atividades são selecionadas e planejadas para que todos aprendam.

Nesta perspectiva, o trabalho da E. M. Eneyda Rabello de Andrade é essencial para que o exercício social e profissional de seus professores estejam sustentado por uma rede de ações interdisciplinares, que se entrelacem no trabalho com as necessidades educacionais especiais dos alunos.

 

 

"A inclusão de estudantes com deficiência no sistema regular de ensino está baseada NA perspectiva de educação para todos, pois, ao serem feitas adaptações pedagógicas para um aluno que tenha algum tipo de deficiência, leva-se em conta distintas formas de aprender e de ensinar. Pensando em como realizar da melhor maneira as práticas inclusivas para essas pessoas, de forma a desenvolver suas potencialidades, busca-se também a qualidade do ensino para todos os estudantes, independentemente de terem ou não deficiência.

O uso de estratégias de ensino adequadas a diferentes tipos de necessidades específicas de aprendizagem só vem a contribuir para o desenvolvimento de todos os estudantes envolvidos no processo, ou seja, indivíduos com diferentes deficiências ou necessidades educacionais específicas, de diferentes origens socioeconômicas e contextos culturais distintos, com habilidades igualmente distintas entre si, poderão beneficiar-se de estratégias didático-metodológicas heterogêneas; afinal, em uma escola cada vez mais plural e democrática, não se pode supor que exista uma única forma de ensinar e aprender." Fonte: Fan Page do Facebook da Escola Municipal Eneyda Rabello de Andrade

O trabalho desenvolvido na E. M. Eneyda Rabello visa assegurar avanços efetivos ao processo de implementação da proposta inclusiva, e com isso promove a produção de conhecimentos através da integração das diversas áreas do conhecimento e da orientação às práticas pedagógicas dos educadores. 

 

 

 

 

Por assim dizer, toda a criança que está inserida na escola, seja ela com necessidade especial ou não, deve reconhecer em si o poder de aprender com os seus pares, devem perceber também  a sua aceitação por parte da escola, pois, é só deste modo que as diferenças deixarão de se evidenciar de forma negativa e consequentemente, evitarão a comparação entre elas.

 

Parabéns a todos os envolvidos nesse processo, em especial as professoras Carla Elisa Dias de Oliveira e Cleonice de Almeida, ambas da Sala de Recurso.

 

Contato da escola:

Escola Municipal Eneyda Rabello de Andrade  
Endereço: Praça Irineu Machado, 37 - Vigário Geral, Rio de Janeiro - RJ, 21241-350
Telefone: (21) 2475-9210                                                                                                     Professora Maria Cristina dos Santos Campos - Gestora da Unidade

 

Contato para publicações:

Ana Accioly - Representante Rioeduca 4ª CRE

anaaccioly@rioeduca.net

 

 

 

                               

 
 
 
 
 

   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

4ªcre (292)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.