A A A C
email

Quinta-feira, 17/11/2016

Inspiração no dia a dia da Classe Especial

Tags: 8ªcre, educação especial, iha.

 

 

Os alunos com deficiência na Escola Municipal Getúlio Vargas estão descobrindo habilidades, criatividade e desenvolvimento de seu potencial através de oficinas. Mais do que uma atividade lúdica, essas oficinas contribuem com a inclusão social, o conhecimento de si mesmo e a superação de desafios.

 

Professora Vera Lúcia Alves e os alunos da Classe Especial da E. M. Getúlio Vargas

 

A educação especial é uma educação organizada para atender específica e exclusivamente alunos com determinadas necessidades especiais.

Na Escola Municipal Getúlio Vargas, a professora Vera Lúcia Alves tem experiência de mais de 15 anos regendo a Classe Especial da unidade.

Atualmente, com a classe de surdos e a professora Márcia Cristina com a classe de deficientes intelectuais, a professora Vera Lúcia está realizando um projeto de desenvolvimento de habilidades manuais e culinárias para o dia a dia dos alunos.

 

Alunos da Classe Especial na oficina de tapetes

 

É direito da pessoa com deficiência ter o máximo desenvolvimento possível de sua personalidade, dos seus talentos e da sua criatividade, assim como suas habilidades físicas e intelectuais.

Ao proporcionar diferentes experiências aos alunos da classe especial, a escola cumpre seu importante papel para a inclusão e para o desenvolvimento individual, subtraindo as dificuldades e multiplicando as possibilidades e as habilidades.

O projeto é baseado em oficinas. Os alunos já participaram de oficinas de crochê, artesanato, tapetes e pintura. Na oficina de culinária já produziram doces e salgados de forno.

Cada etapa das atividades é um universo de aprendizagem para todos.

 

 

O aluno William Breno dando os retoques finais na sua produção

 

Ao iniciar o trabalho com as oficinas, os alunos são reunidos e a proposta é apresentada. São relacionados os materiais que serão usados e a professora esclarece aos alunos onde são adquiridos esses produtos.

Todas as etapas do trabalho que será realizado são detalhadamente registradas através da escrita e de imagens no blocão ou no mural da sala.

Na etapa da produção, os alunos experimentam as texturas, as cores e a habilidade para cortar, separar, alinhavar, colar e concentrar-se para realizar a atividade até a sua conclusão.

 

O aluno Yuri empenhando-se na preparação do material para a oficina

 

As propostas das oficinas estimulam, entre outros saberes, a criatividade e a autonomia.

Com o auxílio do telefone celular, os alunos podem também registrar as etapas das oficinas e posteriormente recorrer ao registro para repetir a produção do que foi realizado na escola.

 

"A professora Vera realiza um trabalho que merece ser compartilhado! Sempre tem uma novidade na Classe Especial. Ela e a professora Márcia Cristina estão proporcionando uma aprendizagem significativa e prazerosa para esses alunos (...)"

Luciane Antunes - Coordenadora Pedagógica da E.M. Getúlio Vargas

 

 

A aluna Deise, com o celular,  fazendo o registro das etapas da oficina de culinária

*     *     *

"Diga-me eu esquecerei, ensina-me e eu poderei lembrar, envolva-me e eu aprenderei."

                                                                                                                                 Benjamin Franklin

 

O Rioeduca parabeniza a professora Vera Lúcia Alves, que é inspiração para outros professores regentes de Classes Especiais!

 

Sua escola também realiza um projeto significativo?

Entre em contato comigo:

Neilda Silva - Representante do Rioeduca na 8ª Cre

neildasilva@rioeduca.net

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

8ªcre (333)
iha (62)

Comentários
Parabéns pela dedicação de uma carreia voltada a inclusão, sabemos que sua perseverança alcaçaria os seus objetivos. Melhor ainda com o reconhecimento que vêm além dos muros da instituição. Parabéns Professora Verinha, nosso pai tem muito orgulho dos seus feitos.

Postado por Marco Antonio em 17/11/2016 11:23