A A A C
email

Segunda-feira, 04/06/2018

Fica a Dica: Pequenas Atitudes, Grandes emoções

Tags: educação infantil, edis, mídias, rioeduca, educopédia.

 

Fica a Dica: Pequenas Atitudes, Grandes Emoções

 

Olá!


Hoje a dica fica com a Professora Elidia Maria Rodrigues Correia, graduada em Pedagogia e Pós graduanda em Neurociência Pedagógica. Ela relata seu fascínio pelo trabalho com Educação Infantil, e como compartilha a troca de saberes com seus alunos.


Está curioso para conhecer este trabalho?
Então vamos ao que interessa!


A comunidade do EDI Presidente Kennedy percebeu que a violência do entorno estava afetando a todos, inclusive o comportamento das crianças. Aprofundando a discussão em humanizar o ensino da Educação Infantil e minimizar os efeitos da hostilidade do território (que despertam nos pequenos experiências e sensações confusas), a equipe concluiu a relevância de se empenhar ainda mais na dedicação deste trabalho.


A partir da persistência, esmero e esforço dos educadores nasceu então o Projeto: “Pequenas Atitudes, Grandes emoções” que está em  andamento e contribui para gerar novas impressões através da construção de valores.


Como a atividade foi desenvolvida?


A aula começou com a apresentação de um “novo amigo”, um fantoche meio esquisito, parecendo um monstrinho que instigou de imediato a curiosidade da turma. Era impressão deles, ou aquele amigo parecia triste?


“ O que será que está acontecendo? “ - Perguntou uma aluna.
Porque ele não está feliz?” - Questionou um colega.


Com a mediação da Professora, as crianças levantaram hipóteses, deram ideias, e demonstraram curiosidade! Em seguida foi apresentado o filme “ O Monstro das Cores” de Anna Llenas, uma proposta literária sobre as emoções. Elas são explicadas às crianças através das cores. A personagem principal é um monstro que muda de cor consoante o que está a sentir. Ele não percebe porque muda de cor e a sua amiga, a menina, explica-lhe o que significa estar triste, estar alegre, ter medo, estar calmo e sentir raiva.

 

 


Após a transmissão, a professora conversou com os pequenos convidando-os a refletirem sobre o filme. Apresentou fantoches para uma releitura da história, provocando nas crianças várias expressões.
Em seguida, de forma lúdica, potes transparentes foram separados e cada criança colocava a cor que expressava seu sentimento, e realizava expressões faciais e corporais de acordo com o momento.

A partir desta história e da compreensão sobre auto-conhecimento, emoções e como lidar com elas, foi construído o relógio dos sentimentos. Todos os dias, no momento da rodinha são sorteados alunos para relatarem o que sentem, e os amiguinhos contribuem com sugestões para ficarem felizes.

Esta atividade foi baseada na BNCC (Base Nacional Comum Curricular):

• Houve empatia pelos outros, com a percepção dos diferentes sentimentos, necessidades e maneiras de pensar e agir;
• Comunicaram ideias e sentimentos;
• Idealizaram com o corpo formas diversificadas de expressão de sentimentos;
• Arquitetaram movimentos, gestos, olhares e mímicas em brincadeiras, jogos e atividades artísticas como dança, teatro e música;
• Expressaram ideias, desejos sobre suas vidas dentro e fora do EDI, por meio da linguagem oral e escrita espontânea, além de registros fotográficos e artes variadas;

 

Que tal compartilhar a DICA do projeto da Professora Elídia?
Qual será a cor do monstrinho de cada um dos pequenos?
Siga a dica  , e saberá! 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

rioeduca (78)
edis (15)

Comentários
Parabéns!!!! As crianças agradecem!!! Elidia super competente!!! Rute tb!!!

Postado por Hozama Moura em 04/06/2018 07:14

Sensacional ???????????????? Parabéns professora Elidia Correia Lindo trabalho como sempre Mais sucesso

Postado por Monica Fonseca em 04/06/2018 11:45