A A A C
email

Sexta-feira, 19/10/2018

Negritude: Orgulho e Respeito Também se Aprendem na Escola

Tags: cre10, 10ªcre.

 

Escola Municipal IPEG promove mais uma edição da Gincana do Conhecimento com o objetivo de estimular o resgate da identidade dos alunos e fomentar a valorização da raça e da cultura negra através de atividades interdisciplinares.

 

A Escola Municipal IPEG está localizada a Rua Cabo Saulo de Vasconcelos, s/nº - Jardim Palmares – Paciência, zona oeste do Rio de Janeiro. A unidade atende 26 turmas, com 937 alunos do 6° ao 9° ano. Tem como diretora, a professora Angelina Rodrigues, como diretor adjunto, o professor Jefferson Leite Maia e, como coordenadora pedagógica, a professora Flávia Renata Figueira de Freitas.

Desde 2012, a equipe gestora busca desenvolver um trabalho que contemple a construção de um espaço democrático, no qual todos participem ativamente e que viabilize, além do processo de ensino-aprendizagem, a promoção de valores como Respeito, Responsabilidade, Paz e União.

A partir da observação dos alunos, perceberam que os mesmos possuem um perfil competitivo e que apresentam melhores resultados quando são submetidos a atividades desafiadoras. Entretanto, nas relações interpessoais revelam dificuldades de aceitar a diversidade nas suas múltiplas formas.

Em consonância com os ideais propostos pelo programa “Rio – Escola sem Preconceito”, a gestão também defende que é fundamental a compreensão de que a diversidade das culturas e etnias que formam a sociedade brasileira é fator de enriquecimento do qual devemos nos orgulhar.

Assim, as atividades propostas na gincana visam ao desenvolvimento de uma convivência mais saudável, a fim de promover a conscientização sobre a importância do respeito a todos os indivíduos independentemente de sua origem, raça, cor, idade, gênero ou religião para que tenhamos uma família, uma escola e uma sociedade melhor.

 

"A escola foi dividida em doze equipes multisseriadas. Desse modo, os alunos tiveram inicialmente o desafio de interagir com colegas de outras séries e turmas com os quais deveriam se unir para realizar com êxito as tarefas da gincana. Cada equipe possuía cinco alunos líderes que demonstraram na prática o quanto o protagonismo juvenil é importante no contexto escolar. Percebemos, ainda, que a motivação de muitos conflitos escolares deve-se ao fato de nossos alunos não reconhecerem sua própria identidade étnico-cultural, o que os impulsiona a terem atitudes racistas e preconceituosas. A fim de minimizar tais conflitos e promover a valorização dos negros e de sua importância tanto no cenário nacional como internacional, cada equipe representou um ícone negro escolhido pelos docentes. As tarefas da gincana foram relacionadas à divulgação dessas personalidades negras. O resultado foi maravilhoso, pois os alunos envolveram-se com a temática e produziram trabalhos incríveis valorizando as personalidades homenageadas." afirma a coordenadora pedagógica Flávia Renata.

 

Alunos do 9º ano caracterizando as personalidades:
Obama, Mariele Franco, Conceição Evaristo, Carolina de Jesus e Martin Luther King

 

 

A gincana aconteceu nos dias 5 e 6 de setembro e ao longo do evento os alunos participaram de diferentes atividades que propiciaram a construção do conhecimento através de diferentes áreas, respeitando e valorizando as habilidades intelectuais, artísticas ou esportivas de nossos educandos. Na abertura do evento, os alunos do nono ano emocionaram a todos com a caracterização das 12 personalidades e com o coral e a dramatização da música “Cota não é esmola” da compositora Bia Ferraz. As personalidades homenageadas foram: Mandela, Martin Luther King, Zumbi, Mariele Franco, Dona Ivone de Lara, Tia Ciata, Obama, LeBron James, Martinho da Vila, Conceição Evaristo, Elza Soares e Carolina de Jesus.

 

 

Alunos do 9º ano após apresentação do coral e da dramatização
“Cota não é esmola”

 

 

Na atividade da trilha do conhecimento, os alunos revelaram de forma lúdica, o conhecimento adquirido sobre as personalidades homenageadas. No show de talentos, cada equipe apresentou de forma artística a personalidade representada e a riqueza da cultura negra.

 

No segundo dia da gincana, a Unidade Escolar recebeu a ilustre visita de atletas consagrados do Clube de Atletismo da 10ª CRE. Dentre eles, Chayenne Silva, ex-aluna da IPEG, ela é um exemplo de atleta, jovem e negra que está conquistando o mundo com seu talento, mostrando aos nossos alunos que eles também podem realizar seus sonhos com disciplina e determinação.

 

 

Alunos da IPEG com os atletas do Clube de Atletismo da 10ª CRE

 

 

"Outro ponto alto da gincana é o estímulo à solidariedade. Nossos alunos conseguiram arrecadar junto à comunidade de Jardim Palmares 1 tonelada de alimentos que foram distribuídos para quatro instituições de caridade. É gratificante testemunharmos a alegria de nossos alunos ao entregarem as doações às instituições. Assim aprendem que respeitar o próximo e ser solidário é algo que nos faz muito bem e torna esse mundo um lugar melhor para todos." — afirma a coordenadora pedagógica Flávia Renata.

 

 

Equipe gestora e alunos que expressam o valor do protagonismo juvenil na IPEG

 

 

Quer saber mais sobre o nosso trabalho?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.035) Escola Municipal IPEG
E-mail: emipeg@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

10ªcre (403)
cre10 (25)
10 (1)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.