A A A C
email

Quarta-feira, 21/11/2018

Disputa acirrada no tênis de mesa e no badminton na Arena 3 nos Jogos Estudantis

Tags: jogos estudantis, badminton, gpec.

 

Disputa acirrada no tênis de mesa e no badminton na Arena 3 nos Jogos Estudantis

 

“O esporte é uma oportunidade imensa. Eu viajo para caramba. Se não fosse o badminton eu não teria saído da favela. Tenho 15 anos e já saí do país, fui para o Peru, e no Brasil conheço vários estados’’. Foram com essas palavras que Camile de Oliveira Andrade, estudante da Escola Municipal Cândido Campos, em Vila Valqueire, que levou o primeiro lugar de badminton na categoria juvenil durante os Jogos Estudantis, na Arena 3, na Barra da Tijuca, no dia 12 de novembro, definiu a importância do esporte em sua vida. Vale lembrar que é a primeira vez em 27 anos de existência que o badminton faz parte dos Jogos Estudantis.

 

 

Camile (ao meio) foi a grande vencedora do badminton

 


Para a maioria dos alunos que participaram da competição de badminton e de tênis de mesa – na faixa etária entre 7 e 14 anos das 11 Coordenadorias Regionais de Educação - o objetivo maior é vencer, mas eles entendem a importância do esporte como aliado à educação e sabem que o comportamento e as notas melhoram. Essa opinião vem de encontro a do professor de Educação Física Rodrigo France, do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio Saramanch, Santa Teresa. "Nossa experiência de Geo prova que o comportamento melhora, temos boas notas e muita procura pela escola’’, disse ele, satisfeito com a volta do tênis de mesa, do atletismo e do xadrez aos Jogos Estudantis. ‘’Acho que os Jogos Estudantis para os alunos são essenciais. Para a gente que trabalha com as modalidades todas é ruim ter uns participando e outros não. Muito bom essas modalidades terem voltado. Estamos participando dos dois, badminton e tênis de mesa e estou confiante nos meus alunos’’.

 

 

 


Durante toda a competição, alunos estavam ansiosos com os jogos e confiantes na vitória. O estudante Khauã Kerlon, de 13 anos, da Escola Municipal Joaquim da Costa Ribeiro, em Padre Miguel, era um dos mais empolgados no ginásio. ‘’Acho que tenho chance de ganhar, mas é muito difícil porque não sei o jogo do outro, e tem gente que joga mais do que eu. Vou dar o melhor nessa quadra’’, disse ele, que lutou até o fim mas não chegou a semifinal. Sua colega de escola, Beatriz Luiza, 13, que jogou apenas badminton, também não venceu, mas gostou de ter participado. ‘’Perdi, serviu de experiência pra que eu possa melhorar. Dei mole’’, disse ela, que também adora futebol e pensa em se profissionalizar neste esporte.

 

 

Os alunos vencedores do badminton: Diego Rodrigues, Guilherme Maxuel e Rafael da Silva



Já Diego Rodrigues, Pio Décimo, no Tanque, em Jacarepaguá, de 14 anos, era só felicidade. No ano passado tirou em terceiro lugar no Badminton e neste ano chegou ao primeiro. As outras colocações ficaram com Guilherme Maxwel, 13 anos, e Rafael da Silva, 13, ambos do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio Saramanch. Rafael tem sua definição de esporte: ‘’Para mim esporte é vida, é saúde, é conseguir o direito de ganhar e de ser conhecido. Assim você consegue ser federado num esporte que você gosta’’.

 

Alunos viram juízes

Pela primeira vez no tênis de mesa houve um formato diferente no quesito julgamento deixando para os alunos uma ação de protagonismo, mostrando que eles são capazes de discernir o profissional do pessoal. No tênis de mesa os alunos eram juízes e não houve nenhuma reclamação por parte dos colegas. O estudante Victor Guilherme Simões Sarmento, de 16 anos, do 9º ano do Geo Juan Antonio Saramanch, gostou da experiência de ser juiz, o que já acontece pela segunda vez. ‘’Presto muito atenção’’, afirma ele, que acha imprescindível a prática de esporte e diz que o tênis de mesa ‘’estimula a mente’’. Sábias palavras.

 

Enviado por:

Waléria de Carvalho

E/SUBE/GPEC


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

gpec (16)
jogos estudantis (6)
badminton (2)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.